Artigo

Quanto ganha um Auditor Fiscal? Remunerações atualizadas da Área Fiscal!

Quanto ganha um auditor fiscal é, sem dúvidas, uma das perguntas mais populares da Área Fiscal e também uma das mais difíceis de se responder. Afinal, além da Receita Federal, temos 27 entes federados e suas respectivas capitais, cada um com uma remuneração diferente.

Fique conosco e acompanhe este levantamento que possui todas as remunerações dos principais fiscos da Federação.

Além da remuneração

“Quanto ganha um Auditor Fiscal?”– é a primeira indagação que todo concurseiro da Área Fiscal deseja saber antes de investir seu tempo (e dinheiro) neste projeto. E não há qualquer censura nisso, todos também o fizemos antes de sermos Auditores Fiscais.

Contudo, a motivação não deve parar por aí, pois, com o passar do tempo, surgirão o cansaço e a desmotivação. E, talvez, até alguma uma falta de propósito.

Justo nesse momento, se o leitor transcender o aspecto financeiro, conseguirá prosseguir.

Afinal, o Auditor Fiscal exerce um trabalho crucial para sociedade, desde os tempos mais remotos. Não à toa existem até citações bíblicas a respeito dos “cobradores de impostos” (Mt 21,28-32).

De forma resumida, podemos dizer que os benefícios à comunidade podem ser observados sob 02 prismas:

  1. Arrecadação: ao prover recursos para o Estado se manter em suas atividades mais básicas, como segurança, saúde e educação públicas;
  2. Justiça Fiscal: ao garantir que concorrentes estejam em igualdade de condições. E, por fim, vença aquele que oferece o melhor preço à sociedade (ou reduza seus custos de maneira honesta).

Portanto, reflita seriamente sobre tais funções e perceba a importância delas – esse pode ser um ótimo gatilho motivador.

E mais, note que a presença de pessoas éticas e comprometidas é fundamental nesse contexto.

Então, agora sim, vamos descobir quanto ganha um Auditor Fiscal!

Quanto ganha um Auditor Fiscal?

Comparamos toda a base disponível de remuneração da carreira fiscal nos respectivos portais de transparências. Do que vale citar o seguinte:

  • Remuneração bruta: alguns entes não disponibilizam a remuneração líquida e, por isso, acrescentamos também o salário bruto para que pudéssemos trabalhar na mesma base comparativa;
  • Salários médios: tomamos por base o mesmo critério – os salários médios dos auditores com cerca de 10 anos empossados. Isso, porque alguns fiscos fizeram concursos recentemente, enquanto que em outros, o último certame foi há 8-10 anos atrás. Logo, não é justo compara as remunerações dos recém-empossados com outros que já tiveram inúmeras promoções na carreira.
  • Portal da Transparência: todos os dados aqui demonstrados podem ser consultados nos portais de transparência de cada ente federado. Listamos todos links dos portais abaixo.

Quanto ganha um Auditor Fiscal da Receita Federal?

A Receita Federal é o Concurso mais popular da Área Fiscal e, por isso, um dos mais cobiçados. Não é por menos, veja quanto ganha um Auditor Fiscal da Receita Federal do último concurso (2014):

Quanto ganha um auditor fiscal da receita Federal
Quanto ganha um Auditor Fiscal aprovado no Concurso AFRFB de 2014

Vale destacar que o cargo de AFRFB é dividido em classes. A primeira classe conta com remuneração bruta inicial R$ 21.209,09 (além do Bônus de Produtividade, atualmente pendente de regulamentação). Confira mais detalhes acerca do concurso da Receita Federal.

Quanto ganha um Auditor Fiscal Estadual?

Os Auditores Fiscais das Secretarias Estaduais de Fazenda, também não ficam por baixo. Além de algumas remunerações ultrapassarem a remuneração da Receita Federal, podem contar com um vigoroso papel na arrecadação estadual, sobretudo na fiscalização do ICMS (o principal imposto estadual).

Remuneração Auditor Fiscal Estadual
ESTADOBRUTOLÍQUIDO
SPR$ 35.163,89R$ 29.139,29
MSR$ 41.019,90R$ 27.215,60
SCR$ 38.905,99R$ 26.423,82
MGR$ 35.298,76R$ 25.001,61
DFR$ 33.445,33R$ 24.958,68
RRR$ 35.462,22R$ 24.769,75
RJR$ 37.850,08R$ 24.467,84
PAR$ 36.627,07R$ 23.870,00
AMR$ 48.393,64R$ 23.532,19
PER$ 33.213,69R$ 23.452,31
APR$ 41.309,09R$ 23.316,44
GOR$ 35.483,59R$ 23.165,63
PIR$ 34.499,97R$ 22.097,80
PRR$ 39.635,44R$ 22.024,24
RSR$ 30.745,00R$ 21.505,23
BAR$ 30.000,00R$ 20.000,00
MTR$ 28.908,06R$ 19.750,75
SER$ 28.721,83R$ 19.662,03
CER$ 30.330,28R$ 19.563,00
ALR$ 31.240,92R$ 18.416,09
ROR$ 35.632,93R$ 18.172,02
ACR$ 28.339,90R$ 18.120,59
MAR$ 27.400,00R$ 17.848,00
PBR$ 23.020,34R$ 17.000,00
ESR$ 20.426,92R$ 14.728,10
TOR$ 27.622,58R$ 14.312,59
RNR$ 37.954,78R$ 12.971,46
Tabela remuneração Fiscais estaduais

Vale destacar que o tempo de duração desde o último concurso, a estrutura da carreira e o teto da remuneração de cada classe podem impactar a comparação em termos de remuneração líquida.

Mas, ainda assim, não deixa de ser um bom referencial do que está por vir.

E, caso queira saber mais sobre os fiscos estaduais quando comparados à Receita Federal, recomendamos a leitura do nosso artigo: Receita Federal ou Fiscos Estaduais? O que não te contaram.

Quanto ganha um Auditor Fiscal Municipal?

E, por último, mas não menos importante (ou remunerado), temos os Auditores Fiscais Municipais. Nesta relação, comparamos apenas as remunerações das capitais, apesar de existirem diversas cidades de médio porte com remunerações também muito atrativas.

Remuneração Auditor Fiscal Municipal
CidadeBRUTOLÍQUIDO
ManausR$ 33.448,84R$ 22.820,85
Porto AlegreR$ 34.181,00R$ 21.652,05
TeresinaR$ 28.130,03R$ 21.412,07
MaceióR$ 36.977,33R$ 21.276,24
Belo HorizonteR$ 31.026,04R$ 21.046,76
São PauloR$ 28.491,72R$ 21.000,00
Porto VelhoR$ 28.000,00R$ 20.000,00
Rio de JaneiroR$ 23.876,91R$ 19.515,53
AracajuR$ 28.030,58R$ 19.336,76
NatalR$ 25.312,62R$ 19.000,00
RecifeR$ 34.612,87R$ 18.616,54
FortalezaR$ 27.911,26R$ 16.781,55
BelémR$ 25.620,00R$ 16.581,30
PalmasR$ 20.657,80R$ 15.375,63
CuritibaR$ 19.892,75R$ 13.488,83
São LuísR$ 16.582,62R$ 13.438,81
VitóriaR$ 33.469,80R$ 13.373,48
SalvadorR$ 19.264,77R$ 13.269,96
CuiabáR$ 19.738,56R$ 13.131,74
FlorianópolisR$ 17.720,48R$ 11.811,72
João PessoaR$ 24.286,43R$ 11.610,85
GoiâniaR$ 14.515,42R$ 10.064,62
Boa VistaR$ 13.823,38R$ 9.149,50
MacapáR$ 13.080,88R$ 8.536,10
Campo GrandeR$ 10.574,02R$ 7.462,26
Rio BrancoR$ 10.240,05R$ 5.686,56
Tabela remuneração Fiscais municipais

Apesar de as cidades geralmente possuírem uma infraestrutura menor que a Receita Federal e as receitas estaduais, em termos de remuneração, os valores se equivalem bastante.

Além disso, muitas vezes, os Auditores Fiscais Municipais desempenham papéis que vão além da fiscalização tributária. Sobretudo em termos orçamentários.

Motivo que justifica, muitas vezes, nos editais a presença Contabilidade Pública (CASP) e Administração Financeira Orçamentária (AFO).

Base de dados

Por fim, disponibilizamos no link abaixo todas as informações consolidadas em 01 arquivo excel (com os links dos respectivos portais da transparência)

PLANILHA DE REMUNERAÇÃO DOS AUDITORES FISCAIS ATUALIZADA

Remuneração Consolidada

Enfim, esperamos que, diante desses dados, perceba que a remuneração da Área Fiscal como um todo é excelente. Mas saiba que as circunstâncias salariais não são permanentes e, por vezes, o que pode ser considerado um fisco “mal remunerado” em um momento, pode ter um incremento súbito posteriormente.

Portanto, saiba que apesar de as remunerações servirem como aspecto motivador, o maior combustível é imaterial.

Então, mais uma vez, avalie além do aspecto financeiro, afinal a Administração Tributária necessita de servidores probos e competentes. E, se você é um deles, conte conosco para o que der e vier nessa preparação.

Bons estudos

Assinatura Anual Ilimitada*

Prepare-se com o melhor material e com quem mais aprova em Concursos Públicos em todo o país. Assine agora a nossa Assinatura Anual e tenha acesso ilimitado* a todos os nossos cursos.

ASSINE AGORA – Assinatura Ilimitada

Fique por dentro de todos os concursos:

Concursos abertos

Concursos 2020

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja os comentários
  • Muito bom o trabalho de reunir essas informações. Parabens pela dedicação e o resultado
    Silas em 27/10/20 às 16:29
  • Pelo que pesquisei esses sao os salários no topo da carreira. O salario inicial mais alto é de roraima 27k. Bota todos no chinelo e o engraçado é que o menor em termos de arrecadaçao nacional.
    Pedro em 06/10/20 às 01:58
  • Por gentileza, quando possível, faça um levantamento em relação aos Fiscos que trabalham em regime de plantão ( e como são as escalas) pois várias pessoas tem interesse em ir trabalhar em Fiscos que tem plantão para continuar morando em seus respectivos estados.
    Adair em 25/06/20 às 15:46
  • Podem ser diversas coisas, Gabriel. Tais como: bônus de produtividade, verbas indenizatórias pagas em atraso, licença prêmio remunerada, etc. Cada carreira com sua peculiaridade. Forte Abraço!
    Rafael Moreno em 29/03/20 às 23:41
  • Olá, Muito bom o seu trabalho e reflete a média e o dever-ser, porém, ao acessar o portal da transparência, surgem discrepâncias. Em especial a remuneração líquida de fato recebida por muitos auditores, em destaque os estaduais. Facilmente se encontra valores superiores a 30 mil líquido, chegando a mais de 80 em casos isolados. O que explicaria esta situação, haja vista, exemplos sem adicional de férias e gratificação natalina?
    GABRIEL LOBO DE CASTRO MEIRA em 28/03/20 às 15:37
  • Bom dia Seus comentários são excelentes. Parabéns pela pessoa que tu és.
    Janaína Bezerra Silva em 25/03/20 às 06:39
  • Excelente artigo Mestre/Professor/Coach Rafael! A maioria dos que irão ler este artigo não tem ideia do trabalho que é consolidar estas informações. Muito obrigado por usar o seu bem mais valioso em ajudar os outros: seu precioso e valioso tempo. Forte abraço! P.S.: Pessoal do Estratégia: o Rafael Moreno é nota 1000. Vocês acertaram de mão cheia! P.S.2: Pessoal que estuda para a área fiscal: agradeçam por um profissional tão competente e tão humano.
    Agton em 24/03/20 às 22:29