Artigo

Administração para Analista de Departamento Pessoal da Funsaúde-PB 1

Olá, pessoal! Tudo bem? Neste artigo, continuaremos trabalhando no concurso da Funsaúde-PB. Chegou a hora de apresentarmos um resumo de Administração para Analista de Departamento Pessoal da Funsaúde-PB. Serão dois artigos buscando cobrir os pontos mais importantes do edital, como fizemos com o cargo de assistente administrativo.

Recentemente, tivemos a publicação do edital para o concurso da Funsaúde-PB, que engloba vários cargos, de níveis médio e superior. A banca responsável pelo concurso será a VUNESP. O foco de nossa análise, como já dito, será o Analista de Departamento Pessoal.

O cargo de Analista de Departamento Pessoal exige graduação em Administração de Empresas, Ciências Contábeis, Gestão de Pessoas ou outras áreas afins, além de comprovação de experiência de, no mínimo, 6 meses.

O cargo oferta 5 vagas imediatas + formação de cadastro reserva. O cargo oferece a remuneração de R$ 1.500,00. Para um resumo mais aprofundado sobre todos os cargos oferecidos, número de vagas, remunerações e cronograma do concurso, acesse a página do concurso Funsaúde-PB aqui no Estratégia Concursos.

Para conhecer o conteúdo programático completo do cargo, bem como as informações completas sobre o concurso, confira o edital do concurso Funsaúde-PB, que contempla o cargo de Analista de Departamento Pessoal, foco do presente resumo.

Com esta análise, buscaremos cobrir os temas mais importantes e que tenham mais chances de serem cobrados nas disciplinas de Administração e de Gestão de Pessoas. Como o conteúdo programático é bastante extenso, este resumo será dividido em dois artigos, para cobrirmos a maior parte possível de conteúdo.

Sempre que possível, nossa análise buscará trazer questões anteriores da VUNESP, tendo por objetivo traçar um perfil da banca e de sua forma de cobrança.

Nos próximos tópicos, iniciaremos a análise dos pontos mais importantes de Administração para Analista de Departamento Pessoal da Funsaúde-PB.

Funções administrativas para a Funsaúde-PB

Iniciando o nosso resumo de Administração para Analista de Departamento Pessoal da Funsaúde-PB, falaremos sobre as funções da administração, ou processo administrativo

A VUNESP não apresenta uma preferência de cobrança no tema, explorando as quatro funções (planejamento, organização, direção e controle) de forma semelhante.

Veja a questão abaixo, sobre a função de planejamento:

FITO (2020)

“A função Administrativa que possibilita a definição prévia dos planos-fins e dos planos-meio é

A) o controle.

B) a direção.

C) a organização.

D) o planejamento.

E) o bottom-line.”

O gabarito é a alternativa D. O planejamento é a função que busca estabelecer os objetivos da organização, bem como as metas, detalhamentos de tais objetivos, e como se alcançar tais objetivos e metas.

Nesse sentido, a definição dos recursos que serão utilizados para que o objetivo seja alcançado é feita nos planos. Os planos são a materialização do planejamento, sendo a sua principal decorrência, e servem como um guia, um balizador que especificará o caminho para os esforços da organização em direção ao alcance de seus objetivos e metas.

A questão nos fala sobre os planos-fins, que trabalham a atividade finalística da organização; e os planos-meio, que trabalham a atividade-meio da organização.

Além disso, os planos são um instrumento de integração da organização. Conforme Chiavenato, “os planos servem para integrar os vários objetivos a serem alcançados em um esquema organizacional que proporciona coordenação e integração.”.

Por fim, para reforçar seus estudos de Administração para Analista de Departamento Pessoal da Funsaúde-PB, sugerimos a leitura do nosso Guia Definitivo sobre as funções do processo administrativo para concursos, em que há a abordagem das outras funções administrativas, além de um maior detalhamento sobre a função de planejamento.

Tipos de estruturas – Funsaúde-PB

Avançando com o nosso resumo de Administração para Analista de Departamento Pessoal da Funsaúde-PB, este e o próximo tópico serão dedicados à estrutura organizacional. Neste tópico, trataremos sobre os tipos de estrutura.

As estruturas organizacionais são decorrência da função administrativa de organização.

Sobre o presente assunto, a VUNESP tem por hábito explorar características dos diferentes tipos de estruturas, além de conceitos aplicáveis a todos os tipos de estruturas. Para auxiliá-lo em seus estudos, sugerimos a leitura do nosso artigo sobre as Estruturas Organizacionais para concursos, em que há um resumo com maior riqueza de detalhes.

Vejamos um exemplo de cobrança da banca:

FITO (2020)

“A estrutura organizacional pode aparecer de diversas formas – vertical, horizontal, espacial, mista – tendo um desenho específico para cada organização. O processo de dividir o trabalho para estabelecer o desenho adequado é denominado

A) coordenação.

B) atribuição.

C) diferenciação.

D) apropriação.

E) substituição.”

O gabarito é a alternativa C. Perceba que a questão menciona o processo de realizar a divisão do trabalho, ou seja, identificar o quão diferenciadas são as atividades, buscando agrupar as semelhantes e estabelecer um desenho organizacional que privilegie a eficiência na execução das atividades. Isso tudo nos leva ao conceito de diferenciação.

Diferenciação, nas organizações, é o grau de heterogeneidade em que uma organização se estrutura em departamentos ou subsistemas. Este conceito se relaciona ao de especialização do trabalho.

Um conceito complementar ao de diferenciação é o de integração, que é o nível de esforço que a organização deve fazer para integrar suas ações em direção aos seus objetivos. A integração não busca eliminar as diferenças entre as atividades, mas serve para conjugar os esforços de cada uma delas.

Administração para Analista de Departamento Pessoal da Funsaúde-PB - diferenciação e integração
Diferenciação e integração devem convergir para que a organização seja eficiente.

Quanto mais diferenciação houver, maior será a necessidade de integração.

Influências sobre a estrutura organizacional

Avançando com a primeira parte do nosso resumo de Administração para Analista de Departamento Pessoal da Funsaúde-PB, ainda sobre o assunto estruturas organizacionais, falaremos agora sobre as influências que a estrutura sofre.

Achamos importante falar deste tema porque o edital o trouxe expressamente, o que não é comum. No edital, o tema foi descrito como “estruturas organizacionais e a influência da tecnologia, tamanho, estratégia organizacional e ambiente”. Este assunto normalmente é tratado como “condicionantes da estrutura organizacional”.

São as seguintes as condicionantes da estrutura organizacional:

  • Estratégia – condiciona a estrutura da empresa no sentido de que ela deve ser pensada para facilitar o alcance das estratégias organizacionais (e não o contrário), viabilizando as metas e objetivos da organização. Assim, a estrutura segue a estratégia.
  • Ambiente – as organizações, como sistemas abertos, que influenciam e são influenciadas pelo ambiente, devem sempre pensar em suas estruturas com a finalidade de se adequar (ou se adaptar) aos diferentes tipos de ambientes.
  • Tecnologia – a estrutura depende da tecnologia, pois esta influencia de forma determinante qual o tipo de produção a ser adotada pela organização, em razão das tecnologias necessárias para produzir um determinado tipo de produto, e qual o melhor tipo de estrutura para viabilizar o uso dessas tecnologias.
  • Tamanho – o tamanho da organização, por óbvio, influencia a estrutura. Quanto maior a organização, mais complexa se torna a estrutura, com maior necessidade de especialização, padronização e grau de formalização. A estrutura deve se ajustar ao tamanho da organização.

Controle para a Funsaúde-PB

Neste último tópico da primeira parte do nosso resumo de Administração para Analista de Departamento Pessoal da Funsaúde-PB, falaremos sobre o controle. Trata-se de função administrativa que veio expressa no edital, motivo pelo qual deve receber especial atenção.

O edital solicita os tipos de controle. Neste tema, é importante conhecer o controle estratégico, o controle tático e o controle operacional.

Além disso, na parte de indicadores de desempenho, deve-se conhecer os conceitos de eficiência, que é a utilização correta de recursos, fazer mais com menos; eficácia que se relaciona com alcançar os objetivos; e efetividade, que é o impacto gerado pelo alcance dos objetivos, a real transformação da realidade obtida com esse alcance.

Por fim, conheça também o processo do controle, que é bastante explorado pela VUNESP:

FITO (2020)

“Na função controle, os balizamentos que proporcionam meios para se determinar o que se deverá fazer e qual o desempenho a ser aceito como normal ou desejável se dá por meio

A) do estabelecimento de critérios.

B) da ação coercitiva.

C) da ação corretiva.

D) da abrangência do controle.

E) do monitoramento dos indicadores de precisão.”

O gabarito é a alternativa A. A função de controle é realizada mediante um processo de quatro etapas, as quais seguem a seguir:

  1. Estabelecimento de objetivos ou padrões de desempenho.
  2. Avaliação/mensuração do desempenho atual.
  3. Comparação do desempenho atual com os objetivos ou padrões estabelecidos.
  4. Realização de ação corretiva para a correção de desvios.

A primeira etapa, o estabelecimento de objetivos, padrões de desempenho, ou critérios, é a etapa em que se determina aquilo que será desejável e aceitável em termos de desempenho e resultados, fornecendo as bases para as outras etapas do processo. Perceba que é exatamente o que diz a questão, o que justifica o gabarito.

Conclusão

Chegamos ao fim da primeira parte do resumo de Administração para Analista de Departamento Pessoal da Funsaúde-PB.

Utilize este resumo em conjunto com as aulas teóricas e com a resolução de muitas questões sobre os temas apresentados.

No próximo artigo, continuaremos analisando os principais assuntos de Administração para Analista de Departamento Pessoal da Funsaúde-PB.

Abraços e bons estudos!

Paulo Alvarenga

https://www.instagram.com/profpauloalvarenga/

Referências:

Chiavenato, Idalberto. Administração geral e pública. Idalberto Chiavenato. – 2.ed. – Rio de Janeiro: Elsevier, 2008

Cursos e Assinaturas

Prepare-se com o melhor material e com quem mais aprova em Concursos Públicos em todo o país!

Assinatura de Concursos

Assinatura de 1 ano ou 2 anos

Sistema de Questões

Assinatura de 1 ano ou 2 anos

Concursos Abertos

mais de 15 mil vagas

Concursos 2021

mais de 17 mil vagas

.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja os comentários
  • Nenhum comentário enviado.