Concurso PM TO: Último edital é oficialmente anulado! Novo certame previsto.
Coordenação

Concurso PM TO: Último edital é oficialmente anulado! Novo certame previsto.

O último concurso da Polícia Militar do Tocantis está oficialmente anulado. A divulgação da anulação ocorreu nesta terça-feira, 10 de setembro, no Diário Oficial do estado. A medida foi tomada por conta da rescisão do contrato com a banca organizadora para conduzir e organizar o certame, a AOCP.

Os motivos apontados pelo órgão para o cancelamento são irregularidades na execução da primeira etapa do certame que ocorreu em março de 2018, além de ilegalidades perpetradas por terceiros que comprometeram a legalidade do concurso.

A decisão de cancelamento do certame já havia sido publicada em abril de 2019 por conta de fraudes na realização da prova objetiva no município de Arraias, no dia 11 de março do ano passado.

O problema aconteceu porque um envelope de provas foi previamente cortado em uma das salas na qual o concurso público estava sendo realizado.

Os candidatos que se inscreveram no concurso de 2018 terão a devolução dos valores referentes à taxa de inscrição aos candidatos, obedecidas as regras estabelecidas em edital que será divulgado no Diário Oficial do Estado do Tocantins.

Lembrando que um novo certame está previsto, de acordo com as declarações dadas pelo governador do Estado, no início do ano. A comissão responsável pelo concurso foi alterada e possui uma nova presidência.

Se você deseja ficar informado sobre as últimas informações deste certame, acompanhe esta matéria.

Situação atual do concurso PM TO

O concurso PM TO foi definitivamente anulado nesta terça-feira, 10 de setembro, e o cancelamento foi autorizado pelo Comandante-Geral do órgão.

O edital foi lançado em janeiro de 2018 e a prova objetiva ocorreu em 11 de março do mesmo ano. No entanto, foram realizadas denúncias alegando fraude no certame, quando um envelope de provas foi previamente cortado em uma das salas na qual o concurso público estava sendo realizado no município de Arraias.

Segundo nota divulgada no site da Polícia Militar de Tocantis, a banca organizadora foi solicitada a entregar os dados dos inscritos em até 3 dias úteis para devolução do pagamento da taxa de inscrição. No entanto, a AOCP respondeu que forneceria os dados somente em 15 dias úteis.

O órgão aguarda esse encaminhamento para começar o processo de devolução das inscrições. Confira nos tópicos abaixo mais informações sobre o cancelamento do certame, que começou em abril de 2019 e teve sua finalização nesta terça-feira, 10 de setembro.

Alteração da comissão organizadora

Foi publicada uma portaria, em 21 de agosto, alterando a presidência da comissão responsável pela organização do certame que prevê cargos para Soldado e Oficial.

A previsão é que sejam ofertadas as mesmas vagas do último edital, mas ainda não houve divulgação.

Confira abaixo a publicação que traz expectativa de novo certame, após o último ter sido anulado por fraude:

O Concurso PM TO 2018 – anulado –

Com edital publicado em janeiro de 2018, o Concurso da Polícia Militar do Estado do Tocantins, com oferta de 1.040 vagas, foi oficialmente anulado em setembro de 2019.

A decisão de rescindir o contrato com a banca AOC, organizadora do certame, foi publicada no Diário Oficial do Tocantins em 16 de abril.

O motivo do cancelamento foi a comprovação de fraude na realização da prova objetiva no município de Arraias, no dia 11 de março do ano passado.

Segundo as investigações, um envelope de provas foi previamente cortado em uma das salas na qual o concurso público estava sendo realizado.

Durante uma coletiva de imprensa com a presença do então secretário de Estado da Comunicação, João Neto, e dos membros da comissão organizadora do certame, o Secretário afirmou que a AOCP não cumpriu o contrato:

“A empresa incorreu no descumprimento de cláusulas contratuais, que envolvia a segurança dos envelopes e a quebra de sigilo, por conta disso, houve a decisão pela rescisão do contrato e, consequentemente, pelo cancelamento do concurso”, disse o secretário.

Afirmou na época que a PM TO iniciaria um estudo para verificar a quantidade de vagas necessárias para seu quadro e a possibilidade orçamentária para novas contratações. Caso fosse possível, uma nova comissão e um novo Termo de Referência seriam montados para a contratação da empresa organizadora.

Confira na imagem abaixo um trecho da decisão publicada no Diário Oficial do Tocantins:

concurso PM TO - anulação de contrato com a banca organizadora.

Posição da AOCP

Em nota oficial em seu site, a AOCP afirmou não ter sido notificada oficialmente sobre a rescisão e disse ter ficado surpresa, uma vez que prestou todas as informações e esclarecimentos sobre as tentativas de fraudes praticadas no concurso. Confira um trecho da nota:

“A AOCP CONCURSOS, em momento algum, descumpriu as cláusulas contratuais. Ao contrário, utilizou mais mecanismos de segurança do que os previstos em contrato, fato esse que contribuiu efetivamente para impedir que a tentativa de fraude se concretizasse. Foi nossa equipe, inclusive, que apreendeu os celulares, além de ter identificado os suspeitos (os quais foram eliminados do certame) mediante meios estatísticos próprios. Informamos que utilizaremos todos os meios administrativos e judiciais para comprovar a inexistência do descumprimento contratual.”

Remuneração – concurso PM TO

Soldado:
Durante o período de formação, o subsídio do Aluno Soldado, em valores vigentes, é de R$ 2.215,10.

O Aluno-Soldado que obtiver aprovação no Curso de Formação, será promovido ao Cargo de Soldado do QPPM da Polícia Militar do Tocantins, com remuneração prevista de R$ 4.455,46.

Cadete:
Durante o período de formação, o subsídio do Cadete I, em valores vigentes, é de R$ 4.499,52.

O Cadete que obtiver aprovação no CFO será declarado Aspirante a Oficial, permanecendo nesta graduação por um período mínimo de 6 meses (interstício). O subsídio do Aspirante a Oficial, em valores vigentes, é de R$ 8.382,10.

Atribuições dos cargos – concurso PM TO

Soldado:

  • Cumprir os planos, normas e ordens emanadas do escalão superior; demonstrar equilíbrio emocional na atuação como servidor militar;
  • Atuar na atividade de policiamento ostensivo, nas suas mais diversas modalidades;
  • Dirigir viaturas policiais;
  • Executar outros encargos e atividades de interesse da Corporação.

Cadete:

  • No Curso de Formação de Oficiais, o Cadete será preparado para o exercício das funções de chefia, comando e execução dos diversos serviços e atividades inerentes à PMTO.

Edital concurso PM TO 2018

O edital publicado em janeiro de 2018 trouxe a oferta de 1.040 vagas, sendo 1.000 para Soldado, que exige formação em nível médio; e 40 vagas para o cargo de Oficial, que exige formação em nível superior. Na ocasião, a taxa de inscrição custou entre R$ 80,00 e R$ 120,00.

Quantitativo de inscritos

Foram registrados no total 86.523 inscritos, sendo:

Soldado (masculino): 55.867 inscritos (aproximadamente 62 por vaga)
Soldado (feminino): 20.183 inscritos (aproximadamente 201 por vaga)
Oficial (masculino): 7.553 inscritos (aproximadamente 210 por vaga)
Oficial (feminino): 2.920 inscritos (aproximadamente 730 por vaga)

Principais requisitos para ingressar na PM TO

  • Idade mínima de 18 anos e máxima de 30 anos, na data de inscrição;
  • Altura mínima de 1,63m para homens e 1,60m para mulheres;
  • CNH no minimo categoria B.

Etapas do concurso PM TO

O concurso seria composto por cinco etapas, sendo elas:

  • Prova Escrita Objetiva de Múltipla Escolha e Dissertativa (eliminatório e classificatório);
  • Exame de capacidade física (eliminatório);
  • Avaliação psicológica (eliminatório);
  • Avaliação médica e odontológica (eliminatório);
  • Investigação social (eliminatório);

Prova Objetiva

A primeira etapa contou com uma prova dissertativa, consistida de uma redação, e uma prova objetiva composta por 60 questões, com 5 alternativas cada. Seria considerado aprovado na Prova Objetiva o candidato que acertasse no mínimo 50% do total de pontos, devendo ainda obter o mínimo de 1 ponto em cada disciplina.

A Prova Escrita Dissertativa foi realizada juntamente à Prova Objetiva, e teve o valor máximo de 20 pontos. O candidato devia obter, no mínimo, 30% da pontuação máxima possível na redação.

Soldado:
Língua portuguesa – 20 questões (peso 2)
Raciocínio Lógico e Matemático – 5 questões (peso 1)
Atualidades e Conhecimentos Regionais – 10 questões (peso 1)
Noções de Direito – 10 questões (peso 1)
Noções de Informática – 5 questões (peso 1)
Normas Pertinentes à PMTO – 10 questões (peso 1)

Cadete:
Língua portuguesa – 15 questões (peso 2)
Raciocínio Lógico e Matemático – 5 questões (peso 1)
Atualidades e Conhecimentos Regionais – 10 questões (peso 1)
Noções de Direito – 15 questões (peso 1)
Noções de Informática – 5 questões (peso 1)
Normas Pertinentes à PMTO – 10 questões (peso 1)

Obs.: As provas foram aplicadas nos municípios de Palmas, Araguaína, Gurupi, Arraias e Araguatins.

Teste de Aptidão Física – TAF

Seriam convocados para a realização do exame de capacidade física os candidatos que obtivessem a pontuação necessária para classificação na prova objetiva dentro do limite de três vezes a quantidade de vagas ofertadas para cada sexo. Os testes seriam realizados em dois dias e seguiriam a seguinte sequência:

1º dia:
a)
teste de flexibilidade;
b) flexão de braços no solo com 04 apoios para homens e de 06 apoios para mulheres;
c) natação 50 metros – estilo livre.

2º dia:
a)
teste em barra fixa;
b) flexão abdominal;
c) corrida aeróbica – 12 minutos.


O Estratégia Concursos já lançou cursos para o certame. Acompanhe no link abaixo:

CURSOS PARA CONCURSO PM TO

Assinatura Anual Ilimitada*

Prepare-se com o melhor material e com quem mais aprova em Concursos Públicos em todo o país. Assine agora a nossa Assinatura Anual e tenha acesso ilimitado* a todos os nossos cursos.

ASSINE AGORA – Assinatura Ilimitada

Fique por dentro dos concursos vigentes:

CONCURSOS ABERTOS

CONCURSOS 2019

CONCURSOS 2020

Ficha técnica concurso pm to

♦Informações do Próximo Concurso PM TO

Data: 2019/2020
Vagas: a definir
Lotações: Tocantins
Banca: a definir
Escolaridade: Nível Médio e Superior

♦Informações do Concurso PM TO 2018 – Cancelado

Data: 2018
Vagas: 1.040
Lotações: Tocantins
Banca: AOCP
Escolaridade: Nível Médio e Superior

Editais:
Edital Soldado PM TO 2018
Edital Cadete PM TO
2018

Ascom Estratégia
[email protected]

Posts Relacionados

Compartilhe:

Veja os comentários:
Deixe seu comentário:

Deixe seu comentário:

Vídeos Relacionados

Cadastre-se para receber novidades e ofertas especiais sobre cursos.

Estamos aqui para ajudar você!
x