Concurso PC MG Delegado: banca das provas discursivas é divulgada pelo órgão
Coordenação

Concurso PC MG Delegado: órgão publica composição das bancas da prova dissertativa

Saiba tudo sobre o concurso PC MG Delegado

Foi publicada, no Diário Oficial de Minas Gerais, a composição das bancas examinadoras da prova dissertativa do concurso da Polícia Civil de Minas Gerais para  o cargo de Delegado.

A segunda fase do certame ocorrerá em 12 de agosto e compreenderá a resolução de 8 questões discursivas de 4 disciplinas, com aplicação em Belo Horizonte (MG).

O edital do certame foi publicado em fevereiro de 2018 e oferece 76 vagas para provimento imediato. A remuneração inicial do cargo de Delegado da Polícia Civil mineira é de  R$ 11.475,57.  Foi estabelecida a reserva de 10% das vagas a candidatos com deficiência.

Confira abaixo a íntegra da publicação com a composição dos membros da banca examinadora:

concurso pc mg delegado

Requisitos para o cargo

a) Ter sido aprovado, classificado, em ordem decrescente de pontuação, e nomeado na forma estabelecida neste Edital.

b) Ter idade mínima de 18 (dezoito) anos completos na data da posse.

c) Ser brasileiro nato ou naturalizado, conforme preceitua a legislação vigente.

d) Estar em dia com as obrigações eleitorais e, em caso de candidato do sexo masculino, também, com as militares.

e) Estar em pleno exercício de seus direitos civis e políticos.

f) Possuir o título de bacharel em Direito, curso estabelecido como pré-requisito, a ser comprovado mediante a entrega de cópia autenticada do diploma ou certidão expedida por Instituição de Ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, na data da posse.

Etapas do concurso PC MG

1) Provas de Conhecimentos:

a) Prova Objetiva, de caráter eliminatório e classificatório.

b) Prova Dissertativa, de caráter eliminatório e classificatório.

c) Prova Oral, de caráter eliminatório e classificatório.

2) Avaliação Psicológica, de caráter eliminatório.

3) Exames Biomédicos e Biofísicos, de caráter eliminatório.

4) Provas de Títulos, de caráter classificatório.

5) Investigação Social, de caráter eliminatório.

As provas

Prova objetiva

A prova objetiva ocorreu 17 de junho de 2018, a prova objetiva terá duração de 4:30 horas, com permanência mínima de 2 horas.

Ela será composta por 70 questões de múltipla escolha com quatro alternativas, divididas por disciplinas do seguinte modo:

a) 10 questões de Direito Administrativo.
b) 10 questões de Direito Civil.
c) 10 questões de Direito Constitucional.
d) 10 questões de Direito Penal.
e) 10 questões de Direito Processual Penal.
f) 05 questões de Direitos Humanos.
g) 10 questões de Medicina Legal.
h) 05 questões de Noções de Criminologia.

Será considerado aprovado na Prova Objetiva o candidato que obtiver o mínimo de 60% das respostas corretas. Além disso, é necessário que o candidato atinja pelo menos 20% de acertos nas questões das disciplinas do programa. Cada questão valerá 1 ponto.

Prova dissertativa

Somente serão convocados para a Prova Dissertativa os 760 candidatos de melhor pontuação, dentre estes já incluídos os 76 candidatos com deficiência, respeitados os empates.

A prova dissertativa terá duração máxima de 4 horas, com permanência mínima de 2 horas. Sua aplicação está prevista para o dia  12 de agosto de 2018. Ela versará sobre os seguintes conteúdos:

a) Direito Administrativo.
b) Direito Constitucional.
c) Direito Penal.
d) Direito Processual Penal.

A prova consistirá na resolução de 2 questões dissertativas por disciplina, valendo 5 pontos cada. A prova valerá, no total 40 pontos. Será permitida a consulta à legislação não não comentada ou anotada.

Será considerado aprovado o candidato que obtiver o mínimo de 60% dos pontos, no somatório total das quatro disciplinas, e não obtiver nota inferior ao equivalente a 20%dos pontos, em qualquer uma das disciplinas.

Prova oral

Somente serão convocados para a Prova Oral os 228  candidatos de melhor pontuação, somando-se os pontos obtidos nas Provas Objetiva e Dissertativa, dentre estes já incluídos os 23 candidatos com deficiência.

A Prova Oral está prevista para ocorrer em 2 de outubro de 2018. Os candidatos serão arguidos, pelo prazo máximo de 20 minutos, por examinadores responsáveis pelos programas das seguintes matérias:

a) Direito Administrativo.
b) Direito Constitucional.
c) Direito Penal.
d) Direito Processual Penal.

Nas Provas Orais, a avaliação, para cada disciplina, variará de 0 a 10  pontos, e serão considerados o domínio do conhecimento jurídico, a articulação do raciocínio, a capacidade de argumentação
e o uso correto do vernáculo durante a exposição.

Será considerado aprovado o candidato que obtiver o mínimo de 60% (sessenta por cento) dos pontos, no somatório total das 04 matérias.

Avaliação de Títulos

Os candidatos aprovados nas provas discursiva e objetiva, convocados para a prova oral, deverão apresentar títulos, que computarão, no máximo 5 pontos.

a) documento comprobatório de aprovação em concurso público para Juiz de Direito Estadual ou Federal, Promotor de Justiça da União ou dos Estados, Delegado de Polícia (Federal ou Estadual), Defensor Público, Advogado da União ou do Estado: 02  pontos;

b) diploma de Curso Superior, excetuado o de Bacharel em Direito, expedido por estabelecimento de ensino oficial ou reconhecido: 02 (dois) pontos;

c) diploma de Curso de Especialização em Criminologia, expedido por estabelecimento de ensino oficial ou reconhecido: 02 pontos;

d) diploma de curso jurídico de pós-graduação, expedido por estabelecimento de ensino oficial ou reconhecido a saber: lato sensu – Especialização: 02  pontos. stricto sensu – Mestrado: 03  pontos. stricto sensu – Doutorado: 04  pontos.

e) certificado de conclusão de curso de natureza policial da Academia de Polícia Civil de Minas Gerais, ou congênere, com carga horária igualou superior a 80 horas/aula: 01 ponto para cada curso de natureza policial diferente, até o limite de 3  pontos.

A comissão do Concurso

Foi publicada, em 2 de fevereiro de 2018, no Diário Oficial de Minas Gerais (DOE-MG), a nomeação Comissão Organizadora do próximo concurso Polícia Civil MG. Ela foi designada para coordenar e acompanhar todas as fases do certame. Abaixo você pode conferir a íntegra da publicação:

concurso polícia civil mg

 

Último Concurso Polícia Civil MG

O último Concurso Polícia Civil MG para estes cargos foi realizado em 2011, quando foram ofertadas 205 vagas para escrivão e 144 para delegado. As disciplinas cobradas na prova do concurso Polícia Civil MG para escrivão foram:

Língua Portuguesa
Direitos Humanos
Noções de Direito
Noções Básicas de Medicina Legal
História
Geografia
Noções de Informática

Para o cargo de delegado foram cobradas as disciplinas de:

Direito Constitucional
Direito Civil
Direito Administrativo
Direito Penal
Direito Processual Penal
Medicina Legal
Direitos Humanos

A validade do concurso para escrevente foi de seis meses e para delegado de dois anos, ambos foram regidos pelo regime estatutário.

Gostou desta oportunidade e quer começar a se preparar agora mesmo para este concurso? Clique no link abaixo e confira os cursos que o Estratégia Concursos possui para reforçar seus estudos e garantir sua aprovação!

CURSOS PARA CONCURSO POLÍCIA CIVIL MG

 

Concurso

〈Informações do concurso PC MG Delegado〉

►Data prevista: 12/08/2018 (Prova Discursiva)
►Vagas: 76 vagas imediatas
►Lotações: Minas Gerais
►Remuneração inicial: R$ 11.475,60
►Banca: FUMARC (Fundação Mariana Resente Costa)
►Escolaridade: Ensino Superior
►Cursos Estratégia Concursos: CURSOS PARA CONCURSO POLÍCIA CIVIL MG
Edital: Edital Concurso PC MG Delegado

Fernando Brito
Ascom Estratégia
[email protected]


Receba notícias de Concursos no seu WhatsApp e/ou Telegram!

Cadastre-se clicando no ícone abaixo

Notícias de concursos no seu WhatsApp e/ou Telegram

 

Compartilhe:

Veja os comentários:
Deixe seu comentário:

Deixe seu comentário:

Vídeos Relacionados
Depoimentos dos Aprovados

Cadastre-se para receber novidades e ofertas especiais sobre cursos.

Cadastre-se para receber novidades e ofertas especiais sobre cursos.