Concurso TJ GO: novo certame ocorrerá em 2020; órgão tem 509 cargos vagos
Coordenação

Concurso TJ GO: novo certame ocorrerá em 2020; órgão tem 509 cargos vagos

Último concurso TJ GO expirou em março de 2019

Se você já está se preparando para o próximo concurso público do Tribunal de Justiça de Goiás, o concurso TJ GO, ao longo deste artigo vai conferir as novidade sobre o próximo certame e os principais pontos do último edital, publicado em 2014.

1) Situação atual do concurso TJ GO
2) Cargos
3) Remuneração e benefícios
4) Atribuições dos principais cargos
5) Último concurso TJ GO

6) Provas anteriores
7) Assinatura ilimitada e cursos
8) Ficha técnica

1) Situação atual do concurso TJ GO

O Tribunal de Justiça de Goiás não pretende realizar concursos até meados de 2020. A informação, obtida com exclusividade pelo Estratégia Concursos, é da Assessoria de Imprensa do Órgão.

De acordo com a Assessoria de Imprensa do TJ GO, em virtude da situação fiscal delicada pela qual passa do Estado de Goiás, a presidência da corte entrou em acordo com o Executivo, suspendendo o planejamento de concursos até o segundo semestre de 2020.

A medida impacta o planejamento de um novo concurso de servidores para suprir parte dos mais de 500 cargos vagos. O último concurso do órgão, realizado em 2014, expirou em março de 2019.

O único concurso não impactado será o destinado à outorga de delegações de serventias extrajudiciais, visto que não impactam diretamente os cofres do Tribunal.

2) Cargos

Sem realizar concursos desde 2014, o Tribunal de Justiça de Goiás já acumula 509 cargos vagos em seu quadro de servidores efetivos. É o que aponta o levantamento mais recente, de março de 2019, disponível no Portal da Transparência do TJ GO.

O maior número de vacâncias se concentra no cargo de Analista Judiciário – Área de apoio Judiciário e Administrativo: são mais de 140 cargos vagos.

O Tribunal de Justiça de Goiás passou recentemente por uma importante reestruturação administrativa, com a criação de 33 novas varas. A reorganização do Tribunal foi proposta pela presidência da corte à ALEGO em 2018 e aprovada em julho do mesmo ano. Já em setembro 19 novas varas foram instaladas.

3) Remuneração e benefícios

Conforme consta no Portal da Transparência do Tribunal de Justiça de Goiás, o vencimento base inicial de um dos principais cargos do órgão, Analista Judiciário é de R$ 4.259.86. O valor do vencimento no último nível/classe é de R$ 6.573,02. Vale ressaltar que os valores apresentados não estão acrescidos das possíveis gratificações.

Além do vencimento, também há a possibilidade de obter os seguintes benefícios:

  • Auxilio-alimentação: R$ 1.158,79;
  • Assistência pré-escolar (auxílio creche): R$ 660,31.

4) Atribuição dos principais cargos

Analista Judiciário – Área Judiciária:
Elaborar pareceres técnicos, pesquisa, seleção e processamento de legislação, doutrina e jurisprudência, distribuição dos feitos, conforme sua natureza e realização de partilha. Executar trabalhos de natureza técnico-administrativa, tais como: elaboração de despachos, informações, relatórios, ofícios, petições.

Analista Judiciário – Especialidade Oficial de Justiça Avaliador:
Execução de mandados e avaliações, elaborando certidões e autos, devolvendo-os para sua respectiva secretaria ou escrivania, através da Central de Mandados no 1º e 2º Graus. Estar presente às sessões e audiências, para manutenção da ordem, quando necessário.

Analista Judiciário – Especialidade Arquivologista:
Planejar, organizar, dirigir e executar serviços de arquivo e documentação institucional. Orientar, acompanhar e executar processo documental e informativo. Dirigir e executar as atividades de identificação das espécies documentais. Planejar, organizar, dirigir e executar serviços de microfilmagem aplicada aos arquivos. Classificação, seleção, arranjo e descrição de documentos. Elaborar projetos de preservação e conservação dos documentos. Emitir laudos, pareceres técnicos e instruções relativas à conservação e restauração do patrimônio documental.

Analista Judiciário – Apoio Judiciário e Administrativo:
Realizar atividades nas escrivanias judiciárias de 1º Grau, nas unidades judiciárias de 2º Grau e nas áreas administrativas. Prestar informações jurídicas e administrativas ao público em geral, dentre outras de mesma natureza e grau de complexidade.

5) Último concurso TJ GO

Realizado em 2014, o último concurso do Tribunal de Justiça de Goiás ofertou vagas somente para o cargo de Analista Judiciário, que exige o nível superior. Este foi o primeiro concurso a unificar todas as regiões judiciárias do estado. Até aquele ano, cada região fazia sua própria seleção.

Na ocasião, foram ofertadas 474 vagas mais formação de cadastro reserva para diferentes especialidades. O certame contou com 46.857 inscritos, uma concorrência de aproximadamente 99 candidatos por vaga.

5.1) Quadro de vagas

CargoÁreaEspecialidadeVagas
Analista Judiciário JudiciáriaÁrea judiciária85
Analista Judiciário Judiciária Oficial de Justiça Avaliador92
Analista Judiciário EspecializadaAdministrador de Empresas 06
Analista Judiciário Especializada Analista de Sistemas/Banco de Dados 02
Analista Judiciário Especializada Analista de Sistemas/Infraestrutura de Redes e Comunicação de Dados 02
Analista Judiciário Especializada Analista de Sistemas/Desenvolvimento de Sistemas 10
Analista Judiciário Especializada Analista de Sistemas/Suporte Técnico 04
Analista Judiciário Especializada Arquivologista 05
Analista Judiciário Especializada Assistente Social 43
Analista Judiciário Especializada Biblioteconomista 01
Analista Judiciário Especializada Contador 25
Analista Judiciário Especializada Engenheiro Civil 01
Analista Judiciário Especializada Engenheiro Eletricista 02
Analista Judiciário Especializada Engenheiro Mecânico 01
Analista Judiciário Especializada Médico Clínico 02
Analista Judiciário Especializada Médico Cardiologista 01
Analista Judiciário Especializada Médico Ginecologista 01
Analista Judiciário EspecializadaMédico Ortopedista 01
Analista Judiciário Especializada Odontólogo 01
Analista Judiciário Especializada Pedagogo21
Analista Judiciário Especializada Psicólogo 32
Analista Judiciário Apoio Judiciário e Administrativo Nível Superior 136
TOTAL 474

5.2) Etapas do concurso

  • Prova Objetiva: Caráter eliminatório e classificatório
  • Prova Discursiva: Caráter eliminatório e classificatório

Prova Objetiva

O certame contou com uma prova objetiva composta por 50 questões com cinco alternativas e uma prova discursiva, que consistiu na redação de um texto dissertativo de até 30 linhas. Toda a aplicação durou 4 horas. Abaixo você confere a composição de cada prova por cargo:

ANALISTA JUDICIÁRIO – ÁREA JUDICIÁRIA

Conhecimentos básicos (25 questões)
Língua Portuguesa (15)
Geo-política de Goiás (05)
Legislação Complementar (05)

Conhecimentos específicos (25 questões)
Direito Constitucional
Direito Administrativo
Direito Civil
Direito Processual Civil
Direito Penal
Direito Processual Penal

ANALISTA JUDICIÁRIO – ÁREA ESPECIALIZADA

Conhecimentos básicos (25 questões)
Língua Portuguesa (15)
Geo-política de Goiás (05)
Noções de Direito Constitucional e de Direito Administrativo (05)

Conhecimentos específicos (25 questões)

ANALISTA JUDICIÁRIO – OFICIAL DE JUSTIÇA AVALIADOR

Conhecimentos básicos (25 questões)
Língua Portuguesa (15)
Geo-política de Goiás (05)
Legislação Complementar (05)

Conhecimentos específicos (25 questões)
Direito Constitucional
Direito Administrativo
Direito Civil
Direito Processual Civil Prático
Direito Penal
Direito Processual Penal

ANALISTA JUDICIÁRIO – APOIO JUDICIÁRIO E ADMINISTRATIVO

Conhecimentos básicos (25 questões)
Língua Portuguesa (15)
Geo-política de Goiás (05)
Legislação Complementar (05)

Conhecimentos específicos (25 questões)

Foi considerado aprovado na Prova Escrita Objetiva o candidato que obtiver nota igual ou superior a 06, numa escala de 0 a 10.

Prova Discursiva

Foram corrigidas as provas discursivas dos candidatos habilitados na Prova Escrita Objetiva para cada cargo/especialidade, por Região Judiciária, até 10 vezes o número total de vagas, respeitados os empatados na última colocação.

A Prova Discursiva, de caráter eliminatório e classificatório, valia 10 pontos e foi constituída por uma redação sobre tema alusivo ao cargo, em gênero dissertativo-argumentativo, com número mínimo de 20 e máximo de 30 linhas.

Foi considerado aprovado na Prova Discursiva o candidato que obtivesse nota igual ou superior a 6, numa escala de 0 a 10.

A Nota Final do certame foi calculada pela média da soma das notas obtidas na Prova Escrita Objetiva e na Prova Discursiva.

6) Provas anteriores do concurso TJ GO

Quer estudar para Concurso TJ GO?

Gostou desta oportunidade e deseja começar se preparar agora mesmo? Em breve podemos lançar cursos para o certame. Confira os nossos cursos e comece a estudar para 
TJ GO:

CURSO TJ GO

Assinatura Anual Ilimitada*

Prepare-se com o melhor material e com quem mais aprova em Concursos Públicos de todo o país. Assine agora a nossa Assinatura Anual e tenha acesso ilimitado* a todos os nossos cursos.

ASSINE AGORA – Assinatura Ilimitada

Fique por dentro dos concursos vigentes:

CONCURSOS ABERTOS

CONCURSOS 2020

CONCURSOS TRIBUNAIS

Ficha técnica concurso tj go

Informações do último concurso TJ GO

Data: 2014
Vagas: 474
Cargos: Analista Judiciário
Escolaridade: Nível Superior
Banca: FGV
Edital: Edital TJ GO 2014

Ascom Estratégia
[email protected]


Compartilhe:

Veja os comentários:
Deixe seu comentário:

Deixe seu comentário:

Vídeos Relacionados