0

Comunicação organizacional para concursos – Guia Definitivo

Olá, pessoal! Tudo bem? Hoje falaremos sobre comunicação organizacional para concursos. Trata-se de assunto frequente em provas e, também, importantíssimo para a realidade organizacional.

Toda organização precisa de uma boa comunicação. Ambiguidades e distorções prejudicam a compreensão daquilo que está sendo comunicado, o que afeta o alcance dos objetivos da organização, prejudicando a eficiência. Um dos fatores críticos de sucesso em uma organização é uma comunicação clara e eficaz.

Cabe relembrar, ainda, que comunicação é uma interação entre duas ou mais parte. Assim, é fundamental que o emissor adote os meios necessários para se fazer entender. Deve haver a preocupação não apenas com o que está sendo comunicado, mas, principalmente, com o que está sendo compreendido pelo destinatário da mensagem.

Nesse sentido, a comunicação organizacional engloba a comunicação interna e a externa, pois deve se ocupar tanto de comunicar a missão, visão, os objetivos e metas organizacionais aos colaboradores, quanto projetar a empresa externamente, alcançando seu público-alvo.

Assim, a comunicação organizacional, mediante o uso dos canais corretos e tipo de linguagem adequada, deve buscar estratégias para uma comunicação efetiva e eficaz, eliminando possíveis barreiras existentes, tanto interna, quanto externamente.

Detalharemos, nos próximos tópicos, os conceitos mais cobrados de comunicação organizacional para concursos.

Conceitos iniciais

A comunicação organizacional para concursos pode ser subdividida de algumas formas, conforme veremos a seguir.

Primeiramente, temos a comunicação formal. Esta ocorre utilizando os meios formais da organização, respeitando os trâmites necessários. É uma forma mais lenta de comunicação.

Em contraponto, a comunicação informal ocorre de maneira espontânea entre os colaboradores, sem utilizar os meios formais da organização. Trata-se de uma forma de comunicação que ocorre de maneira mais dinâmica.

Avançando, temos a comunicação interna, que é aquela realizada no interior da organização. Não confunda com a comunicação informal (abordada anteriormente), que é a feita de forma independente dos canais oficiais da empresa.

Equipe em comunicação interna.
Comunicação organizacional – comunicação interna

A comunicação interna é vital para a comunicação integrada na organização, conceito que significa a integração de todos os canais e métodos de comunicação da empresa. Possibilita a participação de todos os colaboradores, favorecendo o diálogo e troca de informação.

Além disso, a comunicação interna permite a interação entre os gestores e os demais níveis organizacionais, estimulando a troca de ideias e de informação entre estes níveis e estimulando, ainda, a troca de percepções e sugestões entre eles.

A comunicação interna deve informar e permitir a participação de todos os colaboradores. As políticas da organização e suas estratégias devem ser claras ao público interno, para que entendam o que a organização permite e o que espera em termos de objetivos e metas, além dos comportamentos esperados por parte dos colaboradores.

Já a comunicação externa é aquela que dialoga com sujeitos externos à organização.

Em todos os casos, a qualidade e o conteúdo caminham juntos, sendo necessário transmitir as informações com a velocidade desejada, sem omissões, repassando aquilo que seja relevante. Já a linguagem deve ser clara o bastante para que todos compreendam a informação.

Elementos da comunicação organizacional

Conforme dito anteriormente, a comunicação deve envolver duas ou mais partes, e deve haver uma mensagem a ser comunicada. Assim, para que ocorra de fato uma comunicação, são necessários alguns elementos, os quais serão vistos a seguir:

  • Emissor: é aquele que inicia o processo de comunicação, emitindo a mensagem. Também chamado de “Fonte”.
  • Transmissor ou Codificação – meio que codifica a mensagem, transforma a ideia em uma mensagem.
  • Mensagem – aquilo que de fato está sendo comunicado.
  • Canal ou Meio – por onde a mensagem será enviada.
  • Receptor – parte que recebe a mensagem.
  • Ruído – barreiras ou distorções de comunicação que modificam o sentido da mensagem.
  • Retroação ou Feedback – é o retorno do receptor ao emissor. De vital importância, pois aqui será aferido o sucesso ou não da comunicação.

Veja esta questão da FGV (COMPESA) sobre os elementos da comunicação:

“Assinale a opção que indica os seis elementos fundamentais do processo de comunicação.

A – Destinatário, transmissor, meio, receptor, destino e ruído.

B – Pessoa, remetente, canal, receptor, destino e barreiras.

C – Fonte, transmissor, canal, receptor, destino e ruído.

D – Pessoa, remetente, meio, transmissor, receptor e ruído.

E – Fonte, transmissor, meio, ambiente, receptor e barreiras.”

Diante do que vimos neste tópico de comunicação organizacional para concursos, a resposta só pode ser a letra C.

Fluxos de comunicação organizacional

Os fluxos de comunicação mais comumente cobrados nas provas de comunicação organizacional para concursos são:

  • Descendente: dos chefes para os subordinados, geralmente utilizada para orientações, fornecimento de diretrizes ou normas e feedback sobre resultados;
  • Ascendente: dos subordinados para os chefes, geralmente para feedbacks sobre o trabalho, sugestões, e, no caso de empresas em que a comunicação é mais livre, reclamações;
  • Horizontal ou lateral: ocorre entre pessoas do mesmo nível hierárquico;
  • Diagonal: ocorre entre uma chefia funcional e subordinados de outro departamento funcional.

Veja um exemplo de cobrança em prova deste tópico, na prova do CFO-DF, banca Quadrix:

O fluxo de comunicação ascendente é utilizado normalmente pelos subordinados, que informam aos superiores sobre andamento e problemas do trabalho.”

Afirmativa Correta! Como visto anteriormente, a comunicação ascendente consiste em uma comunicação “bottom-up”, ou seja, de baixo para o topo. Utilizada pelos colaboradores para se comunicarem com os superiores.

Barreiras

Para a comunicação ser eficaz, ela deve vencer algumas barreiras que podem se apresentar durante o processo. As barreiras são comumente classificadas em físicas, semânticas, psicológicas, dentre outras.

Dentre as mais cobradas em concurso, temos a “filtragem”, que ocorre quando o emissor manipula a mensagem de maneira que ela não chegue de forma demasiadamente negativa ao receptor. É, em outras palavras, a “maquiagem” da mensagem.

Dessa forma, quanto mais simples e diretas forem as mensagens, menor a chance de ocorrer a filtragem na comunicação.

Perceba esta questão da FCC (AL-AP / 2020) sobre o assunto:

“Algumas barreiras podem dificultar, ou até mesmo distorcer, a comunicação eficaz. “Quando um gestor diz ao seu superior exatamente aquilo que acredita que o chefe quer ouvir […]”, ele está impondo uma barreira à comunicação conhecida como

A) Filtragem.

B) Percepção seletiva.

C) Sobrecarga.

D) Propagação exclusiva.

E) Difamação.”

Perceba que a questão traz justamente um caso de filtragem. O gestor manipulou previamente a informação que chegaria ao seu superior, filtrando aquilo que ele entendia não ser adequado que chegasse ao chefe. Assim, a resposta é a letra A) Filtragem.

Comportamentos na comunicação organizacional

Como a comunicação envolve uma interação entre partes, é comum que estas tenham comportamentos distintos ao se envolverem na comunicação.

O primeiro comportamento é o passivo. O passivo pode até discordar do que está sendo dito, mas sempre releva, evita divergir. Ele não apresenta sua própria opinião.

Já a atitude receptiva está relacionada à disposição em receber e aceitar a mensagem, sem distorções no seu conteúdo e com alta concentração nela.

Caminhando, o comportamento agressivo é aquele que muitas vezes nem mesmo permite que a outra parte conclua seu raciocínio. Este comportamento é caracterizado por impulsividade, ironia, arrogância e ataque aos outros.

Está sempre tenso e preparado para o ataque, podendo até mesmo falar alto, criticar e interromper os outros. Não há, por parte do agressivo, disposição em receber a mensagem.

Por fim, o modo assertivo está calcado na segurança com que o receptor age ao receber a mensagem. Encontra-se sempre firme ao apresentar suas convicções, com educação, mas com firmeza e tom de voz adequados. Não desrespeita os outros, mas também não abre mão de seus valores. Não age de modo enfático nem muito menos transmite ansiedade.

Conclusão

Chegamos ao fim do nosso resumo sobre comunicação organizacional para concursos. Utilize este Guia com a finalidade de reforçar os conceitos teóricos e revisar os estudos. Este resumo não substitui as aulas teóricas e a resolução de muitas questões sobre o tema.

Abraços e bons estudos!

Paulo Alvarenga

Assinatura Anual Ilimitada*

Prepare-se com o melhor material e com quem mais aprova em Concursos Públicos em todo o país. Portanto, adquira a Assinatura Anual e tenha acesso ilimitado* a todos os nossos cursos.

ADQUIRA AGORA – Assinatura Ilimitada

Sistema de Questões

Estratégia Questões nasceu maior do que todos os concorrentes, com mais questões cadastradas e mais soluções por professores. Clique no link e aproveite os descontos e bônus imperdíveis!

Sistema de Questões

Confira os concursos com editais em aberto

CONCURSOS ABERTOS

As oportunidades previstas

CONCURSOS 2021

Posts Relacionados

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *