Tribunais de Contas: TCE-RJ, TCM-SP, TC-DF e outros. Como conciliá-los?
Concursos Públicos

Tribunais de Contas: TCE-RJ, TCM-SP, TC-DF e outros. Como conciliá-los?

Tribunais de Contas: aprenda neste artigo como conciliar os estudos para os diversos concursos de Tribunais de Contas.

O ano de 2020 promete ser movimentado para a Área de Controle, principalmente para os concursos para Tribunais de Contas. Já há edital publicado e muitos outros estão previstos para acontecer ainda este ano.

Tribunais de Contas

Devido à essa expectativa, muitos questionam se é possível conciliar os estudos para aproveitar todas essas oportunidades que estão por vir.

Para responder uma pergunta como essa de forma prudente, faremos uma análise dos certames aguardados, seus conteúdos programáticos e possíveis bancas.

Situação atual dos concursos de Tribunais de Contas

ÓRGÃOVAGASSITUAÇÃO 
TCE-RJ40Edital publicado
TCM-RJ28Comissão formada
TC-DF12  + CRBanca definida: Cebraspe
TCM-SP102Banca definida: Vunesp
TCE-AMindefinidasBanca definida: FGV
TCE-SC40Comissão formada
TCE-PI6Comissão formada
TCU20Previsto na LOA
TCE-BA70Previsto na LOA

Conteúdo programático dos concursos de Tribunais de Contas

Aqui você irá encontrar todas as disciplinas que foram cobradas nos certames anteriores dos Tribunais de Contas citados acima.

Para fins de comparação, os cargos considerados são os que exigem nível superior em qualquer área de formação, exceto os do TCM-SP e do TCE-SC, cujos cargos analisados foram os que exigem formação em Ciências Contábeis (sempre presente em concursos de Tribunais de Contas).

Disciplinas básicas

DISCIPLINATCE
RJ
TCM
RJ
TC
DF
TCE
AM
TCM
SP
TCE
SC
TCE
PI
TCUTCE
BA
Português
Direito Administrativo
Direito Constitucional
Direito Financeiro/AFO
Controle Externo
Auditoria
Contabilidade Geral
Contabilidade. Pública

Essas são as disciplinas básicas para os concursos de Tribunais de Contas, pois são as cobradas em praticamente todos eles. São por elas que você deve iniciar os seus estudos. 

A concorrência está cada vez mais acirrada, com notas de corte muito altas. Portanto, cada ponto conta na hora da prova. Você não pode se dar ao luxo de ignorar alguma dessas disciplinas. 

Ao concluir essas 8 matérias, dependendo do tamanho do edital, você já começa a estar apto a cobri-lo após sua abertura. 

Disciplinas de média incidência

DISCIPLINATCE
RJ
TCM
RJ
TC
DF
TCE
AM
TCM
SP
TCE
SC
TCE
PI
TCUTCE
BA
Adm. Pública
Raciocínio Lógico
Direito Civil
Direito Penal

Corresponde às disciplinas que aparecem em alguns certames. Por isso, caso não haja edital em vista e você já tenha estudado as matérias básicas, vale a pena dar atenção a elas. 

Disciplinas de baixa incidência

DISCIPLINATCE
RJ
TCM
RJ
TC
DF
TCE
AM
TCM
SP
TCE
SC
TCE
PI
TCUTCE
BA
Informática
Ética do Servidor
Análise de Dados 
Mat. Financeira
Dir. Proc. Civil
Dir. Previdenciário
Dir. Empresarial
Dir. Tributário
Análise das DCs
Cont. de Custos
Economia
Raciocínio Analítico
Estatística

Note que apenas o TCU cobra várias disciplinas muito específicas. Os demais concursos cobram apenas quatro ou menos. 

Devido ao custo-benefício, é aconselhável que essas disciplinas sejam estudadas apenas no pós-edital. Não adianta dedicar muita atenção a elas. Sua prioridade deve ser as disciplinas básicas, pois são elas que lhe permitem criar uma base para várias provas.

Bancas de concursos de Tribunais de Contas 

O Cebraspe/Cespe domina os concursos de Tribunais de Contas, sendo a banca mais escolhida para a realização destes. TCE-RJ e TC-DF são exemplos dessa preferência.

Por ter peculiaridades muito latentes, essa banca é temida pelos concurseiros. Tanto na abordagem das questões, quanto na forma de calcular os pontos, o Cebraspe adota métodos distintos das demais bancas.

Portanto, faça o máximo de provas anteriores que conseguir, pois isso irá ajudá-lo entender o estilo e a linguagem das provas, assim como as pegadinhas que a banca costuma cobrar. 

A Vunesp, escolhida para organizar o concurso do TCM-SP, é uma banca que geralmente atua em concursos no estado de São Paulo. Possui pouca experiência em concursos de Tribunais de Contas, tendo realizado apenas o do TCE-SP em 2015.

As provas da Vunesp costumam cobrar praticamente todo o conteúdo programático, o que requer uma preparação cuidadosa e extensa de todos os pontos solicitados no edital.

Comparada ao Cebraspe, pode ser considerada uma banca de provas mais simples. Contudo, vem evoluindo em conteúdo e grau de exigência nos últimos anos. 

A Fundação Getúlio Vargas (FGV), que irá organizar o concurso do TCE-AM, adota um perfil mais rigoroso, se comparada à Vunesp. Em geral, a banca traz enunciados longos e cansativos, com textos bem trabalhados.

Em Português, cerca de metade das questões versam sobre interpretação de texto e exigem muita atenção dos candidatos. Em disciplinas de Direito, o texto puro da lei está sempre presente.

A banca costuma ser bem criteriosa quanto a seleção das questões e distribui os assuntos proporcionalmente entre o conteúdo programático. 

Afinal de contas, é possível ou não conciliar os estudos?

É plenamente possível.

Quanto às disciplinas, você só deve se atentar ao fato de que, antes de começar a estudar as matérias específicas do concurso que já tem edital aberto, você deve dominar todas as disciplinas básicas.

Quanto à banca, mesmo que não seja o Cebraspe o organizador do certame, é interessante utilizar suas questões durante a preparação, pois é a banca que possui o maior arsenal de provas atuais de Tribunais de Contas para você treinar. 

ASSINE AGORAAssinatura Ilimitada

CONCURSOS ABERTOS

CONCURSOS 2020

Bons estudos!

TCE-RJ: https://www.tce.rj.gov.br/
TCM-SP: https://portal.tcm.sp.gov.br/
TC-DF: https://www.tc.df.gov.br/

Carolina Teixeira

Carolina Teixeira

Auditora Municipal de Controle Interno na CGM-Niterói, aprovada em 1º lugar na especialidade de Auditoria Governamental, e coach do Estratégia Concursos. Formada em Ciências Contábeis pelo Centro Universitário Serra dos Órgãos (UNIFESO)  

Deixe seu comentário:

Deixe seu comentário:

Vídeos Relacionados