Artigo

PASSOS DE GIGANTE 36/365

Falaaaaaaa Águiaaaaaaaaaaa… :) Bom dia das galáxias!

TEMA DE HOJE: SORTE

Nos passos de gigante de ontem, falamos sobre escolhas. Hoje, o meu objetivo é compartilhar com vocês o que deve ser feito para ter cada vez mais sorte nos concursos e na vida.

PAUSA: Quer uma experiência diferente hoje? Então pega um fone de ouvido e se não tiver, não tem problema… vai sem fone mesmo…


A minha sugestão é que ao longo do Passo de Gigante de hoje você leia e ao fundo, você escute bem baixinho esta música, conhecida como “Pequena Serenata Noturna”: Eine kleine Nachtmusik

Fez isso? Show! Você é uma águia que age! Bora voltar!

Tenho que confessar um segredo… quase ninguém sabe disso… prometo te contar ao final, pois irá fazer mais sentido, tudo bem? Foi esse segredo que fez a diferença na minha aprovação para Auditor Fiscal. Pelo menos é o que algumas pessoas falam… Estamos juntos? Então Bora Boraaaaaaaaaaaaaa…

“Frequentemente, quando vemos a grandeza nos outros, presumimos que eles têm mais sorte, que foram abençoados com dons especiais. Na verdade, utilizaram mais os seus recursos humanos simplesmente porque deixar de ser eles mesmos, de se doar, de compartilhar seria para eles a dor mais intensa. A vida altruísta de Madre Teresa de Calcutá, por exemplo, foi impulsionada pela relação clara que ela estabeleceu entre a sua dor e a dor dos outros. Isso a levou a ajudar qualquer pessoa que sofresse em qualquer parte do mundo. Seu maior prazer era aliviar essa dor. (Porém, como examinaremos depois, isso nem sempre foi verdadeiro).

O que lhe causa maior dor e maior prazer, e como isso determina sua vida hoje? (ROBBINS, Anthony, pag. 49. Passos de Gigante: Pequenas mudanças que fazem grande diferença. 2ª ed. Rio de Janeiro: Viva Livros, 2016)

NOTA: O Tony Robbins, autor do livro “Passos de Gigante”, costuma deixa algumas perguntas ao final do seu texto. Escrever as respostas para essas perguntas é um passo importante para identificação do que está acontecendo e do que pode ser melhorado. Lembre-se disso! ;)

Vamos falar da sorte de Mozart, mas antes disso, vamos para definição de sorte!

Destino, fado, fatalidade: queixar-se da sorte.

Fortuna, dita, ventura, felicidade: teve a sorte de sair ileso.

Acaso: não morreu por sorte.

[Figurado] Desgraça, infelicidade persistente, azar.

Wolfang Amadeus Mozart… que cara de sorte!

A maioria dos grandes compositores de música erudita escreveram 5 a 6 sinfonias, mas o nosso amigo escreveu nada mais, nada menos que 41!!! E o que falar dos concertos? A maioria escreveu até 5 concertos para piano e mais uma vez o Mozart aprontando, esse menininho danadinho escreveu 27!!! E sabe em quanto tempo ele fez isso tudo? É… em apenas 35 anos de sua curtíssima vida. Foram mais de 600 obras!!!

Nascido na cidade de Salzburgo, na Áustria, em 1756. Informação importante: o pai dele era violinista e músico experiente. Guardem essa informação! ;)

Seu pai, percebendo o “talento”, a “sorte” do menino, o levava para diversas cidades visitando as cortes e encantando as pessoas com sua música, ora no piano, ora no violino.

Em algumas ocasiões, ele era forçado por seu pai a tocar de olhos vendados…

Na França, foram impressas as primeiras composições de Mozart e ele tinha apenas 7 anos.

Em um determinado momento da vida dele, chegou a ser trancado em uma sala para que provasse para todos que era realmente ele a compor as obras…

Galera… agora é hora de colocar amorzinho nas minhas palavras hein! S2

É CLARO que tendo Leopold como pai, um compositor experiente, alguns caminhos seriam encurtados. Não estou falando de atalhos, hein! Eles não existem!

A história conta que o jovem menino era submetido a maratonas musicais diariamente. Estudava horas e mais horas e mais horas… além de ser submetido a exaustivas turnês.

Beleza Raphael, já entendi que você está querendo desconstruir a “GENIALIDADE”, a “SORTE”, o “TALENTO” do nosso amigo. Tudo bem…, mas o que você me diz das obras que ele compunha aos 4, 5, 6 anos de idade. Como isso seria possível se ele não fosse um gênio?

Uau! Vocês querem mesmo acreditar na sorte… então tá… vamos desconstruir esse mito…

A maioria dos trabalhos precoces de Mozart eram revisados por seu pai, lembra que ele era músico também. E daí Raphael?

Simples… a galera daquela época acreditava que muitas das sinfonias, dos concertos e até a primeira ópera de Mozart foram praticamente compostas por Leopold – Papito do Moza.

O fato é que não existe nenhuma prova contundente de que Leopold ajudava seu filho a compor, mas existem algumas evidências que nos levam a crer que havia alguma pessoa por trás daquelas primeiras peças.

ATENÇÃO! ATENÇÃO! É claro que WOLFANG AMADEUS MOZART é um dos nomes mais brilhantes da história e eu amo MOZART! É um dos meus favoritos, junto com o Beethoven… (amo moonlight sonata) …

Agora, cá entre nós… o fato dele ter tido uma mãozonaaaaaaaaaaa do pai no início da carreira, isso não altera em nada a grandiosidade da obra dele.

“Não podemos desprezar a espécie humana, sabendo que Mozart era um homem”. (Albert Einstein)

Outro que todo mundo insiste em chamar de gênio… Einstein…

Todos os inputs que nós recebemos na vida influenciam diretamente em quem somos e em quem seremos.

Tudo o que você vê, ouve, sente, lê, prova, pesquisa, estuda, experimenta, conhece, tudo isso irá determinar a sua genialidade ou a sua mediocridade (qualidade de ser médio)… irá determinar quem é você. Até certo ponto da vida, somos conduzidos por nossos pais/tutores/professores… depois de algum tempo… o voo é livre. Você tem mais liberdade para decidir o que irá escolher…

Artistas, Gênios, Dons… rsrsrsrsrsrsrs… GALERA ACORDA!!! É preciso pelo menos 1000 horas de HARDWORK para você despertar a sua “genialidade”, o seu “dom”… Outro exemplo brasileiro de “gênio”: Oscar Schmidt.

Ele ficava depois do treino fazendo 1.000 arremessos de três pontos, MIL!!! Durante quanto tempo Raphael?

DEZ ANOS! E a sociedade o rotula de mão santa! (rsrsrsrs) Que piada!

Olha aqui o tamanho da minha sorte!

Sabe qual foi o meu milagre? Eu sentei a bunda e estudei aproximadamente 5.000 horas! Quem assistiu “Como eliminar a procrastinação e ter motivação nos estudos” viu ao vivo a prova sendo exibida no tempo 2 horas 28 minutos e 22 segundos.

Os competentes e trabalhadores são SEMPRE abençoados com muita sorte. E lembra do meu segredinho? É… eu investi na fé… investi pesado… e acredito que não precisei contar com a sorte por causa disso.

No dia da primeira prova para Auditor Fiscal, dia 17 de abril de 2011, lembro-me como se fosse hoje… Foi PUNK! A FÉ (principalmente) e a frieza me salvaram…

A prova começou com um atraso de 15 minutos (13:15) e a fiscal de sala informou que a nossa prova (daquela sala) iria até 18:15. Todos ficaram “tranquilos” e começaram os trabalhos.

Eu aproveitei os 15 minutos de atraso, mais os 30 minutos que cheguei com antecedência na sala para orar/rezar e dormir. Eu estava focado, estava com sangue nos olhos e determinado a ser aprovado nesse concurso.

De repente, não mais que de repente… às 18h entra a fiscal de prova do andar e diz: ” – Recolhe a prova de todo mundo AGORAAAAAAAAAA, pois já são 18h!!!”

Reação da sala: desespero, agonia, angústia… medo… pavor… reclamações… e enquanto isso as provas eram recolhidas… em outros casos… arrancadas…

Aquela situação bem diante dos meus olhos e eu ainda tinha que preencher 14 questões no cartão-resposta…quatorze em que eu estava com dúvida. Duas delas eram de Português, oito de Economia/Finanças Públicas e quatro de Administração/Informática.

Minha reação: enquanto todos reclamavam, eu rapidamente escolhia uma entre duas opções e eu tive que fazer isso 14 vezes. Na décima segunda o fiscal chegou na minha mesa e disse ACABOU!

Eu disse pelo AMOR DE DEUS, só mais uma… na verdade eram duas e na segunda marcação ele puxou o cartão-resposta das minhas mãos…

E o medo de eu ter rasurado… e o medo de ter errado as 14… Vou te dizer que naquela fatídica hora, eu tive a certeza de estar de mãos dadas com DEUS, pelo menos eu acredito nisso.

Depois de todo esse impacto emocional, ainda tinha a segunda prova no dia 21 de abril. Decidi esquecer tudo o que aconteceu. Se eu deixasse a dúvida me contaminar, isso poderia influenciar o resultado da P2.

Talvez você pense que eu não acredite na sorte, mas assim como Louis Pasteur disse… eu acredito que:

“A sorte favorece as mentes bem preparadas”. (L. PASTEUR).

Eu treinei mentalmente tudo o que poderia acontecer nessa prova, tudo… até mesmo para o pior, mentalmente eu havia treinado.

Foram 6 meses mentalizando a prova perfeita e os desafios que poderiam surgir no caminho. Mentalizei sala sem ar condicionado, escola de samba fazendo barulho, baile funk ao lado do local de prova… tudo que vocês possam imaginar de louco. Nas minhas mentalizações… eu sempre saía triunfante ao final. Glória a DEUS!

Resultado das marcações, estava com nove pontos em Português e acertei mais duas no chute estratégico. Ou seja, quase fui reprovado em Português, fiquei com 11 de 20. Em Economia/Finanças Públicas, acertei 6 em 8 e para vocês não falarem que eu sou um cagão (sortudo); em Administração/Informática, acertei 1 de 4, tudo isso em marcações realizadas nos últimos segundos de prova. Não corram esse risco pelo amor de DEUS.

O único gênio que eu conheço é este aqui:

Gênio – franquia Disney

Se você DISCORDOU de TUDO o que eu escrevi hoje, parabéns, essa frase é para você:

“Se você não nasceu sendo gênio, estudando muito pode se tornar”. (Raphael Lacerda).

É claro que a pré-disposição influencia nas suas características. O que dizer dos negros que DEVORAM todos os prêmios nas corridas? Parece que está no sangue deles… é incrível… e daí você pensa… não sou negro… não tenho pernas, como eu poderia ser um dos melhores corredores das GALÁXIAS?

Como?

Como?

JAMAIS!!!

É aê que NÓS somos enganados… outra vez… ah… as famigeradas crenças limitantes… (rsrsrsrsrs)

Como um atleta sem pernas pode correr mais rápido do que outro com pernas?

Não estou falando de Usain Bolt, mas de Alan Fonteles, um brasileiro excepcional que quebrou o record do africano Oscar Pistorius.

Como eu já havia falado sobre esse aspecto da genialidade nos esportes, no Passo de Gigante 7, decidi não me estender, pois acredito que o objetivo foi cumprido.

Agora me digam, melhor… escrevam:

Que fichas caem?

Que decisão você toma?

O que falta para você criar a sua genialidade?

AÇÃO ÁGUIA! Lute! Dê o seu melhor! O lápis e o papel estão contigo neste momento PRESENTE para você crescer e contribuir. O nosso Brasil precisa de você, de mim, de NÓS!

Fez isso? Parabéns… estamos juntos na jornada rumo à realização dos seus sonhos. Abraço de Giganteeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee…!

NOTAS: As informações sobre Mozart foram extraídas do Wikipédia e dos canais: Ilustrando História, Lord Music Academy, Franz Ventura e Tiago Diniz.

E se você gostou de Mozart e quer experimentar estudar ouvindo-o, eis aqui um set list bem bacana.

OBS: Eu ouvia música apenas quando estudava exatas (Matemática, Raciocínio Lógico, Estatística, Cálculo… )

QUER CONHECER MINHA HISTÓRIA? CLICA AQUI :)

NÃO GOSTA DE ESTUDAR E QUER SER ALGUÉM NA VIDA? CLICA AQUI :)

QUER VOAR RUMO AOS SEUS SONHOS, ENTÃO SIGA MEU CONTEÚDO NAS REDES SOCIAIS EM… 

Youtube: RAPHAEL LACERDA – EDUCAÇÃO TOP

Facebook: LACERDAF3

Instagram: LACERDAF3

Twitter: @Lacerda300

Um sábado forjando o gênio que existe dentro de cada um de vocês! Que seus sonhos se tornem realidade… acreditem… é possível… Aos astros e além!

Raphael Lacerda – Master Coach FEBRACIS (Federação Brasileira de Coaching Integral Sistêmico)

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja os comentários
  • Uau Priscila! Que legal ler isso! Que essa transformação seja melhor a cada dia… O projeto está apenas em 10%… ainda faltam 90%! Eu também estou amando essa oportunidade! :)
    Raphael Lacerda (BALBOA) em 24/02/19 às 07:20
  • Verdade Amadeu! Essa frase (treino) é de Arnold Palmer. Ele foi um jogador de golfe norte-americano. É considerado como um dos maiores jogadores da história do golfe profissional masculino. Palmer ganhou inúmeros títulos, tanto no PGA Tour como no Champions Tour. Apelidado de “The King”, ele é uma das estrelas mais populares do golfe. Águia Amadeu, os esportes têm exemplos incríveis de superação para nos inspirarmos não apenas nos estudos, mas também em tudo que fazemos em nossas vidas. Abraço de Giganteeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee…
    Raphael Lacerda (BALBOA) em 24/02/19 às 07:20
  • Verdade Amadeu! Essa frase (treino) é de Arnold Palmer. Ele foi um jogador de golfe norte-americano. É considerado como um dos maiores jogadores da história do golfe profissional masculino. Palmer ganhou inúmeros títulos, tanto no PGA Tour como no Champions Tour. Apelidado de “The King”, ele é uma das estrelas mais populares do golfe. Águia Amadeu, os esportes têm exemplos incríveis de superação para nos inspirarmos não apenas nos estudos, mas também em tudo que fazemos em nossas vidas. Abraço de Giganteeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee…
    Raphael Lacerda (BALBOA) em 24/02/19 às 07:10
  • Verdade Amadeu! Essa frase (treino) é de Arnold Palmer. Ele foi um jogador de golfe norte-americano. É considerado como um dos maiores jogadores da história do golfe profissional masculino. Palmer ganhou inúmeros títulos, tanto no PGA Tour como no Champions Tour. Apelidado de "The King", ele é uma das estrelas mais populares do golfe. Águia Amadeu, os esportes têm exemplos incríveis de superação para nos inspirarmos não apenas nos estudos, mas também em tudo que fazemos em nossas vidas. Abraço de Giganteeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee...
    Raphael Lacerda (BALBOA) em 24/02/19 às 07:09
  • Uau Priscila! Que legal ler isso! Que essa transformação seja melhor a cada dia... O projeto está apenas em 10%... ainda faltam 90%! Eu também estou amando essa oportunidade! :)
    Raphael Lacerda (BALBOA) em 24/02/19 às 07:06
  • Sou grato pelo seu comentário Fábio! Estamos JUNTOS, misturados e DEUS grudado para revolucionar... os estudos e a aprovação no concurso é apenas o começo de uma vida extraordinária... Vou continuar me dedicando a ser usado por ELE para entregar o melhor para vocês.
    Raphael Lacerda (BALBOA) em 24/02/19 às 07:05
  • Balboa, obrigado por nos disponibilizar material de tamanha qualidade, seu trabalho é excelente.
    Fábio Arruda da Rosa em 23/02/19 às 23:16
  • Venho aqui sempre pra transformar minha mente. Gosto d+ desse projeto.
    Priscila Alves Siqueira Felix em 23/02/19 às 17:36
  • Há uma frase que diz "quanto mais eu treino/estudo, mais sorte eu tenho".
    amadeu leite de araujo junior em 23/02/19 às 12:00