Concurso IBGE: EDITAL para Analista deve sair no DOU na segunda (24)
Coordenação

Concurso IBGE: EDITAL para Analista deve sair no DOU na segunda (24)

Concurso IBGE: confira a distribuição oficial e completa das 400 vagas

O mais novo edital do concurso IBGE com 400 vagas para Analista Censitário (Nível Superior) deve ser publicado no Diário Oficial da União na próxima segunda-feira, 24 de junho. Neste sábado, o Instituto AOCP, banca organizadora do Processo Seletivo, divulgou oficialmente no seu site a distribuição das vagas entre as diversas áreas que serão contempladas no edital.

lista completa das vagas e áreas você vê nesta página!

Entre as capitais que mais receberam número de vagas foi o Rio de Janeiro. Vale lembrar que o IBGE se prepara encerrou as inscrições do primeiro edital lançado com 209 vagas para Nível Fundamental e Médio para o Censo Experimental. As provas ocorrem no dia 4 de agosto de 2019 na cidade de Poços de Caldas (MG).

Novos editais estão em preparação: são 234.416 vagas para Nível Fundamental e Médio para o Censo Demográfico 2020. E para deixar você o mais atualizado possível sobre esta grande oportunidade, criamos este artigo. Nele, você encontrará as principais informações a respeito do concurso IBGE:

  1. Situação do Concurso IBGE
  2. Distribuição das vagas
  3. O edital do Censo Experimental
  4. Projeto básico
  5. Curiosidades sobre o concurso IBGE
  6. Último Concurso IBGE
  7. Ficha Técnica

Situação atual do Concurso IBGE

Seleção de 400 vagas para Analista Censitário deve ter edital em breve

O processo seletivo que ofertará 400 vagas para Analista Censitário deve ter seu edital divulgado nos próximos dias. O Instituto AOCP, banca organizadora contratada na última semana, já criou a página onde divulgará informações sobre Processo Seletivo.

As vagas para Analista Censitário do IBGE (Nível Superior) autorizadas pelo Ministério da Economia em 30 de abril serão lotadas nas capitais dos Estados. Como já adiantado pelo jornalismo do Estratégia Concursos, a informação já havia sido confirmada pelo próprio órgão.

A ideia é que os candidatos sejam contratados até setembro para que iniciem as etapas de planejamento, acompanhamento e suporte especializado relativas ao Censo Demográfico 2020.

Distribuição das vagas de Analista Censitário

Rio de Janeiro

  • Analista e Desenvolvimento de Sistemas (Aplicações_ – 13 vagas
  • Analista e Desenvolvimento de Sistemas (WebMobile) – 2 vagas
  • Analista de Sistemas/Suporte a Comunicações e Rede – 3 vagas
  • Analista de Sistemas/Suporte à Produção – 3 vagas
  • Analista de Sistemas/Suporte Operacional e Tecnologia – 3 vagas
  • Analista Socioeconômico – 5 vagas
  • Biblioteconomia e Documentação – 3 vagas
  • Desenho Instrucional – 2 vagas
  • Letras – 1 vaga
  • Logística – 3 vagas
  • Programação Visual/Webdesign – 7 vagas
  • Recursos Humanos – 4 vagas
  • Produção Gráfica – 2 vagas
  • Planejamento e Gestão – 1 vaga

Ciências Contábeis

  • Distrito Federal – 1 vaga
  • Vitória – 1 vaga
  • São Luís 1 vaga
  • Belo Horizonte – 1 vaga
  • Campo Grande – 1 vaga
  • Cuiabá – 1 vaga
  • Belém – 1 vaga
  • João Pessoa – 1 vaga
  • Recife – 1 vaga
  • Teresina – 1 vaga
  • Curitiba – 1 vaga
  • Rio de Janeiro – 3 vagas
  • Natal – 1 vaga
  • Boa Vista – 1 vaga
  • Salvador – 1 vaga
  • Goiânia – 1 vaga
  • Rio Branco – 1 vaga
  • Maceió – 1 vaga
  • Manaus – 1 vaga
  • Macapá – 1 vaga
  • Fortaleza – 1 vaga
  • Florianópolis – 1 vaga
  • Aracaju – 1 vaga
  • São Paulo – 1 vaga
  • Palmas – 1 vaga

Ciências Sociais

  • Rio Branco – 1 vaga
  • Palmas – 1 vaga
  • Maceió – 1 vaga
  • Manaus – 1 vaga
  • Salvador – 1 vaga
  • Fortaleza – 1 vaga
  • Campo Grande – 1 vaga
  • Cuiabá – 1 vaga
  • Belém – 1 vaga
  • Recife – 1 vaga
  • Porto Velho – 1 vaga
  • Boa Vista – 1 vaga

Geoprocessamento

  • Recife – 1 vaga
  • Aracaju – 1 vaga
  • Boa Vista – 1 vaga
  • Rio de Janeiro – 13 vagas
  • São Luís – 1 vaga
  • João Pessoa – 1 vaga
  • Natal – 1 vaga

Gestão e Infraestrutura

  • João Pessoa – 2 vagas
  • Rio Branco – 2 vagas
  • Maceió – 2 vagas
  • Manaus – 3 vagas
  • Macapá – 2 vagas
  • Salvador – 4 vagas
  • Fortaleza – 3 vagas
  • Brasília – 2 vagas
  • Vitória – 2 vagas
  • Goiânia – 2 vagas
  • São Luís – 2 vagas
  • Belo Horizonte – 2 vagas
  • Campo Grande – 2 vagas
  • Cuiabá – 6 vagas
  • Belém – 3 vagas
  • Recife – 4 vagas
  • Teresina – 3 vagas
  • Curitiba – 3 vagas
  • Rio de Janeiro – 19 vagas
  • Natal – 2 vagas
  • Porto Velho – 3 vagas
  • Boa Vista – 2 vagas
  • Porto Alegre – 2 vagas
  • Florianópolis – 3 vagas
  • Aracaju – 7 vagas
  • São Paulo – 2 vagas
  • Palmas – 2 vagas

Jornalismo

  • Aracaju – 1 vaga
  • Palmas – 1 vaga
  • Rio Branco – 1 vaga
  • Maceió – 1 vaga
  • Manaus – 1 vaga
  • São Paulo – 1 vaga
  • Macapá – 1 vaga
  • Salvador – 1 vaga
  • Fortaleza – 1 vaga
  • Brasília – 1 vaga
  • Vitória – 1 vaga
  • Goiânia – 1 vaga
  • São Luís – 1 vaga
  • Belo Horizonte – 1 vaga
  • Campo Grande – 1 vaga
  • Cuiabá – 1 vaga
  • Belém – 1 vaga
  • João Pessoal – 1 vaga
  • Recife – 1 vaga
  • Teresina – 1 vaga
  • Curitiba – 1 vaga
  • Rio de Janeiro – 6 vagas
  • Natal – 1 vaga
  • Porto Velho – 1 vaga
  • Boa Vista – 1 vaga
  • Porto Alegre – 1 vaga
  • Florianópolis – 1 vaga

Métodos Quantitativos

  • João Pessoa – 1 vaga
  • Florianópolis – 1 vaga
  • Aracaju – 1 vaga
  • São Paulo – 1 vaga
  • Palmas – 1 vaga
  • Rio Branco – 1 vaga
  • Maceió – 1 vaga
  • Belém – 1 vaga
  • Manaus – 1 vaga
  • Macapá – 1 vaga
  • Salvador – 1 vaga
  • Fortaleza – 1 vaga
  • Brasília – 1 vaga
  • Vitória – 1 vaga
  • Goiânia – 1 vaga
  • São Luís – 1 vaga
  • Belo Horizonte – 1 vaga
  • Campo Grande – 1 vaga
  • Recife – 1 vaga
  • Teresina – 1 vaga
  • Rio de Janeiro – 21 vagas
  • Cuiabá – 1 vaga
  • Natal – 1 vaga
  • Porto Velho – 1 vaga
  • Boa Vista – – 1 vaga
  • Porto Alegre – 1 vaga

Autorizadas 234 mil vagas

O Ministério da Economia autorizou no dia 6 de maio, a realização de um novo concurso IBGE para temporários. Desta vez, a autorização traz a oferta de mais de 234 mil oportunidades temporárias. As contratações serão para o censo de 2020.

Importante lembrar que duas autorizações já haviam sido publicadas, uma com a indicação de 400 vagas para Analista Censitário e outra de 209 vagas para o Censo Experimental, realizado em 2019, nos cargos de Agente Censitário e Recenseador.

Dentro das 234.416 vagas desta nova autorização estão:

  • Coordenador Censitário de Subárea 1: 600
  • Coordenador Censitário de Subárea 2: 850
  • Agente Censitário Operacional: 1.760
  • Supervisor (call center): 4
  • Agente Censitário Municipal: 6.100
  • Agente Censitário Supervisor: 23.578
  • Codificador Censitário: 120
  • Recenseador: 196.000
  • Supervisor PA: 1.304
  • Recenseador PA: 4.100

Os profissionais poderão ser contratados a partir de janeiro de 2020 para atuar no Censo Demográfico 2020. Anteriormente, havia sido autorizado o preenchimento de 400 vagas para o cargo de Analista Censitário.

Inscrições encerradas para as 209 vagas do Censo Experimental

Encerraram na última sexta-feira, 14 de junho, as inscrições o processo seletivo que oferta 209 vagas para o Censo Experimental 2019. Os interessados puderam se inscrever pela internet, no portal do IBADE, banca do certame. O valor da taxa foi fixado em R$ 42,50 para os cargos de Nível Médio e R$ 25,00 para o cargo de Recenseador.

As oportunidades são para Agente Censitário Municipal, Agente Censitário Supervisor (ambos de Nível Médio) e Recenseador (Nível Fundamental), que serão lotados em Poços de Caldas (MG), cidade onde também serão aplicadas as provas, previstas para o dia 04 de agosto de 2019.

Principais datas

  • Inscrições e pedido de isenção: 22/05 a 14/06
  • Pagamento da taxa: até 17/06
  • Prova: 04/08
  • Resultado final: 29/08
  • Convocação: 02 a 06/09

Concurso IBGE: o edital do Censo Experimental

Vagas e remuneração

FunçãoEscolaridadeRetribuição mensalValor da taxa de inscriçãoNº de vagas
Agente Censitário Municipal (ACM) ExperimentalNível médioR$ 2.100R$ 42,504
Agente Censitário Supervisor (ACS) – ExperimentalNível médioR$1.700R$ 42,5025
Recenseador – ExperimentalNível Fundamental*Por produçãoR$ 25,00180

Distribuição das vagas e lotação

UFMunicípioFunçãoVagasTotalVagas ampla concorrênciaVagas PPPVagas PcD
MGPoços de CaldasACM4292162
MGPoços de Caldas ACS25
MGPoços de Caldas Recenseador180180135369

Provas

Agente Censitário Municipal e Agente Censitário Supervisor

Formato: 60 questões de múltipla escolha com 5 alternativas
Duração: 4h
Aplicação: Poços de Caldas (MG)

Distribuição de questões por disciplina:

DISCIPLINAQUESTÕES
Língua Portuguesa15
Raciocínio Lógico10
Noções de Administração/ Situações Gerenciais15
Conhecimentos Técnicos20
TOTAL60

Recenseador

Formato: 50 questões de múltipla escolha com 5 alternativas
Duração: 4h
Aplicação: Poços de Caldas (MG)

Distribuição de questões por disciplina:

DISCIPLINAQUESTÕES
Língua Portuguesa15
Matemática10
Conhecimentos Técnicos25
TOTAL50

Critérios de aprovação

Será considerado aprovado na Prova Objetiva o candidato que, cumulativamente:

  • acertar, no mínimo, 30% do total da prova; e
  • acertar, no mínimo, 1 questão de cada disciplina.

Concurso IBGE: projeto básico

O Projeto Básico dos concursos trouxe algumas informações sobre as vagas temporárias serão para a realização do Censo Experimental e do Censo Demográfico 2020.

Segundo o documento, serão realizados dois processos seletivos simplificados para a contratação dos cargos de Coordenador Censitário de Subárea, Agente Censitário Operacional, Agente Censitário Municipal, Agente Censitário Supervisor e Recenseador.

Como você sabe, primeiro processo seletivo já teve seu edital publicado. Vamos detalhar apenas as características dos edital que ainda está por vir.

Confira na tabela abaixo a distribuição de vagas que estavam previstas no Projeto Básico:

Vagas Concurso IBGE Temporários
Vagas Concurso IBGE Temporários

Do total de vagas acima especificadas, deverá ser destinado o percentual mínimo de 5% para os candidatos com deficiência e 20% das vagas para os candidatos negros.

Remuneração prevista

O Projeto Básico apresenta ainda as remuneração previstas para cada cargo, sendo:

Coordenador Censitário de Subárea – CCS – R$ 4.000,00 (Contrato de no máximo 12 meses)

Agente Censitário Operacional – ACO – R$ 1.800,00 (Contrato de no máximo 12 meses)

Composição das provas

As provas objetivas terão caráter eliminatório e classificatório, com duração de 4 horas e serão realizadas em um domingo à tarde (horário de Brasília). As provas serão compostas de questões do tipo múltipla escolha, cada questão contendo cinco opções. As composições das provas serão as seguintes:

Coordenador Censitário de Subárea

  • Língua Portuguesa – 15 questões
  • Raciocínio Lógico – 10 questões
  • Noções de Administração – 35 questões

Local previsto de prova

Para as funções de Agente Censitário Operacional e Coordenador Censitário de Subárea, a prova objetiva será realizada, simultaneamente, nos 1.091 municípios com vaga. O candidato poderá escolher o município onde irá realizar a prova, podendo ser município diverso do local da vaga a que concorre.

Curiosidades sobre o concurso IBGE

O Censo é um estudo estatístico sobre a população do país, importante para saber a quantidade e a qualidade de vida dos brasileiros. O último concurso temporário promovido pelo IBGE aconteceu em 2017, ocasião em que foram ofertadas 26 mil vagas, distribuídas entre diversas áreas de atuação.

Último concurso IBGE

O último certame para cargos temporários, promovido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, ocorreu em 2017 e ofertou um total de 26 mil vagas, divididas entre os cargos de Analista, Agente Censitário e Recenseador.

Na época, foram publicados dois editais, que dividiram as vagas nos respectivos cargos. Confira abaixo um resumo de cada um:

Edital 1

O edital 1 ofereceu 1.039 vagas e o prazo de duração dos contratos foi de 13 meses para a função de Analista Censitário; 10 meses para Agente Censitário Administrativo; 9 meses para Agente Censitário Regional; e 7 meses para Agente Censitário de Informática.

Os contratos poderiam ser prorrogados por igual período de acordo com a necessidade do trabalho ou disponibilidade de recursos orçamentários.

Oportunidades de Nível Superior

Para os cargos de nível de escolaridade superior foram abertas 171 vagas, com uma remuneração inicial de R$ 4 mil. As vagas foram para o cargo de Analista Censitário, mas distribuídas entre várias áreas de atuação, como você pode conferir abaixo:

Cargos de nível superior – Concurso IBGE Temporários 2017Nº de vagas
Agronomia35
Análise de Sistemas/Suporte de Aplicações Web Mobile4
Análise de Sistemas/Suporte à comunicação e rede2
Análise de Sistemas/Suporte à Produção4
Análise de Sistemas/Suporte Operacional e Tecnologia2
Análise Socieconômica8
Biblioteconomia e Documentação2
Ciências Contábeis5
Geoprocessamento7
Gestão e Infraestrutura63
Jornalismo12
Métodos Quantitativos6
Produção Gráfica/Editorial 2
Programação Visual/Webdesign12
Recursos Humanos5

Oportunidades de Nível Médio

Para nível médio, foram abertas no total 868 vagas, divididas em três cargos. Diferentemente das oportunidades de nível superior, cada cargo teve sua remuneração própria.

O prazo de duração dos contratos foi de: 13 meses para Analista Censitário; 10 meses para Agente Censitário Administrativo; 9 meses para Agente Censitário Regional; e 7 meses para Agente Censitário de Informática.

Confira abaixo os detalhes de cada cargo:

Agente Censitário Administrativo
– Remuneração inicial: R$ 1.500,00
Total de 344 vagas

Agente Censitário Regional
– Remuneração: R$ 2.500,00
Total de 350 vagas

Agente Censitário de Informática
– Remuneração: R$ 1.700,00
Total de 174 vagas

Prova

A prova do concurso IBGE temporários teve caráter classificatório e eliminatório. Foram 50 questões de múltipla escolha, com 5 alterativas cada, a serem resolvidas em 4 horas. A tabela abaixo mostra a distribuição de questões por disciplina:

Analista Censitário (exceto área de Conhecimento de Métodos Quantitativos)

  • Língua Portuguesa – 10 questões
  • Conhecimentos Específicos – 30 questões
  • Raciocínio Lógico – 10 questões

Analista Censitário (Área de Conhecimento de Métodos Quantitativos)

  • Língua Portuguesa – 15 questões
  • Conhecimentos Específicos – 35 questões

Agente Censitário Administrativo

  • Língua Portuguesa – 15 questões
  • Noções de Administração – 25 questões
  • Raciocínio Lógico Quantitativo – 10 questões

Agente Censitário Regional

  • Língua Portuguesa – 15 questões
  • Noções de Administração e Situações Gerais – 25 questões
  • Raciocínio Lógico Quantitativo – 10 questões

Agente Censitário de Informática

  • Língua Portuguesa – 10 questões
  • Noções de Informatica – 30 questões
  • Raciocínio Lógico Quantitativo – 10 questões

Edital 2

O edital 2 ofertou um total de 24.984 vagas para os cargos de Agente Censitário Municipal (contrato teve prazo de 7 meses), Agente Censitário Supervisor (contrato teve prazo de 7 meses) e Recenseador (contrato teve prazo de 5 meses). O cargo de Recenseador também contou com um treinamento de 4 dias.

As vagas foram divididas da seguinte forma:

Agente Censitário Municipal
Total de 1272 vagas

Agente Censitário Supervisor
Total de 4867 vagas

Recenseador
Total de 18.845 vagas

O cargo de Agente Censitário Municipal contou com uma remuneração de R$ 1,9 mil. O cargo de Agente Censitário Supervisor teve seu salário inicial definido em R$ 1,6 mil. Ambos os cargos possuíam uma jornada de trabalho de 40 horas semanais.

A retribuição mensal para o cargo de Recenseador foi feita por produção, calculada por setor censitário, conforme taxa fixada e de conhecimento prévio pelo Recenseador, com base nas quantidades de unidades de estabelecimentos agropecuários recenseados.

Provas

As provas aplicadas foram objetivas, de caráter eliminatório e classificatório, cada questão contendo 5 alternativas, onde somente uma era correta. Abaixo você confere a distribuição de questões por prova:

Agente Censitário Municipal e Agente Censitário Supervisor:

  • Língua Portuguesa – 10 questões
  • Noções de Administração e Situações Gerais – 10 questões
  • Raciocínio Lógico Quantitativo – 20 questões
  • Conhecimentos Técnicos – 10 questões

Recenseador:

  • Língua Portuguesa – 15 questões
  • Matemática – 15 questões
  • Conhecimentos Técnicos – 10 questões

Quer estudar para Concurso IBGE?

Gostou desta oportunidade e deseja começar se preparar agora mesmo? Então, confira os nossos cursos e comece a estudar para IBGE:

CURSO IBGE

Assinatura Anual Ilimitada*

Prepare-se com o melhor material e com quem mais aprova em Concursos Públicos em todo o país. Assine agora a nossa Assinatura Anual e tenha acesso ilimitado* a todos os nossos cursos.

ASSINE AGORAAssinatura Ilimitada

Ficha técnica concurso IBGE Temporários

Informações do concurso IBGE 2019 – Censo Experimental

Data provável: 04/08/2019
Vagas: 209
Cargos: Agente Censitário e Recenseador
Banca: IBADE
Escolaridade: Nível Fundamental e Médio

Informações do próximo Concurso IBGE – Analistas

Data provável: 2019
Vagas: 400
Cargos: Analista Censitário
Banca: Instituto AOCP
Escolaridade: Nível Superior

Informações do próximo Concurso IBGE – Censo 2020

Data provável: 2019
Vagas: mais de 234 mil
Cargos: Coordenador, Agente e Recenseador
Banca: a definir
Escolaridade: Nível Médio e Fundamental
Projeto básico

Informações do último Concurso IBGE

Data: 2017
Vagas: 26.440 (Edital 1 com 1039 vagas e Edital 2 com as demais)
Cargos: Analista, Agente e Recenseador
Banca: FGV
Escolaridade: Nível Médio e Superior
Edital: Baixe aqui

Leonardo Henrique
Ascom Estratégia

[email protected]

Receba notícias de Concursos no seu WhatsApp e/ou Telegram!

Cadastre-se clicando no link abaixo:

Notícias de concursos no seu WhatsApp e/ou Telegram

Veja nosso Webinário sobre o Concurso IBGE, com a participação de aluna aprovada no concurso de 2017:

Posts Relacionados

Compartilhe:

Veja os comentários:
Deixe seu comentário:

Deixe seu comentário:

Vídeos Relacionados

Cadastre-se para receber novidades e ofertas especiais sobre cursos.