Artigo

PASSOS DE GIGANTE 122/365

Aceleraaaaaaaaa!

Acelera até a velocidade de cruzeiro! Águiaaaaaaaaaaaa! É o que homem! Que diacho é esse trem de cruzeiro? É time de futebol? Ué, mas eu não sou mineiro! Calma… calma… calminha aê! É HORA DA MUDANÇA! Melhor… das mudanças, mas antes disso, vamos à definição.

Velocidade de Cruzeiro = significa a velocidade ideal para um determinado percurso, em que se consegue manter a velocidade máxima e constante. Também pode significar a relação maior eficiência/menor consumo.

Ma… ma… ma… ma… maaaaaaaaaaaaas Raphael… eu nem comecei a estudar ainda… eu ainda não sei o que eu quero… não me decidi… não tenho clareza sobre qual área seguir… sobre o que fazer…


Tudo bem, volte para os Passos de Gigante 1 a 31, se você é novo por aqui.

Ma… ma… ma…ma… maaaaaaaaaaaaaaas Raphael… vai doer… vai machucar… e o meu prazer como fica? eu ainda não tenho cabeça para isso.


Tudo bem, volte para os Passos de Gigante 32 a 59, se você tem esse tipo de problema a ser resolvido.

Ma… ma… ma…ma… maaaaaaaaaaaaaaas Raphael… é que eu sou fraco… eu sou um burrinho… eu nunca passei para nada… eu não deveria sequer existir…


Volte para os Passos de Gigante 60 a 90, se você tem esse tipo de problema a ser resolvido.

E se eu te dissesse que na verdade, na verdade que tu és um GIGANTE, mas que ainda não descobriste? Quer uma prova viva disso? Ouse desafiar-se!

Ma… ma… ma…ma… maaaaaaaaaaaaaaas Raphael… eu me faço tantas perguntas… por que eu não consigo? por que tudo sempre dá errado pra mim? por que eu nasci? por que eu existo? não seria melhor morrer?

Calma amigo. Calma amiga. Por favor… são 03:15 da manhã e eu do fundo do meu coração digo que estou aqui para te amar…

Quem sou eu… quem sou eu para te dizer isso? quem sou eu para te escrever isso? Quem sou eu para te amar?

Simples… um apaixonado pela vida que esteve muito na merda… que experimentou a quase morte quatro vezes… que já foi o cara mais zoado da turma por décadas… eu de coração tenho certeza absoluta do que você sente… ou sentiu… já experimentei isso… confia em mim… dê me a sua mão… e me ouça com atenção:

Tudo bem… nós… só não fizemos as melhores perguntas… e acredite… as perguntas são mais importantes que as respostas.


Volte para os Passos de Gigante 91 a 121, estarei lá contigo, em cada parágrafo, linha… palavra!

Aaaaaaaaaaaaaaaaargh! Aaaaaaaaaaaaaaaaaargh! Ah! Hu! Ah! Hu! Espartaaaaaaaaaaaaaaaaaargh! Vamos aquecer os Passos e colocar essa energia lá em cima! Passamos por um terço dos Passos de Gigantes! AGORA! HOJE! JÁ! Começaremos a sessão V: O truque da mudança – o condicionamento para o sucesso.

“O hábito é o melhor dos servos ou o pior dos patrões”. (Nathaniel Emmons)

Se você entendeu bem… é isso mesmo… uma mesma palavrinha (hábito) pode servi-lo como se você fosse um sultão ou pode ser o pior chefe da sua vida… tudo dependerá de qual hábito você construiu, qual hábito você possui hoje e qual novo hábito iremos construir JUNTOS.

“Sempre me orgulhei de minha capacidade de produzir mudanças duradouras em quase qualquer pessoa. Um dia, porém, tive um amargo despertar, quando um homem que anos antes eu ajudara a abandonar o fumo puxou um maço de cigarros do bolso e disse:

– Você fracassou!

– O que quer dizer? – perguntei, curioso para saber o que havia acontecido.

– Depois de nossa sessão, fiquei sem fumar durante dois anos e meio. Mas um dia me senti estressado, acendi um cigarro e voltei a fumar. É culpa sua! Você não me programou direito!

Apesar de sua comunicação ser pouco elegante, esse homem me deu um presente incrível. Ele me lembrou de que devemos assumir a responsabilidade emocional por nossa mudança. Ninguém pode “programá-lo”. Você deve se condicionar. (ROBBINS, Anthony, pag. 143. Passos de Gigante: Pequenas mudanças que fazem grande diferença. 2ª ed. Rio de Janeiro: Viva Livros, 2016)

Caracaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa… O texto acima é tão rico que eu poderia chamá-lo de milionário! (rs). A gente pode falar de oportunidade, de autorresponsabilidade e de mindset (mentalidade), por baixo…

Vou focar de forma intensa em autorresponsabilidade. O assunto está recheado de exemplos e de reflexões.

Aprendizado por filmes! :)

Vamos começar as mudanças que NÓS precisamos em NOSSAS vidas?

A primeira delas e uma das que considero mais importante: 100% de responsabilidade sobre a sua própria vida. É entender que você é o ÚNICO RESPONSÁVEL pela vida que VOCÊ tem levado.

Quem é o responsável por dormir pouco ou quase nada, acordar às 3h da manhã com dois filhos recém nascidos para criar, sendo que nada… eu disse NADA disso precisaria ser feito… Já sou fiscal, já sou casado… já sou bem sucedido em tudo o que eu faço… sem modéstia alguma eu digo para vocês que EU APRENDI A PAGAR O PREÇO. Eu aprendi com muita porrada e continuo aprendendo, mas hoje, graças a DEUS, com muito amor.

E você está disposto a pagar o preço da mudança? pois é isso que iremos começar nessa nova seção dos Passos de Gigante… e não vou mentir para vocês… vai doer… vai doer bastante…

Fazenda Botafogo quando o rio Acari transbordava

Chega lá em Acari/Fazenda Botafogo (bairro em que morei por 15 anos) pertinho da favela do chapadão, da pedreira e do morro da lagartixa e pergunta:

  1. Você conhece algum Auditor Fiscal por aqui?
  2. Onde fica a boca de fumo?

É provável que você tenha muitas respostas para segunda pergunta e zero para a primeira. Das pessoas mais humildes, é provável que você escute: o que diabos é auditor?

Eu… Raphael Lacerda… estou fazendo o meu sacrifício, estou pagando o meu preço, pois eu, de todo o meu coração, encontrei o meu propósito de vida: impactar a vida de milhões de brasileiros e de alguma forma transformar a educação em nosso país! É UM GRITO DE CHEGA! DE BASTA!

Não quero bancar o coitadinho, pois não tem absolutamente nada a ver com isso. Nada mesmo! Vocês não fazem ideia de como estou amando e me divertindo com os Passos de Gigante e com a descoberta do meu propósito.

Quando digo sacrifício.. é a morte da vida de um bunda mole que não fazia porra alguma por seu país, por sua própria pátria amada Brasil. É disso que eu estou falando.

Chega de ficar de braços cruzados levando a minha vidinha extraordinária e vendo milhões de brasileiros necessitando de qualidade de vida. Quando falo das minhas origens, com muito orgulho, é para deixar claro que qualquer brasileiro no NOSSO PAÍS pode SER ABSOLUTAMENTE qualquer coisa que ele quiser sonhar, qualquer coisa.

Eu sempre falo que os meus maiores poderes são F-3 (Fé, Foco e Força), mas se não houvesse como alicerce: DISCIPLINA, AUTORRESPONSABILIDADE E MENTALIDADE DE VITÓRIA, sem esses três atributos eu não teria tido resultados significativos ao longo da minha trajetória. E acredite… perto do que eu estou sonhando e trabalhando, os meus resultados não são nada.

Aprovações em concursos? Acredite! Qualquer um que levar esse projeto de forma profissional consegue ser aprovado. É como eu sempre digo, se eu consegui, qualquer um no Brasil consegue!

E aê, estamos JUNTOS? Bora Bora Decolar?

“Aquele que for capaz de perder uma corrida sem culpar os outros pela sua derrota tem grande possibilidade de algum dia ser bem-sucedido”. (Napoleon Hill)

CUIDADO COM CADA UM DOS ESTÁGIOS ACIMA, mesmo que você ainda não tenha assumido o seu papel de GIGANTE!

Seja você um ratinho, camundongo ou até mesmo o Mickey Mouse, saiba que até mesmo os GIGANTES CAEM diante da falta de autorresponsabilidade. Vou te contar um exemplo vivo, triste e ainda por cima brasileiro… Veja (Leia) tudo isso como uma oportunidade e não fique com pena, acredite… viver algumas dores forjam um amanhã ainda mais forte e melhor, tudo só depende do que NÓS iremos fazer dessa experiência.

O assunto de hoje é tão extenso que irei dividi-lo em três partes.

PARTE 1

Vamos falar da minha amiga Fabiana Almeida Murer.

GIGANTE FABI

A GIGANTE Fabi, nascida em Campinas, em 16 de março de 1981) é uma atleta BRASILEIRA PICA DAS GALÁXIAS, campeã mundial, pan-americana, recordista brasileira e sul-americana do salto com vara. Duas vezes campeã mundial da prova, em 2010 na pista coberta e em 2011 ao ar livre, seus recordes sul-americanos foram estabelecidos em São Bernardo do Campo, no Troféu Brasil de Atletismo de 2016 – 4,87 m ao ar livre[1] – e no Meeting Top Perche em Nevers, na França, em 2015 – 4,83 m em pista coberta.[2] Foi a nº1 do mundo no ranking da IAAF de 2014.[3] (Fonte: Wikipédia)

Fiz questão de destacar esse ponto: NÚMERO UM DO MUNDO!

A Fabi não era apenas um GIGANTE, ela foi simplesmente o maior deles, O MAIOR! Como o objetivo aqui é falar sobre mudanças, irei citar 2 (duas) grandes quedas dessa GIGANTE do esporte brasileiro e irei deixar o link com a carreira dela para quem tiver curiosidade.

  1. MÃE… MÃEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE… A MINHA VARA SUMIU!
  2. TIO… TITIO JUIZ… TIOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO… EU VOU ACABAR COM A BRINCADEIRA DE TODO MUNDO SE MINHA VARA NÃO APARECER!
  3. XIIIIIIIIIIIIII… MAS QUE VENTO DE BOSTA… COM ESSA VENTANIA TODA, EUZINHA AQUI NÃO VOU CONSEGUIR SALTAR… NÃO VOU MESMO!

Quando eu falei que iria doer, eu não estava brincando. Dói demais em mim escrever essas coisas, principalmente em caixa alta e mais ainda de um caso brazuca. Entenda que eu tenho um respeito ENORME pela Fabi, enorme mesmo, mas que as histórias de fracasso e de falta de responsabilidade por parte EXCLUSIVA DELA são EXCEPCIONAIS para o seu aprendizado! Quer oportunidade melhor do que aprender com uma GIGANTE que caiu e nos deixou lindas lições de vida.

Se você não se deu conta dos três itens que enumerei acima, serei bem cristalino agora!

Cadê minha vara?

1.DESCULPA: MINHA VARA SUMIU!

Com vistas à preparação para os Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008, Fabiana passou por um período de treinamento em Fórmias, na Itália, sob os cuidados de Vitaly Petrov. Sua participação em Pequim 2008, porém, foi desastrosa; classificada para a final, uma de suas varas favoritas e específicas para determinada altura desapareceu de seu saco de varas, fazendo-a perder totalmente a concentração para os saltos.

A brincadeira só recomeça quando encontrarem minha vara

2.COMPORTAMENTO PIRRAÇA: VOU ACABAR COM A BRINCADEIRA AGORA!

“Fabiana tentou até interromper a prova, reclamando com os árbitros e postando-se na frente da atleta chinesa Gao Shuying, impedindo-a de saltar e exigindo que sua vara fosse encontrada; sem nada conseguir, com a concentração e a vara específica para saltar acima de 4, 60 m perdidas, ela falhou nas três tentativas de superar os 4,65 m e terminou apenas em 10º lugar.[9] 

Naquela mesma noite após a prova, sua vara foi encontrada junto com as varas de outras atletas eliminadas.[10] O Comitê Organizador dos Jogos enviou uma carta à delegação brasileira pedindo desculpas formais pelo incidente”.[11] (Fonte: Wikipédia)

Se durante a sua infância você jogou futebol e foi o dono da bola, pode ser… talvez… quem sabe… que você tenha acabado com a partida por ser o dono da bola e o seu time ter perdido… Pode ser também que você tenha dito:

Quem nunca?

“A bola é minha, se eu não jogar, acabou a brincadeira!”

Quando você era uma criança… é plenamente possível que você tenha agido desse jeito. Você estava em processo de formação… era uma criança… tão imatura… estava na fase de aprendizado…

É possível que nossa amiga Fabi não tenha tido inteligência emocional para lidar com uma situação tão adversa para ela. Pode ser que ela não tenha se preparado emocionalmente para o sumiço de uma de suas varas preferidas. Não havia plano B. Definitivamente, não havia plano B.

E ainda existe gente por aê que insiste em dizer que plano “B” não é importante ou pior ainda… que o plano “B” é fazer o plano “A”funcionar. Com todo o respeito por essas pessoas, nunca ouvi tanta besteira na vida. Ora… se a vara sumiu, eu tenho que ter um plano “B” CARAMBAAAAAAAAAAA!

Exemplos práticos e reais que eu vivi e senti na pele durante minha carreira de concurseiro profissional.

O concurso dos meus sonhos foi anulado INJUSTAMENTE CARAMBAAAAAAAA, eu tinha que ter um plano “B” e se acontecesse com você?

O edital do concurso dos meus sonhos foi publicado com 3 disciplinas EXTRAS (Civil, Penal e Comercial em 2009), mas elas nunca haviam sido cobradas, eu tinha que ter um plano “B” e se acontecesse com você?

Ainda assim, venci o desafio da Receita Federal. Com apenas um ano de estudo, três matérias novas e mais de 75.000 mil concorrentes, ainda assim fui para segunda fase. E se no concurso dos seus sonhos, de uma hora para outra surgisse um edital cobrando 6 redações. É isso mesmo seis provas discursivas, seis! Eu tinha que ter um plano “B” e se acontecesse com você?

VENCER ADVERSIDADES EXTRAORDINÁRIAS É ALGO MUITO INCRÍVEL! Você vence o inesperado! A Fabi… não estava preparada… eu não estava preparado… muitos de nós não estamos preparados para o inesperado.

Entendeu ou quer realmente que eu continue com mais exemplos? Não precisa, não é verdade.

Fazer o quê, ora estava ventando uai!

3.DESCULPA: AH… FOI TUDO CULPA DO VENTO VENTANIA

“Apesar das altas expectativas geradas para Londres 2012, sua segunda participação em Jogos Olímpicos acabou se tornando tão frustante quanto a primeira. Se em Pequim 2008 a culpa foi das varas sumidas, em Londres foi “o vento”. Fabiana foi eliminada ainda na fase de classificação, ao não conseguir superar os 4,50m nas três tentativas, segundo ela por causa do vento que a todo momento durante seus saltos mudava de direção e força, prejudicando a corrida e a impulsão. Mesmo assim, ela admitiu ser a culpada por seu baixo rendimento na mais importante competição esportiva do mundo, alegando que realmente “estava saltando muito mal”.[18] (Fonte: Wikipédia)

A parte mais bacana do trecho acima é que ela ao final de tudo reconheceu a responsabilidade dela pelo fracasso EXCLUSIVAMENTE DELA! Ser responsável exige muita humildade, esforço, dedicação e coragem. Parabéns Fabi!

Coitadinha da Fabi, coitadinha nada galera! Ela é FLÓRIDA! Tenho um orgulho filha da truta de ter vivido para ver uma brasileira destruindo tudo no salto com vara. Ela obteve conquistas incríveis para um esporte tão sem expressão no Brasil.

Vamos observar outras situações adversas.

Já imaginou se diante da prova da sua vida, você participasse de um concurso em que as provas são nominais. É isso mesmo! Eu já participei de um concurso assim: Auditor Fiscal dos Tributos Municipais de Angra dos Reis.

Cada prova ficava sobre a mesa com uma etiqueta adesiva colocada e contendo nome do candidato e os principais dados dele.

Se a minha prova tivesse simplesmente “sumido”, se lá no hora do grande do dia não tivesse prova com meu nome, como eu teria reagido? Teria como arrumar outra prova? Será?

E se de verdade eu paguei pela inscrição e o pagamento não foi compensado pelo banco?

E se eu fiz a inscrição e ela não foi confirmada pela banca organizadora?

E se na lista com os nomes dos candidatos e locais de prova não houvesse o meu nome?

Melhor que esperar, prepare-se para ele.

MEU DEUS! QUANTA MERDA PODE ACONTECER NESSE MUNDO! E A PERGUNTA QUE FICA É: COMO VOCÊ SE POSICIONA DIANTE DO INESPERADO?

Qual é o tamanho do seu controle emocional HOJE?

Qual é o seu nível de autorresponsabilidade HOJE?

Eu busco ser autorresponsável diariamente e tenho aprendido diariamente nessa busca constante. Eu caí feio no dia 17 de maio de 2019 e tenho que compartilhar contigo, pois a queda de uma pessoa pode ou não levar o aprendizado de outras. Só irá depender da nossa decisão.

De uma forma bem resumida. As crianças nasceram, eu e minha esposa decidimos trocar o plano de saúde da Amil (um dos piores reembolsos do mercado e que acabou de excluir a rede DOR) pela Sul América (melhor custo benefício hoje).

Nessa troca, eu fiz uma análise de custo de oportunidade entre pagar o plano pela minha empresa ou se pagaria o plano adesão individual (em regra mais caro).

Legalmente, salvo melhor juízo, é vedado inserir no imposto de renda um gasto da empresa como se fosse um gasto pessoal. Dessa forma, eu caí dentro dos cálculos para verificar se valeria a pena pagar mais caro pelo individual e ter um abatimento no imposto de renda ou pagar mais barato e não descontar nada do I.R (plano empresa).

Decisão final: plano individual com as três vidas (esposa e filhos) dependentes de mim. Depois de muito trabalho por parte do meu corretor (João), eis que fizemos a troca e deu quase tudo certo.

Ele me alertou para cancelar o plano no dia 09 de maio de 20019 e eu esqueci. No dia 17 de maio recebei uma ligação indesejada da All Care solicitando a regularização do pagamento.

Informei que havia cancelado, mas eles disseram que não havia cancelamento algum no sistema. Na verdade, cancelei o meu plano na Qualicorp e não o da minha esposa na All Care, como orientado tanto pela administradora do plano de saúde, quanto pelo corretor.

Resumindo: não fiz minha parte. Não fui responsável.

Até liguei para o corretor jogando a culpa da MINHA RESPONSABILIDADE pelo cancelamento no escritório dele. O João é tão profissional e o escritório dele é tão preparado para adversidades e satisfação do cliente que ele se ofereceu para assumir o meu prejuízo de 1.000 reais.

Aquilo quebrou completamente a minha expectativa. Ele ainda ressuscitou na minha memória o dia o e horário da ligação em que ele deixou claro que eu deveria ter feito o cancelamento.

Fiquei tão satisfeito com o serviço oferecido pelo escritório do João e tendo em vista que a responsabilidade era EXCLUSIVAMENTE MINHA, não fazia o menor sentido exigir o pagamento por um ERRO MEU. Assumi o prejuízo e aprendi.

SITUAÇÕES ADVERSAS PODEM ACONTECER O TEMPO TODO!

Como você se coloca diante do inesperado?

Na PARTE 2 falaremos sobre MICHAEL PHELPS, seu modelo mental e na PARTE 3, ensinamentos incríveis do PHELPS não só para sua carreira de concurseiro profissional, mas também para transformação da sua vida.

SEJA RESPONSÁVEL COM A SUA FELICIDADEFAÇA A SUA PARTE!

Que dia é hoje? 20 de maio, então leia provérbios 20 e se não sabe do que estou falando, então leia as instruções nos Passos de Gigante 72.

AÇÃO ÁGUIA! Lute! Dê o seu melhor! O lápis e o papel estão contigo neste momento PRESENTE para você crescer e contribuir. O nosso Brasil precisa de você, de mim, de NÓS!

Fez isso? Parabéns… estamos juntos na jornada rumo à realização dos seus sonhos. Abraço de Giganteeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee…!

GRATIDÃO ETERNA

QUER CONHECER MINHA HISTÓRIA? CLICA AQUI :)

NÃO GOSTA DE ESTUDAR E QUER SER ALGUÉM NA VIDA? CLICA AQUI 

QUER VOAR RUMO AOS SEUS SONHOS, ENTÃO SIGA MEU CONTEÚDO NAS REDES SOCIAIS EM… 

Youtube: RAPHAEL LACERDA – EDUCAÇÃO TOP

Facebook: LACERDAF3

Instagram: LACERDAF3

Twitter: @Lacerda300

Uma segunda-feira repleta de responsabilidade sobre a sua própria vida! :) Faça os exercícios propostos. Só assim os resultados aparecerão! :) Acredite! É possível… Aos astros e além!

Raphael Lacerda – Master Coach FEBRACIS (Federação Brasileira de Coaching Integral Sistêmico)

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja os comentários
  • Obrigaduuuuuuuuuuu! :)
    Raphael Lacerda (BALBOA) em 05/06/19 às 16:51
  • Uau! Alysson! Que felicidade ouvir isso! Muito, muito, muito agradecido! Que ELE cresça e euzinho aqui diminua! Que euzinho possa continuar sendo uma ferramenta nas mãos DELE! Ad Astra et Ultraaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaargh!
    Raphael Lacerda (BALBOA) em 22/05/19 às 23:18
  • Estou lendo QUASE todos os Passos de Gigante. Incríveis textos você consegue escrever amigo. Parabéns pela dedicação e sabedoria! Estou aprendendo bastante. Mais uma vez Parabéns! Entrei no mundo dos concursos este ano(2019) e ja sinto que cresci bastante tanto em conhecimento como sabedoria pra vida, apesar de ter 30 anos de idade e 1 filho de 1 ano. Muito obrigado pelos ensinamentos.
    Alysson em 22/05/19 às 16:50
  • excelente texto!
    DARLENE PEREIRA MARTINS LEMES em 21/05/19 às 11:03
  • Disponha! ;)
    Raphael Lacerda (BALBOA) em 21/05/19 às 03:08
  • Obrigada Rapha!
    Analu em 20/05/19 às 19:57