Secretário do Tesouro prevê novos concursos após a reforma administrativa
Concursos Públicos

Secretário do Tesouro prevê novos concursos após a reforma administrativa

Titular reconhece a necessidade de reposição das vagas

O secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, em entrevista ao jornal O Dia, revelou que novos concursos públicos devem ser autorizados somente após a Reforma Administrativa, que altera a estrutura do funcionalismo público do país.

“É muito claro que é preciso concurso para renovar as carreiras. Mas, hoje, um grande problema que tem no serviço público é que os salários de entrada são altos. Depois, a pessoa chega muito rápido ao final da carreira, então perde um pouco de estímulo. A gente tem que melhorar um pouco esse mecanismo de estímulo do servidor público”, ressaltou.

O titular da pasta reforçou, ainda, que algumas categorias do funcionalismo devem ter reajuste, porém que não pode ser para todas as categorias e que não seja algo contínuo.

Reforma Administrativa

Segundo o governo federal, o objetivo da reforma administrativa é diminuir o número de carreiras no serviço público de quase 300 para algo em torno de 20 ou 30.

Outro objetivo é fazer com que o servidor leve mais tempo para atingir o topo da carreira, ou seja, a maior remuneração do cargo, aumentando o número de níveis da progressão de carreira. O governo deseja, também, alterar a forma como o servidor adquire a estabilidade no cargo.

O presidente Jair Bolsonaro já informou que essa é uma pauta prioritária para o governo e que o projeto da Reforma Administrativa deve ser enviado em breve para Câmara e Senado Federal.

Assinatura Anual Ilimitada*

Prepare-se com o melhor material e com quem mais aprova em Concursos Públicos em todo o país. Assine agora a nossa Assinatura Anual e tenha acesso ilimitado* a todos os nossos cursos.

ASSINE AGORA – Assinatura Ilimitada

CONCURSOS ABERTOS

CONCURSOS 2020

Tiago Zanolla

Tiago Zanolla

Engenheiro de Produção de formação, está envolvido com concursos públicos desde 2009, ano em que prestou seus primeiros concursos.  Desde 2011, é servidor do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná, exercendo o cargo de Técnico Judiciário Cumpridor de Mandados.  Além de algumas obras publicadas, é professor de legislações específicas, especialista em  cursos para Tribunais e MPU, além de outras carreiras administrativas.

Deixe seu comentário:

Deixe seu comentário:

Vídeos Relacionados