Por que focar nos 85% é muito importante?
Luis Eduardo

Por que focar nos 85% é muito importante?

… e como alcançar os 85%?

Não é que o número 85 seja mágico, mas ele traduz algo muito importante sobre as provas de Concursos Públicos!

No gráfico abaixo, você pode conferir as notas de corte de concursos importantes e recentes:

Algumas observações necessárias e importantes quanto ao gráfico acima:

  • TRT-SP: A banca FCC usa desvio padrão. Logo, considerei o % com base na nota do 1º colocado, porém com um certo desconto no valor, já que o 1º colocado não gabaritou a prova.
  • TRT-RJ: A banca AOCP fez uma prova muito fácil! Fugiu ao normal mesmo! Além disso, para chegar a uma nota de corte, consideramos 60 vagas para AJAJ, 30 vagas para AJAA e 120 vagas para TJAA; o que é uma estimativa bem conservadora frente ao histórico de nomeações do concurso do TRT-RJ.
  • TJ-SP: Como o concurso teve concorrência separada, por localidades diferentes, utilizamos a nota de corte da localidade mais concorrida (86%); porém houve localidade em que candidatos foram aprovados com notas próximas a 70%.
  • INSS: Concurso com concorrência separada também, por localidade, motivo pelo qual utilizamos a nota de corte mais alta (86,5%); apesar de candidatos com nota 81% terem sido aprovados em outras localidades.
  • IBGE: Concurso com concorrência separada também, por localidade, motivo pelo qual utilizamos a nota de corte mais alta (90%); apesar de candidatos com nota 80% terem sido aprovados em outras localidades.

Lembre-se que os concursos acima – com nota de corte mais alta – são bem recentes e, portanto, têm ainda grande período de validade para chamar vários candidatos da lista de classificação.

Isso vai tornar a “nota de corte” bem mais baixa.

Perceba então que uma nota de 85% está praticamente “acima” da nota de corte para que o candidato seja aprovado nos concursos mais difíceis do Brasil (em termos de dificuldade e de concorrência).

Agora confira o gráfico abaixo. Nele, com base nos mesmos concursos do gráfico anterior, demonstramos a nota do 10º aprovado em cada prova.

Dá para ver que 85% de acertos garantiria a aprovação dentro dos 10 primeiros colocados em vários concursos!

Ah, mas os concursos de Tribunais têm nota de corte mais alta!

Sim! Entretanto, os concursos de Tribunais possuem o costume de cobrar questões um pouco mais literais (quando exigem conhecimento da lei seca).

Isso torna as provas mais fáceis e as notas mais altas!

Por outro lado, só um concurso de Tribunal consegue chamar/nomear:

  • 924 candidatos Escreventes, como fez o TJ-SP;
  • 1855 candidatos AJAJ e TJAA, como fez o MPU;
  • 1127 candidatos AJAJ, AJAA e TJAA, como fez o TRT-RJ; e
  • 1360 candidatos AJAJ, AJAA e TJAA, como fez o TRT-SP.

Obs.: Os números acima foram extraídos de relatórios de controle de convocações disponíveis nos sites dos respectivos tribunais, conforme os seus penúltimos concursos, já que os concursos atuais ainda estão na validade e, portanto, não convocaram todos os candidatos.

O importante aqui é mostrar que almejar – e alcançar – um percentual de acertos de 85% é entender o motivo principal pelo qual estudamos: errar o mínimo possível na prova.

Só isso? kkkkk

Claro que o problema é como chegar lá, correto?

Muitos alunos notam que até conseguem sair da faixa dos 50% de acertos e chegar aos 75%-80%. Mas, a partir daí, começa a complicar!

Aumentar 5% de acertos quando já se está nos 80% é muito mais difícil.

A meta de 85% é algo mais real, mais próximo do percentual que vários alunos que ainda não foram aprovados conseguiram chegar (geralmente 75%, 80%).

Um empurrãozinho de leve ajudará a chegar aos 85%, que já é um percentual que entrega a aprovação na maioria dos concursos.

Por esse motivo, decidimos fazer uma Semana Especial de Dicas de Estudos focada na solução desse problema!

As 2 dicas mais importantes!

Ontem, gravamos o primeiro vídeo da nossa Semana Especial.

Nele, falamos sobre a importância dos 85%, comentamos as peculiaridades de concursos de diferentes áreas e falamos 2 coisas muito, mas muuuuito importantes:

#1 – Erros

Sobre essa 1ª dica, confira este trecho do vídeo aqui.

Estude procurando os seus erros! Fique feliz ao errar uma questão hoje! Identifique uma vulnerabilidade no seu conhecimento e trabalhe para consertá-la. Agora, vá em busca da próxima! Registre as vulnerabilidades no seu material de revisão. Assim, vai garantir que sempre estará “de olho” no problema até que ele se torne um ponto forte!

#2 – Análise Minuciosa

Sobre essa 2ª dica, confira este trecho do vídeo aqui.

Faça muitas questões comentadas! Encontre a sua “média” de acertos na disciplina. Se for inferior a 85%, então procure agora o percentual de acertos em cada assunto. Intensifique os estudos no assunto em que estiver com menor percentual de acertos. Após a melhoria, calcule novamente o percentual de acertos na disciplina. Se não passou de 85% ainda, procure agora o novo assunto com menor percentual de acertos. E assim vá em frente… até atingir os 85%! Essa é a forma mais rápida!

Como ser aprovado entre os 10 primeiros!

Desejo a você todo o sucesso nos seus estudos! E que possa também obter a aprovação entre os 10 primeiros um dia.

MPU 2010

De qualquer forma, mesmo se não conseguir, a probabilidade de estar entre os aprovados já aumenta consideravelmente quando focamos em um objetivo mais alto.

Continue acompanhando a nossa Semana Especial! Faça a inscrição clicando no link abaixo:

Aprovado entre os 10!

Nos vemos lá, ao vivo!

Abraço!

Posts Relacionados

Compartilhe:

Luis Eduardo

Luis Eduardo

Auditor Fiscal do Estado de São Paulo (ICMS-SP), aprovado no concurso de 2013.   Aprovado também nos seguintes concursos: - Auditor Fiscal da Receita Municipal de Porto Alegre (ISS-Porto Alegre, em 2012, aos 22 anos)  - Técnico do Banco Central do Brasil (BACEN, em 2010) - Técnico do Ministério Público da União (MPU, em 2010)   Para ser aprovado em concursos, acho que a motivação é o aspecto mais importante que precisa ser desenvolvido! Quando estamos motivados, não ligamos para as dificuldades!   Gostaria de compartilhar o que vivenciei e o que aprendi durante os meus anos de estudo a fim de ajudar os concurseiros, principalmente aqueles que se encontram desmotivados e inseguros sobre o seu futuro no mundo dos concursos.

Veja os comentários:
Deixe seu comentário:

Deixe seu comentário:

Vídeos Relacionados

Cadastre-se para receber novidades e ofertas especiais sobre cursos.