Técnicas de Memorização para Concurso Público
Thiago Cabral

Técnicas De Memorização Poderosas No Estudo Para Concurso Público

Técnicas de Memorização

Você passa o dia inteiro estudando e tem a impressão que não se recorda de nada ou quase nada no dia seguinte? Ou então chega na hora da prova e você tem aquele famoso “branco”? Já tentou diversos métodos de estudo e nenhum fez com que sua memória tivesse melhores resultados?

Bom, fique tranquilo porque isso é bastante comum entre muitos concurseiros. E o melhor de tudo é que É POSSÍVEL VOCÊ MELHORAR A SUA MEMÓRIA e assim ter um DESEMPENHO MELHOR NOS SEUS ESTUDOS.

Antes de entrar nas dicas, me diga: você já ouviu falar na Curva do Esquecimento? Um estudioso chamado Hermann Ebbinghaus desenvolveu a tese de que o cérebro humano começa a esquecer o conteúdo assim que para de estudar ele. Basta apenas algumas horas para que você esqueça uma grande parte da matéria estudada e vá esquecendo o restante de forma gradativa após alguns dias, semanas e meses. Isso quer dizer que VOCÊ ESQUECE MUITA COISA LOGO APÓS ESTUDAR e ao longo dos dias seguintes vai esquecendo de forma mais lenta.

 

A única maneira de superar a Curva do Esquecimento e conseguir absorver o conteúdo estudado é FAZENDO REVISÕES!  Eu inclusive já falei sobre A IMPORTANCIA DA REVISÃO NO ESTUDO PARA CONCURSOS PÚBLICOS:

Por isso, neste texto você vai conhecer 5 TÉCNICAS DE MEMORIZAÇÃO INFALÍVEIS para você estudar para concursos públicos. Essas técnicas servem para qualquer processo de aprendizado, mas hoje focaremos em aplicá-las para o estudo de concursos públicos.

Técnica da Explicação

UM ERRO COMUM ENTRE OS CONCURSEIROS é simplesmente acreditar que um conteúdo estudado está realmente assimilado e compreendido.

Isso NÃO É NECESSARIAMENTE VERDADE. Muitas vezes acreditamos que sabemos, mas isso é apenas uma ilusão do nosso cérebro.

Albert Einstein dizia que você só entendia realmente um conteúdo se pudesse explica-lo para uma criança de seis anos.  Ou seja, você teria que saber explicar de forma simples e em poucas palavras.

A teoria dele é muito simples e verdadeira: se você não consegue explicar a matéria é porque no mínimo você não sabe o suficiente.

Então PROCURSE SEMPRE TENTAR EXPLICAR A OUTRA PESSOA a matéria que você está estudando. Você também pode explicar para você mesmo e assim vai conseguir ter uma noção do que você realmente sabe.

A TÉCNICA DA EXPLICAÇÃO é uma ótima forma de memorização porque quando você explica algo você está criando novas conexões neurais e isso ajuda o seu cérebro a fixar ainda mais as informações Pois o seu cérebro vai guardar em outros locais da mente aquilo que estava somente em uma parte dele.

Revisões

Tem muita concurseiro que acha que o importante é só estudar, estudar e estudar. ELES NÃO DÃO À IMPORTÂNCIA NECESSÁRIA AS REVISÕES e não levam em consideração um fator muito importante que é a curva do esquecimento.

Criada pelo psicólogo alemão Herman Ebbinghaus, essa teoria nos mostra como trabalha o nosso cérebro com a retenção de informações. À medida que o tempo passa nós vamos deixando de lado muitos conteúdos que vimos E SE VOCÊ NÃO REVISAR o que aprendeu, pode ser que depois de um tempo apenas uma parte ínfima da matéria ainda esteja na sua mente. É por isso que depois de estudar algum assunto especifico você consegue lembrar-se de tudo sobre ele praticamente.

No entanto no dia seguinte se lhe for perguntado novamente É PROVÁVEL que você já não se lembre de muita coisa. Depois de uma semana SE VOCÊ NÃO FIZER NENHUMA REVISÃO é provável que grande parte do conteúdo tenha sido “varrido” do seu cérebro.

Por isso que É TÃO IMPORTANTE QUE VOCÊ REVISE AS MATÉRIAS QUE VOCÊ ESTUDOU. Você pode tanto separar um dia na semana somente para revisar os conteúdos, como pode também fazer isso diariamente.O ideal é que se você estudou um conteúdo na segunda-feira, no dia seguinte, ou seja, 24h depois, você vai, além de estudar uma nova matéria, rever o que aprendeu no dia anterior. Depois, fazer uma segunda revisão 7 dias depois e, para concluir, mais uma revisão após 30 dias. Se quiser saber mais sobre essa técnica, aconselho a conhecer o Curso Estudo Memorização – A Chave da Sua Aprovação, do prof. Renato Alves. Eu também expliquei de forma detalhada sobre COMO FAZER REVISÕES EFICIENTES PARA CONCURSOS PÚBLICOS:

Abaixo você verá duas outras maneiras de revisar que podem ser interessantes.

Fichas com a Ideia Central do Assunto

Você já entendeu a importância da revisão né? Só que UM ERRO QUE MUITA GENTE AINDA COMETE É PENSAR QUE REVISAR É O MESMO QUE ESTUDAR TUDO DE NOVO. Não é bem assim. Dessa forma você não estará otimizando o seu tempo.

Muita gente tem o costume de resumir e isso é muito interessante. Mas tem que ser um resumo mesmo. Se você simplesmente pegar o que está no livro e colocar no caderno você estará somente copiando.

Uma boa maneira de você revisar conteúdos é através de fichas. Nelas você vai colocar as palavras chaves ou o tema central daquilo que você  aprendeu e isso vai te ajudar a relembrar todo o conteúdo da matéria.

Você pode até unir essa à técnica à outra já falada nesse texto. Você pode usar suas fichas com a palavra central para usar como base para fazer suas explicações seja para você mesmo ou para outras pessoas.

Flash Cards

Acontece muito durante uma prova de olharmos a questão, lembrarmos que estudamos aquilo, mas nós simplesmente não sabemos a resposta.

Para acabar com esse problema uma solução simples é você usar flash card que são pequenos cartões usados para estudos e memorização. De um lado do cartão você vai colocar uma pergunta sobre algo que você estudou. Do outro lado você vai colocar a resposta certa. Mas o legal dessa técnica é que você deve responder a pergunta antes de virar o cartão.

Se você acertar a resposta significa que você já tem um bom domínio sobre tal assunto e por isso precisa revisar menos vezes esse cartão. Agora se você errar a resposta significa que amanhã você já deve tentar responder o mesmo cartão. Assim você vai medir o conteúdo que aprendeu e vai melhorando seu desempenho.

Um programa que imita a funcionalidade dos flash cards é o AnkiVocê vai colocar a pergunta e a resposta dentro do software. Ele mesmo vai te dar um limite de perguntas que você deve responder por dia. Dependendo de como você responder você pode colocar o card para ser feito novamente no dia seguinte ou para daqui a três dias, por exemplo.

Depois que você responder o mesmo cartão várias vezes ficará cada vez mais distante o tempo entre uma revisão e outra, pois esse conteúdo já estará na sua mente.

Essa técnica trabalha com método das repetições espaçadas. Dessa forma você respeitará a sua curva do esquecimento e conseguirá reter muitos conteúdos.

Resolva Questões

Quando mais abstrato está um assunto em nosso cérebro, mais complicado é para que possamos retê-lo. Por isso É IMPORTANTE que você deixe o seu conhecimento o mais concreto possível.

Para isso você pode resolver o máximo de simulados e questões possível. Dessa forma o seu cérebro vai guardar de forma muito mais eficiente as informações. Além disso, simulados são uma ótima maneira de você conseguir testar os seus conhecimentos e assim saber como está o seu nível de aprendizado.

Essas foram algumas técnicas para você melhorar sua memória e conseguir resultados incríveis em concursos públicos, aumentando assim as suas chances de conseguir a tão sonhada aprovação!!!

E para finalizar, gostaria de saber a sua opinião. Deixe um comentário logo abaixo sobre o que você mais gostou nesse artigo, ou sobre alguma dica de estudo que você deseja compartilhar.

Um abraço e bom estudos!!!

YOUTUBEhttps://www.youtube.com/channel/UCh-km30_BE0F0fuIaZW3Gjw

FACEBOOKhttps://www.facebook.com/coach.thiagocabral

INSTAGRAMhttps://www.instagram.com/coach.thiagocabral/

PS. Quer ser meu coachee ou conhecer uma pouco mais a carreira de Auditor Fiscal? É só avisar a equipe do Estratégia quando fizer a matrícula! :)

Posts Relacionados

Compartilhe:

Thiago Cabral

Thiago Cabral

AUDITOR FISCAL DO ESTADO DE SANTA CATARINA (ICMS-SC), aprovado no concurso de 2010. Bacharel em Direito pela Universidade Sociedade Educacional de Santa Catarina – UNISOCIESC. Pós-graduado em Direito Tributário.  Atua como coach profissionalmente na preparação de concursando desde 2015. Ex-oficial da Marinha graduado pela Escola Naval/RJ. Começou sua carreira de “concurseiro“ em 1997 quando foi aprovado no Concurso para o Colégio Naval AOS 15 ANOS DE IDADE! Aprovado também no concurso para o cargo de Analista da Secretaria de Fazenda do Estado de São Paulo (2009). É comum ouvirmos que estudar para concursos públicos é uma tarefa árdua e cansativa e que muitos acabam desistindo. Que é preciso muito anos de estudo, além de diversos cursinhos. Em regra, é um caminho bem difícil a ser trilhado. Para seguir firme no propósito até o final, é indispensável ser DETERMINADO e manter-se MOTIVADO. Gostaria de compartilhar o que aprendi durante os meus anos de estudo, pois um projeto de aprovação em concurso público requer muita determinação, motivação e persistência. No Coaching do Estratégia, tenho como missão pessoal transmitir o máximo da minha experiência em concursos para meus coachees, dando dicas para aperfeiçoar seus estudos e te fazer sair na frente de muitos concorrentes. Conte comigo!!! Bons estudos!!!  

Veja os comentários:
Deixe seu comentário:

Deixe seu comentário:

Vídeos Relacionados

Cadastre-se para receber novidades e ofertas especiais sobre cursos.

Estamos aqui para ajudar você!
x