0

6 motivos para você estudar para o TJ-RO

Olá, concurseiro!

Se você estuda para área de tribunais, ou qualquer uma das áreas afins, e não pensou em estudar para o concurso do TJ-RO, pare um pouco o que estiver fazendo e leia esse artigo com atenção.

Venho aqui para falar um pouco do concurso do TJ-RO, e te apresentar alguns dos motivos pelos quais você deveria estudar para o TJ-RO!

1 – Salário atrativo

Conforme a Estrutura Remuneratória do órgão, os vencimentos dos cargos de Analista Judiciário e Técnico Judiciário são os seguintes:

Analista Judiciário (nível superior):
Inicial: R$ 6.365,21
Final: R$ 10.718,26

Técnico Judiciário (nível médio):
Inicial: R$ 3.539,04
Final: R$ 5.959,34

A priori, o salário não parece tão atrativo assim, quando comparado com os salários de outros tribunais, entretanto, não se engane com esses números! Vale ressaltar que os valores apresentados não estão acrescidos das possíveis gratificações e benefícios. Assim, vamos conhecer, primeiro, os benefícios providos pelo TJ-RO aos seus servidores:

  • Auxilio Alimentação: R$ 1.100,00;
  • Auxílio Creche: R$ 333,62;
  • Auxílio Educação: R$ 170,98;
  • Auxílio Saúde: R$ 500,00; e
  • Auxílio Transporte (o auxílio é calculado com base no valor da passagem do transporte coletivo no município de lotação do servidor, considerando também a jornada de trabalho e a quantidade de dias úteis).

Assim, considerando o salário básico somado aos benefícios, podemos afirmar que os salários devem chegar aos valores abaixo:

Analista Judiciário (nível superior):
Inicial: R$ 8.469,81
Final: R$ 12.882,86

Técnico Judiciário (nível médio):
Inicial: R$ 5.634,64
Final: R$ 8.063,94

Bom, os número já são mais atrativos, e podem ficar ainda melhores, se levarmos em consideração demais vantagens e gratificações que existem no TJ-RO. Em rápida consulta ao portal da transparência, podemos observar salários bem superiores para Técnicos e Oficiais de Justiça:

Tabelas com Rendimentos Brutos / Descontos / Rendimentos Líquidos

2 – Possibilidade de convocar muitos classificados

O concurso para servidores efetivos terá 13 vagas para Analista Judiciário e 30 vagas para Técnico Judiciário. Entretanto, mais uma vez, você não se deve deixar enganar por esses números.

É muito comum, principalmente em concursos da área de tribunais, que o número de cargos ofertados no edital seja bem inferior ao número de convocados ao longo do prazo de validade do concurso.

Para termos uma base mais realista, vamos trabalhar número de cargos vagos atualmente e o número de convocados no último concurso em 2015.

Considerando que o último concurso teve prazo de validade de 2 anos, prorrogado por mais 2 anos, e a partir dos números da tabela acima, é possível deduzir que teremos convocações muito superiores ao número de vagas ofertadas inicialmente.

3 – O concurso deve ocorrer ainda esse ano

Para quem não sabe, o trâmite para realização do concurso do TJ-RO está bem adiantado e já temos até uma banca organizadora contratada, que é a Fundação Getúlio Vargas – FGV. Com isso, praticamente todas as etapas que antecedem a publicação do edital foram cumpridas.

Assim, a expectativa é que o edital seja publicado no primeiro semestre, com provas ainda em 2021.

Diante do cenário atual, é uma excelente oportunidade para tentar garantir uma vaga dentre os aprovados, ou simplesmente treinar a realização de prova.

4 – A banca organizadora é a FGV

Alguns devem estar se perguntando se a banca FGV pode ser considerada um atrativo para sua prova. Bem, vamos explicar melhor.

A FGV ganhou a fama de ser uma banca muito dura por conta de algumas especificidades, como por exemplo, os enunciados com textos muito longos e as questões de difícil interpretação. Isso realmente assusta, mas beneficia, e muito, o candidato bem preparado.

Se pararmos para analisar melhor, a aprovação em um concurso depende de inúmeros fatores, dentre eles o nível de preparação do candidato e momento de prova. Uma prova justa é aquela que privilegia o nível de preparação do candidato, e não o momento de prova e, esse tipo de abordagem encontramos em bancas organizadoras do perfil da FGV.

Para conhecer melhor a FGV, sugerimos a leitura do seguinte artigo:

https://www.estrategiaconcursos.com.br/blog/banca-fgv-analise-completa-e-estrategias-de-prova/https://www.estrategiaconcursos.com.br/blog/banca-fgv-analise-completa-e-estrategias-de-prova/

Uma prova composta de questões de nível fácil, resulta em notas de corte extremamente elevadas e reduz a zero qualquer margem para erro dos candidatos. Não basta estar muito bem preparado, mas o momento de prova também precisa ser perfeito. Assim, é comum vermos candidatos bem preparados, que possuem nível de aprovação, sendo derrotados por conta de um mínimo deslize, oriundo de qualquer distração no momento de prova.

Já uma prova com o perfil da FGV é composta por questões de nível médio e alto, privilegiando assim o candidato bem preparado. Nesse tipo de prova, o candidato até tem uma pequena margem para erro e o nível de conhecimento geral acaba sendo o fator determinante. Assim, se você se preparar muito bem, terá reais chances de aprovação.

Além disso, ao se preparar para uma banca como a FGV, o aluno eleva muito o seu nível de conhecimento de todas as matérias, diante do perfil de questões que irá encontrar ao longo de sua preparação.

Para ajudar na sua preparação, baixe as provas do concurso de 2015 para Técnico Judiciário e Oficial de Justiça nos links abaixo:

Prova FGV – 2015 – TJ-RO – Oficial de Justiça

Prova FGV – 2015 – TJ-RO – Técnico Judiciário

5 – O conteúdo programático pode ser aproveitado em diversas outras provas

Diferente da maioria dos concursos da área de tribunais, que preveem conteúdo programático mais enxuto, principalmente em se tratando do cargo de Técnico Judiciário, o concurso para o TJ-RO é bastante exigente nesse quesito.

Para o cargo de Técnico Judiciário, foram exigidas 16 disciplinas, enquanto para Analista Judiciário – Oficial de Justiça, foram exigidas 15 disciplinas.

Assim, o aluno que estuda para o TJ-RO, poderá aproveitar todo o conteúdo estudado para, praticamente, qualquer outro concurso da área de tribunais.

6 – As Trilhas Estratégicas para o TJ-RO já foram lançadas

No dia 26/04/2021, lançamos as Trilha Estratégicas Regulares para o TJ-RO 2021 para os cargos de Oficial de Justiça e Técnico Judiciário. Para quem não conhece a ferramenta, segue um breve resumo:

O objetivo principal das Trilhas Estratégicas, na qual se inclui a nossa do TJ-RO, é tornar o estudo o mais eficiente possível, almejando otimizar ao máximo a preparação nesse período pré-edital.

Elas são carinhosamente consideradas o “GPS” do Concurseiro!

A ideia é utilizar da melhor maneira o tempo disponível do aluno neste período pré-edital para que, o mais breve possível, esteja ainda mais preparado para as provas.

Para isso, elas são compostas de tarefas diárias elaboradas por profissionais (nossos Coaches) que já obtiveram êxito nos mais variados concursos do país. Além disso, há um Canal do Telegram específico para a Trilha do TJ-RO em que haverá o contato dos Organizadores com os alunos assinantes, como o envio de informações importantes, dicas e conteúdos motivacionais. E os alunos poderão enviar suas dúvidas também.

Quer mais informações sobre as Trilhas Estratégicas? Clique no link abaixo:

Trilhas Estratégicas

Sem dúvidas as Trilhas podem ser um ferramenta importantíssima na sua aprovação para o TJ-RO. Para acesso às Trilhas Estratégicas do TJ-RO, basta se tornar assinante Premium ou Platinum e seguir com elas pela sua área do aluno.

Assinatura Ilimitada

Bom, concurseiro, espero ter conseguido te convencer a estudar para o concurso do TJ-RO.

Sem sombra de dúvidas, estamos diante de uma excelente oportunidade, que merece ser aproveitada por você.

Conte comigo!

Abraão Pereira – Professor e Coach do Estratégia Concursos

Posts Relacionados

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *