0

Gabarito Extraoficial – IBGE – SCQ – Geografia

Olá pessoal,
Segue o meu gabarito extraoficial das questões da prova de Geografia para Supervisor de Coleta e Qualidade (SCQ) do IBGE.
Não foi uma prova fácil para um concurso de temporários, não específico da área de Geografia. Prova de nível de dificuldade médio e difícil.
Não farei comentários completos de cada questão. O objetivo é passar o gabarito extraoficial.
Como há mais de um tipo de prova, não vou colocar a letra do gabarito, mas escrever a alternativa que julgo correta. Confira a minha resposta, com o que você respondeu na sua prova.

Grande Abraço,
Leandro Signori

47 – Gabarito: 18 km.
Questão simples de escala. As informações que temos são as seguintes:
E = 200.000
D =?
D = 9 cm
Vamos montar a regra de três: E= D/d
Sendo E (escala), D (distância real), d (distância gráfica)
200.000 = D/9
D = 1.800.000 cm
Temos que transformar a medida para km, vamos cortar 5 zeros: 18 km.

48 – Gabarito: As deformações no sentido norte-sul acentuam-se conforme aumenta a latitude.
Projeção conforme é aquela na qual os ângulos são idênticos aos do globo, seja em um mapa-múndi, seja em um regional. Nesse tipo de projeção, as formas terrestres (continentes e ilhas) são representadas sem distorção, porém com alteração do tamanho de suas áreas. Apenas nas proximidades do centro de projeção, que neste caso é o Equador, é que se verifica a distorção mínima. Quanto maior o afastamento a partir dessa linha imaginária, maior é a distorção. Por essa razão, quando se utiliza esse tipo de projeção, geralmente só são reproduzidos os territórios situados até 80º de latitude.

49 – Gabarito: As coordenadas geográficas são determinadas através das latitudes e longitudes, que são uma rede linhas dispostas no sentido norte-sul (latitude) e leste-oeste (longitude).

50 – Gabarito: A região que possui as maiores demandas por recursos hídricos é a Região Hidrográfica Paraná.
A Região Hidrográfica Paraná abrange áreas territoriais de sete estados: São Paulo, Paraná, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Goiás, Santa Catarina e Distrito Federal. É a região mais populosa e de maior desenvolvimento econômico do país. Por isso, possui as maiores demandas por recursos hídricos, tendo como destaque o uso industrial. É também a região com maior área irrigada e maior aproveitamento do potencial hidráulico disponível.

51 – Gabarito: mares de morros.
O domínio dos mares de morros está situado sobre uma estrutura cristalina muito antiga e desgastada pela erosão. É uma formação florestal heterogênea, isto é, com muita variedade de espécies, muitas das quais são endêmicas (só existem nesse domínio). Foi muito devastada ao longo do tempo, atualmente, resta apenas uma pequena parcela de sua área original.

52 – Gabarito: D – Os crátons comportam formas de relevo intensamente desgastadas por longos períodos de atividades erosivas.
Os crátons, também denominados de escudos, são grandes blocos de rochas antiga, formados nos primórdios da Terra. Por terem se formado há muito tempo, foram intensamente desgastados pela erosão.

53 – Gabarito: zona de convergência do Atlântico Sul.
A Zona de Convergência do Atlântico Sul é definida como uma persistente banda de nebulosidade e precipitação com orientação noroeste-sudeste, que se estende desde o sul e leste da Amazônia até o sudoeste do Oceano Atlântico Sul (Kodama 1992, 1993; Satyamurti et al, 1998; Liebmann et al, 2001; Carvalho et al, 2002a, 2004);
É o principal sistema de grande escala responsável pelo regime de chuvas sobre as Regiões Sul e Sudeste do Brasil durante os meses de primavera e verão.

54 – Gabarito: O lado esquerdo do avião pegará sombra durante todo o percurso da viagem.
A questão traz a informação de que o voo ocorreu durante o inverno no Brasil. Essa informação é crucial para resolver a questão.
Durante o inverno, o sol está acima da linha do Equador, no hemisfério norte, entre as latitudes 0° e 23,27° N. A localização precisa da posição solar dependerá do dia do ano, a questão não traz essa informação, mas ela não é necessária aqui.
Portanto, o sol não incidirá de forma perpendicular nenhuma área abaixo da linha do Equador, nem o trópico de capricórnio, que se situa na latitude 23,27° Sul.
O lado direito está voltado para a direção do sol, portanto receberá sol durante todo o percurso. Já o lado esquerdo, que não está voltado para a direção do sol, pegará sombra durante todo o percurso.

55 – Gabarito: a longitude e o movimento de rotação da Terra.
O movimento de rotação é o movimento que a Terra realiza em torno de seu próprio eixo durante o período de 24 horas. É o movimento responsável pelos dias e pelas noites, pois uma parte da Terra não estará recebendo sol, enquanto a outra parte estará.
A grande diferença de longitudes entre o Brasil e o Japão faz com que, enquanto no Brasil seja dia, no Japão seja noite, e vice-versa.

56 – figura 4 – letra C.
Figura 1 – Floresta Amazônica.
Figura 2 – Caatinga.
Figura 3 – Cerrado.
Figura 4 – Mata de Araucárias.
Figura 5 – Pantanal.
Na figura 6, mapa do Brasil, a única alternativa que traz a correlação correta é a posicionando a Mata de Araucárias na região Sul do país.
Gabarito: D

57 – ao uso cada vez maior de defensivos agrícolas.
O Brasil é um dos países que mais utiliza defensivos agrícolas (também chamados de agrotóxicos) no mundo, e essa utilização é crescente. Os agrotóxicos causam uma série de problemas à saúde das pessoas, sobretudo aos trabalhadores que fazem a sua aplicação e trabalham na colheita ou em parte do processo.
A imagem mostra um homem com uma máscara de gás, para se proteger das consequências que estes trazem à saúde, ao mesmo tempo em que recolhe da árvore um pote com símbolo de caveira, simbolizando perigo ou contaminação.
Gabarito: E

58 – a situação da população diante da informalidade na economia brasileira.
O texto fala sobre a ampliação das ocupações sem carteira de trabalho e quais são as áreas que mais concentram esses trabalhadores. Trabalho sem carteira de trabalho é também chamado de trabalho informal. Portanto, o texto está falando sobre a situação da informalidade na economia brasileira.

59 – relação campo-cidade no contexto do êxodo rural.
A poesia versa sobre a vida dura de uma pessoa e de sua família no Nordeste, em meio à seca. Fala que ele está de partida para São Paulo, onde a vida se apresenta melhor. A migração de nordestinos para São Paulo, em busca de melhores condições de vida, foi um dos principais fluxos migratórios característicos do intenso êxodo rural que ocorreu na segunda metade do século XX.

60 – autossegregação urbana.
O texto fala sobre pessoas que, por escolha própria, se isolam em condomínios fechados, distantes do centro urbano. A segregação urbana geralmente é relacionada a favelas e periferias, devido a condições socioeconômica de baixa renda. No caso da questão, a segregação não é decorrente de uma condição socioeconômica, mas de uma escolha. As pessoas têm condições de morar em bairros de alta renda e de média-alta renda na cidade. Mas fizeram uma opção de se agruparem-se em condomínios fechados, que normalmente estão distantes dos centros urbanos. Não foi uma necessidade, como na questão da favelização. Portanto, a melhor definição é a de autossegregação urbana.


Posts Relacionados

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *