Malcriado ou mal criado?
Décio Terror Filho

Malcriado ou mal criado?

Malcriado ou mal criado, como se escreve?

Bom dia, meus amigos! Recebo muitas vezes em meu Instagram perguntas do tipo “Professor, meu filho é malcriado ou mal criado?”, ou “Professor, meu primo foi mal criado pelos meus avós ou ele foi malcriado pelos meus avós.

Pois bem, primeiro eu preciso saber de uma coisa: Você já me segue no Instagram? NÃÃÃÃOOOO? Então está esperando o quê? Corra e siga o “Malvado Favorito” para ficar por dentro de todas as nossas dicas.

Voltando ao filho mal( )criado, você acha que o certo é junto ou separado?

A verdade é que ambas as grafias estão corretas👍. Venha comigo!

Malcriado é um adjetivo usado para caracterizar alguém sem educação, grosseiro ou desrespeitoso.

A aluna foi muito malcriada ao responder a professora. 🤬

mal criado é uma expressão constituída do advérbio “mal” (oposto de bem) e do particípio da voz passiva “criado”, quando se quer qualificar o tipo de educação que foi ou que está sendo dada a alguém.

O fato de terem sido mal criados (por alguém) explica o comportamento daqueles meninos.

Os meninos foram mal criados por Tereza, pois eles não pedem a bênção quando se aproximam dos avós!

Alguns gramáticos conceituados, como Evanildo Bechara (sou muito fã), citam, ainda, o significado de algo ser mal tratado. Vejamos a seguir:

É um cafezal mal criado (poderá trocar mal criado por mal tratado e não perderá o sentido da frase).

Porém, NUNCA, EM NENHUMA HIPÓTESE, coloque hífen ok? Mal-criado não existe na língua portuguesa , pois, segundo o atual acordo ortográfico, que entrou em vigor em janeiro de 2009, o hífen apenas é utilizado em palavras compostas com os advérbios bem e mal quando a segunda palavra começa por vogal ou h; como, por exemplo, mal-estar e mal-humorado.

Agora sim, estamos todos prontos para conversar em família e falar que o primo foi mal criado pelos avós (locução verbal da voz passiva), e que o filho da prima do avô da nora do vizinho é malcriado (adjetivo). 😂

Grande abraço, pessoal.

Décio Terror

Posts Relacionados

Compartilhe:

Décio Terror Filho

Décio Terror Filho

Décio Terror Filho é formado em Letras pela Universidade Federal de Juiz de Fora-MG. Professor concursado na área federal, com especialização na didática, no ensino a distância e na produção de texto. Atua no ensino da Língua Portuguesa para concurso público desde 2000. Tem vários artigos publicados em revistas direcionadas para concurso público, portais de ensino, além de seus dois livros: Resoluções de Provas de Português - banca ESAF  e Resoluções de Provas de Português + breve teoria - banca FCC, ambos lançados pela Editora Ímpetus.

Deixe seu comentário:

Deixe seu comentário:

Vídeos Relacionados

Cadastre-se para receber novidades e ofertas especiais sobre cursos.

Estamos aqui para ajudar você!
x