Artigo

PASSOS DE GIGANTE 194/365

Decolaaaaaaaaaaaa Águiaaaaaaaaaaaa! Hoje vamos ver onde situações de raiva, aborrecimento, ressentimento ou fúria podem nos levar e como mudar esse padrão. Se fizer sentido para você e desde que tenha vontade de interromper esse processo.

Cenas do último capítulo de Passos de Gigante 193UM DOS TEXTOS MAIS EMOCIONANTES QUE JÁ ESCREVI NA VIDA! Só te falo isso, GIGANTE! ;) Se não leu, perdeu? Nãoooooooooooo… aproveita o link, mas só hoje hein! ;)

Bora Boraaaaaaaaaaaaaaaaaargh Decolaaaaaaaaargh!

SINAL DE AÇÃO Nº 4

“O sinal de ação da raiva, aborrecimento, ressentimento ou fúria é poderoso. Sua fonte são sentimentos de mágoa que não foram enfrentados.

Esse sinal de ação nos diz que um de nossos padrões ou regras importantes foi violado por nós mesmo ou por outra pessoa.

A SOLUÇÃO

  1. Perceba que você pode ter interpretado mal e que a pessoa que você acha que “quebrou as regras” pode nem saber disso.
  2. Perceba que suas regras não são necessariamente as “corretas” (algumas vezes isso é difícil).
  3. Interrompa a raiva fazendo a si mesmo perguntas como “A longo prazo, é verdade que essa pessoa se preocupa comigo? O que posso aprender com isso? Como comunicar a importância dos meus padrões?”.
    (ROBBINS, Anthony, pag. 219. Passos de Gigante: Pequenas mudanças que fazem grande diferença. 2ª ed. Rio de Janeiro: Viva Livros, 2016)

Quando reli os Passos de hoje, decidi bater um papo bem breve sobre cada uma das situações abaixo e de acordo com cada uma das experiências de mais alto impacto emocional que tive em cada uma. Pode até ser que algum dia eu entre em detalhes, mas hoje serei cirúrgico. Será que vou conseguir? (Rs)

Cada uma das situações são EMOÇÕES e você já sabe:

EMOÇÃO SE ALOJA NA CARNE! Já falei sobre isso nos Passos de Gigante 54 e nos Passos de Gigante 68.

RAIVA – FÚRIA

A história de raiva/fúria que mais mexe comigo aconteceu em 1994, bem no ano do Tetra do Brasil. Eu era um dos meninos que mais apanhava na rua. Surra no futebol, surra no queimado, surra de bobeira, por nada eu apanhava… essa era a sina de um saco de pancadas.

Alguns anos antes… na época em que morava na favela do Jorge Turco, o discurso do meu pai era:

“APANHOU NA RUA, APANHA AINDA MAIS EM CASA!”

“FEZ ALGO ERRADO? APANHA VOCÊ, APANHA SEU IRMÃO… VOCÊ EM DOBRO, POIS VOCÊ É O MAIS VELHO E DEVERIA DAR O EXEMPLO!”

Antes de finalizar a história lá de 1994, eu tenho que confessar algo para vocês. EU ERA UM DESESPERADO POR ATENÇÃO! E quando não a tinha, batia no meu irmãozinho… o irmão que eu tanto amo era o meu saco de pancadas, NA VERDADE ERA A VÁLVULA DE ESCAPE MAIS COVARDE QUE PODERIA EXISTIR.

Ele é três anos mais novo do que eu e como eu apanhava em tudo quanto era canto, escolhi meu irmão mais novo para descontar minha raiva. COMO ME ARREPENDO DISSO… Já passou e HOJE SOMOS MUITO AMIGOS!

Por que te contei isso? Simples… não quero… não desejo que você ache que foi CORAGEM o que vou te contar aqui embaixo, pois NÃO FOI… FOI FÚRIA E MAIS COVARDIA.

Eu era um dos melhores jogadores de fliperama do bairro, ninguém ganhava de mim em canto algum. Era muito difícil me vencer nos jogos de luta. Toda aquela vontade de ser um GRANDE LUTADOR e DAR PORRADA em todos que me batiam era aliviada nos personagens de Street Fighter e de Mortal Kombat.

Só tinha um probleminha: Quando eu jogava, alguns marmanjos bem mais velhos do que eu me agrediam. Eles ficavam atrás de mim e toma tapa no pescoço… toma cascudo… ISSO ERA UM INFERNO!

ATÉ QUE UM DIAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA…

Eu escolhi o homem mais forte da rua. O apelido dele era Sansão e eu tinha ódio dele. Aquele filho da truta vivia me agredindo gratuitamente. Um dos meus apelidos, além da famigerada caveirinha que me acompanhou por um bom tempo, era lobinho. Por ter um sinal marrom e peludo no ombro direito, meus colegas diziam que eu me transformava em lobisomem nas noites de lua cheia.

Aquilo deveria ser verdade (brincadeira). Só que em um dia, um belo e magnífico dia vi meu pai entrando na quadra de futebol. Eu já havia apanhado do Sansão aquele dia. Ele estava sentado, ouvindo walkman (um artefato histórico antigo para ouvir músicas, rs) e eu, sem que ele percebesse, fui me aproximando como se fosse uma cobra prestes a dar o bote.

Quando meu pai já estava na quadra, levantei-me como um raio e dei dois chutes com toda a minha força de caveira nas bolas do Sansão. Seria melhor se eu tivesse cortado os cabelos dele com uma tesoura, mas não foi isso que aconteceu.

Eu comecei a rolar com ele e os meus chutes devem ter feito cócegas naquela carcaça, pois ele acusou a dor, riu e veio como um monstro para cima de mim. Ficamos agarrados como dois lutadores de Jiu-Jitsu, um do peso caveira e o outro do peso pesado.

Meu pai viu apenas um lado da covardia, a diferença de idade, porte físico, tamanho E ELE ME SALVOU! Não chegou a agredir o Sansão, mas disse que não era mais para se meter comigo.

Nos dias seguintes… semanas… meses… fui conhecido como o Lobo que derrotou Sansão. Depois que vários meninos viram aquela loucura de ter os testículos chutados sem chance de defesa, NUNCA MAIS NINGUÉM MEXEU COMIGO!

Não tenho o menor orgulho de contar essa história. Cuidado com o que você fala para si e para os seus filhos.

A raiva… a fúria… o ódio, uma vez que apareçam em sua vida, ELIMINE-OS ao invés de alimentá-los. Fazer qualquer coisa com raiva não é legal.

Já estudei com raiva e vou até te dizer que funciona, mas entre estudar com amor e com raiva, SEMPRE ESCOLHEREI O AMOR… SEMPRE. Os resultados são extraordinários e, principalmente, ecológicos, ou seja, fazem bem para você e para pessoas ao seu redor. Trabalhe essa emoção (RAIVA) para EXCLUÍ-LA do seu caminho.

Olha a carinha de aborrecida!

ABORRECIDO – RESSENTIDO

GIGANTE… falei que não teria detalhes na história de cima, mas acabei me empolgando.

Sobre aborrecimento/ ressentimentos, observe a sua comunicação. Seja o seu diálogo interno ou aquele com a pessoa alvo da sua emoção negativa.

A sugestão nesse caso é seguir (se fizer sentido para você) as dicas do Tony:

  1. Perceba que você pode ter interpretado mal e que a pessoa que você acha que “quebrou as regras” pode nem saber disso.
  2. Perceba que suas regras não são necessariamente as “corretas” (algumas vezes isso é difícil).
  3. Interrompa a raiva fazendo a si mesmo perguntas como “A longo prazo, é verdade que essa pessoa se preocupa comigo? O que posso aprender com isso? Como comunicar a importância dos meus padrões?”.

IMPORTANTE: Se você não estiver estudando como deveria estudar, você deveria estar chateado, aborrecido consigo próprio. Busque melhorar o diálogo interno e vire esse jogo o mais breve possível!

TEMPO É O SEU MAIOR ATIVO!

EXTRA: ÓDIO

Quer ter raiva… ódio de alguma coisa? Eu não sei você, mas eu escolho ter ódio do mal, da corrupção, da mediocridade, da desonestidade, do adultério. É o tempo todo? CLARO QUE NÃO!

Eu busco manter uma BLINDAGEM para que NADA atinja a minha performance, então eu escolho muito aquilo que coloco diante dos meus olhos. Evito o máximo possível televisão para não ter acesso a enxurrada de notícias de tragédias, catástrofes, mortes, brigas imbecis na política, etc.

DÊ O MELHOR DE SI PARA EVITAR A TODO CUSTO TER/SENTIR RAIVA – ÓDIO – FÚRIA. Não é fácil e se fosse… todo mundo faria.

PALAVRA CONVENCE E O EXEMPLO ARRASTA! Acredito que os Gigantes que estiverem levando o estudo a sério já entenderam como funciona o aplicativo aprovados. Qualquer dúvida, leiam a seção de dúvidas. Link aqui.

DÉBITO: Gravar o vídeo da R15T30 e disponibilizar no meu canal do youtube. Finalmente o roteiro do vídeo está sendo preparado e o artigo também! :)

DESAFIOS DOS GIGANTES:

1.Leitura de Provérbios – link aqui. Detalhes nos Passos de Gigante 72.

2. Acordar 30 minutos mais cedo. Não tem mistério, mas se quiser maiores detalhes, leia os Passos de Gigante 125.

3.Utilizar o app aprovado diariamente, pois aquilo que não pode ser medido, não pode ser melhorado! :)

SEJA RESPONSÁVEL COM A SUA FELICIDADEFAÇA A SUA PARTE!

AÇÃO ÁGUIA! Lute! Dê o seu melhor! O lápis e o papel estão contigo neste momento PRESENTE para você crescer e contribuir. O nosso Brasil precisa de você, de mim, de NÓS!

Fez isso? Parabéns… estamos juntos na jornada rumo à realização dos seus sonhos. Abraço de Giganteeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee…!

GRATIDÃO ETERNA

QUER CONHECER MINHA HISTÓRIA? CLICA AQUI :)

NÃO GOSTA DE ESTUDAR E QUER SER ALGUÉM NA VIDA? CLICA AQUI 

QUER VOAR RUMO AOS SEUS SONHOS, ENTÃO SIGA MEU CONTEÚDO NAS REDES SOCIAIS EM… 

Youtube: RAPHAEL LACERDA – EDUCAÇÃO TOP

Facebook: LACERDAF3

Instagram: LACERDAF3

Twitter: @Lacerda300

Um final de semana abençoado. Bons estudos! Faça os exercícios propostos. Só assim os resultados aparecerão! :) Acredite! É possível… Aos astros e além!

Raphael Lacerda – Master Coach FEBRACIS (Federação Brasileira de Coaching Integral Sistêmico)

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja os comentários
  • Engraçadas... kkkk... fico feliz... adoro fazer as pessoas rirem, mas prefiro fazê-las atingirem resultados! Sei que se você fizer a sua parte e estudar com fé, foco e força... em breve será você com o nome na lista dos aprovados. O problema não é controlar... A SOLUÇÃO É CONTROLAR ! :)
    Raphael Lacerda (BALBOA) em 09/08/19 às 22:03
  • Relacionamento é desafiador, pois não temos a chave do cofre que guarda os pensamentos do cônjuge. Parabéns pela administração da situação. Sobre o bullying, rsrsrs... pode zoar à vontade... rsrsrsrs... cair na pilha é algo do passado... Abraço de Giganteeeeeeeeeeeeeeeeeee
    Raphael Lacerda (BALBOA) em 09/08/19 às 22:01
  • Rachei sozinho, aliás, eu e os outros leitores dos passos de gigante, kkkkkkk flw lobinho, não fica bravo não hahaha. Eu e meus amigos não perderíamos a oportunidade de praticar o bullying lhe chamando de caveirinha ou melhor lobinho, prefiro o último kkkkk. Logo de cara lembrei de um episódio que passei com minha noiva e o momento foi de muita raiva e impaciência. O ponto positivo disso tudo é que eu pude administrar o tempo e saber discernir o momento certo de entrar em ação e resolver de uma vez o conflito que nós causamos. Uma briga que me deixou super irritado. E nesse período eu pedi instrução para Deus, porque eu precisava ficar em paz, tanto eu quanto ela... e de imediato pulsou no meu coração um versículo eterno: O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não se vangloria, não se ensoberbece, não se porta inconvenientemente, não busca os seus próprios interesses, não se irrita, não suspeita mal; não se regozija com a injustiça, mas se regozija com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.O amor jamais acaba; ( I Coríntios 13:4-8). O Espírito Santo (meu amigão) falou comigo.. me relembrando de outro ensino, que sua palavra é vida, saúde para todos aqueles que a encontra. Instantaneamente coloquei em prática. Vivi esse versículo e vivo até hoje, ele é poderoso, e eficaz nos momentos mais difíceis. ABRAÇÃAAOOOOOOOOOOOOO!!!
    [email protected] em 03/08/19 às 12:09
  • Bom dia professor ,essas suas historias são bem engraçadas .rsrsrs. A raiva as vezes é boa para um impulso inicial, o problema é controlar. Obrigada pelos passos.
    Mariana em 03/08/19 às 08:30