PROVA COMENTADA STJ 2015 - FISIOTERAPIA PARTE II
Concursos Públicos

PROVA COMENTADA STJ 2015 – FISIOTERAPIA PARTE II

Olá, pessoal! Tudo bem? Agora o restante da prova comentada do STJ para analista judiciário – fisioterapeuta, realizada em 2015, banca organizadora CESPE.  Vamos lá! Aguardem! Logo mais, outros posts referente a essa prova.

Com base nas adaptações ao treinamento físico previstas nas diretrizes da reabilitação cardíaca da Sociedade Brasileira de Cardiologia, julgue os itens que se seguem.

90 O treinamento aeróbico regular é capaz de produzir adaptações benéficas na frequência cardíaca e na pressão arterial, em decorrência da redução da hiperatividade parassimpática e aumento da atividade simpática.

Gabarito: Errado.

Comentários: O treinamento aeróbico regular produz adaptações benéficas na FC e PA. Essas variáveis diminuem. A frequência cardíaca parece ser devido à redução da hiperatividade simpática, aumento da atividade parassimpática, mudança no marcapasso cardíaco ou mesmo melhora da função sistólica. Já a diminuição da PA pode ser devido à diminuição na resistência vascular periférica (devido diminuição da atividade simpática ou ao aumento da liberação de prostaglandina)e diminuição no débito cardíaco (explicado pela diminuição do volume plasmático, do volume sistólico e da frequência cardíaca). Ou seja, as adaptações benéficas na FC e PA são decorrentes da redução da atividade simpática e aumento da atividade parassimpática. Item errado.

91 O tecido muscular esquelético já adaptado ao exercício é capaz de extrair maior quantidade de oxigênio durante a atividade física, o que permite ao indivíduo treinado atingir a mesma intensidade de exercício, com menor débito cardíaco, comparado a um indivíduo sedentário.

Gabarito: Certo.

Comentários: Isso que ocorre com um indivíduo treinado. Além disso, gera grandes adaptações na densidade capilar, na estrutura proteica miofibrilar e na sua composição enzimática. Resultando em maior eficiência na utilização de lipídios como substrato energético, retardando a utilização de glicogênio muscular, prolongando o tempo de exercício e aumentando a intensidade de esforço que pode ser sustentado.

92 A maioria dos estudos mostra melhora na função ventricular de pacientes portadores de insuficiência cardíaca que se submetem a treinamento aeróbico, pois a realização dessas atividades promove melhora da fração de ejeção do ventrículo esquerdo.

Gabarito: Errado.

Comentários: A maioria dos estudos mostra mínima ou nenhuma melhora da fração de ejeção do ventrículo esquerdo em resposta ao treinamento físico. Nos pacientes portadores de insuficiência cardíaca, a melhora da classe funcional obtida com o treinamento físico é secundária às adaptações periféricas ao exercício, não havendo correlação entre a fração de ejeção do ventrículo esquerdo em repouso e a capacidade funcional. Item errado.

93 O treinamento físico aeróbico é capaz de desenvolver adaptações na estrutura proteica miofibrilar e na composição enzimática da musculatura cardíaca, de maneira a acelerar o consumo de glicogênio muscular e de prolongar o tempo de exercício.

Gabarito: Errado.

  Comentários: O que está errado na questão é que há retardamento do consumo de glicogênio muscular, como já falamos.

94 Os efeitos crônicos da prática regular de exercícios relacionam-se, fundamentalmente, com a melhora da distribuição do fluxo sanguíneo nos segmentos corporais e com as adaptações específicas da musculatura esquelética.

Gabarito: Certo.

Comentários: Item correto. Foi o que vimos no decorrer das questões, as alteraçõs cardiovasculares e da musculatura esquelética.

No que tange à prescrição de órtese para indivíduos com lesão medular, julgue os próximos itens.

95 Para pacientes com lesões em C5 e C6, deve-se prescrever extensores de cotovelo, na tentativa de evitar as deformidades em flexão desse segmento associada à pronação do antebraço, devido ao discinergismo entre agonistas-flexores de cotovelo e antagonistas-extensores de cotovelo e supinadores.

Gabarito: Errado.

Comentários: Os extensores de cotovelos são indicados para pacientes com lesão encefálica e presença de padrão flexor de membros superiores. No caso da lesão medular C5-C6, estas órteses não terão a aplicabilidade sugerida na afirmativa.

96 No caso de uma contratura já instalada, é indicada a ortetização seriada com termomoldável ou tala gessada e contraindicado o uso de extensor dinâmico e distrator para o cotovelo.

 

Gabarito: Errado.

Comentários: A aplicação de órteses, para este caso, irá piorar o desempenho funcional que o indivíduo com lesão medular no nível C5-C6 apresenta. Visto que, os movimentos preservados deste indivíduo são, flexão de cotovelo e extensão de punho e tais movimentos permitem que ele desempenhe atividades funcionais que as órteses citadas impediriam.

97 É contraindicada a utilização de órtese de posicionamento para indivíduos com tendência a contratura em flexão de punho e dedos.

Gabarito: Errado.

Comentários: Para contratura de flexão de punho e dedos não está contraindicada o uso de órteses de posicionamento.

Uma equipe de fiscais da vigilância em saúde do trabalhador (VISAT) inspecionou uma fábrica de tapetes automotivos após prévio agendamento da inspeção, por telefone, com o proprietário da empresa. Durante a ação fiscal, membros da equipe de inspeção conversaram com vários empregados e puderam observar a dinâmica de funcionamento de cada setor da fábrica. Constatou-se, por exemplo, que os empregados usavam luvas, óculos e aventais de proteção, principalmente no setor responsável pelos cortes dos tapetes. Após o término da inspeção, a equipe registrou em relatório a conclusão de que a fábrica estava operando em conformidade com as normas estabelecidas.

A respeito dessa situação hipotética e de temas correlatos, julgue os itens subsequentes.

 

98 Em um cenário ideal, a equipe de fiscais da VISAT, que deve estar organizada em um órgão colegiado vinculado organicamente ao Sistema Único de Saúde, deve subordinar-se aos conselhos estaduais e municipais de saúde.

Gabarito: Certo.

Comentários: Suas ações devem ser coordenadas pelas instâncias de gestão do SUS e articuladas pela RENAST (Rede Nacional de Atenção Integral à Saúde do Trabalhador), no princípio da estruturação da atenção integral a saúde dos trabalhadores em rede. Devem subordinar-se aos conselhos estaduais e municipais de saúde.

99 A inspeção à fábrica de tapetes nos moldes realizados na situação em questão é a forma mais indicada para a identificação de problemas nas condições de trabalho dos operários, visto que esse tipo de ação fiscal fornece garantias suficientes de que a fábrica preserva a saúde de seus trabalhadores.

Gabarito: Errado.

Comentários: Quando prestamos atenção ao relato, identificamos que houve um agendamento prévio da inspeção, por telefone, com o proprietário da empresa, o que pode levar a um mascaramento da situação organizacional, e condições de trabalho da empresa. Sendo essa uma forma ineficiente de detectarem-se irregularidades. Portanto, a questão está errada.

100 A utilização de luvas de proteção pelos empregados do setor de corte dos tapetes caracteriza-se como uma ação de promoção da saúde em nível primário de prevenção.

Gabarito: Errado.

 Comentários: A utilização de EPI (equipamentos de Proteção Individual) são caracterizadas como nível de prevenção primário (pois é uma ação anterior a um estado patológico ou acidente), porém, não se trata de Promoção à saúde, e sim proteção específica, uma vez que é uma ação específica, de caráter restrito e objetiva proteger especificamente o trabalhador contra um determinado fator (risco de acidente). Portanto, a questão está errada.

101 Um dos papéis da equipe de fiscais da VISAT é o de atuar no âmbito da vigilância epidemiológica, estabelecendo ações para o controle dos agravos relacionados ao trabalho.

Gabarito: Certo.

Comentários: Um Fiscal da Vigilância em Saúde do Trabalhador, deve sim acompanhar os casos e agravos, atuando no âmbito da vigilância epidemiológica (monitoramento, comparando estatísticas, evoluções, ações que deram certo, etc), estabelecendo ações para o controle dos agravos relacionados ao trabalho. Portanto, a questão está correta. Veremos todos os papeis da equipe de fiscais da VISAT:

a) Estabelecer processos de informação, intervenção e regulação relacionados à saúde do trabalhador.

b) Realizar levantamentos, monitoramentos de risco à saúde dos trabalhadores e de populações expostas, acompanhamento e registro de casos, inquéritos epidemiológicos e estudos da situação de saúde a partir dos territórios.

c) Articular com as diversas instâncias da Vigilância em Saúde, Atenção Primária e os demais componentes da Rede Assistencial.

d) Promover articulação com instituições e entidades das áreas de Saúde, Trabalho, Meio Ambiente, Previdência e outras afins, no sentido de garantir maior eficiência das ações de Vigilância em Saúde do Trabalhador.

e) Realizar apoio institucional e matricial as instâncias envolvidas no processo de vigilância em saúde do trabalhador no SUS.

f) Realizar inspeções sanitárias nos ambientes de trabalho, com objetivo de buscar a promoção e a proteção da saúde dos trabalhadores.

g) Sistematizar e difundir as informações produzidas.

h) Promover ações de formação continuada para os técnicos e trabalhadores envolvidos nas ações de Vigilância em Saúde do Trabalhador.

102 Se, na inspeção da referida fábrica, fossem identificados fatores determinantes de agravos à saúde dos trabalhadores, caberia à gerência da VISAT, a partir do relatório de inspeção gerado, intervir nesses fatores com o objetivo de eliminá-los, atenuá-los ou controlá-los.

Gabarito: Certo.

Comentários: a VISAT além de inspecionar, gerar o relatório, também intervém de várias maneiras nos agravos à saúde dos trabalhadores. Item correto.

Com relação à ergonomia e sua aplicabilidade na relação entre trabalhador e posto de trabalho, julgue os próximos itens.

 103 É recomendado aos operadores de computador, para reduzirem a fadiga da musculatura cervical, o posicionamento da cabeça e do pescoço, de forma que ocorra uma inclinação de 40º em relação à tela.

Gabarito: Errado.

Comentários: Muita atenção pessoal! O ângulo de mirada dos olhos ao centro da tela, (o posicionamento da cabeça e do pescoço em frente a tela) deve ser de 30 ° e o monitor deve estar ajustado, de forma a evitar brilhos (ângulo de 20º). Portanto, alternativa errada.

104 A altura para o encosto vertical da cadeira de um digitador deve ter, no mínimo, 40 cm acima do plano do assento.

Gabarito: Errado.

Comentários: Dul e Weerdmeester (2004) recomendam um vão livre de 10 a 20 cm entre o assento e o encosto ou ser convexa (para acomodar a curvatura das nádegas), sugerindo uma altura de 30 cm para o encosto (ou altura total do encosto com vão ou parte convexa entre 40 e 50 cm). Iida (2005, p. 154) sugere deixar um vão de 15 a 20 cm entre o assento e o encosto. Portanto, alternativa errada.

105 É recomendado que cadeiras de escritório adaptadas ergonomicamente tenham assento giratório, borda arredondada e rodízios em uma base de cinco pés.

Gabarito: Certo.

Comentários: Essa questão é difícil, pois essas recomendações são trazidas na Norma Brasileira de Regulamentação NBR 13962 – sobre moveis para escritório e Cadeiras, onde se estabelece que: Para cadeiras com rodízios – Número de pontos de apoio da base 5.

106 Para o uso do teclado do computador, deve-se adotar uma postura ereta do tronco, com os cotovelos alinhados na mesma altura dos punhos e estes apoiados em encosto macio, o que causará a redução do desvio radial de punhos.

Gabarito: Errado.

Comentários: a questão está quase totalmente correta. Apenas lembrando que os cotovelos alinhados na mesma altura dos punhos e estes apoiados em encosto macio causam redução na extensão de punho e não no desvio radial. Logo, questão errada.

107 Nas recomendações ergonômicas, devem-se considerar as medidas antropométricas e o comportamento dos trabalhadores, assim como as exigências específicas do trabalho.

Gabarito: Certo.

Comentários: Podem estar faltando alguns critérios como os fatores ambientais, porém, todos os fatores citados estão corretos.

108 O mobiliário das estações de computador deve apresentar opções de ajustes mais restritas para se evitar a hipermobilidade de segmentos corporais, sobretudo da coluna vertebral dos usuários.

Gabarito: Errado.

Comentários: Sem pé, nem cabeça. O mobiliário deve, em princípio, ser concebido para ser o mais flexível possível.

Em um hospital privado, que adotou uma proposta inovadora em relação ao uso de tecnologias, desburocratização e humanização dos serviços oferecidos, a identificação dos profissionais da saúde é feita de forma unificada pelo crachá institucional. Os prontuários são disponibilizados integralmente a familiares e a demais interessados, com informações acerca dos procedimentos realizados nos pacientes. A equipe de reabilitação é constituída por quatro profissionais: João, Ruth, Luiz e Paulo. João, que trabalha no ambulatório de geriatria, foi designado para ser o responsável técnico pelo ambulatório, mas recusou a indicação. Ele realiza atendimento a pacientes sem cobrança de honorários em seu consultório, que fica ao lado do hospital. Ruth e Luiz trabalham na enfermaria da clínica médica, e Paulo trabalha em um ambulatório de assistência osteomioarticular. Na porta do consultório de Paulo, foi afixada uma placa com duas informações: nome completo e sua especialidade, osteopatia. Esses profissionais, à exceção de Luiz, que tem contrato de docente e apenas supervisiona os estagiários de uma faculdade conveniada ao hospital, estão devidamente registrados no conselho regional de fisioterapia (CRF).

A respeito da situação hipotética descrita, julgue os itens que se seguem de acordo com o Código de Ética e Deontologia da Fisioterapia e as disposições do Conselho Federal de Fisioterapia e de Terapia Ocupacional (COFFITO).

  

109 A placa fixada na porta do consultório de Paulo está de acordo com a recomendação do conselho de classe, uma vez que informa a especialidade do atendimento.

Gabarito: Errado.

Comentários: A placa afixada na porta do consultório de Paulo tinha duas informações: nome completo e sua especialidade (osteopatia). O que é obrigatório ter no anúncio profissional? Vejamos:

– Nome do fisioterapeuta: tem na placa;

– Nome da profissão: não tem na placa;

– Número de inscrição no CREFITO: não tem na placa.

        Sendo assim, item errado. Vamos relembrar o quadro dos anúncios profissionais:

ANÚNCIOS PROFISSIONAIS

DEVE TER PODERÁ TER
Nome do fisioterapeuta Títulos de especialidade profissional (reconhecidos pelo COFFITO);
Nome da profissão – Fisioterapeuta Título de formação acadêmica strictu sensu
Número de inscrição no CREFITO O endereço, telefone, endereço eletrônico, horário de trabalho, convênios e credenciamentos
Instalações, equipamentos e métodos de tratamento
Logomarca, logotipo ou brasões determinados pelo COFFITO
Logomarca, logotipo ou símbolos de entidades, empresas, sociedades, associações ou federações às quais o fisioterapeuta esteja legalmente vinculado
Logomarca ou logotipo próprio condizentes com a dignidade profissional

110 Na situação descrita, o atendimento aos pacientes realizado por João, sem cobrança de honorários, tem base legal prevista no código de ética fisioterapêutico, desde que os pacientes sejam hipossuficientes de recursos econômicos.

Gabarito: Certo.

Comentários: Vamos lembrar em quais casos o fisioterapeuta pode deixar de cobrar honorários, de acordo com o Art. 38 do Código de Ética:

Artigo 38 – O fisioterapeuta pode deixar de cobrar honorários por assistência prestada a:

I – ascendente, descendente, colateral, afim ou pessoa que viva sob sua dependência econômica;

II – colega ou pessoa que viva sob a dependência econômica deste, ressalvado o recebimento do valor do material porventura despendido na prestação da assistência;

III – pessoa reconhecidamente hipossuficiente de recursos econômicos.

111 Na situação em questão, o fato de Luiz exercer somente atividades de docência e pesquisa não o obriga a ter o registro atualizado anualmente no CRF.

Gabarito: Errado.

Comentários: A inscrição e o registro atualizado no CREFITO é obrigatório, independente se está exercendo o cargo de docência e pesquisa.

112 De acordo com as recomendações do COFFITO, os fisioterapeutas do hospital em questão deverão solicitar a inserção do número de inscrição no conselho de classe no crachá institucional.

Gabarito: Errado.

Comentários: Esse critério não está disposto em nenhuma Resolução do COFFITO, nem no Código de Ética. Ou seja, item errado.

113 De acordo com o Código de Ética e Deontologia da Fisioterapia, por ter sido designado, João tinha o dever de assumir a responsabilidade técnica pelo setor.

Gabarito: Certo.

Comentários: Segundo o Art.9 do Código de Ética, constituem-se deveres fundamentais do fisioterapeuta, segundo sua área e atribuição específica:

I – assumir responsabilidade técnica por serviço de Fisioterapia, em caráter de urgência, quando designado ou quando for o único profissional do setor, atendendo a Resolução específica. Como os outros três (Ruth, Luiz e Paulo) trabalham em outro setor do hospital e João foi designado, ele deveria assumir a responsabilidade técnica.

114 Em conformidade com a política de humanização desse hospital, os fisioterapeutas devem viabilizar e disponibilizar as informações dos prontuários dos pacientes aos requerentes e interessados, sendo essa questão legalmente amparada nas diretrizes do portal transparência.

Gabarito: Errado.

Comentários: De acordo com a Política Nacional de Humanização “Toda pessoa deve ter seus valores, cultura e direitos respeitados na relação com os serviços de saúde. Diretriz PNH: Direitos dos Usuários da Saúde A rede de atenção à saúde deverá garantir/reconhecer os direitos dos usuários, como por exemplo, receber ou recusar assistência religiosa, psicológica e social; procurar segunda opinião ou parecer de outro profissional ou serviço sobre seu estado de saúde ou sobre procedimentos recomendados, em qualquer fase do tratamento; acesso ao conteúdo do seu prontuário ou de pessoa por ele autorizada e a garantia de envio e fornecimento de cópia, em caso de encaminhamento a outro serviço ou mudança de domicilio”.

Uma clínica de fisioterapia implantou estratégias de inovação, segurança, divulgação e modernização de seus serviços. Entre as ações incorporadas pela clínica estão a instalação de câmeras nos ambientes de atendimento; a colocação de mural na recepção para divulgação de cartas de agradecimento emitidas por paciente e familiares referentes ao serviço prestado; a utilização de fitoterápicos nas práticas realizadas; e a criação de uma sala informatizada para hospedagem do sítio denominado Plantão Fisioweb, para a realização, via Internet, de orientações emergenciais de fisioterapeutas aos pacientes.

Com relação à situação hipotética apresentada, julgue os itens a seguir com base na legislação profissional que rege a profissão de fisioterapia.

 

115 Na referida situação, o atendimento fisioterapêutico virtual proposto pelo Plantão Fisioweb está em conformidade com a regulamentação do COFFITO.

Gabarito: Errado.

Comentários: No enunciado está escrito: “para a realização, via Internet, de orientações emergenciais de fisioterapeutas aos pacientes”. Como falamos na aula passada, no Art. 15 (incisos II e IV) do Código de Ética, é proibido a prescrição de tratamento fisioterapêutico de forma não presencial e sem realização de consulta, exceto em caso comprovado de URGÊNCIA. Vejamos os Incisos II e IV do Art. 15:

II – dar consulta ou prescrever tratamento fisioterapêutico de forma não presencial, salvo em casos regulamentados pelo Conselho Federal de Fisioterapia e de Terapia Ocupacional;

IV – prescrever tratamento fisioterapêutico sem realização de consulta, exceto em caso de indubitável urgência;

        Além disso, o Código de Ética defende a prescrição de tratamento fisioterapêutico em situações de urgência, em casos que possam aparecer, mas não ter um site para tal finalidade. O item está errado.

116 Na situação em questão, a colocação do mural para divulgar declarações ou cartas de agradecimentos dos pacientes, além de contribuir para divulgação e promoção da clínica, é considerada uma estratégia de baixo custo e em conformidade com a legalidade da profissão de fisioterapeuta.

Gabarito: Errado.

Comentários: Trata-se do Inciso V do Art. 10, no qual é proibido:

Vdivulgar, para fins de autopromoção, declaração, atestado, imagem ou carta de agradecimento emitida por cliente/paciente/usuário ou familiar deste, em razão de serviço profissional prestado.

        Ou seja, a colocação do mural para divulgar declarações ou cartas de agradecimentos dos pacientes não está em conformidade com a legalidade da profissão de fisioterapeuta. Item errado.

117 Os fisioterapeutas da clínica em apreço poderão utilizar fitoterápicos nos atendimentos dos pacientes, desde que tenham a certificação comprovada de conhecimento dessa prática complementar.

Gabarito: Certo.

Comentários: A Resolução COFFITO nº 380/2010, autoriza a prática pelo Fisioterapeuta dos atos complementares ao seu exercício profissional, nos termos desta resolução (Art. 1º) e da portaria MS número 971/2006. As técnicas complementares são:

a) Fitoterapia;

b) Práticas Corporais, Manuais e Meditativas;

c) Terapia Floral;

d) Magnetoterapia;

e) Fisioterapia Antroposófica;

f) Termalismo/ Crenoterapia/Balneoterapia;

g) Hipnose.

        É obrigatório o fisioterapeuta ter a certificação comprovada de conhecimento na área. Além disso, os títulos a que alude este artigo deverão ter como origem:

a) Instituições de Ensino Superior;

b) Instituições especialmente credenciadas pelo MEC;

c) Entidades Nacionais da Fisioterapia intimamente relacionadas ás práticas autorizadas por esta resolução.

Acerca das práticas preventivas em atenção à saúde osteomuscular no ambiente de trabalho, julgue os itens subsecutivos.

 

118 Entre as adequações ambientais propostas pelos programas de prevenção incluem-se as relacionadas a conforto visual, auditivo e térmico no ambiente de trabalho.

Gabarito: Certo.

Comentários: a NR 17 fala das condições ambientais em seu inciso 17.5 e cita que:

17.5.1. As condições ambientais de trabalho devem estar adequadas às características psicofisiológicas dos trabalhadores e à natureza do trabalho a ser executado.

        Nos incisos seguintes estabelece parâmetros que relaciona as condições de conforto auditivo (níveis de ruído de acordo com o estabelecido na NBR 10152, norma brasileira registrada no INMETRO), Térmico (índice de temperatura efetiva entre 20oC (vinte) e 23oC (vinte e três graus centígrados); e conforto visual, dentre outros (iluminação, umidade, velocidade do ar).

        Portanto, alternativa correta.

119 Os programas de prevenção devem propor medidas de controle que incluam mudanças nas condições físicas dos postos de trabalho, tais como adequação no dimensionamento, posicionamento e na qualidade de mobiliário e equipamentos.

Gabarito: Certo.

Comentários: Essa questão está correta. OS programas de prevenção devem propor as medidas de controle citadas, outras também podem ser incluídas, porém, as citadas no texto “como adequação no dimensionamento, posicionamento e na qualidade de mobiliário e equipamentos”, são corretas.

Portanto, a alternativa está correta.

120 É atribuição do fisioterapeuta que atue na assistência à saúde do trabalhador a análise biomecânica da atividade produtiva do trabalhador, considerando as diferentes exigências das tarefas nos seus esforços estáticos e dinâmicos.

Gabarito: Certo.

Comentários: Isso está disposto no Inciso IV do Art. 1º da Resolução n.º 259, de 18 de dezembro de 2003, que dispõe sobre a Fisioterapia do Trabalho.

        Nessa resolução apenas são descritas as atribuições do Fisioterapeuta na assistência à saúde do trabalhador. Em 2003 a especialidade Fisioterapia do Trabalho ainda não era reconhecida (apenas foi reconhecida em 2008 pela Resolução nº 351, de 13 de junho de 2018), por isso foi escrito fisioterapeuta que presta assistência à saúde do trabalhador.

        E quais seriam essas atribuições? Veremos através do Art. 1º quais são as atribuições do Fisioterapeuta que presta assistência à saúde do trabalhador, independentemente do local em que atue:

I Promover ações profissionais, de alcance individual e/ou coletivo, preventivas a intercorrência de processos cinesiopatológicos. Lembre-se que é preventiva!

IIPrescrever a prática de procedimentos cinesiológicos compensatórios as atividades laborais e do cotidiano, sempre que diagnosticar sua necessidade;

IIIIdentificar, avaliar e observar os fatores ambientais que possam constituir risco à saúde funcional do trabalhador, em qualquer fase do processo produtivo, alertando a empresa sobre sua existência e possíveis consequências;

IVRealizar a análise biomecânica da atividade produtiva do trabalhador, considerando as diferentes exigências das tarefas nos seus esforços estáticos e dinâmicos, avaliando os seguintes aspectos:

(a) No Esforço Dinâmicofrequência, duração, amplitude e torque (força) exigido.

(b) No Esforço Estático – postura exigida, estimativa de duração da atividade específica e sua frequência.

 

V Realizar, interpretar e elaborar laudos de exames biofotogramétricos, quando indicados para fins diagnósticos. Biofotogrametria são fotografias do indivíduo em que serão analisadas as posturas durante as atividades, por exemplo, avaliação da postura corporal em ortostase na posição anterior, posterior e lateral para identificar as alterações posturais do paciente/cliente/usuário. Porém há normas para a realização dessas fotos e também de como interpretá-las, ok? Não é o nosso objetivo falar sobre isso aqui nessa aula.

VIAnalisar e qualificar as demandas observadas através de estudos ergonômicos aplicados, para assegurar a melhor interação entre o trabalhador e a sua atividade, considerando a capacidade humana e suas limitações, fundamentado na observação das condições biomecânicas, fisiológicas e cinesiológicas funcionais.

VII Elaborar relatório de análise ergonômica, estabelecer nexo causal para os distúrbios cinesiológicos funcionais e construir parecer técnico especializado em ergonomia.

Então é isso! Até o próximo post! Estudem bastante!

Abraços.

 

 

Posts Relacionados

Gislaine dos Santos Holler

Gislaine dos Santos Holler

Graduada em Fisioterapia pelo Centro Universitário Metodista de Porto Alegre (2013), pós-graduanda em Fisioterapia Traumato-ortopédica. Realizou diversos cursos na área de Fisioterapia Dermatofuncional, Fisioterapia Traumato-ortopédica e Pilates. Trabalhou na área de Pilates de 2012 até 2014. Em 2014, iniciou sua vida de concurseira com o concurso da Secretaria de Saúde do Distrito Federal, no qual logrou êxito. Foi aprovada em outros concursos na área da Fisioterapia: Prefeitura Municipal de Bela Vista do Toldo – SC, Prefeitura Municipal de Canoinhas – SC, Marinha do Brasil.

Deixe seu comentário:

Deixe seu comentário:

Vídeos Relacionados