TRT/MG - Analista de Tecnologia da Informação - Comentários
Questões e Provas comentadas

TRT/MG – Analista de Tecnologia da Informação – Comentários

Olá, pessoal.

Vamos dar uma olhada na prova do TRT/MG? Comecemos com a prova de Analista! Eu achei a prova bastante voltada para infraestrutura. Juntando Desenvolvimento e Engenharia de Software, tivemos apenas 6/40 questões (15%). No entanto, a questão discursiva tratava de Engenharia de Software. Vamos ver possíveis respostas:

Questão 2

a) O Projeto A traz algumas dicas no enunciado: ‘fases consecutivas: concepção, elaboração, construção e transição’; ‘processo iterativo’; ‘miniprojetos curtos’; ‘inclui as atividades de requisitos, projeto, implementação e testes’. Enfim, ficou bem fácil identificar que é RUP! O Projeto B também traz algumas dicas no enunciado: ‘não utiliza muita documentação’; ‘adaptação às mudanças’; ‘entregas rápidas e menores’; ‘prioridades mudam constantemente’; ‘ciclos que, em geral, duram de duas a quatro semanas’. Enfim, isso é SCRUM!

b) Projeto A: existe uma abordagem sistemática para levantar e documentar os requisitos, e acompanhar todo o ciclo de vida desse requisito no processo de software; utilizam-se Casos de Uso para capturar requisitos, além de especificações suplementares; os recursos são utilizados para entender melhor o comportamento do sistema. Projeto B: existe uma abordagem bem menos sistemática em que não é necessário levantar todos os requisitos, pois eles serão descobertos à medida que o processo avança. Para tal, utilizam-se histórias de usuário, que é uma maneira bem menos formal de descrever requisitos, feita pelo usuário utilizando a linguagem do negócio.

c) Projeto A: alguns requisitos dependem de outros, logo todos devem estar mapeados, para que – caso haja uma mudança – todos possam ser rastreados – em geral, utiliza-se uma matriz de rastreabilidade de requisitos; Projeto B: não há nada rastreabilidade formal de requisitos.

Bem, não estava difícil! No entanto, escrever isso em 20 linhas era bastante complicado. Vocês provavelmente tiveram que trabalhar o poder de síntese. Já a prova de Técnico estava bem voltada para Desenvolvimento e Engenharia de software com 17/40 questões (42%) – em nenhuma prova, por alto, encontrei questões passíveis de recursos. Vamos ver possíveis respostas para as questões discursivas:

Questão 1

c) SOAP é um protocolo ou padrão para troca de informações. Ele é escrito em XML e são implementados, em geral, sobre o HTTP ou RPC.

d1) Teste de Unidade, que focaliza o esforço de verificação na menor unidade de projeto do software – o componente ou módulo de software. Ele é feito na fase de implementação ou codificação, geralmente por desenvolvedores.

d2) Teste de Integração visa provocar falhas associadas às interfaces entre os módulos quando esses são integrados para construir a estrutura do software que foi estabelecida na fase de projeto.

Questão 2

a) Deve-se realizar todas as cerimônias da metodologia. Começando com o Planejamento da Sprint, em que se planeja o trabalho a ser realizado durante a sprint, prevendo o que será desenvolvido e como serão construídas as funcionalidades. Durante a sprint, são realizadas as Reuniões Diárias, em que se discute o que foi feito desde a última reunião, o que será feito até a próxima reunião e quais os obstáculos e impedimentos. Ao final da Sprint, deve-se fazer a revisão da sprint, em que se inspeciona o incremento produzido e adapta o backlog do produto, se necessário; deve-se fazer também a retrospectiva da sprint, em que a equipe inspeciona a si mesma, criando um plano de melhorias para a próxima sprint – em relação a pessoas, relações, processos e ferramentas.

 

Obs: Galera, a questão ficou bem ambígua sobre essas ‘atividades’. No entanto, como ela diz “atividades que DEVEM ser executadas”, eu acredito que se trata realmente das cerimônias. Eu posso sugerir diversas atividades na questão, mas quais eu posso garantir que – com toda certeza – devem ser executadas? Para mim, somente as cerimônias – elas devem sempre ser executadas. O enunciado poderia ter sido mais claro :(

Posts Relacionados

Diego Carvalho

Diego Carvalho

Formado em Ciência da Computação na Universidade de Brasília (UnB), com pós-graduação em Gestão de Tecnologia da Informação na Administração Pública e, atualmente, é Auditor Federal de Finanças e Controle - Especialidade Governança e Gestão em Tecnologia da Informação da Secretaria do Tesouro Nacional (STN).

Veja os comentários:

Deixe seu comentário:

Deixe seu comentário:

Vídeos Relacionados