Os concursos irão acabar? Analise o panorama dos concursos no país.
Concursos Públicos

Os concursos irão acabar?

Neste webinário, os Professores Laura Amorim e Victor Tanaka trouxeram um panorama de alguns cenários que já “afetaram” os concursos em nosso país e que também deram margem a comentários do tipo “os concursos irão acabar”. Porém, a realidade mostrou-se diferente! Confira!

Webinário: O Apocalipse! Os concursos irão acabar?

Olá, Estrategista. Tudo bem?

É verdade que essa geração nunca passou por uma pandemia. Entretanto, em épocas passadas, já ocorreram diversas situações que deram origem a boatos do tipo “os concursos irão acabar”.

Em decorrência disso, muitos desistiram de estudar e acabaram se arrependendo depois, pois os concursos saíram e essas pessoas perderam boas oportunidades.

Percebendo essa tendência, o Estratégia resolveu apresentar, nesse webinário, situações passadas semelhantes à atual. Justamente para demonstrar como os concurseiros agiram e o que pode ser tirado de aprendizado desse tipo de cenário.

Ainda, nesse webinário, foi mostrada a situação real dos concursos durante a pandemia: editais publicados, concursos suspensos etc. Tudo isso aliado à experiência dos professores Laura Amorim e Victor Tanaka durante a sua preparação para concursos públicos.

E, então, será que os concursos irão acabar? Leia a reflexão inicial feita pelo Professor Victor Tanaka:

“No fim das contas, o setor público como um todo necessita de pessoas que realizem aquele serviço. Se não tiver concurso, quem vai realizar os trabalhos que aumentam a cada dia?”

É claro que o cenário de concursos no país reduziu um pouco. Mas basta analisar algumas situações para instantaneamente perceber que os concursos continuam: PCDF – 1800 vagas – com edital aberto, DEPEN – 309 vagas – também em andamento, perspectiva de lançamento de edital para concurso da PF em breve, além dos diversos concursos estaduais / municipais.

“Inclusive, para quem está começando a estudar, este é o cenário ideal. Isso porque, se o concurso sai logo que o aluno começa a estudar, as chances de ele ser aprovado são mínimas.” (Profª Laura Amorim)

Assim, se o projeto for de longo prazo, se for tratado como um verdadeiro investimento, o aluno vai tomar a decisão com base em fatos concretos.

O Profº Tanaka passou um dos ensinamentos do livro O Investidor Inteligente, do autor Benjamin Graham, que pode ser aplicado aos concursos públicos:

“Pense no investimento – leia-se ‘concurso’ – como em algo de longo prazo; tudo o que for diferente disso, é mera especulação.”

Quem está começando a estudar, precisa pensar a longo prazo. Não adianta pensar em se dedicar para concursos que estão saindo agora, pois, dificilmente, o aluno iniciante chegará competitivo. Tem que ter planejamento.

Embora o Ministro da Economia não queira concursos, há inúmeras oportunidades além do Executivo federal. Ademais, mesmo no Executivo federal, existirão muitas oportunidades na área policial, pois é uma das prioridades nesse governo.

Então, é necessário abrir os horizontes, pensar em todas as demais oportunidades de concursos existentes nos demais poderes e nos estados e municípios.

“A necessidade de pessoal é constante!” (Profª Laura Amorim)

Feita essa breve introdução, passaremos à análise fática das demais crises as quais o país enfrentou e que eram ensejo a questionamentos do tipo “os concursos irão acabar?”.

Crise de 2007/2008: “Os concursos irão acabar”

Nos anos de 2007/2008, o mundo passou por uma grande crise, que se instalou com a quebra do Lehman Brothers, o que acabou afetando o nosso país.

Na época, houve muita especulação acerca do fim dos concursos.

Entretanto, o que ocorreu na realidade foi completamente diferente do que estava sendo comentado.

Foram realizados mais de 130 concursos federais, dentre os quais se destacam: TCU, DPU, BNDES, DEPEN, AGU, ABIN, Senado etc. Isso, sem contar os concursos estaduais e municipais.

Ademais, o até então Ministério do Planejamento Orçamento e Gestão divulgou o dado de que foram abertas 42.343 vagas, distribuídas em 15.250 concursos no país todo.

Conclusão: quem acreditou nas notícias que estavam sendo veiculadas nos mais diversos meios de imprensa acabou desistindo de estudar para concursos públicos e perdeu grandes oportunidades.

Crise de 2011: “Os concursos irão acabar”

Novamente, o mundo estava passando por momentos difíceis, com diversos países europeus extremamente endividados e os EUA sem conseguir se recuperar apropriadamente. Resultado: Brasil acabou sendo afetado novamente.

Na época, foram feitas declarações oficiais em que se afirmava com veemência a suspensão dos concursos públicos.

A Secretária  de Orçamento Federal do então Ministério do Planejamento afirmou: “Não vai ter concurso público nenhum neste ano” (Fonte: G1 – 28/2/2011).

Porém, o que ocorreu de fato foi a abertura de mais de 40 mil vagas. Concursos de grande porte como INSS, PETROBRÁS, FINEP, PGR, BNDES, além de todos os estaduais e municipais os quais não estão contabilizados nesse número.

Novamente, quem desistiu do seu sonho de se tornar servidor público pode ter agido precipitadamente e deixado passar a chance de ingressar em grandes órgãos.

Crise de 2015: “Os concursos irão acabar”

Foi um ano bem difícil para o país, em que o desemprego atingiu números altíssimos e o governo precisava dar uma resposta à sociedade.

Assim, naquele ano, ocorreu diversas manifestações, por parte do setor público, no sentido de que os concursos seriam suspensos. Além disso, foi noticiado o congelamento do reajuste dos servidores.

Na época, foi noticiado que a suspensão dos concursos públicos abrangeria até 40.389 cargos reservados para provimento, admissão ou contratação para o ano seguinte (2016).

Contudo, somente na esfera federal, foram disponibilizadas mais de 30 mil vagas em diversos concursos: TCU, MPU, INSS, DEPEN etc. Novamente, isso tudo sem levantar a quantidade de vagas abertas em concursos de nível estadual e municipal.

Enfim, perceba como existiram inúmeras possibilidades mesmo em épocas consideradas ruins para os concursos públicos. E, nessas épocas, também foi afirmado que os concursos iriam acabar…

A Profª Laura Amorim, inclusive, contou um caso que ocorreu na época que ela estudava para o concurso da Receita Federal. Havia uma ideia de modificar o salário inicial dos Auditores Fiscais da RFB, de modo que a remuneração cairia da faixa de 19 mil para 5 mil mensais.

Em razão disso, muitos dos seus seguidores anunciaram que estavam desistindo de estudar, pois o salário ficaria muito aquém do esperado. Ela continuou firme, foi aprovada e nenhuma redução ocorreu até hoje. Ou seja, quem desistiu de prestar concursos por causa de uma suposição acabou perdendo a chance de ser aprovado.

Semelhante situação ocorreu com a questão da Reforma Administrativa. Muitos divulgaram o boato de que seria o fim da estabilidade do servidor público, o que causou desespero de vários alunos. Mas, até o momento, isso não passou de um boato.

Pandemia de 2020: “Os concursos irão acabar”

Agora, estamos em meio à pandemia. Aqueles alunos que pensaram que os concursos iriam acabar ou ficariam estagnados por um bom tempo, perderam PCDF e DEPEN, por exemplo, que vieram com muitas vagas!

Várias comissões organizadoras já afirmaram que estão apenas aguardando passar a pandemia, mas os trâmites internos continuam de modo que os editais serão publicados tão logo se mostre apropriado.

“O aluno precisa se isolar com relação a essas notícias negativas. Controle o que você tem controle. Você tem controle se o governo vai suspender o concurso? Você tem controle se o edital será divulgado? Não! Agora, você tem controle dos seus estudos, do monitoramento do seu desempenho? Então, utilize isso a seu favor.” (Profº Victor Tanaka)

Concursos vão sair. O concurso da Receita Federal, por exemplo, não ocorre desde o ano de 2014. Nunca houve um intervalo de tempo tão grande. E esse é apenas um dos exemplos que é possível citar.

Somente no ano de 2020, 309 editais de concursos públicos foram suspensos, estando todas as informações mais importantes contidas nesse artigo publicado no blog do Estratégia, que é atualizado periodicamente. A questão é que esses concursos estão apenas suspensos, não cancelados.

Observe este quadro, onde foram agrupados os principais concursos suspensos neste ano:

Os concursos irão acabar?
Principais concursos suspensos em 2020

Ou seja, esses são concursos cujos editais foram publicados, mas suas provas foram suspensas. Podemos até afirmar que, quando essas provas forem remarcadas, faltará dia para aplicar prova de tanto concurso represado.

Entretanto, tão logo ocorra a normalização dessa questão de saúde pública, esses concursos estarão na praça. Um exemplo é o concurso do Senado, o qual, sem dúvidas, já teria sido publicado caso o país estivesse em situação rotineira.

Concursos previstos para os próximos meses

Apenas para que seja possível visualizar com mais clareza a dimensão dos concursos públicos no país, seguem algumas informações acerca dos principais concursos previstos para um futuro bem próximo.

Polícia Civil de São Paulo (PC-SP)

  • Status do concurso: Comissão formada
  • Número de vagas: 2.939 vagas
  • Cargos previstos: Delegado, Investigador, Escrivão e Médico Legista
  • Requisitos: Nível superior
  • Remuneração inicial:
    • Delegado: R$ 10.382,48
    • Investigador e Escrivão: R$ 3.931,18
    • Médico Legista: R$ 8.699,94

Polícia Civil do Rio de Janeiro (PCERJ)

  • Status do concurso: Banca definida
    • Delegado: Instituto Acesso
    • Demais carreiras: Instituto AOCP
  • Número de vagas: 864 vagas
  • Cargos previstos: Diversos
  • Requisitos: Nível fundamental, médio e superior
  • Remuneração inicial:
    • Nível Fundamental: R$ 4.732,23
    • Nível Médio: R$ 7.287,36
    • Nível Superior: R$ 10.311,32

Polícia Civil do Pará (PC-PA)

  • Status do concurso: Escolhendo a banca
  • Número de vagas: 1.495 vagas
  • Cargos previstos: Delegado, Investigador, Escrivão e Papiloscopista
  • Requisitos: Nível superior
  • Remuneração inicial:
    • Delegado: R$ 14.000,00
    • Investigador, Escrivão e Papiloscopista: R$ 6.300,00

Polícia Militar de São Paulo (PM-SP)

  • Status do concurso: Banca definida – VUNESP
  • Número de vagas: 5.400 vagas
  • Cargos previstos: Soldado
  • Requisitos: Nível médio
  • Remuneração inicial: R$ 3.287,18

Polícia Militar do Pará (PM-PA)

  • Status do concurso: Escolhendo a banca
  • Número de vagas: 2.405 vagas
  • Cargos previstos: Praças e Oficiais Combatentes
  • Requisitos: Nível médio e superior
  • Remuneração inicial: R$ 3.367,14

E não pense que há previsão apenas de concursos da área policial! Seguem várias outras áreas que já estão com bancas definidas ou em fase de escolha:

ISS Aracaju/SE

  • Status do concurso: Banca definida – CEBRASPE
  • Número de vagas: 20 vagas + CR
  • Cargos previstos: Auditor Fiscal de Tributos
  • Requisitos: Nível superior
  • Remuneração inicial: R$ 15.000,00

ISS Fortaleza/CE

  • Status do concurso: Banca definida – CEBRASPE
  • Número de vagas: 50 vagas
  • Cargos previstos: Analista do Tesouro Municipal
  • Requisitos: Nível superior
  • Remuneração inicial: R$ 8.986,71

ISS SEFAZ-RR

  • Status do concurso: Comissão formada
  • Número de vagas: a definir
  • Cargos previstos: Auditor Fiscal de Tributos Estaduais
  • Requisitos: Nível superior
  • Remuneração inicial: mais de R$ 20.000,00

ISS SEFAZ-CE

  • Status do concurso: Previsto para 2020
  • Número de vagas: a definir
  • Cargos previstos: Auditor Fiscal
  • Requisitos: Nível superior
  • Remuneração inicial: R$ 14.191,03 (Portal da Transparência)

Defensoria Pública do Distrito Federal (DPDF)

  • Status do concurso: Edital publicado em 21/7/2020
  • Banca: CEBRASPE
  • Número de vagas: 60 vagas
  • Cargos previstos: Analista de Apoio à Assistência Judiciária
  • Requisitos: Nível superior (12 áreas)
  • Remuneração inicial: R$ 4.641,22 + 600,00
  • Inscrições: de 15/9 a 5/10/2020
  • Data das provas: 8/11/2020

Defensoria Pública do Estado de Rondônia (DPE-RO)

  • Status do concurso: Banca definida – CEBRASPE
  • Número de vagas: a definir
  • Cargos previstos: Analista e Técnico
  • Requisitos: Nível médio e superior
  • Remuneração inicial:
    • Analista: R$ 4.260,66
    • Técnico: 2.245,48

Tribunal de Justiça de Tocantins (TJ-TO)

  • Status do concurso: Banca definida – CEBRASPE (suspenso)
  • Número de vagas: 30 vagas + CR
  • Cargos previstos: Analista, Técnico e Oficial de Justiça Avaliador
  • Requisitos: Nível médio e superior
  • Remuneração inicial:
    • Analista e Oficial: R$ 9.417,98
    • Técnico: R$ 5.625,38

Senado Federal

  • Status do concurso: em processo de escolha da banca
  • Número de vagas: 40 vagas
  • Cargos previstos: Advogado, Analista Legislativo e Técnico Legislativo (Policial)
  • Requisitos: Nível médio e superior
  • Remuneração inicial:
    • Advogado: R$ 33.461,68
    • Analista: R$ 25.897,76
    • Técnico: R$ 19.427,79

Controladoria Geral do Distrito Federal (CGDF)

  • Status do concurso: Comissão formada
  • Número de vagas: 87 vagas + 147 CR
  • Cargos previstos: Auditor de Controle Interno
  • Requisitos: Nível superior
  • Remuneração inicial: R$ 12.800,00

Tribunal de Contas da União (TCU)

  • Status do concurso: Comissão formada
  • Banca prevista: CEBRASPE
  • Número de vagas: 20 vagas + CR
  • Cargos previstos: Auditor Federal de Controle Externo
  • Requisitos: Nível superior
  • Remuneração inicial: R$ 21.947,82

Será que os concursos irão acabar de fato?

Não é o que apontam os dados analisados.

Observe que esse tipo de dúvida já apareceu em outros momentos da história do país, mas, na verdade, os concursos continuaram.

Isso porque é difícil imaginar a continuidade da prestação do serviço público de qualidade e com eficiência, como exige a Constituição Federal, sem uma quantidade mínima de servidores.

Esse é apenas um dos motivos que justifica as diversas oportunidades de concursos já em andamento e ainda tantos outros que estão por vir em breve.

Inclusive, alguns desses certames, como o do Tribunal de Contas da União, por exemplo, exigem uma preparação prévia bem intensa. Isso porque o TCU foi considerado o melhor órgão público para se trabalhar no país e a remuneração é excelente.

Contudo, o edital é bem extenso, o que demanda tempo para o estudo. Ademais, é um concurso de altíssimo nível, justamente pelas qualidades do cargo, já citadas. Então, de nada adiantaria o concurso ser lançado neste momento, pois você não estaria preparado.

Outro ponto que precisa ser lembrado é que, em alguns momentos, é preciso “olhar para o lado”. Isso quer dizer que, se o concurso dos seus sonhos não está previsto, talvez seja o momento de se atentar às demais “portas que podem estar se abrindo para você”.

Por outro lado, não significa que o aluno deve mudar completamente o seu foco. Lembre-se:

“Qualquer mudança deve ser com estratégia.” (Profº Victor Tanaka)

Os concursos irão acabar?

Primeiramente, deve ser formada uma boa base nas disciplinas mais cobradas. Depois, o aluno pode começar a pensar em outras oportunidades.

Para auxiliá-lo nessa e em outras decisões, o aluno pode contar com o auxílio de um coach, que, agora, está bem mais acessível aos alunos do Estratégia.

Conheça os novos planos nos links que estão ao final deste artigo!

Por fim, fique com um recado conjunto dos Professores Victor Tanaka e Laura Amorim:

“Controle o que está ao seu alcance, aquilo que você tem controle, porque os concursos não irão acabar. Eles voltarão e você precisará estar preparado para eles. Siga firme, não dê ouvidos aos terrorismos e faça a sua parte, que vai dar certo!”

Deixe o seu comentário com suas dúvidas, sugestões ou elogios ;-)

Grande abraço e bons estudos!

Luana Vicente dos Santos Furlani
Coach do Estratégia Concursos
Instagram: @luvicentesantos

Não pense que os concursos irão acabar. Conheça os cursos do Estratégia Concursos:

Prepare-se com o melhor material e com quem mais aprova em Concursos Públicos em todo o país. Assine agora uma de nossas opções de Assinatura tenha acesso ilimitado* a todos os nossos cursos.

ASSINE AGORA – Assinaturas Estratégia

Estratégia Questões nasceu maior do que todos os concorrentes, com mais questões cadastradas e mais soluções por professores. Clique no link e aproveite os descontos e bônus imperdíveis!

ASSINE AGORA – Sistema de Questões

Fique por dentro de todos os concursos:

Concursos Abertos

Editais iminentes ou que podem sair até o fim do ano:

Concursos 2020

Certames previstos para o próximo ano:

Concursos 2021

Posts Relacionados

Luana Vicente dos Santos Furlani

Luana Vicente dos Santos Furlani

Natural do Rio de Janeiro/RJ, mora em Itajaí/SC, tem 35 anos, formada em Direito (UNIVALI – 2006), pós-graduada em Direito Penal e Processual Penal (Escola do Ministério Público de Santa Catarina – 2008) e pós-graduada em Licitações e Contratos Administrativos (FAEL – 2020). --- A trajetória como concurseira começou já na faculdade, quando, em 2004, foi aprovada em 11º lugar para Técnica do TRF4; em 2006, aprovada no Exame da OAB e no cargo de Técnica de Informações Geográficas e Estatísticas do IBGE, onde trabalhou por 5 anos. No ano de 2010, foi aprovada e nomeada para Escrivã da Polícia Civil do Estado de Santa Catarina. Em 2014, ingressou na Marinha do Brasil, como Oficial (RM2) do Quadro Técnico, na especialidade Direito, onde serviu por 4 anos. No ano de 2016, dentre outros, passou em 4º lugar para Advogada do SUAS em Navegantes/SC e 1º lugar no concurso do SEMASA em Itajaí/SC, tomou posse no cargo de Analista de Licitações em 2018, cargo este que exerce até os dias atuais. No ano de 2019, passou em 6º lugar no concurso do TRF4 para o cargo de Analista Judiciário da Área Judiciária após estudar apenas 95 dias. --- Sobre a minha relação com o coaching e os concursos públicos: Em 2011, fiz um curso de Life Coaching – foi quando conheci esse maravilhoso mundo que possibilita a incorporação de novos hábitos, utilização de ferramentas adequadas e concretização dos objetivos de vida. Com esse conhecimento, aliado às práticas de Reiki e ThetaHealing, e com a utilização de técnicas de estudo, planejamento e motivação, fui aprovada em diversos concursos públicos. Hoje, tenho a oportunidade de realizar mais um sonho, que é passar o meu conhecimento adiante e ensinar outras pessoas a agirem no sentido de alcançar os seus!

Deixe seu comentário:

Deixe seu comentário:

Vídeos Relacionados