ENTREVISTA: Graziela Andrade - Aprovada no concurso INSS para o cargo de Técnico do Seguro Social

Entrevista:

ENTREVISTA: Graziela Andrade – Aprovada no concurso INSS para o cargo de Técnico do Seguro Social

“Encarar os estudos não é fácil, há milhares de coisas mais interessantes pra fazer. Às vezes queremos ser aprovados, mas acabamos buscando desculpas para justificar a procrastinação, até mesmo por medo da frustração de não passar. Aconselho que você reflita quais são os benefícios que a aprovação no concurso trará para sua vida e se está disposto a assumir esse compromisso de estudo consigo mesmo. Se for isso mesmo que quer, evite comparações negativas e dê o melhor de si.”

Aprovada no concurso do Instituto Nacional do Seguro Social para o cargo de Técnico do Seguro Social, Graziela Andrade é um exemplo de que, com dedicação, força de vontade e perseverança, é possível alcançar seus objetivos.

Em sua trajetória, Graziela foi aprovada em seis concursos e teve a oportunidade de ser nomeada em quatro deles. Durante esse tempo, Graziela dividia seu tempo entre a rotina de estudos e seu trabalho. Na entrevista que segue, o conselho de Graziela para o sucesso pode se resumir em algumas palavras: dê o melhor de si!

Confira nossa entrevista e conheça um pouco mais da história da concurseira Graziela Andrade.

Estratégia Concursos: Conte-nos um pouco sobre você, para que nosso leitor possa te conhecer melhor.

Graziela Andrade: Olá, meu nome é Graziela, passei em seis concursos de nível médio enquanto trabalhava. Tive a oportunidade ser nomeada e entrar em exercício em quatro deles: Banco do Brasil, Instituto de Previdência de São Bernardo do Campo, Ministério Público SP, sendo que atualmente sou Técnica do Seguro Social e adoro meu cargo.   

Estratégia: Qual foi sua sensação ao ver seu nome na lista dos aprovados/classificados?

Graziela: No concurso do INSS especificamente foi uma alegria sem igual, embora inicialmente eu não tenha ficado entre as vagas imediatas, consegui uma colocação que me dava grandes chances de ser convocada, então comemorei muito!

Estratégia: Como era sua vida social durante a preparação para concursos? Você saía com amigos, família, etc? Ou adotou uma postura radical, abdicando do convívio social para passar no concurso o mais rápido possível?

Graziela: Até a publicação do edital minha vida social foi normal, sem grandes abdicações, depois do edital foi outra história: eu vivia e respirava para o concurso, cada minuto era precioso.

Estratégia: Você acha que vale a pena fazer outros concursos, com foco diferente daquele concurso que é realmente seu objetivo maior?

Graziela: Sou a favor de mirar em um só, pois já fui prejudicada algumas vezes por “atirar para todos os lados” e começar a estudar só depois do edital, sendo que poderia ter um desempenho melhor se tivesse me organizado. Contudo, se a pessoa acha que já tem uma boa base, acho válido tentar vários.

Estratégia: Você estudou por quanto tempo, contando toda a sua preparação? Durante este tempo de estudo, como você fazia para manter a disciplina nos estudos mesmo naqueles períodos em que não havia edital na mão?

Graziela: Para o INSS especificamente estudei por um ano. Embora eu seja dispersa e pouco disciplinada, tentava estudar diariamente, nem que fossem alguns minutinhos e levava material pra onde fosse. Creio que a chave é paciência, sabia que uma hora o edital iria sair e queria estar preparada pra isso.  

Estratégia: Que materiais você usou em sua preparação para o concurso? Aulas presenciais, telepresenciais, livros, cursos em PDF, videoaulas? Quais foram as principais vantagens e desvantagens de cada um?

Graziela: Assisti a algumas aulas presenciais no início, acho válido para quem está começando, mas depois de certo tempo percebi que rendia melhor estudando sozinha por livros, apostilas e videoaulas.

Confira nossos cursos para o INSS! ;)

Cursos para Técnico do INSS – Clique AQUI

Cursos para Analista do INSS – Clique Aqui

Estratégia: Uma das principais dificuldades de todo o concursando é a quantidade de assuntos que deve ser memorizada. Como você fez para estudar todo o conteúdo do concurso? Falando de modo mais específico: você estudava várias matérias ao mesmo tempo? Quantas? Costumava fazer resumos? Focava mais em exercícios, ou na leitura e re-leitura da teoria?

Graziela: Estudava uma matéria de cada vez, depois relia pra fixar e fazia exercícios. Nunca fiz mapas mentais ou resumos.

Estratégia: Você tinha mais dificuldades em alguma(s) disciplina(s)? Quais? Como você fez para superar estas dificuldades?

Graziela: No começo achava Direito Previdenciário complicado e cheio de pegadinhas, ler a lei seca era tarefa árdua pra mim, por isso um bom material para “decifrá-lo” foi fundamental.

Estratégia: A reta final é sempre um período estressante. Como você levou seus estudos neste período? Você se concentrava nas matérias de maior peso ou distribuía seus estudos de maneira mais homogênea? Focava mais na re-leitura, em resumos, em exercícios, etc ?

Graziela: Na reta final fiz muitos exercícios, focando nas matérias de maior peso, fiz todos que pude, reforçando o estudo nos assuntos que errava ou que ficava com dúvida.

Estratégia: Na semana da prova, nós sempre observamos vários candidatos assumindo uma verdadeira maratona de estudos (estudando intensamente dia e noite). Por outro lado, também vemos concurseiros que preferem desalecerar um pouco, para chegar no dia da prova com a mente mais descansada. O que você aconselha?

Graziela: Pra mim funciona melhor desacelerar e não estudar na véspera, mas conheço pessoas que preferem ver a matéria até o último minuto, acho depende de cada um.

Estratégia: Se você tivesse que apontar ERROS em sua preparação (se é que houve), quais seriam? Diga-nos também quais foram os maiores ACERTOS?

Graziela: O pior erro foi não estudado alguns itens do edital, perdi pontos preciosos. De acerto acho que foi a paciência ao longo do tempo, às vezes parece que as coisas não andam, mas nossa hora chega!

Estratégia: Pela sua experiência e contato com outros concurseiros, diga-nos quais são os maiores erros que as pessoas cometem quando decidem se preparar para concursos?

Graziela: Acho que não ter autoconfiança e achar que só pessoas muitos inteligentes passam, que seus problemas são absolutamente limitadores, que você nunca vai conseguir etc. É necessário persistência e constância. Também não se sintam intimidados com histórias de quem foi aprovado rápido ou com pouco estudo, isso é raro, pois a maioria das pessoas precisa dedicar-se muito mesmo.   

Estratégia: O que foi mais difícil nessa caminhada rumo à aprovação?

Graziela: Manter a constância e não se dispersar com inúmeras distrações do cotidiano.

Estratégia: Por fim, o que você aconselharia a alguém que está iniciando seus estudos para concurso. Deixe-nos sua mensagem para todos aqueles que um dia almejam chegar aonde você chegou!

Graziela: Bem, encarar os estudos não é fácil, há milhares de coisas mais interessantes pra fazer rs. Às vezes queremos ser aprovados, mas acabamos buscando desculpas para justificar a procrastinação, até mesmo por medo da frustração de não passar. Aconselho que você reflita quais são os benefícios que a aprovação no concurso trará para sua vida e se está disposto a assumir esse compromisso de estudo consigo mesmo. Se for isso mesmo que quer, evite comparações negativas e dê o melhor de si.

Outras entrevistas em:

https://www.estrategiaconcursos.com.br/depoimentos/

Assessoria de Comunicação

[email protected]

Confira nossos cursos para o INSS! ;)

Cursos para Técnico do INSS – Clique AQUI

Cursos para Analista do INSS – Clique Aqui

Veja os comentários:
Deixe seu comentário:

Deixe seu comentário:

Resultados:

  • Concurso ISS-Criciúma 2017 - Fiscal de Rendas e Tributos Das 3 vagas ofertadas, 2 aprovados são nossos alunos
  • Concurso TST 2017 - TJAA Dos 100 primeiros aprovados, 57 são nossos alunos
  • Concurso TST 2017 - AJAJ Dos 100 primeiros aprovados, 47 são nossos alunos
  • Concurso TST 2017 - AJAA Dos 80 aprovados, 50 são nossos alunos
  • Concurso SEFIN-RO 2017 - Contador Das 2 vagas ofertadas, 1 aprovado é nosso aluno