0

Administração para Fiscal SEFAZ RJ – resumo – parte 2.

Fala, estrategista! Tudo bem? Neste artigo, trabalharemos a segunda parte do nosso resumo de Administração para Fiscal SEFAZ RJ.

Clique aqui, saiba tudo sobre o concurso e sobre o decreto que permite a instauração de procedimentos administrativos com vistas ao concurso SEFAZ RJ!

O último edital ficou a cargo da FCC e trouxe o seguinte programa de Administração:

Natureza e evolução do conhecimento administrativo. 2. Processos gerenciais e as relações com os fatores humanos, tecnológico e econômico. 3. Gestão por processo. 4. Planejamento das organizações. 5. Estrutura das decisões empresariais. 6. Eficiência, eficácia e efetividade. 7. Responsabilidade corporativa. 8. Modelos organizacionais. 9. Criatividade e inovação organizacional. 10. Comunicação Corporativa. 11. Gestão de pessoas e competências. 12. Administração participativa. 13. Desenvolvimento de equipes. 14. Gestão de conflitos. 15. Gestão de mudanças organizacionais. 16. Gestão do conhecimento. 17. Estrutura e funcionamento da administração pública. 18. Aspectos sociais, econômicos e políticos que condicionam a administração pública. 19. Papel dos gestores públicos no tratamento dos recursos financeiros, humanos e físicos. 20. Uso de controles e indicadores de produtividade.

Na parte de Administração foram incluídos também, no último edital, conteúdos de Administração Financeira e Orçamentária. Omitimos no conteúdo transcrito acima, por não fazerem parte da nossa disciplina.

Não deixe de ler a primeira parte do nosso resumo, em que abordamos tópicos importantes para a prova. Seguiremos, neste resumo, analisamos os tópicos mais importantes para a FCC. Obviamente, caso seja outra a banca a realizar o certame, a base teórica aqui apresentada não se perderá, servindo, também, para outras bancas.

Siga conosco os próximos tópicos do nosso resumo de Administração para Fiscal SEFAZ RJ.

Planejamento das organizações

Um dos assuntos mais importantes do nosso resumo de Administração para Fiscal SEFAZ RJ, pois é o campeão de cobrança na FCC.

Em primeiro lugar, sugerimos nosso resumo sobre as ferramentas mais cobradas de Planejamento Estratégico para concursos, a fim de aprofundar o assunto.

Vejamos um exemplo de cobrança pela FCC:

SANASA Campinas (2019)

“Qualquer que seja sua natureza ou tamanho, as organizações possuem três níveis diferentes para lidar com os desafios externos e internos. O nível responsável por transformar as diretrizes elaboradas em programas de ação corresponde ao nível

A) Operacional.

B) Institucional.

C) Estratégico.

D) Tático.

E) Técnico.”

O gabarito é a letra B. Sobre os níveis do planejamento, temos o seguinte:

  • O nível institucional, ou estratégico, é aquele em que o planejamento é de longo prazo, generalista e engloba a organização como um todo, sendo o responsável pela definição dos objetivos e estratégias. Engloba os diretores da empresa.
  • O nível tático, ou gerencial, é imediatamente inferior ao estratégico, foca no médio prazo e suas ações não afetam a empresa como um todo e sim cada gerência ou área específica, sempre baseado nas diretrizes gerais da organização e de médio detalhamento. Engloba os gerentes.
  • O nível operacional ou técnico se ocupa das atividades rotineiras da organização, abrangendo o curto prazo e com alto grau de detalhamento. É o chão de fábrica, a base da pirâmide, representado pelos supervisores.

Veja, a questão pede o nível responsável não por elaborar as diretrizes, mas por transformar as diretrizes elaboradas em programas de ação. Assim, estamos falando do nível tático.

O nível institucional elabora as diretrizes gerais da organização, o nível tático as transforma em programas de ação para sua área, e o nível operacional recebe o programa de ação tático e detalha este programa para seu nicho de atividade.

Gestão do conhecimento

Neste tópico de Administração para Fiscal SEFAZ RJ, falaremos de Gestão do Conhecimento. Abordaremos, especificamente, a “Espiral do Conhecimento”, de Nonaka e Takeuchi, tema “queridinho” da FCC no assunto.

Para um resumo mais completo, acesse nosso Guia Definitivo de Gestão do Conhecimento para concursos.

Vejamos como a banca cobra o tema.

TCE-GO (2014)

No processo conhecido como “espiral do conhecimento”, a conversão do conhecimento de tácito para explícito é chamada de

A) incorporação ou internalização.

B) explicitação ou externalização.

C) socialização ou compartilhamento.

D) combinação ou mentalização.

E) transformação ou reconfiguração.

O gabarito é a letra B. Primeiramente, temos que diferenciar o conhecimento “tácito”, que é aquele mais subjetivo, informal. Já o “explícito” é aquele sistematizado, formal.

Dito isso, precisamos compreender que, para os autores, existem formas de conversão entre esses conhecimentos, a famosa “espiral do conhecimento”. Conforme os autores, temos as seguintes formas de conversão de conhecimento:

  • socialização – conhecimento tácito para tácito;
  • combinação – conhecimento explícito para explícito;
  • externalização – conhecimento tácito para explícito;
  • internalização – conhecimento explícito para tácito.

Perceba que quando se converte um conhecimento tácito para um explícito, o que se está fazendo é externalizar o mesmo, ou seja, trazer um conhecimento mais informal para outro mais formal. Por isso, o gabarito é a letra B.

Sobre as outras formas de conversão, quando se adquire um conhecimento explícito, aprendendo-o, está ocorrendo a internalização deste conhecimento. Já quando se utilizam conhecimentos explícitos para gerar novos conhecimentos explícitos, há uma combinação entre eles. Por fim, quando se transmite o conhecimento de forma não estruturada, compartilhando experiências, há uma socialização deste conhecimento.

Grave o mapa mental abaixo:

Administração para Fiscal SEFAZ RJ - espiral do conhecimento
Espiral do conhecimento (Alvarenga, 2021)

Gestão de processos

Último tópico do nosso resumo de Administração para Fiscal SEFAZ RJ, Gestão de Processos costuma trazer algum grau de dificuldade para os estudantes. Para auxiliá-lo, sugerimos a leitura do nosso Guia Definitivo de Gestão de Processos para concursos.

Vejamos um exemplo de cobrança por parte da banca:

TRT-15 (2018) (adaptada)

(…) De acordo com os conceitos predicados pela Society for Design and Process Science (SDPS), os denominados processos interoperados correspondem

A) aos processos interligados a partir de um único gestor ou unidade de comando.

B) aos macroprocessos formados por cadeias de processos intermediários.

C) ao nível indesejado de maturidade, em face do grau de interdependência.

D) às cadeias de valor geradas a partir da interligação de processos

E) ao nível máximo de maturidade, considerando o grau de minimização de riscos.

O gabarito é a letra E. A SPDS define o grau de maturidade dos processos conforme o que se segue:

  1. Modelados – é o primeiro grau de maturidade, quando se identificam as características do processo, suas ações e interações.
  2. Simulados – ocorre a simulação do processo, com a introdução de variáveis para viabilizar a projeção de cenários distintos.
  3. Emulados – ocorre a coexistência entre os dados estimados do nível anterior com dados realísticos, o que permite um maior refinamento dos cenários.
  4. Encenados – trata-se da realização dos processos conforme os níveis anteriores, procedendo à adequação dos processos frente a novas condições que se apresentem.
  5. Interoperados – último nível de maturidade, o que promove cadeias de valor entre diferentes instituições.

Importante frisar que existe uma relação inversamente proporcional entre os níveis de maturidade e o grau de risco dos processos. Dito de outra forma, quanto maior for o nível de maturidade, menor será o grau de risco dos processos.

Conclusão

Finalizamos o nosso resumo de Administração para Fiscal SEFAZ RJ. Utilize-o em conjunto com o material teórico e com a resolução de muitas questões sobre os temas estudados.

Leia, também, os outros resumos propostos ao longo deste artigo, para complementação dos estudos, além da primeira parte deste resumo.

Comece desde já a sua preparação para o certame, que é uma grande oportunidade que se avizinha, e, certamente, mobilizará grande concorrência!

Abraços e bons estudos!

Paulo Alvarenga

https://www.instagram.com/profpauloalvarenga/

Assinatura Anual Ilimitada*

Prepare-se com o melhor material e com quem mais aprova em Concursos Públicos em todo o país. Portanto, adquira a Assinatura Anual e tenha acesso ilimitado* a todos os nossos cursos.

ADQUIRA AGORA – Assinatura Ilimitada

Sistema de Questões

Estratégia Questões nasceu maior do que todos os concorrentes, com mais questões cadastradas e mais soluções por professores. Clique no link e aproveite os descontos e bônus imperdíveis!

Sistema de Questões

Confira os concursos com editais em aberto

CONCURSOS ABERTOS

As oportunidades previstas

CONCURSOS 2021

Posts Relacionados

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *