Concurso Ministério da Economia: Comissão formada para 100 vagas
Concursos Administrativos

Concurso Ministério da Economia: Comissão formada para 100 vagas

Foi formada a Comissão Especial responsável pela organização e acompanhamento do concurso para 100 vagas temporárias de Analista, Agente e Coordenador.

O grupo, formado por seis servidores, tem o prazo de 90 dias, prorrogáveis por iguais períodos, para conclusão dos trabalhos. A expectativa, conforme a portaria de autorização, é que o edital seja publicado até abril de 2021.

Vale lembrar que o Ministério da Economia tem outros dois processo seletivos para temporários em andamento, com provas já realizadas e resultados divulgados.

  • Analista, Agente e Coordenador: comissão formada
    • 100 vagas
  • Área de TI: provas aplicadas em 11 de outubro
    • 350 vagas
  • Direito e Arquivologia: provas aplicadas em 08 de novembro
    • 39 vagas

A fim de te deixar sempre por dentro de todas as novidades, neste artigo, elaboramos as principais informações sobre o concurso e as seleções do Ministério da Economia. Acompanhe os tópicos e não perca nenhum detalhe:

3º PSS SPPE/SEPEC – Autorizado

Foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) a Portaria que define os integrantes da Comissão Especial do novo Processo Seletivo do Ministério da Economia para provimento de 100 vagas temporárias.

O grupo é formada por seis servidores, que terão o prazo de 90 dias para conclusão dos trabalhos referentes à seleção, incluindo a escolha da banca organizadora.

Os profissionais serão contratados para desenvolver atividades relacionadas à Prestação de Contas e à Tomada de Contas Especial no âmbito da Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade e da Secretaria de Políticas Públicas de Emprego do órgão.

Confira abaixo os cargos que serão contemplados nesta nova seleção autorizada do Ministério da Economia:

Vale frisar que, conforme a lei que regulamenta esta seleção, os salários para os profissionais podem variar entre R$ 3.800,00 para Analista e R$ 6.130,00 para as funções de Agente e Coordenador. No entanto, o próprio Ministério da Economia ainda deve definir a remuneração desses temporários.

Já o prazo para a publicação do edital de abertura de inscrições para o processo seletivo simplificado será de até seis meses, contados a partir da publicação da Portaria de autorização. Ou seja, até abril de 2021.

2º PSS áreas de Direito e Arquivologia – Edital publicado

Sob organização do Cebraspe, o edital de Processo Seletivo Simplificado do Ministério da Economia oferta 39 vagas temporárias. As oportunidades são para atividades técnicas de complexidade intelectual de nível superior para profissionais de Direito e Arquivologia.

Os profissionais contratados serão lotados na Comissão Especial dos Ex-Territórios Federais de Rondônia, do Amapá e de Roraima do Ministério da Economia, para desempenhar as funções requeridas em Brasília/DF. O salário para ambos os cargos é de R$ 6.130,00.

Perfil profissionalVagas ACVagas PcDVagas negros
Arquivologia2
Direito2827

Etapas do concurso Ministério da Economia

Esta seleção para o Ministério da Economia compreendeu as seguintes fases, sob responsabilidade do Cebraspe:

  1. Prova objetiva de Conhecimentos gerais, com 50 questões, de caráter eliminatório e classificatório;
  2. Prova objetiva de Conhecimentos específicos, com 70 questões, de caráter eliminatório e classificatório;
  3. Prova de Títulos, de caráter classificatório.

Resultado final Prova Objetiva e convocação para Prova de Títulos

1º PSS área de TI – Edital publicado

Com o edital do Processo Seletivo para área de T.I. já publicado, os candidatos inscritos no concurso realizaram as provas no dia 11 de outubro. A organização também é do Cebraspe.

Neste edital, são ofertadas 350 vagas temporárias distribuídas entre sete especialidades da área de Tecnologia da Informação. Os candidatos aprovados serão lotados em Brasília-DF e receberão remuneração inicial de R$ 8.300,00.

Essa mão de obra temporária vai atuar em projetos de Transformação Digital de Serviços Públicos. O tempo de contrato dos servidores será de, no máximo, quatro anos. Confira abaixo a distribuição das vagas:

EspecialistaAmpla ConcorrênciaPCDNegros
em Gestão de Projetos370310
em Infraestrutura de TI370310
em Ciência de Dados370310
em Segurança da Informação e Proteção de Dado370310
em Análise de Processos de Negócios370310
em Experiência do Usuário (UX)370310
em Desenvolvimento de Software370310

Etapas do concurso Ministério da Economia TI

A seleção para o Ministério da Economia compreendeu as seguintes fases:

  1. Prova objetiva de Conhecimentos gerais, com 50 questões, de caráter eliminatório e classificatório;
  2. Prova objetiva de Conhecimentos específicos, com 70 questões, de caráter eliminatório e classificatório;
  3. Prova de Títulos, de caráter classificatório.

Resultado final Prova de Títulos

Edital Estratégico PSS T.I: baixe gratuitamente

O que é o Edital Estratégico? Trata-se de uma planilha com recursos para ajudá-los no registro das diferentes tarefas de estudo: teoria, revisão e exercícios. O registro de cada tarefa será feito para cada assunto exigido no conteúdo programático do edital.

Concurso Ministério da Economia – Efetivos

De acordo com fontes internas do Ministério da Economia, posteriormente será realizado um concurso público com vagas efetivas. Vale lembrar que o ME não realiza concurso público desde 2015.

Na época, ainda com nome de Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), foram ofertadas 556 vagas para diversos cargos de nível superior.

Último concurso Ministério da Economia

Em 2015, ainda com nome de Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), o último concurso aconteceu com a oferta de 556 vagas. As oportunidades se distribuíram entre cargos de nível superior.

Sob organização do Cespe, atual Cebraspe, os cargos contemplados foram de Administrador, Analista Técnico-Administrativo, Arquivista, Contador, Médico, Técnico em Assuntos Educacionais, Arquiteto, Economista, Engenheiro, Analista em T.I., Assistente Social, Geógrafo, Geólogo e Técnico de Nível Superior.

Etapas e provas

Os candidatos foram avaliados por meio de Provas Objetivas, Provas Discursivas e Avaliação de Títulos, a depender da função pretendida. As provas tiveram duração de 4 horas e 30 minutos.

Edital MPOG-2015


Quer estudar para o concurso Ministério da Economia?

Prepare-se com o melhor material e com quem mais aprova em Concursos Públicos em todo o país. Assine agora a nossa Assinatura Anual e tenha acesso ilimitado* a todos os nossos cursos.

Assinatura Ilimitada

Assinatura Anual Ilimitada*

Prepare-se com o melhor material e com quem mais aprova em Concursos Públicos em todo o país. Assine agora a nossa Assinatura Anual e tenha acesso ilimitado* a todos os nossos cursos.

Sistema de Questões

Assinatura Anual Ilimitada*

Estratégia Questões nasceu maior do que todos os concorrentes, com mais questões cadastradas e mais soluções por professores. Clique no link e aproveite os descontos e bônus imperdíveis!

Concursos Abertos

mais de 15 mil vagas

Concursos 2020

mais de 11 mil vagas

Concursos 2021

mais de 17 mil vagas

Informações sobre o concurso Ministério da Economia

Informações sobre o PSS Ministério da Economia

PSS SPPE/SEPEC

  • Data prevista: 2020/2021
  • Vagas: 100
  • Cargos: Analista, Agente e Coordenador
  • Banca: A definir
  • Escolaridade: Nível superior

PSS áreas de Direito e Arquivologia

  • Prova: 08/11/2020
  • Vagas: 39
  • Cargos: Especialidades de Direito e Arquivologia
  • Banca: Cebraspe
  • Escolaridade: Nível superior
  • Lotação: Rondônia, Amapá e Roraima
  • Salário: R$ 6.130,00
  • Edital: PSS Ministério da Economia

PSS área de TI

Posts Relacionados

Veja os comentários:

Deixe seu comentário:

Deixe seu comentário:

Vídeos Relacionados