Hi, everybody - Texto e questões estilo Cespe
Roberto Witte

Hi, everybody – Texto e questões estilo Cespe

PROF. ROBERTO WITTE!
Bom dia, boa tarde, boa noite, boa madrugada…não sei a hora que você está me “lendo”, mas o importante é que você está me “lendo”.

Opaaaa…segue um texto inédito para a galera que vai prestar prova para a área fiscal…mas, você que vai prestar outra área é super benvindo (a) a aprender com esse texto…é um texto que preparei para minhas antigas aulas presenciais.
Boa leitura…depois conta para a gente como você se saiu.

A TAXING BATTLE:

GOVERNMENTS AROUND THE WORLD ARE SCRABBLING FOR SCARCE CORPORATE TAXES

NOBODY wants to pay taxes. No wonder, then, that so many companies spend so much effort trying to avoid them. Almost every big corporate scandal of recent years, from Enron to Parmalat, has involved tax-dodging in one form or another.
In the latest revelation on January 26th, Dick Thornburgh, the man appointed to look at the collapse of WorldCom, released a report claiming that, as well as the slew of other crooked dealings of which the bankrupted telecoms company is guilty, it also bilked the Internal Revenue Service (IRS) of hundreds of millions of dollars in taxes through a tax shelter cooked up by KPMG, its auditor. Jan 29th From The Economist print edition

JULGUE AS AFIRMAÇÕES SOBRE O TEXTO. RESPONA “CERTO” OU “ERRADO”
1) According to the headline, governments around the world are facing difficulty securing taxes from companies.
2) It is not a surprise that huge effort is spent in order to try to avoid paying taxes.
3) Both Enron and Parmalat have not paid taxes in accordance with their revenues.
4) WorldCom’s only problem was related to the Internal Revenue Service.
5) The body named “Internal Revenue Service” can be best translated as “Receita Federal”.

Tradução do texto que você acabou de ler

UMA BATALHA TRIBUTÁRIA:
GOVERNOS AO REDOR DO MUNDO ESTÃO BUSCANDO POR ESCASSOS IMPOSTOS DE EMPRESAS

Ninguém quer pagar os impostos. Não admira, então, que muitas empresas gastam tanto esforço tentando evitá-los. Quase todo grande escândalo corporativo dos últimos anos, da Enron, a Parmalat, envolveu evasão fiscal de uma forma ou de outra.
Na mais recente revelação (denúncia) no dia 26 de Janeiro, Dick Thornburgh, o homem que escolhido para analisar o colapso da WorldCom, divulgou um relatório afirmando que, assim como a enorme quantidade de outros negócios corruptos de que a falida empresa de telecomunicações é culpada, ele também fraudou a Receita Federal (IRS) em centenas de milhões de dólares em impostos através de uma redução de impostos da KPMG, seu auditor.
1) De acordo com o título (manchete), os governos ao redor do mundo estão enfrentando dificuldades para conseguir os impostos de empresas.
2) Não é uma surpresa que um esforço enorme seja feito para tentar evitar o pagamento de impostos.
3) Tanto a Enron quanto a Parmalat não pagaram impostos, em conformidade com as suas receitas.
4) O único problema da WorldCom estava relacionado com a Receita Federal.
5) O órgão chamado “Internal Revenue Service” pode ser melhor traduzido como “Receita Federal”.

Gabarito:
1) Certo; 2) Certo; 3) Certo; 4) Errado; 5) Certo

…conte conosco…
…sem nunca perder a noção da realidade.
Prof. Roberto Witte e Profa Ena Smith

Posts Relacionados

Compartilhe:

Roberto Witte

Roberto Witte

Roberto Witte: formado em ciências econômicas pela FEA-USP, instrutor de língua inglesa desde 1983, instrutor e palestrante na área de concursos públicos desde 1994 e de Técnicas de Estudos. Tem aprimorado técnicas de ensino e desenvolvido métodos para alunos de diferentes áreas, cursos preparatórios para concursos públicos, aulas para executivos, cursos “in-company”, traduções técnicas e versões para o inglês. Já lecionou por mais de 40.000 horas para mais de 50.000 alunos. Instrutor do Conselho Regional de Contabilidade - SP (inglês). Possui método próprio de conversação para brasileiros. Sócio-proprietário da InHouse Idiomas – Treinamento e Consultoria. Central de Concursos (SP). Presencial (1994 – 2017) Eu Vou Passar (PE) – (2012 – presente) Alfacon (SP) – (2014 – presente) Canal dos Concursos (RJ). Aulas online (2008-2010) Curso Aprovação (Curitiba). Satélite – (2004 – 2006) Grupo A - (2017 – presente) Getussp - (2012 – presente) Federal Concursos (SP). Online (2010) Ordem dos Economistas do Brasil – Desenvolveu e coordenou cursos voltados à preparação de candidatos à prova de BACEN pela Ordem dos Economistas do Brasil. (Presencial 2005 – 2006) Focus Concursos - (2017 -  presente) Autor das seguintes obras “Business English – a practical approach”, Ed. Saraiva (SP), 2003 “Presentations and Meetings in English -  a practical approach”, Ed. Saraiva(SP) , 2005 “Inglês para Concursos Públicos”, editora Impetus (RJ), 2010 “Inglês para Concursos – textos Avançados”, editora Impetus 2012 “Inglês para a Carreira Diplomática”, editora Impetus, 2013 “Lighthouse Business Dictionary, editora Pezco, 2014    

Veja os comentários:
Deixe seu comentário:

Deixe seu comentário:

Vídeos Relacionados

Cadastre-se para receber novidades e ofertas especiais sobre cursos.

Estamos aqui para ajudar você!
x