Notícia

Concurso PF: panorama e atualizações do certame; confira!

Foram divulgadas novas convocações dos candidatos excedentes do concurso PF para os cargos de Escrivão e Agente.

Anteriormente, foi anunciada a convocação para matrícula na 2ª etapa do Curso de Formação Profissional (2ª turma) para os cargos de Agente e Delegado.

No mês de dezembro de 2021, foi publicada a nomeação de 644 aprovados no cargo de Agente de Polícia, por meio da Portaria nº 17.524. Os futuros servidores concluíram o CFP LVIII.

O edital do concurso da Polícia Federal oferta 1.500 vagas para os cargos de Agente, Escrivão, Papiloscopista e Delegado. A seleção registrou o total de 321.615 inscritos.

  • Concurso Polícia Federal
  • Banca: Cebraspe
  • Vagas: 1.500
  • Cargos: Agente, Escrivão, Papiloscopista e Delegado
  • Salário: R$ 12.522,50 a R$ 23.692,74
  • Edital: Edital PF 2021

Edital para cargos da área administrativa

A Polícia Federal protocolou, junto ao Ministério da Economia (ME), um novo pedido de concurso PF para provimento de 557 vagas nas carreiras administrativas, com oportunidades para níveis médio e superior. Confira todos os detalhes.

Neste artigo, você encontra um panorama completo e atualizado do mais novo concurso da Polícia Federal, tais como situação do concurso, curiosidades, e dados do último concurso. Os temas abordados serão:

Concurso PF: edital em andamento

Distribuição das vagas do concurso PF

CargoVagasSalário
Delegado de Polícia Federal123R$ 23.692,74
Escrivão de Polícia Federal400R$ 12.522,50
Papiloscopista Policial Federal84R$ 12.522,50
Agente de Polícia Federal898R$ 12.522,50

Porém, em discurso durante a cerimônia de encerramento do Curso de Formação da PF, foi revelado que seriam 1.500 vagas para 2021 e um excedente de 500 vagas, totalizando 2 mil oportunidades, em 2022.

Cargos vagos na Polícia Federal

No quadro abaixo você pode conferir o panorama do déficit na Polícia Federal atual: foram comparados os quadros vagos, o número de vagas ofertadas no último certame e o número de candidatos aprovados até o momento no referido concurso.

As informações são referentes ao mês de janeiro de 2020.

Cargo (06/2020)Cargos vagos 1ª classe Cargos vagos 2ª classeCargos vagos 3ª classeCargos vagos Classe EspecialTOTAL
Delegado10318186505
Agente4361.3578992.305
Escrivão02634295931
Papiloscopista305840101
Perito6197894
Agente Administrativo356356
concurso polícia federal

O número de servidores que são beneficiados pelo Abono de Permanência, e se encontram em condições de solicitar aposentadoria também é elevado, chega a um total de 1.818. Vale ressaltar que, atualmente, existem 356 cargos vagos para a posição de Agente Administrativo.

A vacância chega a quase 30% na carreira da Polícia Federal (Delegado, Agente, Escrivão, Papiloscopista e Perito) e os números elevados sinalizam a necessidade de realização de um novo certame.

“Estes cargos vagos, além de sobrecarregarem os que estão na linha de frente em jornadas exaustivas de trabalho, acabam prejudicando a capacidade e o potencial de investigação da instituição”, explica Tania Prado, presidente do SINDPF-SP.

Demanda de inscritos

Foi publicada no site do Cebraspe a demanda de canditatos por vaga. Confira abaixo:

CARGOTOTAL DE INSCRITOSDEMANDA POR VAGA
Delegado 27.751225.62
Agente 222.631249.31
Escrivão53.611134.03
Papiloscopista17.622209.79

Concurso Polícia Federal: os cargos

Requisitos

Escrivão, Agente e Papiloscopista

Os cargos de Escrivão, Agente e Papiloscopista da Polícia Federal exigem do candidato Nível Superior em qualquer área de formação. É preciso ter ainda 18 anos na data de matrícula no Curso de Formação e CNH na categoria B ou superior.

Delegado

  • Bacharelado em Direito
  • Ter atividade jurídica ou policial de 3 anos (comprovados);
  • Ter 18 anos, no mínimo;
  • Possuir CNH na categoria “B” ou superior.

A atividade jurídica ou policial deve ser comprovada na data da posse e todos os requisitos devem ser comprovados na data da matrícula.

Perito Criminal Federal

Para se candidatar ao cargo de Perito Criminal, é preciso que os candidatos tenham 18 anos na data de matrícula do Curso de Formação.

Além disso, é preciso ter formação em Nível Superior na função específica e possuir CNH categoria B ou superior.

Qual idade máxima para entrar na Polícia Federal?

Não há idade máxima para entrar por concurso na Polícia Federal. Como você viu no item acima, há apenas uma idade mínima, que é 18 anos. A única limitação que deve ser respeitada é a da aposentadoria compulsória.

Cursos superiores são aceitos na Polícia Federal

  • Delegado da PF: graduação em Direito;
  • Agente da PF: graduação em qualquer área de formação;
  • Escrivão da PF: graduação em qualquer área de formação;
  • Papiloscopista da PF: graduação em qualquer área de formação;
  • Perito Criminal Federal:
    • Área 1: graduação em Ciências Contábeis ou em Ciências Econômicas;
    • Área 2: graduação em Engenharia Elétrica, Engenharia Eletrônica, Engenharia de Telecomunicações ou em Engenharia de Redes de Comunicação;
    • Área 3: graduação em Análise de Sistemas, Ciências da Computação, Engenharia da Computação, Engenharia de Redes de Comunicação ou em Informática;
    • Área 4: graduação em Engenharia Agronômica;
    • Área 5: graduação em Geologia;
    • Área 6: graduação em Engenharia Química, Química Industrial ou em Química;
    • Área 7: graduação em Engenharia Civil;
    • Área 9: graduação em Engenharia Florestal;
    • Área 12: graduação em Medicina;
    • Área 14: graduação em Farmácia.

Concurso PF: remuneração

Confira abaixo as remunerações inicial e final dos cargos definidos do concurso da Polícia Federal. 

Salário de Delegado e Perito da PF

  • Remuneração Inicial: R$ 23.692,74
  • Remuneração Final: R$ 30.936,91

Salário de Agente, Escrivão e Papiloscopista da PF

  • Remuneração Inicial: R$12.522,50
  • Remuneração Final: R$18.651,79

Salário de Agente Administrativo da PF

  • Remuneração Inicial: R$4.746,16
  • Remuneração Final: R$5.298,82

Benefícios

O adicional de fronteira será de R$ 91,00 por dia trabalhado durante a semana –  não serão contabilizados os fins de semana – podendo chegar a um acréscimo de R$ 2 mil reais líquidos à remuneração ao final de 22 dias trabalhados.

Além disso, os servidores recebem Auxílio Alimentação no valor de R$ 458,00.

Concurso PF: atribuições

Delegado de Polícia Federal

  • Instaurar e presidir procedimentos policiais de investigação;
  • Orientar e comandar a execução de investigações relacionadas com a Prevenção e repressão de ilícitos penais;
  • Participar do planejamento de operações de segurança e investigações;
  • Supervisionar e executar missões de caráter sigiloso;
  • Participar da execução das medidas de segurança orgânica, bem como desempenhar outras atividades, semelhantes ou destinadas a apoiar o órgão na consecução dos seus fins.

Perito Criminal Federal

  • Realizar exames periciais em locais de infração penal;
  • Realizar exames em instrumentos utilizados, ou presumivelmente utilizados na prática de infrações penais;
  • Proceder pesquisas de interesse do serviço;
  • Coletar dados e informações necessários à complementação dos exames periciais;
  • Participar da execução das medidas de segurança orgânica e zelar pelo cumprimento delas;
  • Desempenhar outras atividades que visem apoiar técnica e administrativamente as metas da Instituição Policial, bem como executar outras tarefas que lhe forem atribuídas.

Agente de Polícia Federal

  • Investigar atos ou fatos que caracterizem ou possam caracterizar infrações penais, observada a competência da Polícia Federal;
  • Proceder à busca de dados necessários;
  • Executar todas as tarefas necessárias à identificação, ao arquivamento, à recuperação, à produção e ao preparo dos documentos de informações;
  • Executar todas as atividades necessárias à prevenção e repressão de ilícitos penais da competência da Polícia Federal;
  • Conduzir veículos automotores, embarcações e aeronaves;
  • Auxiliar a autoridade policial em todos os atos de investigação, cumprir medidas de segurança orgânica;
  • Desempenhar outras atividades de natureza policial e administrativa, bem como executar outras tarefas que lhe forem atribuídas.

Escrivão de Polícia Federal

  • Dar cumprimento às formalidades processuais, lavrar termos, autos e mandados, observando os prazos necessários ao preparo, à ultimação e à remessa de procedimentos policiais de investigação;
  • Atuar nos procedimentos policiais de investigação, acompanhar a autoridade policial, sempre que determinado, em diligências policiais;
  • Responsabilizar-se pelo valor das fianças recebidas e pelos objetos de apreensão; conduzir veículos automotores;
  • Cumprir medidas de segurança orgânica; atuar nos procedimentos policiais de investigação;
  • Desempenhar outras atividades de natureza policial e administrativa, bem como executar outras tarefas que lhe forem atribuídas.

Papiloscopista da Polícia Federal

  • Executar, orientar, supervisionar e fiscalizar os procedimentos de coleta, revelação, levantamento e armazenamento de fragmentos e impressões papilares, exames e laudos oficiais papiloscópicos, representação facial humana;
  • Operação e gestão de bancos e sistemas automatizados de identificação civil e criminal;
  • Assistir à autoridade policial, desenvolver estudos na área de papiloscopia;
  • Conduzir veículos automotores, cumprir medidas de segurança orgânica, desempenhar outras atividades de natureza policial e administrativa, bem como executar outras tarefas que lhe forem atribuídas.

Lei 14.003/2020 reorganizou a Polícia Federal

A Medida Provisória 918/2020, agora Lei 14.003/2020, foi oficialmente aprovada pelo Congresso e sancionada pelo Presidente da República. A Lei transformou 281 cargos comissionados em 344 funções comissionadas, além de ter criado 516 novas funções.

De acordo com a Agência Senado, a diferença entre cargos em comissão e funções comissionadas é que as funções só podem ser atribuídas a servidores efetivos, da administração pública, enquanto os cargos também podem ser ocupados por não servidores, por meio de livre contratação e exoneração.

Aprovado sem mudanças pelo Senado, o texto foi promulgado pelo Congresso Nacional, sem necessitar de sanção presidencial, ainda no mês de maio de 2020.

Concurso PF: etapas e provas

Além das provas objetivas e discursivas, os candidatos passaram pelo TAF da polícia federal; Exame Médico; Prova Oral, somente para Delegado; Prova Prática de Digitação, somente para Delegado; Avaliação Psicológica; e Avaliação de Títulos.

  1. Provas objetivas e discursivas (eliminatória e classificatória);
  2. Exame de Aptidão Física (eliminatório);
  3. Avaliação Médica (eliminatório);
  4. Prova Oral (eliminatória e classificatória, somente para Delegado);
  5. Prova Prática de Digitação (eliminatório, somente para Escrivão);
  6. Avaliação de Títulos (classificatória); e
  7. Avaliação Psicológica (eliminatória).

Os aprovados do concurso da polícia federal são então inscritos no Curso de Formação Profissional, que é ofertado pela Academia Nacional de Polícia. O curso dura cerca de 5 meses, totalizando 850 horas-aula e ocorre no regime de internato parcial, e recebem bolsa de 50% do valor da remuneração.

A jornada de preparação para o concurso da Polícia Federal exige bastante dedicação, por isso, é importante estruturar um bom plano de estudos para alcançar o objetivo.

Prova objetiva

  • Formato: 120 itens (“certo” ou errado”).
  • Duração:
    • Delegado: 3h30 (apenas prova objetiva).
    • Agente, Escrivão, Papiloscopista e Perito: 4h30 (objetiva e discursiva).

Prova discursiva

  • Aplicação:
    • Delegado: período da tarde, com duração de 5h.
    • Agente, Escrivão, Papiloscopista e Perito: em conjunto com a prova objetiva, no turno da tarde.
  • Formato:
    • Delegado: 3 questões dissertativas de até 30 linhas e Peça Profissional de até 90 linhas.
    • Agente, Escrivão, Papiloscopista e Perito: redação de texto dissertativo de até 30 linhas.

Concurso Polícia Federal: o que caiu na prova?

Abaixo você confere um quadro comparativo das disciplinas cobradas por cargo no edital concurso PF 2021:

DisciplinasAgenteDelegadoEscrivãoPapiloscopista
Dir. Administrativoxxxx
Dir. Constitucionalxxxx
Dir. Civil/Processual Civil x  
Dir. Empresarial x  
Dir. Internacional Público e Cooperação Internacional x  
Dir. Penal/Processual Penalxxxx
Criminologia x  
Dir. Previdenciário x  
Dir. Financeiro e Tributário x  
Língua Portuguesax xx
Informáticax xx
Raciocínio Lógicox xx
Legislação Especialx xx
Estatísticax xx
Contabilidade Geralx x 
Arquivologia  xx
Biologia, Física e Química   x

Locais de aplicação da primeira etapa

As provas objetiva e discursiva, além do Exame de Aptidão Física do concurso Polícia Federal foram aplicados no Distrito Federal e em todas as capitais de Estado do país.

No entanto, a prova oral para Delegado foi aplicada exclusivamente no Distrito Federal.

Teste de aptidão física (TAF)

A avaliação do TAF (teste de aptidão física) ocorreu após a publicação do resultado final da prova discursiva, quando os candidatos foram convocados para seguir com as etapas do exame.

As condições físicas mínimas exigidas para o exercício do cargo foram avaliadas com aprovação conforme os patamares esclarecidos na tabela a seguir.

Teste físicoHomensMulheres
Barra fixa(*)2 (mín.)  e 5 (máx.)15s (mín.) e 30s (máx.)
Impulsão horizontalEntre 1,70 m e 2,00 m 1,30m e 1,60m
Natação (50 m) Máx. de 56sMáx. de 64s
Corrida (12 minutos)Entre 2.000 e 2.600mEntre 1.600 e 2.300m

(*)Para homens o teste de barra fixa foram realizadas em flexões, enquanto o das mulheres foram de sustentação.

Resultado final do TAF

Prova de títulos

A prova de títulos do concurso da Polícia Federal respeitou os critérios estabelecidos na tabela a seguir:

AlíneaTítuloValor de cada títuloValor máximo dos títulos
ADiploma, devidamente fornecido por instituição de ensino superior reconhecido pelo MEC. Curso de doutorado em Direito. Também será aceito certificado/declaração de conclusão de curso de doutorado em Direito, desde que acompanhado de histórico escolar.2,02,0
BDiploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de mestrado em Direito. Também será aceito certificado/declaração de conclusão de curso de mestrado em Direito, desde que acompanhado de histórico escolar.1,01,0
CCertificado de conclusão de curso de pós-graduação em nível de especialização lato sensuem Direito, com carga horária mínima de 360 horas, reconhecido pelo Ministério da Educação. Também será aceita a declaração de conclusão de pós-graduação em nível de especialização em Direito, desde que acompanhada de histórico escolar.0,500,50
DExercício no cargo de Delegado de Polícia.0,40 por ano completo sem sobreposição de tempo2,0
EExercício em cargo público de natureza policial, exceto o da alínea D, nas instituições: Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Ferroviária Federal, Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militares, Polícia Penal e Forças Armadas).0,30 por ano completo, sem sobreposição de tempo1,50
TOTAL7,00

Concurso PF: área administrativa

O governo manifestou comprometimento com a melhoria dos indicadores de segurança pública e pretende zerar o déficit de cerca de cinco mil cargos na Polícia Federal até 2022.

Concurso PF Administrativo

Novo pedido de concurso em 2021

Para equacionar a falta de pessoal, a Polícia Federal confirmou que solicitou, ao Ministério da Economia, 557 vagas para as carreiras da área administrativa, 49 a mais do que solicitado em 2020, sendo:

  • 153 para carreiras de nível superior;
  • 404 para Agente Administrativo.

Os salários são compostos pelo vencimento básico e GDATPF, variando de R$ 4.746,16 a R$ 5.776,47, além de outros benefícios e gratificações.

CargoEscolaridadeVagas solicitadas
AdministradorSuperior23
ArquivistaSuperior8
Assistente SocialSuperior10
BibliotecárioSuperior1
ContadorSuperior9
EconomistaSuperior3
EnfermeiroSuperior3
EngenheiroSuperior1
EstatísticoSuperior4
FarmacêuticoSuperior1
MédicoSuperior68
NutricionistaSuperior1
PsicólogoSuperior5
Técnico em Assuntos EducacionaisSuperior13
Técnico em Comunicação SocialSuperior3
Agente AdministrativoMédio404

PEC 32/2020

A PEC 32/2020, que trata da Reforma Administrativa, foi entregue ao Congresso para análise e prevê estabilidade para os servidores que atuam nas carreiras policiais da Polícia Federal. A proposta, contudo, não faz menção às carreiras administrativas da instituição.

Diante deste cenário incerto, o SINPECPF (Sindicato Nacional dos Servidores do Plano Especial de Cargos da Polícia Federal) anunciou que pretende propor ao governo federal que as carreiras administrativas também forneçam estabilidade.

A proposta ganhou reforço do vice-líder do governo na Câmara dos Deputados, deputado Sanderson.

“A PF precisa de uma carreira administrativa própria. Não dá para conceber servidores de um ‘carreirão’ genérico tendo acesso às informações confidenciais hoje manejadas pelo PECPF”, declarou Sanderson, prometendo levar o caso até o conhecimento do ministro Paulo Guedes.

Pedido de vagas ao Ministério em 2020

O pedido inicial do Ministério da Justiça e Segurança Pública, realizado em 2020, abrangeu o total de 1.508 vagas para vários cargos da estrutura da PF. Confira o quantitativo de vagas que consta no pedido original feito pela Polícia Federal:

  • Delegado de Polícia Federal: 100 vagas
  • Agente de Polícia Federal: 540 vagas
  • Escrivão de Polícia Federal: 300 vagas
  • Papiloscopista: 60 vagas
  • Administrador: 21 vagas
  • Arquivista: 8 vagas
  • Assistente Social: 10 vagas
  • Bibliotecário: 1 vaga
  • Contador: 9 vagas
  • Economista: 3 vagas
  • Enfermeiro: 3 vagas
  • Engenheiro: 1 vaga
  • Estatístico: 4 vagas
  • Farmacêutico: 1 vaga
  • Médico: 65 vagas
  • Nutricionista: 1 vaga
  • Odontólogo: 11 vagas
  • Psicólogo: 5 vagas
  • Técnico em Assuntos Educacionais: 13 vagas
  • Técnico em Comunicação Social: 3 vagas
  • Agente Administrativo: 349 vagas

Vale lembrar que o presidente da APCF (Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais) Marcos de Almeida, solicitou ao Ministério da Economia 200 vagas para o cargo de Perito Criminal e confirmou que o pedido está tramitando.

Concurso PF: última edição

Com edital publicado em 2018, o último concurso da Polícia Federal foi organizado pelo Cebraspe, o certame ofertou inicialmente 500 vagas para todos os cargos da carreira e contou com 147.744 inscritos. Posteriormente, mais 547 excedentes foram nomeados.

Concorrência

Confira abaixo o número de vagas do Concurso da Polícia federal, inscritos e concorrência no edital 2018 da Polícia Federal:

CargoVagasInscritosC/V
Delegado15017816118,77
Agente18092671514,84
Escrivão8012663158,29
Papiloscopista306452215,07
Perito – Área 1102295229,50
Perito – Área 2051186237,20
Perito – Área 3204235211,75
Perito – Área 421090545,00
Perito – Área 52432216,00
Perito – Área 641783445,75
Perito – Área 783366420,75
Perito – Área 94789197,25
Perito – Área 1221701850,50
Perito – Área 1431265421,67

Total de nomeados

CargoVagas previstas no  EditalQuantidade ExcedentesTotal de nomeações autorizadas
Delegado de Polícia Federal150169319
Perito Criminal – Área 1100717
Perito Criminal – Área 250611
Perito Criminal – Área 3203050
Perito Criminal – Área 42035
Perito Criminal – Área 52035
Perito Criminal – Área 640610
Perito Criminal – Área 94026
Perito Criminal – Área 122035
Perito Criminal – Área 143047
Agente de Polícia Federal180229409
Escrivão de Polícia Federal8068148
Papiloscopista Policial Federal301747

Concurso PF: Materiais Bônus e Gratuitos

Edital Estratégico: baixe gratuitamente

IMPORTANTE: Ao clicar, será aberta uma janela do Google Drive que tentará carregar a visualização da planilha no seu navegador. Não há necessidade de esperar essa visualização (talvez até nem carregue, já que os arquivos são pesados).

Faça o download clicando na seta para baixo no canto superior direito da janela do Google Drive que vai ser aberta ao clicar nos links acima.

Artigos técnicos

Se você deseja obter uma análise mais tática sobre as disciplinas e técnicas de estudo, não deixe de conferir os artigos feitos pelos nossos professores e coaches, especialistas no assunto:

Vade Mecum | Legislação Completa Polícia Federal

Pensando em você concurseiro, os professores do Estratégia se reuniram para te auxiliar a poupar o seu tempo e compilar toda a legislação prevista no edital.

Por isso, estamos disponibilizando a legislação completa prevista dos cargos de Agente, Escrivão e Papiloscopista Pós edital 2021

Guia de estudos


Quer saber tudo sobre concursos previstos?
Confira nossos artigos!

Quer estudar para o concurso Polícia Federal?

Assinatura de Concursos

Assinatura de 1 ano ou 2 anos

Ficha do concurso Polícia Federal

Informações do novo Concurso PF (policial)

  • Vagas: 1.500
  • Cargos: Delegado, Agente, Escrivão e Papiloscopista
  • Lotações: Nacional
  • Banca: Cebraspe
  • Escolaridade: Nível Superior
  • Edital: PF 2021

Informações sobre o concurso PF (área administrativa)

  • Data prevista: 2022
  • Vagas: 557 solicitadas
  • Cargos: Vários
  • Banca: A definir
  • Escolaridade: Nível Superior e Médio
  • Edital: PF 2013

Saiba mais sobre o nosso Curso Polícia Federal!

Veja os principais concursos abertos com altos salários que oferecem oportunidades para todos os níveis de escolaridade!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja os comentários
  • Em relação ao cargo de agente administrativo será que realmente vai ter mesmo?
    Pedro Henrique Batista de Paula em 07/12/20 às 15:19
  • Não irá ter cargo pra perito criminal federal???
    Bruna em 04/12/20 às 11:48
  • Eu quero fazer esse curso e é o meu sonhor
    Maria Alana Fantini de Paula Silva em 01/12/20 às 12:10
  • não haverá no concurso da Pf o cargo de agente administrativo?
    cristina em 20/11/20 às 23:50
  • Eu quero ser um policial federal acredito muito vou chegar lá
    Marcio dos santos em 11/11/20 às 09:28
  • Respondendo as principais perguntas: 01 - Não, se você começar agora NÃO irá passar, é um concurso disputadíssimo e com extenso conteúdo para estudar; 02 - Leia a notícia novamente, afinal, você não compreendeu; 03 - LEIA o último Edital; 03.1 - RELEIA o último Edital; 03.2 - Leia o último edital mais uma vez. Se, após a leitura por três vezes ainda persistirem as dúvidas, melhor encaminhar seu currículo ao RH mais próximo de sua residência. Por hoje é só pessoal
    Jr em 28/10/20 às 13:57
  • Um absurdo uma polícia Federal não investir em peritos.,,,,Um grande erro mesmo . Toda polícia forte possui um corpo forte de investigadores e peritos...sem isso, é enxugar gelo
    andre em 20/10/20 às 15:23
  • boa noite ! Alguém poderiam passar, algumas informações; sobre quais são ás escolas que são mas indicadas para concurso públicos para carreiras policias que, possa fazer minha matricula e que sejam aqui em pernmbuco...??
    ubiratan jose da silva em 08/10/20 às 21:32
  • O pior presidente da história.
    João SP em 08/10/20 às 17:16
  • Quais são as matérias para papiloscopista policial PF e se tem natação para papiloscopista?
    Evaldo em 01/10/20 às 16:58
  • Eu sonho seu polícia
    WAllace em 30/09/20 às 15:05
  • O material gratis (vadi mecum) está desatualizado!!!! Estão perdendo para os cursinhos concorrentes neste quesito. Materiais disponibilizado pelos outros como Direção, Grancurso está atualizadíssimo. É só vc olhar o artigo 144 da CF Segurança Pública, está desatualizado ainda! Isso descredibiliza o material do Estratégia.
    Jose em 25/09/20 às 15:48
  • e PERITO CRIMINAL NÃO TERÁ?
    Thayny em 25/09/20 às 15:35
  • Dar tempo estudar pra Agente começando agora?
    Raquel em 21/09/20 às 17:51
  • Olá!! Ví que no exame físico tem um teste de natação, esse teste é reprovatório?
    Dorival em 21/09/20 às 17:02
  • Bom dia. Gostaria de saber se vai ter concurso público Polícia Federal para agente administrativo nível médio.? Quero muito fazer, e estudar para passar.
    Sylvana Bianchini em 17/09/20 às 10:10
  • Ah é mesmo?! A maioria dos policiais votaram nesse embuste que tá na presidência (que quer ferrar com o servidor público) e agora tão com medinho? Agora torçam pra oposição de "esquerdopatas" e "comunistas" defenderem a estabilidade e não deixarem que isso passe. Parabéns para o concurseiro que votou nesse destruidor.
    Paulo em 11/09/20 às 17:07
  • Qual será a data prevista para o Edital, não estou conseguindo entender muito bem devidos as muitas publicações sobre o Concurso.
    Andréia em 03/09/20 às 10:39
  • Olá, no edital de 2013 para Agente Administrativo não caiu Direito Penal e Processual Penal. Será que em 2020 incluirão essas duas disciplinas?
    Maria em 30/08/20 às 14:51
  • Será que o TAF vai ser obrigatório para todos os cargos?
    Vivian em 25/08/20 às 15:18
  • qual é o salário para o cargo de administrador?
    pedro em 24/08/20 às 17:05
  • O concurso da policia federal, quanto ao local de lotação das vagas serão somente para área de fronteira independentemente do cargo escolhido pelo candidato?
    Marcelo Santos em 21/08/20 às 09:36
  • Não entendo, ouve concurso em 2018 para praticamente todas as áreas, sendo que o concurso vence ou já venceu esse ano, mas pode ser prorrogado por mais dois anos. Eu não esperaria vaga para perito.
    Francisco Willyk em 14/08/20 às 14:49
  • Olá, no que tange aos requisitos para os cargos de agente, escrivão e papilo, a exigência de NS em qualquer área de formação inclui os cursos superiores de tecnologia?
    Makaê em 11/08/20 às 09:56
  • Perito Criminal nada?
    joão em 01/08/20 às 20:30
  • Eh lasqueira! Vamos estudar pra mudar de classe social!
    Tom em 31/07/20 às 23:05
  • Respondendo a vários colegas: as condições incapacitantes serão as mesmas do concurso passado, portanto, Luís Fernando, dê uma olhadinha no edital passado. Sobre o cargo de perito, as muitas informações divulgadas levam a crer que não teremos vagas para tal, até porque dando uma rápida olhada no quadro de cargos vagos, percebe-se que o de perito é o que sofre o menor déficit. E, respondendo aos companheiros que perguntam sobre as vagas para PCD, acredito que teremos, pois foi uma conquista conseguida com muito esforço e contemplada nos últimos concursos para os quadros tanto da PF, quanto da PRF. Espero ter ajudado vocês e boa sorte para todos.
    Antonio em 30/06/20 às 22:21
  • Quando sera que terá concurso pra agente administrativo da PF. Compensa se preparar para ele?
    Vivian em 19/06/20 às 13:28
  • Tenho interesse no caro de papilo, contudo, tenho uma condição de nascença chamada pectus excavatum (grau leve), tenho apreensão de me dedicar e reprovar por questões médicas. Alguém saberia me dizer se vale a pena? (exemplo, se tiver que mover ação para conseguir, eu entendo que não vale a pena, prefiro me dedicar para outro concurso).
    Luis Fernando em 18/04/20 às 13:05
  • Bora com tudo
    Celso em 15/04/20 às 13:32
  • Alguém sabe me dizer se vai ter cota para deficiente nesse concurso público??
    Gerci em 04/04/20 às 14:44
  • Vai abrir para perito também?
    Saulo em 31/03/20 às 11:41
  • Gostaria que o Estratégia apurasse as informações quanto aos cargos de perito. As informações que têm aparecido são vagas quanto a estes cargos. O número de cargos vagos em cada especialidade e a perspectiva destes virem a ser contemplados nos próximos concursos são informações essenciais.
    Thiago Azevedo em 28/03/20 às 22:10
  • Alguém saberia informar se vai contemplar para área de Perito Criminal?
    Sales em 28/03/20 às 11:36
  • Esperançoso com a quantidade de vagas expostas. Tomara que sejam cumpridas! Foco nos estudos, a quarentena está nos dando essa força.
    Matheus em 27/03/20 às 22:20
  • Bom dia! Como funciona para inscrição em cagas Pcd? Obrigado!
    Alle em 24/02/20 às 05:13
  • Eu quero conquistar e realizar meu sonho.
    Maria Ferreira dos Santos em 18/02/20 às 09:35
  • QUERO FICAR POR DENTRO DAS NOVIDADES
    ANDREZA ALVES em 13/01/20 às 12:22
  • Aprovado fora das vagas kkkk é cada uma parem de chorar e vão estudar!
    Marcio em 06/08/19 às 22:36
  • Grande Dia!!!
    Leandro Ramos em 06/08/19 às 16:13
  • Foram convocados 1.124 candidatos (geral+negros+PNE+sub judice) para enviarem seus documentos para o CFP. No entanto, o governo anunciou que serão aproveitados mil candidatos aprovados. Alguém sabe quais carreiras terão preferência, já que não haverá vaga para todos?
    Souza Lima em 13/04/19 às 07:15
  • Júlio, esse tal imbróglio jurídico deveria ter acontecido no último concurso do TCU quando o prazo de validade do edital foi dilatado, não? Todos os APROVADOS devem ser convocados em nome da eficiência administrativa. Um novo concurso, com todas as etapas (prova, TAF, exame médico, academia) só possibilitaria a posse de novos servidores em meados de 2020. Não sei se o governo é a população estão dispostos a esperar até lá. Um abraço
    Marcus Vinicius Silva Resende em 04/01/19 às 15:53
  • São +4300 cargos vagos e no máximo 600 excedentes. Ainda restam +3500 cargos a serem preenchidos por concurso. Tem vaga pra todos. O concurso de 2004 teve muitos sendo chamados em 2009, em vagas não previstas no edital. Entraram muitos excedentes. A questão é política: se o governo quiser, chama. Enquanto o concurso não for homologado, pode sofrer alterações. E ainda nem foi a etapa de exame médico. Tem muito chão.
    Bruno em 04/01/19 às 13:40
  • Ampliação de vagas pra convocação de um concurso que já passou contraria totalmente as regras do edital. Todo mundo sabe que eram 180 vagas e ponto. Assim q homologar o concurso não se pode falar em ampliação pra convocar, é um imbróglio jurídico que jamais será aprovado.
    Julio em 03/01/19 às 11:31
  • Assim como o colega Gabriel sou um dos aprovados fora das vagas, mas para perito. Golpe é desperdiçar candidatos APROVADOS num dos concursos mais disputados do país sendo que o déficit de pessoal do órgão é informado por todos os sindicatos e associações de políciais federais. Tenham certeza que nosso esforço será recompensado, colegas.
    CRISTIAN K JR em 29/12/18 às 21:39
  • Assim como o colega Gabriel sou um dos aprovados fora das vagas, mas para perito. Golpe é desperdiçar candidatos APROVADOS num dos concursos mais disputados do país sendo que o déficit de pessoal do órgão é informado por todos os sindicatos e associações de políciais federais. Tenham certeza que nosso esforço será recompensado, colegas.
    CRISTIAN K JR em 29/12/18 às 20:00
  • O Brasil precisa de todos os aprovados, golpe será não fortalecer a PF! A ampliação de vagas em concurso é algo rotineiro e inteligente, pois esta dentro dos princípios da administração pública de economicidade, eficiência... Aqueles que ainda não lograram exito na aprovação, deverão ficar felizes com a nomeação de todos os aprovados, pois será um reconhecimento da instituição, um sinal positivo que o governo está preocupado e que fará de tudo, ai incluindo novos concursos, para suprir o deficit gigantesco na PF.
    Mateus em 27/12/18 às 20:15
  • Não só pra delegado, mas pra todos os cargos há um déficit gigantesco, principalmente para Agentes e Escrivães. Já contamos com os mais diversos apoios na luta pela convocação de todos os aprovados do concurso de 2018, dentre eles o presidente da Fenapef e do SINDPF, Evandro Guedes e vários deputados que lutam por uma melhor segurança pública. Esperamos contar com a força do Estratégia pra seguirmos nossa luta. Vários alunos excedentes são alunos do Estratégia e isso seria algo muito bom para o curso. Obrigado por divulgar esse tipo de matéria, Ricardo. Com Bolsonaro e Moro no governo, acreditamos, sim, que é possível a convocação dos excedentes.
    Aprovado PF 2018 em 27/12/18 às 18:58
  • Sou um dos aprovados fora das vagas pra delegado, a dificuldade que passamos, o dinheiro investido, principalmente com exames e viagens pra ir fazer prova, ultrapassam facilmente 5 mil reais. O gasto de tempo é outro condicionante, meses de incerteza e luta, difícil estudar. Pra quem entende a situação sabe quão demorado e caro é o concurso da pf, prezaria pela eficiência da adm chamar todos. Pra quem não entende, pode chamar de "gato"
    gabriel lobo de castro meira em 27/12/18 às 16:54
  • Gato é não ser aprovado. Espero que amplie as vagas, e nomeie todos os APROVADOS. O Brasil merece.
    Rafael em 27/12/18 às 15:43