0

Concurso CAU MS: inscrições encerradas! 5 vagas + 160 CR!

Estão encerradas as inscrições do concurso CAU MS. As provas objetivas estão previstas para 14 de novembro de 2021.

O edital oferta 5 vagas diretas mais 160 vagas para formação de cadastro de reserva para os cargos de Arquiteto e Urbanista, Advogado, Analista de Comunicação, Contador e Profissional de Suporte Técnico, que exigem nível superior e médio de escolaridade.

  • CAU MS
  • Status: inscrições encerradas
  • Banca: IADES
  • Vagas: 05 + 160 CR
  • Salário inicial: R$ 1.814,72 e R$ 6.600,00
  • Edital CAU MS

Os salários viam entre R$ 1.814,72 e R$ 6.600,00 + benefícios e as taxas de inscrição foram fixadas em R$ 90,00, para nível superior, e R$ 73,00, para nível médio.

A fim de te deixar sempre bem informado, elaboramos este artigo com as principais informações do edital. Acompanhe os tópicos abaixo e não perca nenhum detalhe:

Prepare-se com o melhor material e com quem mais aprova em Concursos Públicos em todo o país.

Concurso CAU MS: situação atual

Foi publicado o edital do concurso CAU MS, com oferta de cargos para nível médio e superior de escolaridade. Para conferir as principais datas e os cargos ofertados, confira os tópicos abaixo:

Principais datas

Inscrições: 29 de julho a 24 de outubro
Valor da taxa: R$ 73,00 e R$ 90,00
Prova: 14 de novembro de 2021

Cargos ofertados

CARGOSESCOLARIDADEVAGAS DIRETASVAGAS CRSALÁRIO
Profissional de Suporte TécnicoNível Médio480R$ 1.814,72
Arquiteto e UrbanistaNível Superior120R$ 6.600,00
AdvogadoNível Superior20R$ 4.821,48
Analista de ComunicaçãoNível Superior20R$ 2.451,01
ContadorNível Superior20R$ 3.821,12
TOTAL5

Concurso CAU MS: carreira

Requisitos

PROFISSIONAL DE SUPORTE TÉCNICO:

  • certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio, expedido por instituição educacional reconhecida pelo órgão próprio do sistema de ensino e Carteira Nacional de Habilitação – Tipo “B”.

ARQUITETO E URBANISTA:

  • diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em Arquitetura e Urbanismo, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação, registro profissional no Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil e Carteira Nacional de Habilitação – Tipo “B”.

ADVOGADO:

  • diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em Direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação, registro profissional na Ordem dos Advogados do Brasil e Carteira Nacional de Habilitação – Tipo “B”.

ANALISTA DE COMUNICAÇÃO:

  • diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino superior na área de Comunicação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação e Carteira Nacional de Habilitação – Tipo “B”.

CONTADOR:

  • diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em Ciências Contábeis, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação, registro profissional no Conselho Regional de Contabilidade e Carteira Nacional de Habilitação – Tipo “B”

Salários e Benefícios

Além dos vencimentos básicos, os servidores do CAU-MS, recebem:
• Auxílio Alimentação – R$ 410,00 por mês; e
• Vale transporte.

Concurso CAUMS: etapas de provas

O concurso CAU MS será composto das seguintes etapas:

  • Prova Objetiva: de caráter eliminatório e classificatório para todos os cargos;
  • Prova Discursiva: de caráter eliminatório e classificatório para cargos de nível superior;
  • Prova de Títulos: de caráter classificatório para cargos de nível superior.

Prova Objetiva

A prova objetiva será composta de questões de múltipla escolha, com 5 alternativas em cada questão, para escolha de 1 (uma) única resposta correta; de acordo com a pontuação total.

  • a) cargos de nível superior: pela manhã, com duração máxima de 4 horas, incluído o tempo para a leitura das instruções, o preenchimento da folha de respostas da prova objetiva e da transcrição das folhas de texto definitivo da prova discursiva;
  • b) cargo de nível médio: à tarde, com duração máxima de 3h30, incluído o tempo para a leitura das instruções e o preenchimento da folha de respostas da prova objetiva.

Nível Médio

DisciplinaN.º de questõesPeso Total de Pontos
Língua Portuguesa818,00
Raciocínio Lógico e Matemático414,00
Legislação Aplicada ao CAU-MS414,00
Atualidades414,00
Conhecimentos Específicos30130,00
TOTAL5050,00

Nível Superior

DisciplinaN.º de questõesPeso Total de Pontos
Língua Portuguesa818,00
Raciocínio Lógico e Matemático414,00
Legislação Aplicada ao CAU-MS414,00
Atualidades414,00
Conhecimentos Específicos30260,00
TOTAL 5080,00

O candidato não poderá, sob pena de eliminação do certame, obter pontuação menor que 50% nas questões de Conhecimentos Gerais e de Conhecimentos Específicos, separadamente; além de não obter pontuação igual a 0 nas questões de Língua Portuguesa. Serão considerados aprovados na prova objetiva os candidatos que obtiverem o mínimo de 50% da pontuação total máxima permitida para a prova objetiva.

Prova Discursiva

A prova discursiva será aplicada no mesmo dia, turno e dentro dos prazos de duração previstos para a realização da prova objetiva, apenas para os empregos de nível superior. Ela receberá pontuação máxima igual a 20,00 pontos.

A prova discursiva terá o objetivo de avaliar, com base em proposta apresentada pela Banca Examinadora e relacionada aos Conhecimentos Gerais e Conhecimentos Específicos constantes do conteúdo programático, a capacidade de expressão na modalidade escrita, o uso das normas do registro formal culto da Língua Portuguesa e o conhecimento técnico vinculado ao exercício do emprego conforme atividades e atribuições de cada um.

A avaliação terá 2 questões e consistirá na elaboração de textos dissertativos e descritivos, com extensão mínima de 20 linhas e máxima de 30 linhas, com base em tema formulado pela Banca Examinadora, primando pela clareza, precisão, consistência e concisão.

Para cada um dos textos avaliados, a utilização da norma culta, a adequação ao tema, a argumentação, a coerência e a elaboração crítica totalizarão a pontuação relativa ao Domínio do Conhecimento Específico (DCEn), assim distribuídos:

a) Tema / Texto (TXn), pontuação máxima igual a 2,5 pontos: serão verificadas a adequação ao tema (pertinência ao tema proposto), a adequação à proposta (pertinência quanto ao gênero proposto) e a organização textual (paragrafação e periodização);
b) Argumentação (ARn), pontuação máxima igual a 2,5 pontos: serão verificadas a especificação do tema, o conhecimento do assunto, a seleção de ideias distribuídas de forma lógica, concatenadas e sem fragmentação e a apresentação de informações, fatos e opiniões pertinentes ao tema, com articulação e consistência de raciocínio, sem contradição, estabelecendo um diálogo contemporâneo;
c) Coesão e coerência (CCn), pontuação máxima igual a 2,5 pontos: serão verificadas a coesão textual (retomada pronominal; substituição lexical; elipses; emprego de anafóricos; emprego de articuladores/conjunções; emprego de tempos e modos verbais; emprego de processos lexicais: sinonímia, antonímia, hiperonímia, hiponímia) e a coerência argumentativa (seleção e ordenação de argumentos; relações de implicação ou de adequação entre premissas e as conclusões que delas se tiram ou entre afirmações e as consequências que delas decorrem); e
d) Elaboração crítica (ECn), pontuação máxima igual a 2,5 pontos: serão verificadas a elaboração de proposta de intervenção relacionada ao tema abordado e a pertinência dos argumentos selecionados fundamentados em informações de apoio, estabelecendo relações lógicas que visem a propor valores e conceitos.

Dessa forma, DCEn (Domínio do Conhecimento Específico) = TXn + ARn + CCn + ECn. A avaliação do domínio da modalidade escrita da Língua Portuguesa totalizará o número de erros (NEn) do candidato, considerando-se aspectos, tais como acentuação, grafia, pontuação, concordância, regência, morfossintaxe, propriedade vocabular e translineação. Para o texto dissertativo e (ou) descritivo, será computado o número total de linhas (TLn) efetivamente escritas pelo candidato.

Para cada candidato, será calculada a pontuação final na questão da prova discursiva (QPDn) da seguinte forma:
QPDn = DCEn – ((NEn/TLn) x 2). A pontuação final na prova discursiva (PPD) será a soma das pontuações das questões discursivas, da seguinte forma: PPD= QPD1 + QPD2.

Será eliminado e não terá nenhuma classificação no processo seletivo o candidato que obtiver pontuação final na prova discursiva (PPD) inferior a 5,0 pontos, ou seja, PPD < 10,00.

Avaliação de Títulos

Serão convocados para a apresentação da documentação relativa a avaliação de títulos e de experiência
profissional todos os candidatos de nível superior aprovados na prova discursiva. A avaliação de títulos e de experiência profissional, de caráter exclusivamente classificatório, terá pontuação máxima de 12,0 pontos, ainda que a soma dos valores dos títulos e dos comprovantes apresentados seja superior a esse valor.

TÍTULOPONTUAÇÃO POR ITEMPONTUAÇÃO MÁXIMA
Diploma de curso de pós-graduação em nível de
doutorado (título de doutor). Também será aceito certificado
e(ou) declaração de conclusão de curso de Doutorado, desde
que acompanhado de histórico escolar.
2,502,50
Diploma de curso de pós-graduação em nível de
mestrado (título de mestre). Também será aceito certificado
e(ou) declaração de conclusão de curso de Mestrado, desde
que acompanhado de histórico escolar.
2,002,00
Certificado de curso de pós-graduação em nível de
especialização, com carga horária mínima de 360
horas/aula, especificamente na área relacionada ao emprego pleiteado. Também será aceita a declaração de conclusão de pós-graduação em
nível de especialização, desde que acompanhada de histórico escolar.
0,751,50
Anos completos de exercício da profissão, no emprego
pleiteado, sem sobreposição de tempo, contados a
partir do registro no conselho profissional, se for o caso,
ou da emissão do diploma de conclusão da graduação –
o que acontecer por último.
1,206,00

Quer saber tudo sobre concursos previstos?
Confira nossos artigos!

Assinatura e Cursos para o Concurso CAU MS

Confira abaixo o curso do concurso CAU MS:

Prepare-se com o melhor material e com quem mais aprova em Concursos Públicos em todo o país.

Assinatura de Concursos

Assinatura de 1 ano ou 2 anos

Informações sobre o concurso CAU MS

Data da prova: 14 de novembro de 2021
Vagas CRESS SE: 5 + 160 CR
Cargos: Arquiteto e Urbanista, Advogado, Analista de Comunicação, Contador e Profissional de Suporte Técnico
Banca: IADES
Escolaridade: Nível médio e superior
Edital: Edital 2021

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *