0

Redação para a Polícia Federal: como se preparar

Como estudar Redação para a prova da Polícia Federal? 

No dia 15 de janeiro foi publicado o edital do concurso Polícia Federal (PF). São ofertadas 1.500 vagas para os cargos de Agente, Escrivão, Papiloscopista e Delegado.  

A aplicação da prova foi marcada para 21 de março e a banca organizadora é a CebraspeO exame contará com provas objetivas e discursivas, com alto nível de cobrança, portanto, cada ponto pode ser decisivo para a aprovação do candidato.  

Além da preparação para a prova objetiva, o treino e o estudo da Redação para Polícia Federal não podem ser negligenciados pelo candidato.

Pensando nisso, nesse artigo vamos conhecer o perfil de cobrança da banca Cebraspe em suas provas de redação de acordo com o último concurso da PF e com as últimas provas discursivas da Cebraspe na área policial.  

Por meio dessa análise, você terá condições de fazer escolhas estratégicas na hora de estudar, de forma a otimizar sua preparação para gabaritar na prova de Redação da Polícia Federal!  

Concurso da Polícia Federal 2021  

Português para a PFPolícia Federal  

No Concurso da Polícia Federal 2021, os candidatos serão testados por meio de provas objetivas, discursivas, teste de aptidão física (TAF) e exame médico. Para o cargo de Delegado de Polícia, ainda há aplicação de prova oral, avaliação psicológica e avaliação de títulos.  

A prova objetiva de todos os cargos será composta por 120 itens no formato “certo” ou “errado”, somando um total de 120 pontos.  

A prova discursiva para o cargo de Delegado será composta por três questões dissertativas sobre temas de Direito Administrativo, Direito Constitucional, Direito Penal e Direito Processual Penal, valendo 4 pontos cada, bem como uma peça profissional valendo 12 pontos, somando-se 24 pontos. 

Para os cargos de Agente de Polícia Federal, Escrivão de Polícia Federal e Papiloscopista Policial Federal, a prova discursiva valerá 13,00 pontos e consistirá da redação de texto dissertativo, de até 30 linhas, com base em tema formulado pela banca examinadora. 

Nem todos os candidatos terão suas provas discursivas corrigidas, mas apenas os que atingirem até as seguintes posições na prova objetiva, considerando os candidatos às vagas da ampla concorrência: 

A) Delegado de Polícia: 280ª posição. 

B) Agente de Polícia: 2.000ª posição. 

C) Escrivão: 900ª posição. 

D) Papiloscopista: 190ª posição. 

Além disso, serão eliminados do concurso os candidatos que obtiverem nota nas provas discursivas inferior à 12 para o cargo de Delegado e inferior à 6,5 para os cargos de Agente, Escrivão e Papiloscopista. 

Apesar de a prova discursiva da PF representar um número menor de pontos que a prova objetiva, lembre-se que ela também é eliminatória. Sendo assim, é necessário um desempenho mínimo para ser aprovado no concurso. 

Além disso, nos últimos concursos a prova discursiva tem sido um diferencial na nota final do candidato, alterando drasticamente a fila da classificação final. 

Diante dessas informações, a partir de agora vamos tratar especificamente da preparação para a prova de Redação da Polícia Federal, entendendo o perfil de cobrança da banca e dando dicas de como estudar e treinar para essa etapa do concurso. 

Para uma análise completa do edital, acesse o artigo Concurso Polícia Federal: EDITAL com 1.500 vagas publicado! ou assista ao vídeo:  

Concurso Polícia Federal: Análise do Edital!  

Redação para a Polícia Federal 

1) Tema 

A Cebraspe é conhecida por apresentar provas de redação com temas relacionados com o cargo ou com a instituição que realiza o concurso. Isso significa que nos últimos concurso para carreiras policiais, foram explorados assuntos de atualidades que versavam sobre a segurança pública, sendo essa uma tendência esperada para a prova de redação da Polícia Federal. 

Há uma tendência de que temas da atualidade associados ao cotidiano do policial sejam cobrados, porém, nada impede que a banca surpreenda os candidatos com um outro tema. Por isso, é importante estudar temas sobre segurança pública, mas também ficar por dentro de outros assuntos em evidência na sociedade. 

Confira o levantamento feito com os últimos temas de redação nas provas da Cebraspe/CESPE na área de segurança pública: 

Concurso Ano Tema 
DPF 2014 A civilização contemporânea e o terrorismo  
Depen Nível Médio 2015 Segurança Pública: polícia e políticas públicas 
Depen Nível Superior  2015 Segurança Pública: dever do estado, direito e responsabilidade de todos 
PF 2018 O papel da polícia federal no aprimoramento da democracia brasileira 
PRF 2018 O combate às infrações de trânsito nas rodovias federais brasileiras 
Agente PF 2019 Eficiência policial e direitos do cidadão 

No artigo Temas de Redação para as Carreiras Policiais, o professor Raphael Reis apresenta algumas apostas de assuntos para a prova de redação em concursos das Carreiras Policiais. É importante se inteirar desses tópicos e treinar a produção de redações sobre eles, para ter os argumentos na ponta da língua na hora da prova. 

2) Estrutura 

Em termos de estrutura, a banca não é tão exigente, sendo desnecessário um rigor na quantidade de parágrafos para o desenvolvimento do texto.

O ideal, entretanto, é que o candidato utilize o primeiro parágrafo para a introdução, dois ou três parágrafos para o desenvolvimento e o último parágrafo para a conclusão das ideias desenvolvidas na redação. 

Vamos entender o que deve constar em cada tópico da estrutura: 

A) Introdução: 

O primeiro parágrafo do seu texto deve conter entre 3 a 5 linhas. Nele, você deve apresentar o tema de forma objetiva, destacando sua importância e alguns impactos que ele gera na sociedade. As ideias apresentadas aqui serão melhor elaboradas nos parágrafos de desenvolvimento.   

B) Desenvolvimento: 

O desenvolvimento é a parte do texto em que você discorre sobre os problemas apontados no primeiro parágrafo, fundamentando seu ponto de vista por meio de recursos argumentativos como exemplificação, a utilização de argumento de autoridade (ideias de filósofos, cientistas, historiadores, sociólogos que tratam do assunto), a citação de fatos históricos ou atuais e etc.  

No desenvolvimento, várias estratégias podem ser utilizadas. Você pode usar cada parágrafo para defender uma das ideias levantadas na introdução.

Também é possível utilizar um parágrafo para desenvolver argumentos contra e outro parágrafo para desenvolver argumentos a favor da sua ideia principal, entre outros tipos de estrutura.

O mais importante é deixar as ideias da introdução bem “amarradas” para conseguir uma progressão textual que faça sentido para quem lê. 

C) Conclusão: 

A conclusão, assim como a introdução, deve conter entre 3 a 5 linhas. Nela, você deve retomar as problemáticas que foram apresentadas na introdução, apresentando soluções ou intervenções sociais que resolvam as questões suscitadas.  

Ao apresentar essa solução, é importante especificar quem é o agente, quais os meios para sua realização e qual a sua finalidade. 

Como se preparar para a Redação da Polícia Federal

1) Repertório Sociocultural 

É sabido a importância de treinar a redação na prática, escrevendo textos sobre os temas que costumam interessar à banca. Porém, antes de começar a escrever, é necessário amadurecer um pouco no estudo de disciplinas de Ciências Humanas e Atualidades, para adquirir a bagagem sociocultural necessária para discorrer sobre qualquer assunto que surgir na hora da prova, com argumentos que agradem à banca examinadora. 

Em todos os temas, a Cebraspe costuma ter uma preocupação direta com reflexões sobre cidadania, direitos humanos e democracia. 

O Estratégia Concurso oferece cursos de Ciências Humanas para redação, que se encontram dentro da assinatura do curso para a Prova da PF, bem como da assinatura básica ou premium, podendo também ser assinado de maneira avulsa por quem ainda não é aluno do Estratégia e quer adquirir um curso de redação para concursos

Além disso, para desenvolver essa bagagem argumentativa, é importante estar atento às notícias mais importantes do Brasil e do mundo, mantendo-se atualizado e contextualizado com os problemas que nos cercam. 

2) Treinando a redação 

Para o treino da redação na prática, também existem algumas dicas que podem te ajudar a alcançar o máximo de proveito da sua preparação, para gabaritar no dia da prova.  

A) Frequência

O ideal é que, agora que estamos no período de pós edital, você produza uma redação por semana, ou uma redação a cada 15 dias.  

B) Correção:

Se você tiver condições, o ideal é contratar um serviço especializado de correção das suas redações. Esse serviço é ofertado pelo Estratégia Concursos.

A vantagem dessa assinatura é que há algumas aulas direcionadas ao estudo das atualidades, focados nos prováveis temas da prova de redação. Além disso, ao final de cada aula, há uma proposta de tema de redação que deve ser produzida pelo aluno e enviada para a correção.  

Dois professores especialistas fazem a correção da ortografia, da estrutura e do conteúdo da redação, utilizando os mesmos critérios da banca examinadora. Ao final, eles dão ao aluno um feedback sobre os pontos que podem ser melhorados. 

Se, por qualquer motivo, você não pode adquirir um serviço como esse, treine a produção dessas redações de acordo com os temas objeto de aposta dos nossos professores e peça para alguém da família ou um amigo ler e verificar se o que você escreveu faz sentido. Depois, leia novamente e encontre seus erros para aprimorar na próxima redação. 

Neste vídeo você encontra alguns temas relevantes para treinar sua redação: 

PRF e PF – Temas de redação 

C) Simule as condições de prova:

É legal treinar a redação juntamente com o treino dos simulados da prova objetiva. Como ambas acontecerão no mesmo dia, você terá um preparo completo se fizer simulados dessa forma.  

Além disso, o ideal é sempre cronometrar o tempo que você leva para fazer tanto a prova objetiva quanto a redação, uma vez que você deve manter uma média que condiz com o tempo de realização da prova (4h30min). 

D) Crie tópicos e faça um rascunho

Ao ler o tema da redação, juntamente com o texto motivador, grife as palavras chave e faça um “brainstorming” com tudo o que vem a sua cabeça relacionado ao tema. Depois disso, organize essas ideias em tópicos condizentes com o que aparecerá na introdução, no desenvolvimento e na conclusão.  

Em seguida, desenvolva essas ideias no papel. Esse será seu rascunho, que deve condizer ao máximo com o seu texto final. Releia o rascunho, faça as modificações necessárias e passe o texto na folha de respostas. Dessa forma, ao passar o texto a limpo você evita rasuras e garante que está passando suas ideias da forma mais clara possível. 

Nunca deixe de reler seu texto final e procurar erros de acentuação, vírgula e palavras escritas de forma errada. 

Para entender com mais detalhes como montar uma redação para a banca Cebraspe (antiga CESPE), assista ao vídeo Redação Cespe Passo a Passo: 

Redação Cespe Passo a Passo | Prof. Raphael Reis 

Boa sorte!  

Faltam menos de dois meses até a data da prova e, por isso, é preciso realizar um estudo estratégico de reta final. Apesar do curto espaço de tempo, utilizando as dicas que foram passadas nesse artigo, é possível conhecer o tipo de cobrança na prova de Redação da Cebraspe, se preparando de forma correta, a fim de ter um aproveitamento satisfatório no dia da prova.  

Lembre-se que a Redação é uma etapa da sua prova e, como tudo no mundo dos concursos, seu sucesso depende de estudo, estratégia e treino.  

Achou esse artigo útil? Deixe seu comentário.       

Um forte abraço e até o próximo artigo!       

Ana Luiza Tibúrcio.      

Instagram: https://www.instagram.com/anatiburcio/       

Ficha Técnica Concurso Polícia Federal

Informações do novo Concurso PF  

  • Inscrições: 22/01 a 09/02/2021  
  • Provas: 21/03/2021  
  • Vagas: 1.500  
  • Cargos: Delegado, Agente, Escrivão e Papiloscopista  
  • Lotações: Nacional  
  • Banca: Cebraspe  
  • Escolaridade: Nível Superior  
  • Edital: Edital PF 2021  

Informações sobre o último concurso PF  

  • Data: 2018  
  • Vagas: 500  
  • Cargos: Delegado, Agente, Escrivão, Perito e Papiloscopista  
  • Lotações: Nacional  
  • Banca: Cebraspe  
  • Escolaridade: Nível Superior  
  • EditalEdital PF 2018 (Cebraspe)  

Assinatura Anual Ilimitada*       

Prepare-se com o melhor material e com quem mais aprova em Concursos Públicos em todo o país. Assine agora a nossa Assinatura Anual e tenha acesso ilimitado* a todos os nossos cursos.       

ASSINE AGORA – Assinatura Ilimitada       

SISTEMA DE QUESTÕES – Experimente Grátis por 7 dias       

Fique por dentro de todos os concursos:       

Cursos para concurso da Polícia Federal     

Concursos 2021 

Posts Relacionados

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *