Questões. Conheça as principais metodologias de revisão
Concursos Públicos

Questões. Conheça as principais metodologias de revisão

Olá pessoal, continuando nossa discussão sobre metodologias de revisão, reservamos o artigo de hoje para falar sobre diversas nuances relacionadas às questões comentadas, unanimidade entre professores e coaches.

Questões: uma verdade absoluta

Quem nunca escutou que todo concurseiro, para garantir sua aprovação, deve resolver milhares de questões de concursos anteriores, em especial os da banca examinadora que está organizando o concurso desejado?

Pois bem, esta talvez seja uma verdade absoluta. Até porque percebemos com muita frequência a repetição não só dos assuntos, como também da forma de cobrança. Mas nem por isso não merece um tópico dedicado só para que possamos discutir a sua relevância.Traremos os argumentos mais conhecidos para justificar a sua necessidade, é verdade. Mas também vamos discutir a metodologia e apresentar pequenos ajustes para tornar essa ferramenta ainda mais poderosa.

Ao utilizar nossos materiais regulares, você notará que, em muitas ocasiões, as questões são utilizadas como potente recurso didático. O professor explora a questão como forma de contextualizar, fixar, aprofundar e até mesmo apresentar um conceito novo relacionado ao tema, ainda no decorrer da explanação teórica. Isto por si só já demonstra o quanto elas são capazes de colaborar no processo de aprendizagem. Mas vamos muito além! As questões comentadas são encontradas em abundância de duas maneiras pelo candidato.

Pdf do Estratégia

 Uma delas é no próprio material do Estratégia, muitas vezes em quantidade mais que o suficiente para uma boa fixação. É melhor pecar pelo excesso do que pela falta, não é mesmo? Estas devem, sempre que possível, ser priorizadas pelo aluno e utilizadas antes de qualquer outra. E a razão disto é bem simples. A seleção deste conjunto de questões foi feita cirurgicamente por ninguém menos que o próprio professor. Certamente ele avaliou e ponderou a necessidade de cada questão. Isto foi feito para garantir que sua aula fosse capaz de contemplar todas as possibilidades de cobrança de cada tema.

Além disso, é fundamental perceber que, além de escolher, também foi de responsabilidade do professor o comentário de cada alternativa das questões. E isso tem um valor inestimável, ainda mais que temos no Estratégia os melhores professores do mercado, todos referências indiscutíveis em suas áreas de atuação.

Leitura dos comentários

Assim, recomendamos que você leia com atenção os comentários de todas as alternativas, mesmo que tenha acertado o gabarito. Há neles muita informação relevante e muitas vezes não disponibilizada pelo professor na parte teórica da aula. Isso não ocorre por negligência, mas para que sua aula não fique demasiadamente extensa, desanimando os alunos mais, digamos, “resistentes”.

Nos comentários muitas vezes também são disponibilizados os dispositivos da legislação que fundamentam o gabarito da questão. Uma nova leitura garante mais uma oportunidade de contato e fixação de tudo que está a aquilo relacionado.

Mais uma dica metodológica relevante é que você não se contente em, após a leitura do enunciado e das respectivas alternativas, correr para os comentários. É de grande valia perceber que cada questão é uma nova oportunidade de refletir sobre os conceitos nela envolvidos e avaliar o seu verdadeiro grau de assimilação. A partir de uma ponderada, justa e criteriosa análise, você poderá identificar necessidades, pontuais ou mais amplas, de aparar arestas em sua preparação.

Segue uma transmissão com ótimas dicas sobre estudo por questões: https://www.youtube.com/watch?v=agdw3rNkuX8

Afinal, não podemos nos contentar com um razoável aproveitamento nas questões, pois um percentualmente mediano não será capaz de levar você à aprovação num concurso de alto nível, já que as notas de corte estão cada vez mais altas. Aliás, até os concursos de menor expressão estão dando cada vez menos margem para candidatos menos preparados.

Assim, não basta somente resolver diversas questões. É preciso garantir mais que razoável segurança na maior quantidade de temas possíveis. E isso passa por todo esse zelo supracitado, além de retorno constante às questões que você tiver errado, até que você supere a dificuldade inicialmente apresentada.

Sistema de questões

A outra maneira a ter acesso a questões comentadas é por meio de um sistema de questões. A propósito, estamos cada vez mais nos aproximando lançamento do nosso do Estratégia Concursos. Mais cedo ou mais tarde, todo candidato precisará recorrer a um, uma vez que, após esgotar as questões do pdf, será necessário trabalhar com outras, garantindo manutenção do conteúdo e aumentando o “cerco” à banca, tendo contato com uma variedade ainda maior de questões. Ou, ainda, porque a banca em questão não é das mais tradicionais, não possuindo um histórico suficiente.

E aí o sistema de questões preenche essa lacuna de forma única. Com a seleção adequada dos filtros, o candidato pode ter acesso a um conjunto de questões para ele inédita. Assim, torna o desafio realmente interessante. Lembremos que as do pdf, mesmo sendo comentadas com maestria, se já conhecidas, deixam de agregar valor à preparação, pois o candidato apenas “decorou” suas respostas e não está mais raciocinando em cima delas. E ninguém evolui dentro da zona de conforto, não é verdade?

Print do Estratégia Questões
O Estratégia questões já possui mais de um milhão e meio de questões

Filtros

Por falar em filtros e em sair da zona de conforto, vamos a uma dica para alunos intermediários e avançados. Estes, ao atingir um ótimo aproveitamento, começam a ficar desestimulados com questões fáceis. Você pode filtrar questões de nível de dificuldade médio e difícil (ou somente difícil). Isto certamente baixará o seu aproveitamento, mas ao mesmo tempo puxará você para cima, já que precisará quebrar a cabeça pra aprender com seus erros. Já dizia o poeta: treino difícil, luta fácil. Acostume-se com as questões de alto nível e as provas, que possuem questões de todos os níveis de dificuldade, ficarão menos assustadoras.

É bem provável que, vez ou outra, os comentários não sejam tão bons quanto aqueles que o professor faz, mas isso não é suficiente para diminuir a relevância do método. Afinal, o bom candidato precisa ter contato com uma infinidade de questões comentadas de cada tema, e é essa a proposta do sistema. Não satisfeito com a profundidade de algum comentário, por exemplo, basta o aluno consultar o material teórico.

Personalização dos filtros

Outra grande vantagem é que a seleção é feita de acordo com a vontade do freguês. Quer uma bateria de questões contemplando o conteúdo programático inteiro de uma disciplina? Ou somente referente a três assuntos? De uma determinada área? Algum órgão e/ou cargo específico? Nível de escolaridade? Área de formação? Concurso federal, estadual, municipal? Nível de dificuldade? Somente questões dos últimos anos? Somente da última banca organizadora do seu concurso? Quer remover as anuladas, desatualizadas ou sem comentários?

Enfim, as possibilidades são inúmeras e esse grau de personalização com poucos cliques é sem sombra de dúvidas um recurso poderosíssimo no direcionamento dos estudos do candidato que necessita afiar o seu machado.

Antes da existência dessa tecnologia, o candidato era obrigado a baixar provas inteiras e se virar para conseguir o gabarito de cada questão. Bem mais trabalhoso e com um conjunto universo bem mais limitado, não é verdade? E com tamanha facilidade, fica ágil o procedimento de identificar os pontos fracos e eliminá-los.

Leia os comentários

Por fim, independentemente da fonte, reiteramos a necessidade de não se contentar somente com o gabarito “seco”. Os comentários agregam valor e garantem aprofundamento no tema. Em cada alternativa pode estar uma revisão até mais ampla do que ela mesma. Ou ainda um alerta de um novo entendimento jurisprudencial para quem está muito tempo afastado da teoria.

E se você já está num nível avançado, pode se candidatar para comentar questões. Assim, pode ganhar dinheiro enquanto estuda. Clique no link abaixo e confira:

https://www.estrategiaconcursos.com.br/blog/processo-seletivo-para-professores-do-estrategia-questoes/

Por hoje é só, pessoal!

Bons estudos!

Alberto Kovarik

Instagram: @profalbertokovarik

Assinatura Anual Ilimitada*

Prepare-se com o melhor material e com quem mais aprova em Concursos Públicos em todo o país. Assine agora a nossa Assinatura Anual e tenha acesso ilimitado* a todos os nossos cursos.

ASSINE AGORA – Assinatura Ilimitada

Fique por dentro de todos os concursos:

Concursos abertos

Concursos 2020

Alberto Kovarik

Alberto Kovarik

 Auditor Fiscal da Receita Estadual do Estado do Rio de Janeiro (ICMS-RJ), tendo sido aprovado no concurso de 2011 Desde Janeiro de 2015 trabalhando com a preparação de alunos para os principais concursos do país (alunos aprovados no ISS Cuiabá, ISS Niterói, ICMS PI, ICMS MA, ICMS SC etc.). Primeiro contato com coaching na condição de aluno (coachee) ainda em 2011.  Graduação em Matemática pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Aprovado nos concursos: Professor de Matemática da Secretaria de Educação do Estado do Rio de Janeiro (3 vezes entre os 3 primeiros colocados); Analista de Planejamento e Orçamento (APO) da Secretaria de Planejamento do Estado do Rio de Janeiro (2010); Auditor Fiscal Tributário do Município de São Paulo (2012).

Deixe seu comentário:

Deixe seu comentário:

Vídeos Relacionados