Concurso Polícia Federal 2018: MPF solicita alterações em edital com 500 vagas
Coordenação

Concurso Polícia Federal: AGU se manifesta sobre pedido de retificação do edital feito pelo MPF

AGU considera que pedido pode atrapalhar andamento do concurso

Após a abertura do prazo de 72 horas, a Advocacia Geral da União se manifestou nos autos da ação movida pelo MPF que pede a retificação do edital e reabertura das inscrições do concurso da Polícia Federal para  candidatos com deficiência em todos os cargos.

O MPF ingressou com uma Ação Civil Pública contra a previsão do edital que estabelece que não haverá adaptação do exame de aptidão física, da prova oral, da prova prática de digitação, da avaliação médica, da avaliação psicológica ou do Curso de Formação Profissional às condições do candidato, com deficiência física ou não.

O juízo da 4ª Vara Federal de Canoas estabeleceu um prazo para que a União se manifestasse. A AGU protocolou uma petição contestando os pedidos do MPF no fim da tarde da sexta-feira, 17 de agosto.

Segundo a AGU, a previsão do edital está em consonância com a Constituição, que permite o estabelecimento de requisitos diferenciados quando a natureza do cargo existir, o que é o caso da carreira da Polícia Federal.

De acordo com a manifestação da AGU, os requisitos legais de reserva de vagas foram todos cumpridos e a jurisprudência do STF é pacífica no sentido de que os candidatos com deficiência deverão concorrer em condições de igualdade com os demais candidatos, devendo ser aferida a compatibilidade da deficiência com o exercício do cargo.

Para a União, se o pedido formulado pelo MPF for aceito, o cronograma do certame será prejudicado, inviabilizando o provimento das vagas de acordo com as necessidades operacionais da Polícia Federal.

Ainda de acordo com a AGU, a adaptação dessas fases do certame poderia criar um precedente perigoso, pois o exercício das funções de um policial federal envolve uma série de riscos, sendo importante aferir a compatibilidade dos candidatos com as tarefas do cargo.

A prova está prevista para acontecer no dia 16 de setembro. Até uma nova decisão da Justiça Federal, esta data está mantida.

Para o cargo de Delegado a prova objetiva terá a duração de 4 horas e será aplicada no turno da manhã. A prova discursiva terá a duração de 4 horas e será aplicada na mesma data, no turno da tarde.

Já os demais cargos as provas objetiva e discursiva terão duração de 5 horas e serão aplicadas no turno da tarde.

O Estratégia Concursos acompanha com atenção o andamento do processo, para manter você sempre atualizado!

Clique aqui para ler a íntegra da Manifestação da Advocacia Geral da União.

Aulão Presencial de Véspera

Já se inscreveu para nosso Aulão de Véspera? Sabia que alunos que adquiriram qualquer pacote da Polícia Federal tem 50% de desconto na inscrição? Então não perca mais tempo e se inscreva para um dia completo (15 de setembro) com TUDO o que você precisa saber para garantir sua aprovação!

Programação (sujeita a alterações):
  •  07:30 às 08:30 – Recepção e credenciamento dos alunos
  • 08:30 às 09:15 – Ricardo Vale (Direito Constitucional)
  • 09:15 às 10:00 – Arthur Lima (Raciocínio Lógico / Estatística)
  • 10:00 às 10:45 – Herbert Almeida (Direito Administrativo)

INTERVALO – 15 minutos

  • 11:00 às 12:30 – Victor Dalton e Thiago Cavalcanti (Informática)

ALMOÇO – 90 minutos

  • 14:00 às 15:30 – Gabriel Rabelo (Contabilidade)
  • 15:30 às 16:15 – Renan Araujo (Direito Penal e Processo Penal)

INTERVALO – 15 minutos

  • 16:30 às 17:15 – Décio Terror (Português)
  • 17:15 às 18:00 – Marcos Girão (Legislação Especial)

Local: Hotel Meliá – Av. Paulista.

Confira todos os detalhes do Concurso Polícia Federal 2018

Ao todo, são ofertadas 500 vagas para os cargos de Agente, Escrivão, Perito, Papiloscopista e DelegadoAs remunerações iniciais variam entre R$ 12 mil e R$ 22 mil. 

Confira abaixo a distribuição das vagas que serão oferecidas no concurso da Polícia Federal:

Delegado: 150 vagas
Perito Criminal: 60 vagas
Escrivão: 80 vagas
Papiloscopista: 30 vagas
Agente: 180 vagas

Remuneração

Confira abaixo as tabelas de remuneração atualizadas dos cargos de Delegado, Perito, Agente, Escrivão e Papiloscopista da Polícia Federal, juntamente com a progressão da carreira.

Delegado e Perito

Remuneração Inicial: R$22.672,48
Remuneração Final: R$29.604,70

Agente, Escrivão e Papiloscopista

Remuneração Inicial: R$11.983,26
Remuneração Final: R$17.848,60

Benefícios da carreira

O adicional de fronteira será de R$ 91,00 por dia trabalhado durante a semana –  não serão contabilizados os fins de semana –  podendo chegar a um acréscimo de R$ 2 mil reais líquidos à remuneração ao final de 22 dias trabalhados. Além disso, os servidores recebem Auxílio Alimentação no valor de R$ 458,00.

Vade Mecum | Legislação Completo Polícia Federal

Pensando em você concurseiro, os professores do Estratégia se reuniram para te auxiliar a poupar o seu tempo e compilar toda a legislação prevista no edital. Por isso, estamos disponibilizando a legislação completa prevista dos cargos de Agent, Escrivão e Delegado da Polícia Federal, CESPE 2018.

Acesse o conteúdo de forma gratuita, clicando no banner!

 

Requisitos dos cargos da PF

Entre os conteúdos exigidos na prova do cargo de Agente estão:

Língua Portuguesa
Informática 
Estatística
Raciocínio Lógico
Contabilidade Geral
Noções de Dir. Penal
Noções de Dir. Proc. Penal 
Noções de Dir. Administrativo
Noções de Dir. Constitucional 
Legislação Especial

Escrivão de Polícia

O cargo de escrivão da Polícia Federal exige do candidato Nível Superior em qualquer área de formação. É preciso ter ainda 18 anos na data de matrícula no Curso de Formação e CNH na categoria B ou superior.

As disciplinas (básicas) exigidas foram:

Língua Portuguesa
Noções de Informática 
Estatística
Raciocínio Lógico
Contabilidade Geral
Noções de Direito Penal
Noções de Direito Processual Penal 
Noções de Direito Administrativo
Noções de Direito Constitucional 
Legislação Especial 
Arquivologia

Perito Criminal

Para se candidatar ao cargo de Perito Criminal é preciso que os candidatos tenham 18 anos na data de matrícula do Curso de Formação. Além disso, é preciso ter formação em Nível Superior na função específica e possuir CNH categoria B ou superior.

Nas provas do concurso serão exigidas as seguintes disciplinas abaixo:

Língua Portuguesa
Noções de Informática 
Atualidades 
Raciocínio Lógico
Noções de Direito Processual Penal
Noções de Direito Administrativo
Noções de Direito Constitucional
Legislação Especial 

Papiloscopista

O cargo de Papiloscopista exige do candidato Nível Superior em qualquer área de formação, 18 anos no mínimo na data de matrícula do Curso de Formação e ainda ter CNH ou superior.

Entre as atribuições do Papiloscopista estão executar, orientar, supervisionar e fiscalizar os trabalhos papiloscópicos de coleta; bem como auxiliar as autoridades e desenvolver estudos na área da papiloscopia.

Os conteúdos (básicos) cobrados nas provas de papiloscopista serão:

Língua Portuguesa
Informática 
Estatística
Raciocínio Lógico
Noções de Dir. Administrativo
Noções de Direito Penal

Noções de Dir. Proc. Penal
Noções de Dir. Constitucional
Legislação Especial
Arquivologia
Física
Biologia

Delegado de Polícia Federal

Para se candidatar ao cargo de Delegado da Polícia Federal é preciso ter idade mínima de 18 anos na data de matrícula do Curso de Formação. É necessário ainda ter CHN e formação em Nível Superior, na área de Direito, e ter três anos de atividade jurídica ou policial na data da posse.

O cargo de Delegado da Polícia Federal é dividido em classes. Ao ser empossado, um novo delegado ingressa na classe inicial e vai ascendendo por critérios de antiguidade e merecimento. As remunerações aumentam gradativamente, a medida que o servidor sobe de classe.

Etapas do concurso Delegado PF

a) Prova Objetiva (eliminatória e classificatória):

Na primeira etapa do concurso, os candidatos são submetidos a uma prova de 120 questões, cada uma valendo um ponto. O critério de avaliação é de para cada resposta errada anula uma certa. As provas cobraram dos candidatos conhecimentos nas áreas de:

Direito Constitucional – 12 questões
Direito Administrativo – 12 questões
Direito Penal – 21 questões
Direito Processual Penal – 15 questões
Legislação Penal Especial – 16 questões
Criminologia – 9  questões
Direito Civil – 4 questões
Direito Processual Civil – 5 questões
Direito Previdenciário – 8 questões
Direito Tributário – 3 questões
Direito Financeiro – 2 questões
Direito Internacional Público – 7 questões
Direito Empresarial – 6 questões

b) Prova Discursiva (eliminatória e classificatória):

A prova discursiva do cargo foi composta de 3 questões discursivas e uma peça profissional. Nas provas, foram cobrados conhecimentos nas áreas de Direito Penal, Direito Processual Penal, Direito Constitucional e Direito Administrativo.

Etapas do Concurso Polícia Federal

Além as provas objetivas e discursivas, os candidatos passam por Exame de Aptidão Física (eliminatório); Exame Médico (eliminatório); Prova Oral (eliminatória): Avaliação Psicológica (eliminatória); e Avaliação de Títulos (classificatória).

Os aprovados serão inscritos no Curso de Formação Profissional, que será realizado pela Academia Nacional de Polícia. O curso dura cerca de 5 mesestotalizando 850 horas-aula e ocorre no regime de internato parcial, e recebem bolsa de 50% do valor da remuneração.

Locais de provas

As provas costumam ser aplicadas em todas as capitais e no Distrito Federal. No caso das provas orais, essas devem ser realizadas apenas no Distrito Federal.

A maioria das vagas oferecidas no concurso Polícia Federal estão situadas nas chamadas áreas de fronteira, além dos estados do Acre, Amazonas, Amapá, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Rondônia e Roraima. No entanto, após a posse há possibilidade de remoção para outras localidades do país.

Análise de Edital Concurso Polícia Federal 2018:

Dobradinha PF: Direito Constitucional e Administrativo

Cursos para o Concurso Polícia Federal

Saia na frente dos demais candidatos. O Estratégia Concursos já lançou cursos para os cargos da Polícia Federal. Confira os cursos nos links abaixo:

CURSOS PARA DELEGADO

CURSOS PARA PERITO

CURSOS PARA AGENTE

CURSOS PARA ESCRIVÃO

CURSOS PAPILOSCOPISTA

ficha técnica Concurso Polícia Federal

Informações do Concurso Polícia Federal

►Data: 16 de setembro
►Cargos: Escrivão, Agente, Perito, Papiloscopista, Delegado.
►Vagas: 500 vagas
►Lotações: Nacional
►Banca: Cespe/Cebraspe
►Escolaridade: Nível  Superior
►Edital: Edital Polícia Federal 2018

Fernando Brito
Ascom Estratégia
[email protected]

Materiais Gratuitos Polícia Federal

Receba notícias de Concursos no seu WhatsApp e/ou Telegram!

Cadastre-se clicando no ícone abaixo

Notícias de concursos no seu WhatsApp e/ou Telegram

Compartilhe:

Veja os comentários:
Deixe seu comentário:

Deixe seu comentário:

Vídeos Relacionados
Depoimentos dos Aprovados

Cadastre-se para receber novidades e ofertas especiais sobre cursos.

Cadastre-se para receber novidades e ofertas especiais sobre cursos.