0

IBGE pede ao STF que Censo ocorra em 2022; veja!

Em manifestação ao Supremo Tribunal Federal (STF), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que a realização do Censo em 2021 depende do avanço da vacinação contra a Covid-19. Além disso, solicitou à Corte o adiamento da pesquisa populacional para 2022.

No pedido, o órgão destacou os aspectos negativos apontados para realizar a pesquisa neste ano e frisou que eles devem ser levados em consideração para a realização do Censo no próximo ano.

“A mais plausível é a realização nos mesmos períodos do plano original – com a coleta de dados nos meses de agosto a outubro, mantendo-se, assim, os mesmos prazos planejados para a operação de 2020, com ajustes na cadeia de treinamento”, diz documento, assinado por Maria Vilma Salles Garcia, coordenadora dos Censos.

O IBGE também defende que a realização do Censo aconteça no primeiro semestre de 2022, justamente por ser necessário contratar e treinar o pessoal no mês de dezembro e no primeiro trimestre do próximo ano, “quando o período de viagens e as questões orçamentárias são prejudiciais à execução dessas atividades“.

O STF está levando em consideração se confirma, ou não, a decisão liminar monocrática do ministro Marco Aurélio de Mello, do final de abril, que determinou ao Governo Federal a adoção de providências para a realização do Censo ainda em 2021, logo após o Ministério da Economia alegar que a pesquisa populacional estava cancelada devido a cortes orçamentários

Vale lembrar que durante a tramitação do Orçamento no Congresso Nacional, os parlamentares já haviam cortado os valores destinados ao Censo em cerca de 96%, de R$ 2 bilhões para R$ 71 milhões.

Não há previsão orçamentária para o Censo, portanto ele não se realizará em 2021. As consequências e gestão para um novo Censo serão comunicadas ao longo desse ano, em particular em decisões tomadas na Junta de Execução Orçamentária”, declarou o secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues.

O que é o Censo Demográfico do IBGE?

Os Censos Demográficos do IBGE são a única forma de informação sobre a situação de vida da população em cada um dos municípios e localidades do país.

Não só o governo federal e a sociedade civil se beneficiam de informações do censo. A sociedade, como um todo, também pode fazer uso de seus resultados, como, por exemplo, na avaliação de locais para a instalação de fábricas, supermercados, shopping centers, escolas, creches, cinemas, restaurantes, lojas, entre outros campos comerciais.

A primeira contagem da população brasileira foi realizada em 1872, ainda durante o Império, mas foi a partir de 1890, já sob a República, que os censos se tornaram decenais. O Brasil mantém um excelente retrospecto dos censos regulares e inovadores; foi, por exemplo, o primeiro país a incluir o tema fecundidade e o único da América Latina a colher informações sobre renda.

Para mais detalhes sobre os processos seletivos do IBGE, cujo Censo foi defendido para 2022, acesse o link abaixo:

Mais informações: Concurso IBGE


Assinatura Concursos

Assinatura de 1 ano ou 2 anos

Sistema de Questões

Assinatura de 1 ano ou 2 anos

Concursos Abertos

Confira os editais publicados

Concursos 2021

Confira as oportunidades previstas

Quer ficar atualizado DIARIAMENTE sobre as notícias do mundo dos concursos? Entre no nosso Telegram abaixo!

Grupo Telegram Estratégia News. Acompanhe as informações do Censo do IBGE e muito mais!

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *