0

Atenção: Recurso PMTO Atualidades 2021, duas questões

Olá, pessoal! Tudo bem? Segue a sugestão de dois recursos, que são quentíssimos. É a questão abaixo, que na versão que usei é a de número 29 (versão A), e fala sobre as mesorregiões e as microrregiões do Tocantins. No final mencionei uma questão, a do arroz, que despertou discussões, mas não há contestações cabíveis para uma anulação. Lembre-se de não copiar literalmente e capriche na argumentação.

Para não passar sufoco nos concursos políticiais, conheça o Passo Estratégico.

Recurso PMTO Atualidades 1:


Considero que a banca irá apreciar, com cuidado, a solicitação, pois o tópico do edital é: “Atualidades e conhecimentos acerca do Estado do Tocantins: 2.2 Divisão política do Estado do Tocantins”, e a banca usou uma versão desatualizada da regionalização usada pelo IBGE, que por muito tempo usou o conceito de Mesorregiões e Microrregiões, que não são usadas desde 2017, e desde então está em vigor a nova regionalização em regiões intermediárias e regiões imediatas.

No site do IBGE a instituição justifica a mudança:

“Considerando as mudanças ocorridas na dinâmica econômica do mundo, a inserção do Brasil nos circuitos mundiais, as novas polarizações globais, e tendo em vista, ainda, que o território brasileiro vem passando por intenso processo de transformação, que precisa ser identificado em sua diversidade, é oportuna a construção de um novo modelo de divisão regional para o País. É expressivo o aumento verificado na diferenciação interna do espaço territorial brasileiro, como resultado de modificações econômicas, demográficas, políticas e ambientais vivenciadas nas últimas décadas, reforçando a necessidade de atualização do quadro regional anterior (Mesorregiões e Microrregiões Geográficas) produzido na década de 1980. O recorte das Regiões Geográficas Imediatas e Intermediárias de 2017 incorpora as mudanças ocorridas no Brasil ao longo das últimas três décadas.”

Fonte: https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv100600.pdf

Conclusão


Diante do exposto solicito a anulação da questão, por basear-se numa regionalização desatualizada, e que o citado IBGE deixou de usar desde 2017.

Mais subsídos:

Desde que alterou a regionalização, temos as seguintes divisões, descritas na tabela e no link do mapa 29 – Palmas (TO) – Capital Regional 2B, em que podemos acessar o mapa da nova regionalização.

Mapa das regiões de influência das cidades, Regic: Clique aqui


Tabela das regiões intermediárias

Para um maior detalhamento, podemos consultar:
Mapa das regiões do Tocantins:
Clique aqui
Mapas da nova regionalização:
Clique aqui

Recurso PMTO atualidades 2


Questão 27: Recurso: Três alternativas corretas

Comentários
Desde a criação o Tocantins teve sete governadores. Siqueira Campos foi eleito quatro vezes e renunciou duas para disputar as eleições seguintes. Na primeira em 1998 foi substituído por Raimundo Boi em 4 de abril de 1998 e depois renunciou em 2014, o que abriu espaço para a candidatura do seu filho Eduardo Siqueira Campos para disputar as eleições, que foram vencidas por Marcelo Miranda. O governador e o vice renunciaram juntos e foi Sandoval Cardoso, presidente da assembleia legislativa, que governou interinamente até a posse de Marcelo Miranda, que venceu duas eleições consecutivas, mas, na de 2006, a sua chapa foi cassada e foi destituído em 2009. Assim tomou o cargo o segundo colocado Carlos Henrique Gaguim, que tentou reeleição, mas não conseguiu, pois a perdeu para Siqueira Campos. Miranda foi eleito por três vezes e em 2018 sua chapa foi cassada, então assumiu o presidente da Assembleia Estadual, Mauro Carlese, eleito pelas eleições diretas de 2018.

Renúncias: Duas de Siqueira Campos.

Cassações: Duas de Marcelo Miranda.


Governadores eleitos pelo voto:

1- Siqueira Campos – Eleições de 1988, 1994, 1998 e 2010.
2- Moisés Avelino – Eleição de 1990.
3- Marcelo Miranda – Eleições de 2002, 2006 e 2014.
4 Mauro Carlesse – Eleições de 2018 …

Governadores que assumiram sem eleição direta:

1- Raimundo Boi assumiu após a primeira renuncia de Siqueira Campos.
2- Carlos Gaguim – Era presidente da Assembleia Legislativa e assumiu em 9 de setembro de 2009 após a primeira cassação de Marcelo Miranda.
3- Sandoval Cardoso – Era presidente da Assembleia Legislativa e assumiu em 4 de maio de 2014 após a segunda renúncia de Siqueira Campos, ficou até o fim do ano.
4- Mauro Carlesse – Antes de ser eleito, assumiu o cargo de forma interina em 19 de abril de 2018 após a segunda cassação de Marcelo Miranda.

Conclusão

[A] Correto. Duas renúncias de Siqueira Campos e duas cassações de Marcelo Miranda, resultaram na posse de quatro governadores, sem eleições.

[C] Correto. Siqueira Campos interrompeu dois mandatos políticos para disputar eleições.

[E] Correto. Marcelo Mirande teve seu mandato cassado duas vezes, em 2006 e em 2018.

Dúvida acerca de recurso na questão do MATOPIBA
Não há recurso!

Enunciado: “O MATOPIBA é uma região formada por Tocantins …”
A produção de arroz é uma das principais do estado, que é um dos maiores produtores nacionais, e a produção está presente em 130 dos 139 municípios tocantinenses.
A produção de arroz, de acordo com o IBGE, ocorre em 130 municípios, dos 139.
fonte: Clique aqui

É isso aí, pessoal! Qualquer dúvida, é só entrar em contato pelo fórum de dúvidas, ou no instagram. Bons estudos e foco no sucesso!!!

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *