Interpretação de textos para o Cespe/Cebraspe: Como melhorar?
Concursos Públicos

Interpretação de textos para o Cespe/Cebraspe: Como melhorar?

Neste artigo traremos algumas dicas importantes que irão lhe auxiliar na interpretação de textos das provas do Cebraspe (antigo Cespe). Confira!

Olá, tudo bem?

A prova de Língua Portuguesa tem sido decisiva nos concursos e apesar disso, muitos acabam negligenciando o estudo dessa disciplina. Vários pensam que já sabem o suficiente por falarem a língua, mas sabemos que não é bem assim.

Muito além de saber a teoria, é preciso conseguir interpretar o texto aplicando todo o conhecimento da disciplina, e aí que se encontra a grande dificuldade da maioria dos alunos. Por isso, preparamos algumas dicas de como melhorar a interpretação de textos, especialmente para o Cebraspe/Cespe. Veja:

Mantenha o estudo teórico em dia

Conforme dito anteriormente, a interpretação de textos é o momento em que aplicamos a teoria estudada, ou seja, se não tivermos uma boa base teórica será um grande desafio. Pois, o aluno precisa ser capaz de aplicar conhecimentos acerca de conectivos, pronomes, referenciação, etc.

Isso porque as bancas, principalmente o Cespe, têm cada vez mais cobrado a gramática aplicada ao texto. Portanto, manter uma base sólida na parte teórica irá facilitar o entendimento dos textos e do que é pedido pela banca.

Leia mais

Parece clichê, mas essa é uma recomendação importante. Muitos alunos nos revelam que não gostam de ler e torcem o nariz quando se deparam com algum texto na prova. Entretanto, para melhorar o desempenho na interpretação de textos não existe outra saída: o hábito de leitura deve ser criado.

Comece aos poucos, separe diariamente 15 (quinze) minutos para ter um momento de leitura. Esse tempo não é nada se comparado ao tempo que dedicamos às redes sociais, não é mesmo? Por isso, mantenha a calma, marque o tempo em um cronômetro e leia sem pressa.

texto, interpretação, português, leitura, interpretação de textos
Faça da leitura um compromisso diário.

Escolha um local agradável, sem muitos ruídos e com boa iluminação. E comece lendo algo que te agrada mais, como algum livro de ficção ou alguma revista, não vale somente ler posts nas redes sociais, ok? Opte por ler textos variados: letras de músicas, notícias, tirinhas, artigos de opinião. Dessa maneira, será cada vez mais fácil identificar as diferenças entre as tipologias textuais e melhorar a percepção dos usos de figuras de linguagem, dentre outros recursos linguísticos.

Quem lê mais, consegue interpretar melhor toda a prova.

As provas do Cespe são essencialmente de texto e, em sua maioria, são aplicadas no estilo Certo/Errado, no qual o candidato precisará interpretar 120/150 assertivas em um curto espaço de tempo. Logo, para quem deseja ser aprovado em um cargo público manter o hábito de leitura e treinar interpretações de textos é essencial.

Ao aplicarmos essa técnica, perceberemos em pouco tempo que os 15 (quinze) minutos, que até então pareciam uma eternidade, passarão bem mais depressa e de repente, ler durante 30 (trinta) minutos ou mais, sem pausas, não será nenhum sacrifício.

Adicionalmente, a velocidade de leitura vai sendo aumentada, o que também é indispensável em provas de concursos, nas quais temos um tempo pré-definido. Portanto, cumpra com disciplina os 15 (quinze) minutos diários de leitura que o resultado final valerá o esforço.

Leia no papel sempre que possível

O mundo mudou e continua em constante evolução, principalmente tecnológica. Com isso, o modo como estudamos também mudou. Agora, os livros e as aulas estão em formato digital e assim, podemos estudar sem imprimir uma folha de papel sequer.

Contudo, para aqueles que possuem dificuldades de manter a concentração durante a leitura é recomendado que essa atividade seja feita com o papel em mãos, isto é, com o material físico e não o digital.

texto, interpretação, português, leitura, interpretação de textos
Leitura direto no papel também é importante.

Ao lermos no papel podemos fazer grifos e marcações, seguir acompanhando o texto com um lápis ou caneta, o que nos ajuda a manter a concentração por mais tempo. Portanto, leia algum livro ou material impresso, rabisque, grife e marque tudo aquilo que chamar atenção ou parecer importante.

Pode parecer bobagem, mas esse contato físico com o papel nos auxilia na concentração e com isso dominaremos melhor o texto no dia do certame. Ainda vale destacar que as provas são aplicadas em papel de modo que, ter essa familiaridade com o material físico e saber realizar boas marcações fará toda a diferença.

Faça anotações sobre o que foi lido

Apenas ler não é o suficiente, é fundamental que compreendamos o que lemos. Como meio de verificarmos nosso entendimento podemos parafrasear alguns trechos do que foi lido. Melhor dizendo, podemos escrever com nossas próprias palavras o que entendemos, como se fosse um pequeno resumo.

Fazendo isso, ficará claro se houve uma boa concentração e um bom entendimento do assunto durante a leitura. E se na hora de passar as informações do texto para o papel a dificuldade for muito grande, o melhor a se fazer é reler novamente, mas desta vez se policiando para ter mais atenção enquanto lê.

texto, interpretação, português, leitura, interpretação de textos
Treine também a escrita por meio das anotações.

Além das anotações, compare o seu entendimento do texto com o de outras pessoas e inclusive com a interpretação que a banca teve em determinada prova. Lembre-se de que interpretação de texto não é sinônimo de opinião. Preocupe-se com o entendimento do examinador e não em emitir um juízo de valor sobre o assunto em pauta.

Resolva provas anteriores de interpretação de textos do Cebraspe/Cespe

Entenda como é o estilo da banca por meio do estudo das questões anteriores. Ao fazermos uma prova de interpretação de textos do Cespe, podemos dividir sua resolução em duas partes:

Primeira Parte

  • Se estiver começando agora os estudos para concursos e perceber que a concentração ainda não está boa, imprima a prova. Caso queira economizar, imprima apenas a de Língua Portuguesa. (Uma boa opção é fazer um compilado de várias provas dessa disciplina e montar um caderno de questões para ser resolvido aos poucos.)
  • Depois, comece lendo os enunciados antes de ler o texto e identifique com pequenas marcações aquelas questões que cobram apenas interpretação de texto.
  • Feito isso, vá ao texto e leia o título e a fonte, quando houver. Esta pode nos dar dicas de quando e por quem o texto foi escrito e se for de algum período ou autor marcante, poderá nos ajudar a entender melhor o contexto do que será apresentado.
texto, interpretação, português, leitura, interpretação de textos
Faça muitas provas anteriores.

Segunda Parte

  • Leia o texto atentamente e procure captar sua ideia central. Procure entender qual é o posicionamento do autor e identifique seus argumentos, caso seja um texto dissertativo-argumentativo.
  • Volte nas questões e veja quais delas já podem ser respondidas. E posteriormente, retorne ao texto procurando pelas ideias cobradas nas questões restantes. A banca Cespe costuma deixar essas ideias bem explícitas no texto, mas caso não estejam, busque por vestígios.
  • Tenha o cuidado de não extrapolar na hora de interpretar, que é quando fazemos associações que vão muito além do que é trazido no texto.

Para finalizar, saiba que essa não é uma simples receita de bolo, saber interpretar bem os textos exige dedicação, paciência e muito treino.

Entretanto, ao seguir todas as dicas e mantendo uma rotina de estudos que inclua a interpretação de textos, será possível sim melhorar seu desempenho.

Disponibilizamos uma aula em nosso canal do YouTube voltada para Interpretação de Textos da Banca Cespe:

Esperamos ter ajudado com essas orientações e caso possua alguma dúvida ou sugestão, envie-nos.

Um grande abraço e siga firme nos estudos!

ASSINE AGORA – Assinatura Ilimitada

Fique por dentro de todos os concursos:

CONCURSOS ABERTOS

CONCURSOS 2020

Pollyana Paz Cordeiro

Pollyana Paz Cordeiro

Mineira, mas que atualmente reside em Brasília/DF. Graduada em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG. Em 2019, obteve aprovação nos concursos do Banco de Brasília, em 7º lugar, para o cargo de Escriturário, e em 6º lugar, para o cargo de Analista de Gestão de Resíduos Sólidos do Serviço de Limpeza Urbana do Distrito Federal - SLU-DF. Apaixonada pelo mundo dos concursos e sempre em busca de aprimoramento nos estudos e na carreira profissional.

Veja os comentários:

Deixe seu comentário:

Deixe seu comentário:

Vídeos Relacionados