Notícia

Concurso TJ SP: veja o gabarito da objetiva para Assistente e Psicólogo

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ SP) oferta 27 vagas, ao todo, para os cargos de Assistente Social Judiciário e Psicólogo, e os gabaritos oficiais já foram divulgados. Confira:

Das oportunidades, 20 vagas são para Assistente Social Judiciário e 7 para Psicólogo, com exigência de formação em nível superior e registro profissional.

A primeira etapa do certame compreendeu prova objetiva e prova discursiva, e foi aplicada no dia 04 de fevereiro de 2024.

  • TJ SP – Assistente Social e Psicólogo
  • Status: inscrições encerradas
  • Vagas: 27
  • Escolaridade: nível superior
  • Salário: R$ 8.712,45
  • Edital TJ SP: Assistente e Psicólogo 2023

Ressalta-se que o Tribunal possui outra edital publicado em andamento, e as provas foram aplicadas no dia 15 de outubro. Confira o resultado da prova objetiva do concurso TJ SP, ao cargo de Oficial de Justiça.

A avaliação ocorreu em 15 de outubro e, para não ser eliminado, o candidato teve que obter nota final igual ou superior a 5 pontos no conjunto dos 3 blocos e, no mínimo, 50% das questões dos blocos I e II.

Convém destacar que o resultado da etapa objetiva para as 6ª e 10ª Regiões Administrativas Judiciárias ainda não foi divulgado e segue aguardado.

São ofertadas 88 vagas imediatas no cargo de Oficial de Justiça para atuar nas Circunscrições Judiciárias das 10 Regiões Administrativas Judiciárias do órgão.

As oportunidades são de nível superior de escolaridade, em qualquer área de formação, com salários iniciais de R$ 8.804,85 para uma jornada de 40h semanais.

Edital Oficial de Justiça 2023

  • Concurso TJ SPOficial de Justiça
  • Status: resultados objetiva
  • Vagas: 88
  • Escolaridade: nível superior
  • Salário: R$ 8.804,85
  • Edital TJ SP Oficial 2023

Vale lembrar que o Tribunal também está com dois editais publicados para o cargo de escrevente técnico judiciário.

No total, são 460 vagas de nível médio, sendo 400 para a Capital e 60 para Interior, com iniciais de R$ 5.480,54, além de adicionais de alimentação, saúde e transporte.

Atenção: no dia 27 de novembro foi divulgada uma nova lista de classificação final para as vagas da Capital, com base no novo cálculo da nota de corte disponibilizado pela Vunesp. Os detalhes estão na aba ‘nota de corte’.

Edital Escrevente Técnico Judiciário 2023

  • TJ SP – Escrevente Técnico Judiciário
  • Status – Capital: divulgada classificação final
  • Status – Interior: resultado pós recursos
  • Banca: Vunesp
  • Vagas: 460
  • Salário inicial: R$ 5.480,54 (conforme edital)/ R$ 7.209,16 bruto
  • EditalTJ SP Escrevente 2023 – CAPITAL
  • Edital: TJ SP Escrevente 2023 – Grande SP e ABC

Confira nosso curso exclusivo e totalmente voltado ao concurso TJ SP:

Prepare-se com o melhor material e com quem mais aprova em Concursos Públicos em todo o país.

Neste artigo, você encontra um Guia Completo para os editais do Concurso TJ-SP, com informações diversas para não perder nada sobre as provas, os dados do cargo e muito mais.

Concurso TJ SP: informações

Reajuste salarial

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ SP) reajustou os salários dos servidores que atuam no órgão após aprovação em concurso público!

Segundo o documento divulgado através do Diário de Justiça Eletrônico em janeiro de 2024, o reajuste aplica-se nos vencimentos básicos iniciais ofertados aos cargos, sendo:

  • Técnico em Comunicação: R$ 6.915,74
  • Técnico em Informática: R$ 6.915,74
  • Oficial de Justiça: R$ 8.804,85
  • Psicólogo Judiciário: R$ 8.712,45
  • Supervisor de Serviços: R$ 13.776,68
  • Secretário: R$ 22.942,13

Principais datas

  • Inscrições: 23/10 a 07/12/2023
  • Isenção da taxa: não há
  • Último dia para pagamento: 08/12
  • Provas: 04/02/2024

Cargos e Vagas

Nível superior

CARGOSVAGASSALÁRIO
Assistente Social – Comarca Capital20 R$ 8.712,45
Psicólogo – São Paulo, Campinas e Ribeirão Preto07R$ 8.712,45
Cargos, vagas e salários.

Requisitos específicos

  • Assistente Social: curso de Ensino Superior em Serviço Social, em Instituição reconhecida pelo MEC, com diploma registrado no órgão competente; h) ter registro no Conselho Regional de Serviço Social ativo e em situação regular.
  • Psicólogo: curso de Ensino Superior em Psicologia, em Instituição reconhecida pelo MEC, com diploma registrado no órgão competente; ter registro no Conselho Regional de Psicologia ativo e em situação regular.

Requisitos Gerais

a) ser brasileiro(a) nato(a), naturalizado(a) ou gozar das prerrogativas previstas no artigo 12, § 1º da Constituição Federal de 1988;
b) ter 18 anos de idade completos até a data da posse;
c) estar em dia com as obrigações eleitorais;
d) estar em dia com as obrigações do Serviço Militar;
e) não ter sido condenado(a) por crime contra o patrimônio, a Administração, a fé pública, os costumes e os previstos na Lei n.º 11.343 de 23.08.2006;
f) não ter sido condenado(a) por ato de improbidade previsto na Lei n.º 8.429/92;
g) ter concluído, até a data da posse, o curso de Ensino Superior em Serviço Social, em Instituição reconhecida pelo MEC, com diploma registrado no órgão competente;
h) ter registro no Conselho Regional de Serviço Social ativo e em situação regular, na data da posse;
i) gozar de boa saúde física e mental para o exercício das atribuições do cargo;
j) possuir na data da posse os documentos comprobatórios dos requisitos exigidos para o cargo e preencher as exigências para a posse previstas na Lei Estadual n.º 10.261/1968 com suas atualizações.

Remuneração e benefícios

  • Psicólogo – R$ 8.712,45 + auxílios para alimentação, saúde e transporte.
  • Assistente Social – R$ 8.712,45 + auxílios para alimentação, saúde e transporte.

Etapas e provas

Assistente Social:

Prova Objetiva

A prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, visa avaliar o grau de conhecimento teórico do(a) candidato(a) necessário ao desempenho do cargo.

Será composta de 70 (setenta) questões de múltipla escolha, com 5 (cinco) alternativas cada uma, de acordo com o conteúdo programático.

As questões da prova objetiva serão distribuídas em blocos como segue:

  • BLOCO I: Língua Portuguesa12 questões
  • BLOCO II: Conhecimentos Específicos40 questões
  • BLOCO III: Conhecimentos Gerais18 questões

Prova Discursiva

Já a prova discursiva (estudo de caso), de caráter apenas eliminatório, visa avaliar o grau de conhecimento e a capacidade do(a) candidato(a) de expor com clareza, concisão, precisão, coerência e objetividade assuntos relacionados ao bom desempenho do cargo.

O tema da prova discursiva (estudo de caso) será extraído do Bloco II – Conhecimentos Específicos.

Na correção do estudo de caso serão analisados o conhecimento e a capacidade teórico-prática do(a) candidato(a) em desenvolver a proposta de forma precisa, com clareza, coerência e objetividade. Serão avaliados, ainda, a organização do texto, a análise e síntese dos fatos examinandos, a correção gramatical, o raciocínio, a fundamentação e a sua consistência e a capacidade de interpretação e exposição demonstrada.

Será atribuído à prova discursiva (estudo de caso), o valor de 40 (quarenta) pontos, onde a pontuação mínima necessária para aprovação será de 15 (quinze) pontos, sendo excluído do certame o(a) candidato(a) que não obtiver a pontuação mínima.

A prova discursiva (estudo de caso) possui caráter apenas eliminatório e sua pontuação não será somada à nota final do(a) candidato(a).

Prova de Títulos

Prova Objetiva

A prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, visa avaliar o grau de conhecimento teórico do(a) candidato(a) necessário ao desempenho do cargo. Será composta de 70 (setenta) questões de múltipla escolha, com 5 (cinco) alternativas cada uma.

As questões da prova objetiva serão distribuídas em blocos como segue:

  • BLOCO I: Língua Portuguesa 12 questões
  • BLOCO II: Conhecimentos Específicos – 40 questões
  • BLOCO III: Conhecimentos Gerais – 18 questões

Prova Discursiva

A prova discursiva (estudo de caso), de caráter apenas eliminatório, visa avaliar o grau de conhecimento e a capacidade do(a) candidato(a) de expor com clareza, concisão, precisão, coerência e objetividade assuntos relacionados ao bom desempenho do cargo.

O tema da prova discursiva (estudo de caso) será extraído do Bloco II – Conhecimentos Específicos.

Prova de Títulos

Oficial de Justiça

No dia 18 de outubro foram divulgados os gabaritos oficiais das provas objetivas. Para não ser eliminado, o candidato deverá ter no mínimo 50% de acerto nos blocos I e II.

O bloco III é de caráter classificatório. Será considerado aprovado o candidato que obtiver nota igual ou superior a 5 pontos no conjunto dos três blocos.

Porém, no dia 19 de outubro, a banca soltou um comunicado de que foi detectado erro operacional na divulgação dos gabaritos da prova objetiva.

E no dia 23 de outubro o gabarito foi republicado. Veja aqui o seu desempenho!

No dia 08 de janeiro de 2024 foi novamente publicado o gabarito definitivo devido a anulação das questões 49 e 67.

Cronograma Oficial de Justiça

  • Inscrições: 30/06 a 08/08/2023
  • Redução da taxa: 30/06 a 04/07
  • Último dia para pagamento: 09/08
  • Prova: 15/10/2023

Cargos e vagas- Oficial

Segundo o edital, a seleção oferta vagas para o cargo de Oficial da de Justiça distribuídas entre as 10 Regiões Administrativas Judiciárias, sendo:

Nível superior

CARGOSVAGASSALÁRIO
Oficial de Justiça88R$ 8.804,85
Cargos, vagas e salário.
  • 1ª Região: 08 vagas;
    • Grande São Paulo
  • 2ª Região: 06 vagas;
    • Araçatuba
  • 3ª Região: 08 vagas;
    • Bauru
  • 4ª Região: 18 vagas;
    • Campinas
  • 5ª Região: 08 vagas;
    • Presidente Prudente
  • 6ª Região: 11 vagas;
    • Ribeirão Preto
  • 7ª Região: 03 vagas;
    • Santos
  • 8ª Região: 12 vagas;
    • São José do Rio Preto
  • 9ª Região: 05 vagas;
    • São José dos Campos
  • 10ª Região: 09 vagas.
    • Sorocaba

Requisitos

Curso de Ensino Superior, em qualquer área de formação, em Instituição reconhecida pelo MEC.

Etapas e provas Oficial

O certame é composto por etapa única de prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, com aplicação no dia 15 de outubro de 2023, no período da tarde, com no máximo 5h de duração.

Provas Objetivas

A prova objetiva foi composta de 100 (cem) questões de múltipla escolha, com 5 (cinco) alternativas cada uma, sendo:

  • Língua portuguesa: 20 questões;
  • Conhecimentos específicos: 58 questões;
  • Conhecimentos gerias:
    • Atualidades: 04 questões;
    • Matemática: 10 questões;
    • Informática: 08 questões.

Concurso TJ SP Escrevente

Classificação final – capital

Confira abaixo a homologação e a lista de classificação final dos aprovados:

Aprovados prova prática

O TJSP publicou na edição do dia 30 de outubro, do Diário da Justiça Eletrônico (DJE), a lista de candidatos aprovados na prova prática (formatação e digitação). Os exames foram realizados nos dias 7 e 8 de outubro. Veja aqui os nomes dos aprovado

Nota de corte – capital

No dia 19 de setembro de 2023 foi disponibilizada a nota de corte retificada da prova objetiva do edital de Escrevente (1ª Região Administrativa Judiciária – Comarca da Capital). A nota agora passa a ser a seguinte:

  • Geral – 7,8;
  • Candidatos Negros – 6,2;
  • Especial (PcD): 5,9.

1.500 candidatos da lista geral, 100 da de PcD e 400 negros deverão ser convocados para a segunda etapa – prova de digitação.

A lista geral com a classificação baseada na nova nota de corte está disponível aqui!

Nota de corte – interior

De acordo com o documento disponibilizado através do Diário de Justiça Eletrônico no dia 27 de setembro de 2023, a nota passa a ser a seguinte:

TJ SP

Gabaritos

Os gabaritos definitivos pós recursos da comarca Capital foram disponibilizados no dia 13 de julho de 2023.

Também foram divulgados os gabaritos pós recursos do concurso TJ SP para o cargo de escrevente. Confira abaixo:

Concurso TJ SP: cargos e vagas

VAGAS CAPITAL

COMARCAVAGASSALÁRIO
CAPITAL400R$ 5.480,54*
Cargo de Escrevente Técnico Judiciário

VAGAS INTERIOR

COMARCAVAGASSALÁRIO
SÃO BERNARDO DO CAMPO (Sede da Circunscrição Judiciária – DIADEMA)10R$ 5.480,54*
SANTO ANDRÉ (Sede da Circunscrição Judiciária – MAUÁ, RIBEIRÃO PIRES, RIO GRANDE DA SERRA e SÃO CAETANO DO SUL)10R$ 5.480,54*
OSASCO (Sede da Circunscrição Judiciária – BARUERI, CARAPICUIBA, JANDIRA e SANTANA DE PARNAÍBA)10R$ 5.480,54*
GUARULHOS (Sede da Circunscrição Judiciária – ARUJÁ, MAIRIPORÃ e SANTA ISABEL)10R$ 5.480,54*
MOGI DAS CRUZES (Sede da Circunscrição Judiciária – FERRAZ DE VASCONCELOS, GUARAREMA, ITAQUAQUECETUBA, POÁ e SUZANO)10R$ 5.480,54*
ITAPECERICA DA SERRA (Sede da Circunscrição Judiciária -COTIA, EMBU DAS ARTES, EMBU GUAÇU, ITAPEVI, TABOÃO DA SERRA, VARGEM GRANDE PAULISTA10R$ 5.480,54*
Cargo de Escrevente Técnico Judiciário

Concurso TJ SP: inscritos

O edital para a Capital registrou mais de 100 mil inscritos. A informação foi divulgada no dia 04 de abril, pela banca organizadora, a Fundação Vunesp. Veja aqui os detalhes!

Já o edital para as circunscrições do interior registrou mais de 41 mil inscritos. Veja todos os detalhes aqui!

Salários e benefícios

O edital informa que o vencimento inicial é de R$ 5.480,54, no entanto servidores aprovados no último edital e nomeados em outubro de 2022 estão recebendo mais de R$ 5,8 mil mensais!

A equipe de jornalismo do Estratégia Concursos obteve o contracheque de um dos aprovados que, em fevereiro de 2023, recebeu R$ 7.209,16 brutos (veja aqui).

Em abril de 2023, o Tribunal concedeu reajuste de 6% nos auxílios concedidos aos servidores, com isso, os valores passaram a ser os seguintes:

  • Auxílio alimentação – R$ 60,00 por dia trabalhado
  • Auxílio saúde – R$ 500,00 por mês
  • Reajuste de 6% na Gratificação por Atividade Judiciária (GAJ)
  • Reajuste de 6% na Gratificação para Pesquisadores e Estenoplatistas (GAE)
  • Reajuste de 6% na Gratificação pelo Desempenho de Atividades Cartorárias (GDAC)

Além disso, também estão previstos na legislação do TJ SP os seguintes benefícios:

  • Adicional de qualificação (5% para nível superior; 7,5% para pós-graduação-lato sensu; 10% para mestrado; 12,5% para doutorado)
  • Auxílio creche: R$ 423,00 por filho (no máximo dois filhos)
  • Auxílio transporte: 22 dias: R$ 176,00 
  • Quinquênio: 5% a cada 5 anos
  • 6.ª parte: 20% ao completar 20 anos

Requisitos

É exigido que o Escrevente Técnico Judiciário tenha, como requisito básico, o certificado de conclusão ou diploma de curso de nível médio, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação.

A carga horária do Escrevente Técnico Judiciário é de 40 horas semanais.

Confira também a Entrevista com a Isabel Salem – 94 pontos (de 100) no Concurso TJ SP para o Cargo de Técnico Judiciário.

Atribuições

São atribuições do cargo de Escrevente Técnico Judiciário:

  • Executar atividades relacionadas à organização dos serviços que envolvam as funções de suporte técnico e administrativo às unidades do Tribunal de Justiça
  • Dar andamento em processos judiciais e administrativos, atender ao público interno e externo, elaborar e conferir documentos
  • Controlar a guarda do material de expediente, atualizar-se quanto à legislação pertinente à área de atuação e normas internas.

Cargos vagos

Segundo dados disponíveis no Portal da Transparência do TJ SP, com referência em abril de 2023 a quantidade de cargos pode ser percebida na listagem abaixo:

CARGOSVACÂNCIAS
Administrador Judiciário 10
Arquiteto Judiciário10
Assistente Social Judiciário 358
Bibliotecário Judiciário09
Cirurgião Dentista Judiciário01
Enfermeiro Judiciário11
Engenheiro Judiciário11
Contador Judiciário98
Médico Judiciário06
Oficial de Justiça5.550
Psicólogo Judiciário111
Agente de Fiscalização Judiciário 219
Auxiliar de Saúde Judiciário19
Escrevente Técnico Judiciário4.547
Técnico em Informática Judiciário02
Total11.412
Cargos vagos TJ SP

Concurso TJ SP: etapas

Prova Objetiva – Escrevente técnico judiciário

A prova objetiva foi aplicada no dia 28 de maio de 2023, para vagas da Capital, e 2 de julho para as vagas do Interior.

Teve duração de 5h e contou com 100 questões de múltipla escolha, sendo 5 alternativas e apenas uma considerada a correta.

A prova foi composta pelas seguintes disciplinas:

  • Língua Portuguesa – 24 questões
  • Conhecimentos em Direito – 40 questões
  • Conhecimentos Gerais – Atualidades (6), Matemática (6), Informática (14) e Raciocínio Lógico (10)

Conteúdo programático

BLOCO I: Língua Portuguesa
24 QuestõesAnálise, compreensão e interpretação de diversos tipos de textos verbais, não verbais, literários e não literários. Informações literais e inferências possíveis. Ponto de vista do autor. Estruturação do texto: relações entre ideias; recursos de coesão. Significação contextual de palavras e expressões.
Sinônimos e antônimos. Sentido próprio e figurado das palavras. Classes de palavras: emprego e sentido que imprimem às relações que estabelecem: substantivo, adjetivo, artigo, numeral, pronome, verbo, advérbio, preposição e conjunção. Concordância verbal e nominal.
Regência verbal e nominal. Colocação pronominal. Crase. Pontuação.
BLOCO II: Conhecimentos em Direito
40 QuestõesDIREITO PENAL: Código Penal – artigos 293 a 305; 307; 308; 311-A; 312 a 317; 319 a 333; 336 e 337; 339 a 347; 357 e 359. DIREITO PROCESSUAL PENAL: Código de Processo Penal – artigos 251 a 258; 261 a 267; 274; 351 a 372; 394 a 497; 531 a 538; 541 a 548; 574 a 667 e Lei nº 9.099 de 26.09.1995 (artigos 60 a 83; 88 e 89). DIREITO PROCESSUAL CIVIL: Código de Processo Civil -artigos 144 a 155; 188 a 275; 294 a 311 e do 318 a 538; 994 a 1026; Lei nº 9.099 de 26.09.1995 (artigos 3º ao 19) e Lei nº 12.153 de 22.12.2009. DIREITO CONSTITUCIONAL: Constituição Federal – Título II – Capítulos I, II e III; e Título III – Capítulo VII com Seções I e II; e também o artigo 92.
DIREITO ADMINISTRATIVO: Estatuto dos Funcionários Públicos Civis do Estado de São Paulo (Lei n.º 10.261/68) – artigos 239 a 323; e Lei Federal nº 8.429/92 (Lei de Improbidade Administrativa).
NORMAS DA CORREGEDORIA GERAL DA JUSTIÇA (disponíveis no portal do Tribunal de Justiça site: www.tjsp.jus.br, na área Institucional / Corregedoria / Normas Judiciais): Tomo I – Capítulo II: Seção I – subseções I e II; Tomo I – Capítulo III: Seções I, II, V, VI, VII; Tomo I – Capítulo III: Seção VIII subseções I, II e III; Tomo I – Capitulo III: Seções IX a XV, XVII a XIX; Tomo I – Capítulo XI: Seções I, IV e V; Tomo I – Capitulo XI: Seção VI – subseções I, III, V e XIII.
BLOCO III: Conhecimentos Gerais
DisciplinasQuestões
Atualidades06
Matemática06
Informática14
Raciocínio Lógico10

Prova prática

A prova prática, de caráter eliminatório, busca verificar os conhecimentos e habilidades dos candidatos, utilizando o editor de texto em microcomputador do tipo PC, em ambiente gráfico Microsoft Windows.

Os candidatos que tiverem nota igual ou superior a 5 pontos serão considerados aptos.

A avaliação constará de duas atividades (formatação e digitação), a serem realizadas como segue:

  • Formatação de um texto preestabelecido: de acordo com as instruções a serem dadas quando da aplicação da prova, que será desenvolvida em microcomputador do tipo PC com processador Intel® ou similar, utilizando-se de editor de texto Microsoft Word 2016 ou superior em ambiente gráfico Microsoft Windows e teclado com configurações ABNT 2.
  • Serão observados os erros cometidos nos seguintes itens: tipo de fonte, tamanho da fonte, formatação da fonte: negrito, itálico e sublinhado, alinhamento do texto, espaçamento do texto (entre linhas, entre parágrafos), margem e parágrafo.

A formatação será pontuada de 0 a 2 pontos. Para cada ocorrência de erro de formatação diferente, extra ou a falta do que for solicitado, será descontado 0,2 ponto. A nota 2 será atribuída para a formatação correta do texto, sem erros, em no máximo 5 minutos.

Serão convocados para a segunda etapa do certame os candidatos habilitados e com melhor classificação na prova objetiva realizada para a Comarca da Capital, conforme segue:

informações sobre a prova prática do concurso TJ SP

Serão convocados para a segunda etapa do certame os candidatos habilitados e com melhor classificação na prova objetiva realizada para as Comarcas do Interior, conforme segue:

VADE-MÉCUM concurso TJ SP

O Estratégia Concursos organizou um material de consulta que servirá como guia durante a sua jornada de estudos.

Em nome de nossos professores, gostaria de lhe apresentar o Vade-Mécum Estratégico para o Tribunal de Justiça de São Paulo, que foi preparado com muito cuidado para auxiliá-lo nesse caminho rumo à aprovação.

Vale lembrar que o Vade-Mécum Estratégico é uma compilação das principais normas e leis do seu concurso. Queremos que ele seja um material de consulta, a ser utilizado em toda a sua preparação.

Pretendemos que ele seja o seu companheiro sempre que você estiver assistindo nossas videoaulas ou lendo os nossos livros digitais (PDFs).

Clique no link abaixo para inscrever-se e receber o Vade-Mécum TJ SP – cargo: Escrevente:

Vade-Mécum concurso TJ SP: baixe o material gratuitamente!

Concurso TJ SP assistente social e psicólogo: situação atual

No dia 10 de novembro de 2021 o TJ SP publicou novo edital para os cargos de assistente social e psicólogo, destinados a candidatos de nível superior.

Para a Capital, foram abertas 9 vagas para psicólogo e 20 vagas para assistente social. Nas demais comarcas das 10 Regiões Administrativas Judiciárias (RAJs) do estado, foram 56 vagas para psicólogo judiciário e 112 vagas para assistente social judiciário. 

Os editais estão sob responsabilidade da Vunesp e a classificação final foi divulgada no dia 27 de fevereiro de 2023. Confira abaixo!

Concurso TJ SP Escrevente 2021: situação atual

No dia 2 de fevereiro de 2023 foi divulgada a prorrogação da validade do edital TJ SP, o edital seguirá vigente até junho de 2024.

Segundo o próprio Tribunal, a estimativa é de que sejam nomeados mais 2.300 aprovados durante este período.

Classificação final

Foi divulgada, no dia 21 de junho de 2022, a classificação final do concurso TJ SP para o cargo de Escrevente Judiciário que ofertou 845 vagas de nível médio, sendo 400 para a capital e 445 para as comarcas do interior de São Paulo.

Confira abaixo a classificação final do Concurso TJ SP para Escrevente Judiciário disponibilizado pela banca, Vunesp.

Resultado da prova prática por região:

Tipos de provas e gabaritos TJ SP

Resultado homologado

Foi divulgado no dia 01 de julho de 2022 o resultado homologado do concurso do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ SP) para o cargo de Escrevente Judiciário.

Os candidatos já podem conferir a homologação publicada no Diário de Justiça Eletrônico do órgão.

Nota de corte

De acordo com o documento divulgado pela banca organizadora, a região de Campinas lidera a lista com a maior nota de corte da lista geral com a média de 8,5 pontos.

Já a menor nota de corte da lista geral ficou com a região de Presidente Venceslau com a media de 6,5 pontos.

Já a menor nota de corte da lista especial ficou em 5,2 pontos nas regiões de Votuporanga e Jundiaí.

Dentro das vagas para candidatos negros, a maior nota de corte também ficou em Campinas com a média de 7,5 pontos e a menor nota de corte ficou em 5 pontos.

Veja aqui todos os detalhes sobre a nota de corte divulgada para escrevente!

Inscritos

O último edital do TJ SP registrou, no total, 224.814 inscritos para as 845 vagas de nível médio. O maior registro foi na Capital com 90.758 inscritos, veja detalhes abaixo:

  • Escrevente Técnico Judiciário – 1ª Região – Guarulhos 4.950
  • Escrevente Técnico Judiciário – 1ª Região – Itapecerica da Serra 2.664
  • Escrevente Técnico Judiciário – 1ª Região – Mogi das Cruzes 4.094
  • Escrevente Técnico Judiciário – 1ª Região – Osasco 5.351
  • Escrevente Técnico Judiciário – 1ª Região – Santo André 3.916
  • Escrevente Técnico Judiciário – 1ª Região – São Bernardo do Campo 3.199
  • Escrevente Técnico Judiciário – 1ª Região – São Paulo 90.758
  • Escrevente Técnico Judiciário – 2ª Região – Andradina 1.166
  • Escrevente Técnico Judiciário – 2ª Região – Araçatuba 3.838
  • Escrevente Técnico Judiciário – 2ª Região – Jales 1.088
  • Escrevente Técnico Judiciário – 2ª Região – Lins 882
  • Escrevente Técnico Judiciário – 3ª Região – Avaré 1.082
  • Escrevente Técnico Judiciário – 3ª Região – Bauru 4.806
  • Escrevente Técnico Judiciário – 3ª Região – Botucatu 1.167
  • Escrevente Técnico Judiciário – 3ª Região – Jaú 1.196
  • Escrevente Técnico Judiciário – 3ª Região – Ourinhos 1.525
  • Escrevente Técnico Judiciário – 4ª Região – Americana 2.094
  • Escrevente Técnico Judiciário – 4ª Região – Amparo 1.288
  • Escrevente Técnico Judiciário – 4ª Região – Bragança Paulista 1.629
  • Escrevente Técnico Judiciário – 4ª Região – Campinas 7.579
  • Escrevente Técnico Judiciário – 4ª Região – Jundiaí 3.460
  • Escrevente Técnico Judiciário – 4ª Região – Limeira 1.301
  • Escrevente Técnico Judiciário – 4ª Região – Mogi Mirim 1.276
  • Escrevente Técnico Judiciário – 4ª Região – Piracicaba 2.001
  • Escrevente Técnico Judiciário – 4ª Região – Pirassununga 1.451
  • Escrevente Técnico Judiciário – 4ª Região – Rio Claro 1.051
  • Escrevente Técnico Judiciário – 4ª Região – São João da Boa Vista 1.194
  • Escrevente Técnico Judiciário – 5ª Região – Assis 1.179
  • Escrevente Técnico Judiciário – 5ª Região – Dracena 977
  • Escrevente Técnico Judiciário – 5ª Região – Marília 1.521
  • Escrevente Técnico Judiciário – 5ª Região – Presidente Prudente 5.794
  • Escrevente Técnico Judiciário – 5ª Região – Presidente Venceslau 993
  • Escrevente Técnico Judiciário – 5ª Região – Tupã 1.034
  • Escrevente Técnico Judiciário – 6ª Região – Araraquara 1.850
  • Escrevente Técnico Judiciário – 6ª Região – Batatais 778
  • Escrevente Técnico Judiciário – 6ª Região – Casa Branca 961
  • Escrevente Técnico Judiciário – 6ª Região – Franca 1.574
  • Escrevente Técnico Judiciário – 6ª Região – Ituverava 1.094
  • Escrevente Técnico Judiciário – 6ª Região – Jaboticabal 982
  • Escrevente Técnico Judiciário – 6ª Região – Ribeirão Preto 6.887
  • Escrevente Técnico Judiciário – 6ª Região – São Carlos 1.294
  • Escrevente Técnico Judiciário – 7ª Região – Itanhaém 1.555
  • Escrevente Técnico Judiciário – 7ª Região – Registro 1.495
  • Escrevente Técnico Judiciário – 7ª Região – Santos 7.218
  • Escrevente Técnico Judiciário – 8ª Região – Barretos 1.802
  • Escrevente Técnico Judiciário – 8ª Região – Catanduva 941
  • Escrevente Técnico Judiciário – 8ª Região – Fernandópolis 975
  • Escrevente Técnico Judiciário – 8ª Região – São José do Rio Preto 4.950
  • Escrevente Técnico Judiciário – 8ª Região – Votuporanga 1.011
  • Escrevente Técnico Judiciário – 9ª Região – Caraguatatuba 1.729
  • Escrevente Técnico Judiciário – 9ª Região – Guaratinguetá 2.332
  • Escrevente Técnico Judiciário – 9ª Região – São José dos Campos 5.638
  • Escrevente Técnico Judiciário – 9ª Região – Taubaté 2.541
  • Escrevente Técnico Judiciário – 10ª Região – Itapetininga 1.807
  • Escrevente Técnico Judiciário – 10ª Região – Itapeva 1.119
  • Escrevente Técnico Judiciário – 10ª Região – Itu 1.448
  • Escrevente Técnico Judiciário – 10ª Região – Sorocaba 5.329

Nomeações do concurso TJ SP 2021

Segundo informações do próprio Tribunal de Justiça de São Paulo compartilhadas em janeiro de 2023, 1.319 candidatos foram nomeados e o órgão estima nomear mais 2.300 aprovados em 2023.

VagasNomeados até Jan/2023Nomeações previstas para o 1º semestre de 2023
8451.3192.300
Nomeações do último certame

Nomeações TJ SP na Capital

Segundo as informações repassadas, foram mais de 900 convocados para as 400 vagas imediatas ofertadas. Veja detalhes no quadro abaixo:

VAGAS CAPITAL 2021Nomeados ACNomeados PCDNomeados NegrosTotal
400300 vagas – 710 convocados20 vagas – 50 convocados80 vagas – 184 convocados944
Concurso TJ SP nomeações 2021

Concurso TJ SP: home office/teletrabalho

O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo divulgou que os servidores terão a possibilidade de adotarem o trabalho remoto de forma facultativa mesmo após o período de pandemia.

A modalidade de trabalho foi oficialmente regulamentada por meio da Resolução nº 850/21.

Entre os servidores, o número máximo dos dedicados ao teletrabalho não poderá passar de 70% em unidades vinculadas à presidência, vice-presidência, à Corregedoria Geral da Justiça e às presidências de seção.

Caso o número de servidores interessados no trabalho remoto supere a regra, deve haver revezamento com intervalo mínimo de 90 dias.

Guia de Estudos para o TJ SP

Os Guias são artigos postados no site do Estratégia Concursos com links para Cadernos de Questões, por disciplina, customizados de acordo com o conteúdo programático de cada edital.

ACESSE: Guia de Estudos para o TJ SP

Veja também a entrevista com a Flávia Fabbri – 90 pontos (de 100) no concurso TJ SP para o cargo de Escrevente Técnico Judiciário.

Vade Mecum TJ SP Escrevente – Pós edital

Vade Mecum Estratégico é uma compilação das principais normas do concurso TJ SP Escrevente. Queremos que ele seja um material de consulta, a ser utilizado em toda a sua preparação.

Pretendemos que ele seja o seu companheiro sempre que você estiver assistindo nossas vídeoaulas ou lendo os nossos livros digitais (PDFs). E o melhor de tudo, é gratuito! Aproveite já e faça o download:

TJ SP Escrevente – Pós Edital

Quer saber tudo sobre concursos previstos?
Confira nossos artigos!

Quer estudar para o concurso TJ SP?

Prepare-se com o melhor material e com quem mais aprova em Concursos Públicos em todo o país.

Assinatura Concursos

Assinatura de 1 ano ou 2 anos

ficha técnica concurso TJ SP

Informações do Concurso TJ SP Assistente Social e Psicólogo 2023

Data da prova: 04/02/2024
Vagas: 27
Remuneração inicial: R$ 8.712,45
Banca: Vunesp
Escolaridade: Nível superior
► Edital: Assistente e Psicólogo 2023 /Últimos Editais: Edital Assistente Social 2021 / Edital Psicólogo 2021

Informações do Concurso TJ SP Oficial Judiciário

►Prova: 15/10/2023
►Vagas: 88
►Cargo: Oficial de Justiça
►Requisito: nível superior
►Banca: Fundação Vunesp
►Edital: Edital TJ SP Oficial 2023

Informações do Concurso TJ SP Escrevente – Interior

►Prova: 02/07/2023
►Vagas: 60
►Cargo: Escrevente Técnico Judiciário
►Requisito: nível médio
►Banca: Fundação Vunesp
►Edital: TJ SP Escrevente 2023 – Grande SP e ABC

Informações do Concurso TJ SP Escrevente – Capital

►Prova: 28/05/2023
►Vagas: 400
►Cargo: Escrevente Técnico Judiciário
►Requisito: nível médio
►Banca: Fundação Vunesp
►Edital: Edital TJ SP-2023

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja os comentários
  • Acho plenamente inconstitucional e injusta a prorrogação, já que é permitida a prorrogação uma única vez na CF! No concurso em que fui aprovada no ano de 2012 mesmo faltando apenas 2 pessoas para serem nomeadas na lista o TJ não prorrogou a validade para apenas mais 1 aninho. Agora, vamos lá! Prorrogue quanto for necessário! Não me conformo.
    Priscila em 15/07/20 às 15:16
  • Aquele que pediu manifestação do Estratégia Concursos para dizer opinião sobre a 'constitucionalidade ou não de uma decisão administrativa do TJ-SP, quero dizer o seguinte: Parem de querer enxergar 'chifre em cabeça de cavalo' ou 'pelo em ovo' !! Deixem as pessoas serem felizes galera !! Não queiram ocupar o tempo de quem trabalha exaustivamente...Putz !
    Maranhão em 15/07/20 às 14:57
  • Por favor,parem de me enviar suas propagandas.
    luiz paulo bandeira da silveira em 15/07/20 às 14:47
  • Prezados, Tem Vade Mécum par disponibilizar?
    Alex em 25/05/20 às 10:30
  • Realmente, analisando à luz da CF, a prorrogação não seria legal. No entanto, fico feliz que tenha acontecido. Isso denota uma determinação do TJ em preencher os cargos vagos. Melhor do que outros concursos que simplesmente esquecem dos aprovados. Aliás, no Brasil, ninguém segue a CF mesmo. Se seguisse, teríamos reajuste de acordo com a inflação todos os anos e o salário mínimo seria quatro vezes maior. Então, pelo menos agora estão infringindo para beneficiar uma parcela de pessoas que se dedicou e graças a Deus conseguiu a aprovação. Estou aguardando nomeação no TJ interior e sei como é difícil todo o processo, do início ao fim, então nunca vou torcer contra quem está enfrentando essa luta. Deus queira que o TJ mantenha a tradição de chamar os aprovados, porque, caso contrário, vai se tornar só mais um desses concursinhos que oferecem oceanos e rios e no fim não dão nem um laguinho.
    Adrian em 14/02/20 às 15:25
  • Esse concurso e so p capital ou interior d sp tbm?
    Rosa em 09/01/20 às 18:21
  • Essa decisão do TJSP é patentemente INCONSTITUCIONAL.
    Ivo em 18/08/19 às 10:49
  • Estratégia, por favor, se manifeste sobre a constitucionalidade da prorrogação! Não existe prorrogação da prorrogação e ninguém vai questionar?
    Andrea em 15/08/19 às 20:44
  • É inconstitucional essa prorrogação, foram ofertadas 590 vagas se os remanescentes ficaram para trás infelizmente devem prestar novamente, quantos concursos as pessoas são aprovadas fora das vagas e perdem o concurso pela validade?
    Paloma em 15/08/19 às 17:47
  • Se o concurso tinha validade de 1 ano e prorrogável por mais 1 ano, por que está sendo prorrogado novamente? Não entendi...
    Elô em 15/08/19 às 17:21
  • O TJSP pode prorrogar o concurso além do tempo previsto no edital? Além disso, já foram 788° convocados só na comarca capital até o momento (o que torna a informação do Estratégia na matéria incorreta).
    Cristiane em 15/08/19 às 17:12
  • A remuneração é um pouco maior q isso, Escrevente começa com 4.981,71
    Tarek em 15/08/19 às 16:51
  • Prezada Natália, Não só já havia assistido ao vídeo, como o mesmo foi deletado pelo seu criador. Insisto, não há na notícia veiculada no site do TJ-SP, datada de hoje, que o órgão está prorrogando para 2020 a validade do concurso. Sinceramente, entendo que o Estratégia está noticiando errado.
    Ricardo em 15/08/19 às 14:25
  • Péssima notícia para estava ansioso para este certame, mas para quem ficou na lista, é uma excelente notícia. Ao meu ver uma baita inconstitucionalidade, será que isso se mantém?
    Jonathan em 15/08/19 às 14:13
  • Confira o vídeo disponibilizado na matéria, feito pelo professor Ricardo Vale, onde ele explica tudo o que você precisa saber sobre esta prorrogação!
    Natália Scarano em 15/08/19 às 13:22
  • Olá, Eric. Até dezembro de 2020 deve sair um novo concurso para Capital, dependerá apenas do TJ adequar as contas do tribunal.
    Natália Scarano em 15/08/19 às 13:19
  • Notícia ruim não, né ? Ai vc está se esquecendo dos aprovados que estão esperançosos com a nomeação. Notícia ruim pra quem quer prestar, mas boa pra quem está a quase 2 anos esperando a nomeação.
    Fernando em 15/08/19 às 13:15
  • Bom dia! Então agora a previsão para PUBLICAÇÃO do próximo edital do TJ-SP (CAPITAL) ficou para outubro de 2020?
    Eric em 15/08/19 às 12:07
  • Não entendi a prorrogação do concurso. Há um item no edital que diz que o concurso é de 1 ano, prorrogável por igual período. Segue o item: "9. O Concurso terá validade de 1 (um) ano, a contar da data da homologação, prorrogável por igual período, a critério do Tribunal de Justiça, podendo ou não abranger os cargos vagos e os que vierem a ser criados no decorrer do prazo de validade do concurso, dependendo do interesse do serviço e da disponibilidade orçamentária." Logo, por que estão prorrogando o que já foi prorrogado?
    Ricardo em 15/08/19 às 11:03
  • Prezados, em todos os sites que estão repercutindo essa prorrogação, não há análise sobre a constitucionalidade da medida. O concurso foi homologado em 2017, valido até 2018, e prorrogado ate 2019. Essa nova prorrogação até 2020, aparentemente é inconstitucional, pois afronta o artigo 37, inciso III, que prevê a possibilidade de 1 (uma) prorrogação, e o certame do TJ já foi prorrogado. Gostaria de uma manifestação do excelente corpo docente do Estratégia sobre esse aspecto. Grato
    Thiago Leite em 15/08/19 às 09:38
  • TJ Interior deve sair em 2020 ou vcs acreditam que vão prorrogar o concurso anterior até 2021?
    Juliana em 07/08/19 às 14:36
  • Olá, Stéph! Esta previsão é para anúncio de concurso/publicação de edital. Att, Equipe Estratégia Concursos
    Bruna de Andrade França em 01/08/19 às 15:58
  • Oi, galera! A previsão de outubro/2019 é para o edital ou para a prova mesmo?
    Stéph em 31/07/19 às 11:51
  • Olá boa noite! Eu nunca trabalhei concluir meu ensino médio fiz dois cursos de de manicure e outro de sombrancelha e eu queria fazer um concurso pra mim se forma em uma escrivã.
    Graziely Ferreira Bernardo em 18/07/19 às 17:40
  • Tenho interesse nos cursos para Tribunais, não sou da área de direito tenho formação superior Imagino que possa iniciar os estudos, por gentileza gostaria que me informassem, o que existe no momento, pelo que vi no site, são muitas opções
    DEBORAH CRISTINA FERRIGNO VOTO em 01/07/19 às 17:39