Artigo

Polícia Federal (Farmácia e Química) | Prova discursiva (DICA 08-extra)

Olá pessoal, tudo joia? Vamos à oitava e última dica rápida (dica extra) para a prova discursiva de Perito Criminal Federal da PF com enfoque nas áreas de Química e Farmácia. Resolvi escrever essa dica extra para responder, de forma adequada, à dúvida pertinente da Tainá, que segue:

Em algumas provas discursivas a banca faz uma pergunta que precisa de desenvolvimento de cálculo, como no caso da última prova para perito da PF em 2013. Como deve-se colocar a resposta? É necessário mostrar o desenvolvimento do cálculo ou só colocar a resposta, descrevendo o que foi feito?

 

DICA 08: como se deve apresentar cálculos em um texto dissertativo?

Nós professores nos baseamos nas experiências passadas para aprender e repassar as informações que julgamos pertinentes e corretas aos alunos. Infelizmente nesse caso, é difícil responder a Tainá de forma precisa, pois a banca não divulgou o PADRÃO DE RESPOSTA no concurso da PF em 2013 e não encontrei outras provas discursivas do CESPE, na área de química ou farmácia, que cobrassem cálculos. Por outro lado, encontrei um PADRÃO DE RESPOSTA da banca FGV, no qual foram apresentadas fórmulas e respectivos resultados na estrutura do texto dissertativo expositivo.

Portanto, as informações aqui repassadas são baseadas no padrão de resposta analisado da FGV e no que julgo adequado e necessário para seguir (“obedecer”) o comando da banca CESPE ao pedir que seja abordado, necessariamente, um determinado cálculo. Tainá, de forma objetiva, respondo que você deve:

  1. apresentar a fórmula utilizada;
  2. inserir nela os valores fornecidos; e
  3. apresentar o resultado final.

Eu, enquanto aluno, fico meio perdido quando o professor informa os princípios gerais de resolução de um problema e segue para o próximo conteúdo sem exemplificar o anterior. Pensando nisso, elaborei uma proposta de questão discursiva, na qual é exigido o cálculo do pH de um tampão, para ilustrar a minha resposta à Tainá. Os dados utilizados foram retirados de uma questão objetiva do CESPE no concurso da SDS/PE para o cargo de Perito Criminal/Química, realizado em 2016. Na sequência, elaborei uma possível resposta à questão discursiva.

 

 

QUESTÃO DISCURSIVA

Nesta prova, faça o que se pede. (Lembre-se das dicas sobre abordar apenas os aspectos cobrados, apresentando-os na mesma ordem da proposta)

Ao domínio do conteúdo serão atribuídos até 13,00 pontos, dos quais 1,00 ponto será atribuído ao quesito apresentação e estrutura textual (legibilidade, respeito à margens e indicação de parágrafos).

Dados para resolução da questão:

O ácido acético é um ácido fraco cuja constante de ionização ácida (Ka), a temperatura T0, é igual a 1,6 × 105.

Com base no fragmento de texto acima e as soluções envolvidas apresentem comportamento ideal, redija um texto dissertativo, abordando, necessariamente, os seguintes aspectos:

  • Solução tampão e quais substâncias são necessárias para seu prepado; [valor: 3,00]
  • Capacidade de tamponamento; [valor: 2,00]
  • Especifique em que circunstância a capacidade de tamponamento será máxima e por qual motivo ela será máxima nessa situação; [valor: 3,00]
  • Qual o sal adequado para a preparação de uma solução tampão com o ácido acético? Apresente o cálculo do pH em que se encontrará a referida solução tampão, na temperatura T0, se ela for preparada empregando-se as mesmas concentrações, em quantidade de matéria, do sal e do ácido? [valor: 4,00]

  

Uma possível resposta:

            Soluções tampão ou simplesmente tampões são soluções aquosas que resistem a mudanças de pH quando são adicionadas bases ou ácidos ou quando se realiza uma diluição. Essa resistência apresenta um limite que deve ser observado. Os tampões são preparados pela mistura das seguintes substâncias: ácidos fracos e suas bases conjugadas ou sais do ácido fraco. De forma alternativa, um tampão também pode ser preparado utilizando-se uma base fraca e seu ácido conjugado.

           Um importante parâmetro de um tampão é a sua capacidade de tamponamento, a qual corresponde à resistência da solução tampão a mudanças de pH durante a adição de ácido ou base fortes. Desta forma, quanto menor for a variação do pH para uma dada adição de ácido ou base ao tampão, maior será a sua capacidade de tamponamento.

           A capacidade de tamponamento será máxima em pH=pKa, em que o termo da direita corresponde ao negativo do logaritmo da constante ácida Ka (pKa=-logKa). O motivo dessa capacidade ser máxima, nessa condição analítica, é que a concentração do ácido fraco HA é igual à concentração da base conjugada A-, [HA]=[A]. Desta forma, haverá base A e ácido HA suficientes para neutralizar uma considerável adição de ácido ou base fortes.

          O acetato de sódio (NaAc) é um sal adequado para a preparação de uma solução tampão de ácido acético (HAc). Utilizando as mesmas concentrações molares de NaAc e HAc, será obtido um tampão com capacidade máxima de tamponamento, cujo pH pode ser calculado a partir da equação de Henderson-Hasselbalch, pH=pKa+log([Ac]/[HAc]). Uma vez que [Ac]=[HAc], então ([Ac]/[HAc])=1. Aplicando os valores de Ka do ácido acético e da relação [Ac]/[HAc] na equação Henderson-Hasselbalch, tem-se que pH=-log(1,6.10-5)+log(1)=4,79. Portanto, a referida solução tampão do ácido acético apresentará pH 4,79.

 

Alguns comentários rápidos:

Comentário 01: Lembre-se que, em cada parágrafo do seu texto, é altamente recomendável que você deixe claro qual aspecto ou quais aspectos você abordará. Tomemos como exemplos o primeiro e o terceiro parágrafo, respectivamente:

Soluções tampão ou simplesmente tampões são soluções aquosas que […]. Os tampões são preparados pela mistura das seguintes substâncias: ácidos fracos e suas bases conjugadas ou sais do ácido fraco […].

A capacidade de tamponamento será máxima em pH=pKa, em que […]. O motivo dessa capacidade ser máxima […].

 

Comentário 02: seu texto deverá estar bem estruturado e de fácil entendimento. Aconselho que use cada parágrafo para desenvolver cada comando (aspecto). Como já discutido em dica anterior, em alguns casos específicos, você poderá (não sendo obrigatório) subdividir um aspecto em dois parágrafos, a exemplo de quando é cobrado vantagens e desvantagens de um determinado método ou equipamento.

 

Comentário 03: Fórmulas químicas podem ser entendidas como siglas, pois, uma vez definida, você poderá reutilizá-las em qualquer parte do seu texto sem prejuízo à sua avaliação. Por exemplo, se no primeiro parágrafo você definiu ácido acetilsalicílico como sendo C9H8O4, então você poderá utilizar essa fórmula molecular no restante do texto sem a necessidade de mencionar o nome por extenso.

 

Comentário 04: Por fim, note que as fórmulas matemáticas podem ser introduzidas no texto. Você deverá adequá-las para que não causem prejuízo à estrutura do texto corrido (linha a linha).

 

Como lição de casa para vocês, correlacionem o texto dissertativo acima com as outras 7 dicas repassadas nos últimos dias. Acredito que, reunindo todas as dicas, você terá um material auxiliar interessante para a prova discursiva de Perito da PF.

 

Se ainda não leu as DICAS anteriores, seguem os respectivos links:

DICA 01: PRATIQUE

DICA 02: o que é o texto dissertativo expositivo e quais suas principais características?

DICA 03: estratégias de estruturação de texto dissertativo expositivo sobre assuntos de química e farmácia

DICA 04: estruturação de cada parágrafo em um texto dissertativo expositivo sobre assuntos de Química e de Farmácia

DICA 05: o que o corretor irá procurar em seu texto?

DICA 06: vale a pena interpor recurso à nota da prova discursiva?

DICA 07: alguns assuntos da área de química que podem ser cobrados na prova discursiva

 

Aos que ainda não conhecem meu curso de Química, baixem gratuitamente a apostila demonstrativa sobre espectroscopia UV-VIS por meio do link abaixo:

CURSO REGULAR PARA PERITO CRIMINAL – QUÍMICA

 

Vou ficando por aqui. Espero ter ajudado com as postagens das 8 dicas. Desejo a todos uma ótima prova.

 

Prof. Diego Souza

Facebook: Prof Diego Souza

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja os comentários
  • Olá Vitor. Muitas pessoas me perguntaram sobre curso específico para discursiva em Química. Ainda não estruturei esse curso, mas, a médio prazo, não descarto a possibilidade caso haja demanda. Abç!
    Diego Souza em 11/08/18 às 12:30
  • Olá Tainá. Que bom! Fico feliz. Espero que eu tenha ajudado de alguma forma e desejo que vc faça uma excelente prova. Abç
    Diego Souza em 11/08/18 às 12:26
  • Oi Diego, fiquei muito feliz com a resposta ao meu questionamento. Obrigada! Adorei sua série de dicas!!
    Tainá em 10/08/18 às 19:54
  • Olá Vitor. Para resolver problemas sobre cursos ou perguntar qualquer coisa sobre, entre em contato com [email protected] e em breve nossa equipe entrará em contato. Att. Equipe Estratégia Concursos
    Camila Leite em 08/08/18 às 18:15
  • Boa noite professor Diego! Tenho o curso de vocês para perito da PF, porém ele não trabalha nada relativo à prova discursiva. Gostaria de saber se você tem algum curso focado nessa área. Obrigado! Vitor
    Vitor Monjardim em 08/08/18 às 18:06