Concurso INSS: contratação de militares depende de aval do TCU
Coordenação

Concurso INSS: contratação de militares depende de aval do TCU

A contratação dos militares da reserva, anunciada pelo Governo, depende do aval do Tribunal de Contas da União. Segundo o TCU, o governo deve elaborar uma solução para o recrutamento do pessoal, abrindo também, a possibilidade de contratação para os civis.

O recrutamento dos 7 mil militares visa reforçar o atendimento no órgão, que atualmente, chega a quase 2 milhões de pedidos em espera. A expectativa é que até setembro ou outubro a fila seja reduzida.

Além disso, o presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou que o decreto (que prevê a contratação) já está assinado. Sua publicação depende de pequenos ajustes junto ao TCU e deve ser publicado em breve.

Vale lembrar que em 2019, uma das medida adotadas para suprir as necessidades do órgão foi a autorização da realocação de 319 servidores da Infraero para o INSS por tempo indeterminado. A medida fez parte do acordo firmado após a audiência de Ação Civil Pública.

De acordo com o levantamento realizado pelo MPF, foi verificado um aumento significativo de “tarefas” pendentes no sistema do INSS e que os esforços pela informatização não tem surtido o efeito desejado.

Para completar o quadro preocupante, até julho de 2019 foi verificada a existência de 17.392 cargos vagos de Técnico do Seguro Social e 2.246 de Analista do Seguro Social. Para piorar, 4.625 Técnicos da ativa já têm condições de solicitar aposentadoria, juntamente com 96 Analistas do Seguro Social.

O que você vai ver nesta página?

  1. Contratação de militares da reserva
  2. Exigências da Ação Civil Pública
  3. Presidente do órgão confirma solicitação de concurso
  4. Órgão perde mais de 3.300 servidores em 6 meses
  5. Linha do Tempo do Concurso do INSS
  6. O que faz um Técnico do INSS?
  7. Quanto ganha um Técnico do INSS?
  8. O que estudar para o concurso de Técnico INSS?
  9. Último Concurso
  10. Simulados para o INSS – BAIXE GRÁTIS
  11. CURSO PARA O INSS
  12. Ficha Técnica

Concurso INSS – Contratação de militares da reserva

O Governo anunciou que vai contratar 7 mil militares da reserva para reforçar o atendimento no Instituto Nacional de Seguridade Social. O objetivo é que os militares ingressem nos postos de atendimento enquanto os servidores do INSS passem a realizar a análise dos processos. A expectativa é que a situação seja resolvida até o mês de setembro.

Segundo o secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, não é esperado que a fila de processo seja zerada, mas que haja uma redução proporcional ao número de atendimentos:

“O estoque não será zerado. Você tem 988 mil pedidos que entram todos os meses, não dá para zerar estoque. O que a gente está dizendo é que pretende que todo mês, até setembro, outubro, a gente tenha aí esse número de requerimentos da mesma quantidade que temos capacidade de processar. É isso que a gente quer”.

Além disso, outras medidas sugeridas foram a restrição da cessão de servidores do INSS a outros órgãos e a instalação de uma força-tarefa para a perícia dos 1.514 servidores que estão afastados do Instituto.

Concurso INSS – Exigências da Ação Civil Pública

A Ação Civil Pública ajuizada pelo Ministério Público Federal exigiu que fossem tomadas as medidas necessárias para o recrutamento de agentes públicos no Órgão Previdenciário, de modo a dar vazão às demandas de requerimentos administrativos em curso. Entre as exigências do MPF, destacaram-se:

  • Contratação, por tempo determinado, de pessoal;
  • Realização de Concurso Público para provimento definitivo
  • Posse dos aprovados em até 180 dias;
  • Multa diária ao INSS no valor de R$ 10.000,00, caso as decisões não fossem cumpridas.
  • Entre outras…

Após a realização da audiência, ficou definida a realocação de servidores da INFRAERO. O INSS deverá apresentar um relatório mensal com a evolução dos trabalhos. Com esse acordo, o juiz determinou a suspensão do processo por seis meses.

Com isso, no dia 09 de outubro foi autorizada a realocação de 319 servidores da Infraero por tempo indeterminado. Um dos pontos previstos no documento de autorização, é que o trabalhadores não exerçam funções que não correspondam às suas atribuições na entidade de origem, de forma a não ocorrer desvio de função.

O documento com a Portaria de autorização e o nome de todos os servidores está disponível para download ao final desta página, na Ficha Técnica.

Baixe aqui a íntegra da ata da audiência de mediação

Concurso INSS – Presidente do órgão confirma solicitação de concurso

O presidente do INSS, Renato Rodrigo Vieira, confirmou que está no Ministério da Economia a solicitação para abertura de um novo concurso INSS. Enquanto a autorização não sai, o órgão sofre com o déficit de servidores.

Um levantamento feito pela equipe de jornalismo do Estratégia Concursos apontou que 9.923 servidores deixaram a autarquia no ano de 2019.

Uma das soluções encontradas pelo órgão foi a implementação do atendimento eletrônico, o “INSS Digital“. O serviço tem por objetivo modernizar os serviços e melhorar o atendimento aos cidadãos, dando agilidade às demandas.

Pedido de concurso INSS segue em análise

Tramita desde o ano de 2015, no Ministério da Economia (antigo Ministério do Planejamento), um pedido de autorização para o concurso INSS. O pedido solicitando a abertura de 7.888 vagas voltou a ser protocolado em janeiro de 2018. As vagas solicitadas pelo órgão foram distribuídas conforme o quadro abaixo:

CargoVagas
Técnico do INSS3.984 vagas
Analista do INSS1.692 vagas
Perito Médico INSS2.212 vagas
TOTAL7.888 vagas

O pedido de abertura de um novo concurso INSS já tramitou por diversas vezes desde o início de 2019. A última movimentação do processo foi registrada em 17 de janeiro de 2019, após análise da Coordenação-Geral de Benefícios Previdenciários.

Concurso INSS – órgão perde mais de 9 mil servidores em um ano

O Instituto Nacional do Seguro Social registrou um aumento dramático de seu déficit de servidores no último ano: de acordo com levantamento divulgado pelo próprio órgão, foi identificada a perda de 9.923 servidores.

Cargos vagos até dezembro de 2019 por motivo de desligamento

  • Aposentadoria – 6.062
  • Exoneração – 53
  • Posse em outro cargo – 45
  • Falecimento – 41
  • Redistribuição – 3.695
  • Demissão – 26
  • Decisão judicial – 1
AnoAposentadoriasExoneração e Posse em outro cargoDemissão/falecimentoDecisão JudicialTotal
20126511371110889
201366426311411.042
201460527013011.006
201580817613511.120
20167101121120934
201716577910401.840
2018241110311802.632
20196.062986716.228
TOTAL13.5681.238891415.691

Linha do Tempo do Concurso INSS

  • Dezembro/2015: É publicado o último edital do concurso INSS.
  • Maio/2016: Realização das provas do último concurso INSS.
  • Dezembro/2017: O INSS solicita a nomeação dos excedentes aprovados no concurso de 2015.
  • Janeiro/2018: O INSS protocola pedido no então Ministério do Planejamento para a abertura de novo concurso. São solicitadas 7.888 vagas.
  • Agosto/2018: Encerramento do prazo de validade do concurso INSS, sem convocação dos excedentes.
  • Janeiro/2019: É sancionada a LOA 2019, autorizando o provimento de mais de 11.000 vagas para o Poder Executivo Federal. Especula-se que muitas dessas vagas sejam reservadas para o concurso INSS e até para a Receita Federal.
  • Janeiro/2019: É instituído bônus de produtividade para os servidores do INSS, como forma de estimular a retenção da força de trabalho pelo órgão.
  • Fevereiro/2019: É apresentada pelo governo ao Congresso Nacional a PEC da “Reforma da Previdência“. A implementação da PEC da “Reforma da Previdência”, muito provavelmente, exigirá a contratação de mais servidores para o INSS.
  • Abril/2019: MPF recomenda que Ministério da Economia realize levantamento de informações quanto aos cargos e vagas que poderão ser ofertados no novo Concurso INSS. Recomendou a realização do concurso e elaboração de cronograma para consecução do mesmo.
  • Maio/2019: uma portaria que autoriza a implementação do teletrabalho no INSS. Neste artigo, você vai conferir as principais informações sobre o concurso INSS, a recomendação do MPF pedindo ao Ministério da Economia urgência na realização de um novo concurso, a situação do quadro de servidores e todos detalhes sobre o INSS.
  • Junho/2019: Ministério da Economia responde a recomendação do MPF e afirma que não será possível autorizar a realização de um novo concurso INSS.
  • Agosto/2019: Procuradoria da República do Distrito Federal ajuíza Ação Civil Pública para garantir a realização de um novo concurso para o INSS.
  • Outubro/2019: Após Audiência de Mediação, órgão informou que irá realocar servidores da INFRAERO.
  • Outubro/2019: Autorizada a realocação de 319 servidores da Infraero por tempo indeterminado.
  • Janeiro/2020: Governo anuncia a contratação de 7 mil militares da reserva para reduzir fila de processos.

Concurso INSS: o que faz um Técnico do Seguro Social?

O Técnico do INSS é o servidor responsável por inúmeras atividades no órgão, dentre as quais citamos as seguintes:

  • a) Realizar o atendimento, orientação e esclarecimento de dúvidas daqueles que estão pleiteando a obtenção de benefícios previdenciários.
  • b) Agendar perícias médicas para os segurados da previdência.
  • c) Analisar processos que envolvem pedidos de concessão e revisão de benefícios.

Como Técnico do INSS, você terá contato direto com pessoas em situação de vulnerabilidade. São pessoas em momentos difíceis de suas vidas e que, portanto, merecem toda a sua dedicação, empenho e boa vontade em resolver os problemas.

Para se tornar Técnico do INSS, o requisito necessário é ter nível médio. Não há necessidade de ter formação em nível superior para prestar o concurso e tomar posse no cargo.

Concurso INSS – quanto ganha um Técnico do INSS?

Remunerações Atualizadas

A remuneração do cargo de Técnico do INSS é composta de três parcelas:

  • a) Vencimento Básico
  • b) Gratificação de Atividade Executiva (GAE)
  • c) Gratificação de Atividade de Desempenho de Atividade do Seguro Social (GDASS).

O vencimento básico é a menor parcela da remuneração do Técnico do INSS. No início de carreira, seu valor é de R$ 712,61; no final de carreira, o valor vai para R$ 1.102,02.

A Gratificação de Atividade Executiva (GAE) equivale a 160% do vencimento básico. No início de carreira, seu valor é de até R$ 1.140,18; no final de carreira, o valor vai para R$ 1.763,23.

A Gratificação de Atividade de Desempenho de Atividade do Seguro Social (GDASS) é a maior parcela da remuneração. No início de carreira, seu valor é de até R$ 3.595,00; no final de carreira, o valor vai para R$ 6.234,00.

Somando-se os valores das remunerações, chegamos ao total de R$ 5.344,87 para Técnico. Já o cargos de analista e perito médico oferecem, respectivamente, ganhos de R$ 7.954,09R$ 10.616,14 .

No vídeo abaixo, o Prof. Rubens Maurício explica todos os detalhes da remuneração dos servidores do INSS.

Concurso INSS: como funciona o Bônus de Produtividade?

Enquanto o edital do concurso INSS não sai, uma excelente notícia foi publicada para quem deseja seguir carreira no Instituto Nacional da Seguro Social: foi criado um bônus de produtividade para Técnicos, Analistas e Peritos.

Instituídos pela MP 871/2019, editada pelo Presidente Jair Bolsonaro na última sexta-feira, os bônus fazem parte de uma iniciativa importante para a descoberta de fraudes no pagamento de benefícios do INSS.

Os Técnicos e Analistas do INSS terão direito a um bônus de R$ 57,50 por processo finalizado, ao passo que Peritos receberão R$ 61,72 por perícia extraordinária realizada.

O programa tem duração até 31 de dezembro de 2020 e remunera atividades realizadas sem o prejuízo da rotina normal dos servidores do INSS.

É possível prestar o concurso INSS para os cargos de Técnico e de Analista?

No concurso de 2015, as provas de Técnico e Analista ocorreram em horários diferentes, tornando possível a realização dos dois concursos ao mesmo tempo.

Há que se destacar que foram várias as disciplinas em comum entre os dois cargos. Assim, preenchendo-se os requisitos para os dois cargos, era plenamente possível prestar as duas provas.

O que estudar para o concurso INSS?

Disciplinas exigidas para Técnico INSS

  • Língua Portuguesa – 15 questões
  • Raciocínio Lógico – 6 questões
  • Noções de Informática – 5 questões
  • Ética no Serviço Público – 6 questões
  • Regime Jurídico Único – 6 questões
  • Direito Constitucional – 7 questões
  • Direito Administrativo – 5 questões
  • Seguridade Social – 70 questões
    TOTAL – 120 questões

Disciplinas exigidas para Analista INSS

  • Língua Portuguesa – 14 questões
  • Raciocínio Lógico – 5 questões
  • Noções de Informática – 5 questões
  • Legislação Previdenciária – 10 questões
  • Legislação de Assistência Social, do trabalhador e da pessoa com deficiência – 6 questões
  • Direito Constitucional – 4 questões
  • Direito Administrativo – 6 questões
  • Serviço Social – 70 questões
    TOTAL – 120 questões

Concurso INSS: materiais gratuitos

Vade Mecum INSS

Em nome de nossos professores, gostaria de lhes apresentar o Vade Mecum Estratégico para Técnico INSS, que foi preparado com muito cuidado para que possa lhe ajudar nesse caminho rumo à aprovação.

O Vade Mecum Estratégico é uma compilação das principais normas do seu concurso. Queremos que ele seja um material de consulta, a ser utilizado em toda a sua preparação.

Pretendemos que ele seja o seu companheiro sempre que você estiver assistindo nossas videoaulas ou lendo os nossos livros digitais (PDFs). O Vade Mecum INSS aborda os pontos mais importantes da legislação do órgao.

Vade Mecum INSS – Baixe Grátis!

Análise Crítica do edital INSS

Aqui é Ricardo Vale, professor e coordenador do Estratégia Concursos. No artigo, gostaria de conversar com você sobre aquele que é o concurso mais aguardado de 2019: o INSS. 

A expectativa pelo edital INSS é enorme e há vários indícios que nos levam a crer que a autorização está próxima. Há um pedido de autorização do concurso tramitando no Ministério da Economia, o qual foi protocolado ainda em 2018.

Nesse pedido, o INSS solicita a abertura de edital com 7.888 vagas.

Continue lendo o edital INSS

Último concurso INSS

O último certame aconteceu em 2015. Na época, foram oferecidas 150 vagas para o cargo de Analista do Seguro Social e 800 para Técnico do Seguro Social. A banca organizadora foi o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), denominado Cespe.

Para o cargo de Analista foi exigido nível superior em Serviço Social, além de registro no órgão de classe específico (o vencimentos era de R$ 7.496,09, correspondente à remuneração bruta). Já para o posto de Técnico, foi necessário certificado de conclusão de curso de ensino médio (remuneração de até R$ 4.886,87, correspondente à remuneração bruta).

Ambos os cargos deveriam cumprir 40 horas semanais de trabalho.

Concurso INSS: Inscritos e demanda por vaga

Foram  1.087.789 candidatos inscritos neste concurso, tornando-se um dos maiores dos últimos anos.

  • Analista: 43.982 inscritos (concorrência de aproximadamente 293 candidatos por vaga)
  • Técnico: 1.043.807 inscritos (concorrência de aproximadamente 1.304 candidatos por vaga)

Concurso INSS: Simulados Inéditos

Neste seção você vai poder encontrar os sete simulados inéditos para o concurso do INSS aplicados pelo Estratégia Concursos em 2019. São questões cuidadosamente elaboradas pelos nossos professores, com foco no estilo de cobrança dos temas do programa do edital e nas estatísticas dos assuntos mais cobrados.

Disponibilizamos aqui o PDF de todos os cadernos de prova. Para conferir a correção basta acessar a área do aluno. Confira:

Quer estudar para Concurso INSS?

Gostou desta oportunidade e deseja começar se preparar agora mesmo? Então, confira os nossos cursos e comece a estudar para o concurso INSS:

CURSO INSS

Assinatura Anual Ilimitada*

Prepare-se com o melhor material e com quem mais aprova em Concursos Públicos em todo o país. Assine agora a nossa Assinatura Anual e tenha acesso ilimitado a todos os nossos cursos.

ASSINE AGORAAssinatura Ilimitada

CONCURSOS ABERTOS

CONCURSOS 2020

Ficha técnica Concurso INSS

Informações do último concurso INSS

  • Data: 2015
  • Vagas: 950
  • Cargos: Analista e Técnico
  • Lotações: Nacional
  • Banca: Cespe
  • Escolaridade: Nível Médio e Superior
  • Edital: INSS 2015


Ascom Estratégia
[email protected]

Compartilhe:

Veja os comentários:
Deixe seu comentário:

Deixe seu comentário:

Vídeos Relacionados

Cadastre-se para receber novidades e ofertas especiais sobre cursos.