0

Como fui aprovado em dois concursos públicos durante a faculdade? Sim, isso é possível!

Olá, pessoal!

Meu nome é Willian Henrique Daronch, tenho 22 anos, e recentemente fui aprovado em 19º lugar no concurso para o cargo de Agente Penitenciário do DEAP-SC, e em 38º lugar no concurso de Escrivão da PC-PR. Ao longo da minha jornada nos estudos o Estratégia Concursos foi fundamental, em razão da qualidade dos materiais e dos professores. Assim, é com muito orgulho que hoje digo que passo a fazer parte do time de Coaches da Coruja. Espero poder compartilhar um pouco da minha experiência para que você seja aprovado no seu concurso dos sonhos!

Nesse sentido, trago hoje um breve relato sobre como foi conciliar a faculdade com os estudos para concursos e, obviamente, ser aprovado!

Iniciei minha graduação no curso de Direito no ano de 2015 com o sonho de exercer um cargo público: Delegado de Polícia Federal. Além disso, a opção pelo Direito se deu em razão das diversas portas que se abrem, tanto na iniciativa privada, como na pública. Outro fator importante que me levou a optar pelo curso foi o fato de obter conhecimentos práticos que me ajudariam no dia a dia, como por exemplo, entender melhor cláusulas de um contrato, ter ciência dos meus direitos como consumidor, e vários outros aspectos. Não posso esquecer também de mencionar que além das boas amizades que fiz durante a graduação, conheci a Marcela, que hoje é minha noiva, e esteve comigo nessa caminhada até a aprovação.

Comecei a estudar para concursos públicos, em especial, para a área policial, no sexto semestre da graduação, uma vez que entrei para o curso de Direito com o objetivo ser Delegado de Polícia, e também porque não me identifiquei com outra profissão da área. Dessa forma, optei por começar a fazer provas, para ir adquirindo experiência, jeito de fazer prova e, principalmente, para entender a maneira como as bancas examinadoras cobravam os conteúdos.

Logo, fiz quatro concursos para a área policial: Delegado PC-MS, Inspetor PC-RS, Escrivão PC-PR e Agepen DEAP-SC. Desses concursos, fui aprovado em 38º lugar na PC-PR (2018) e em 19º lugar no DEAP/SC (2019). Já na PC-RS (2018), das 600 vagas, fiquei em 891º na prova objetiva. E por incrível que pareça, fiz isso durante a graduação.

Percebi que as provas de concurso público não eram fáceis e que eu precisava me preparar o quanto antes. Não podia esperar a conclusão da graduação.

Ah, e como meu sonho era (e ainda é) ser Delegado de Polícia, consegui um estágio na Delegacia de Polícia Federal da minha cidade, Cascavel/PR, onde pude conhecer um pouco mais de perto a rotina de um Delegado e da polícia como um todo. Ao longo desses quase dois anos de estágio, aprendi o Direito Penal e Processual Penal na prática. Gostei muito dessa experiência!!

Pois bem, tenho que admitir que conciliar a faculdade e os estudos para concurso público não é nada fácil. Fazer uma graduação exige dedicação, tempo, são muitos trabalhos para serem feitos, palestras a serem assistidas, horas extracurriculares… Ah, também não posso esquecer de citar o Trabalho de Conclusão de Curso e a prova da OAB, que exigiram muito tempo de dedicação, mas que ao final, valeu muito a pena pois consegui a aprovação em ambos logo na primeira tentativa (Aprovado no XXIX Exame de OAB).

Quando passei a me dedicar também aos estudos para concurso parecia impossível conciliar tudo, mas posso afirmar que estudar as matérias de Direito pelos PDF’s do Estratégia Concursos me deram uma excelente base e me ajudaram bastante a entender os conteúdos lecionados pelos professores da graduação. Assim, ao contrário do que muita gente pensa, não é a faculdade que te ajuda a ir bem nos concursos, e sim, o estudo contínuo para concursos é que te ajuda a ir bem na faculdade.

Mas, afinal de contas, como conciliei a faculdade e os concursos?

Bom, eu saber exatamente o que eu queria e ter isso em mente todos os dias me ajudou muito a não perder meu foco. Eu aproveitava todos os momentos livres para me dedicar aos concursos, não sendo raro eu usar o intervalo entre as aulas da faculdade para estudar ou resolver algumas questões. Minha semana de estudos era de domingo a domingo, podia chover ou fazer sol, não tinha dia ruim.

Quanto à vida social, bem… Eu não tinha rsrsrs. Como eu estudava junto com a Marcela, nós fazíamos companhia um para o outro e nos motivávamos diariamente. É realmente muito bom poder estudar com alguém que passa pelos mesmos problemas que você e te entende, já que só concurseiro entende os dramas de outro concurseiro, né?!?! Tive que dizer “não” várias vezes à minha família quando eu era convidado para participar de churrascos e almoços, mas sempre deixei bem claro que era um sacrifício necessário.

Por várias vezes, eu e a Marcela aproveitamos a biblioteca da faculdade vazia durante as férias de inverno para estudarmos. Havia somente nós, os bibliotecários e nosso material de estudos. Vou até colocar uma foto para não dizerem que é mentira, kkkk.

Essa foto foi tirada em julho de 2018. Detalhe para os PDF’s do Estratégia impressos hehe.

Por fim, se você está esperando concluir a graduação, esperando um bom momento para começar a estudar, saiba que o melhor momento para dar o start é agora. Daqui um ano você pode se arrepender de não ter começado hoje!

Se quiser bater um papo comigo, me siga no Instagram: @willian_daronch. Fique à vontade para me mandar mensagem!

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *