A história de DAVI e ADÃO.
Concursos Públicos

A história de DAVI e ADÃO.

Pessoal, esta postagem é bem curtinha, mas é carregada de sabedoria. Não é sobre a história de Davi, muito menos sobre a história de Adão. Na verdade, o objetivo aqui foi fazer um “misturadão” e trazer o resultado para o mundo dos concursos públicos.

Vamos resumir os fatos:

1) Davi: Nasceu em uma família humilde, foi escolhido por Deus, deu uma pedrada na cabeça de um gigante e, de quebra, virou rei.

2) Adão: Foi criado à imagem e semelhança de Deus, recebeu tudo de “mão beijada” e o resto, vocês já sabem.

O que aprendemos com isso é o seguinte: pessoas que nasceram PEQUENAS podem ser GRANDES (como Davi) e pessoas que nasceram GRANDES podem ser consideradas PEQUENAS (como Adão).

Explico.

Vamos pensar no caso de Adão. Na época (e até hoje é!), Deus era o dono da maior empresa do mundo, chamada “Éden”. E Deus resolveu fazer uma seleção para alguém conduzir esta empresa. Foi obrigado a fazer uma seleção interna, pois só havia Adão. Deus, com isso, contraria as regras de compliance. Foi entregue a gerência ao escolhido, que poderia fazer todas as coisas, menos uma. Adão fez a coisa errada (ou seja, não obedeceu algumas regras de auditoria interna, ou seja, “conformidade com leis e regulamentos”) e, para completar, fez com que todos os seus descendentes, após uma vida de trabalho duro aqui na Terra, fossem conduzidos ao banco dos réus para serem julgados por Deus. Nada romântico, não é mesmo?

Veja o caso de Davi. Diametralmente oposto, ou seja, um ponto fora da curva. O menino humilde que, através de suas atitudes, transforma-se no rei de um dos maiores impérios da época.

Assim deve ser a sua vida de candidato a um cargo público. Comece pequeno e seja grande. Não é necessário ser rei no seu império (ou na sua sociedade), mas você pode ser rei na sua família. A sociedade, ou o “reino maior”, na grande maioria das vezes, é ingrata. Para ela, quanto pior for o seu desempenho, melhor. E o porquê disso tudo? A nossa sociedade é composta por descendentes de Adão, e não por descendentes de Davi.

Então, fica a dica: você não precisa dar pedrada na cabeça de nenhum gigante para ser rei. Basta marcar a resposta certa no quadradinho e ser feliz.

Fiquem com Deus!!

Gostou? Então clica nos artigos abaixo. Tem muita coisa interessante por aqui.

www.estrategiaconcursos.com.br/blog/o-que-aprendi-com-os-fuzileiros/

www.estrategiaconcursos.com.br/blog/o-que-mais-cai-na-prova-direito-constitucional/

www.estrategiaconcursos.com.br/blog/o-que-mais-cai-em-prova-direito-administrativo/

www.estrategiaconcursos.com.br/blog/engatinhar-andar-e-correr/

www.estrategiaconcursos.com.br/blog/deixe-para-tras-o-que-nao-te-leva-para-frente/

www.estrategiaconcursos.com.br/blog/e-na-subida-que-a-canela-engrossa/

www.estrategiaconcursos.com.br/blog/dissecando-o-edital-oficial-de-justica-tj-rs/

www.estrategiaconcursos.com.br/blog/voce-e-o-seu-maior-inimigo/

Posts Relacionados

Dane Fernandes

Dane Fernandes

Especialista em Controladoria e Finanças. Associado ao IIA Brasil (Instituto dos Auditores Internos do Brasil), com registro no The Institute of Internal Auditors, com sede na Flórida – Estados Unidos da América. Possui experiências em EAD (educação a distância) em escolas de governo, tais como TCU (Instituto Serzedello Corrêa), CGU, Escola de Administração Fazendária (ESAF), Tribunais de Contas dos Estados do RS, BA e PE, Escola Nacional de Administração Pública (ENAP), além da Academia Nacional de Polícia (Polícia Federal).

Veja os comentários:

Deixe seu comentário:

Deixe seu comentário:

Vídeos Relacionados