Artigo

Polícia Penal DF – Recursos – História e Geografia do Distrito Federal

Caros Alunos,

As questões da nossa disciplina não estavam difíceis. Ocorre que não primaram pela melhor elaboração textual e pela precisão dos conhecimentos históricos e geográficos, conforme a literatura histórica e a ciência geográfica. Isso fez com que ocorressem dúvidas em algumas questões, tentando interpretar o que pensa a cabeça do examinador e qual o seu entendimento.

Na minha avaliação, cabe recurso em duas questões de Noções de História e Geografia do Distrito Federal, conforme segue:

Questão:
O Distrito Federal está localizado sobre o segundo maior bioma do Brasil que é dividido entre: Cerrado Denso, Cerrado Típico, Cerrado Ralo e Cerrado Rupestre.

Gabarito: Certo. Pleito: Alterar para Errado.

Argumentos para o recurso:

Conforme vasta literatura científica, o bioma Cerrado, onde se localiza o Distrito Federal, não se divide apenas entre Cerrado Denso, Cerrado Típico, Cerrado Ralo e Cerrado Rupestre.

Conforme vasta literatura científica, acadêmica, de órgãos e entidades públicas oficiais (de meio ambiente, ciências e geografia, como o Ministério do Meio Ambiente, ICMBio, Instituto Brasília Ambiental, Embrapa e IBGE), utilizada na formação educacional dos brasileiros, o bioma Cerrado se subdivide em três grandes formações e 11 ou 14 fitofisionomias, conforme segue:

Formações Florestais: fitofisionomias – Mata Ciliar, Mata de Galeria, Mata Seca e Cerradão);

Formações Savânicas: Cerrado Denso, Cerrado Típico, Cerrado Ralo, Parque de Cerrado, Palmeiral, Vereda e Cerrado Rupestre;

Formações Campestres: Campo Sujo, Campo Limpo e Campo Rupestre.

A imagem do link a seguir, do portal da Embrapa, demonstra essas formações e fitofisionomias:
https://www.embrapa.br/documents/1355008/0/fitofisionomias-1.jpg/f8349909-feef-bb93-2cda-83848b21e98e?t=1531317270803

Mesmo assim, caso o examinador se apegue somente as fitofisionomias com a nomenclatura “cerrado”, ainda assim, o bioma teria mais do que quatro divisões, seriam seis: Cerradão, Cerrado Denso, Cerrado Típico, Cerrado Ralo, Parque de Cerrado e Cerrado Rupestre.

Pelo fato de o bioma Cerrado não ter apenas quatro divisões (Cerrado Denso, Cerrado Típico, Cerrado Ralo e Cerrado Rupestre), roga-se a banca recursal que altere o gabarito da questão de “certo” para “errado”.

Segundo o Atlas do Distrito Federal (capítulo 2, pagina 28, Codeplan – Governo do Distrito Federal), “o Cerrado se apresenta como um mosaico vegetacional composto por 11 tipos principais de fitofisionomias enquadradas em: Formações Florestais (Mata Ciliar, Mata de Galeria, Mata Seca e Cerradão; Formações Savânicas: Cerrado Sentido Restrito, Parque de Cerrado, Palmeiral e Veredas; Formações Campestres: Campo Sujo, Campo Limpo e Campo Rupestre. Link: https://www.codeplan.df.gov.br/wp-content/uploads/2018/05/Atlas-do-Distrito-Federal-2020-Cap%C3%ADtulo-2.pdf

Os links a seguir, do Instituto Brasília Ambiental, Embrapa Cerrado e Ministério do Meio Ambiente, trazem a informação de que o Bioma Cerrado se subdivide em três grandes formações e 11 fitofisionomias principais: Formações Florestais (Mata Ciliar, Mata de Galeria, Mata Seca e Cerradão); Formações Savânicas (Cerrado Denso, Cerrado Típico, Cerrado Ralo, Parque de Cerrado, Palmeiral, Vereda e Cerrado Rupestre); Formações Campestres (Campo Sujo, Campo Limpo e Campo Rupestre).

Links:
https://www.embrapa.br/cerrados/colecao-entomologica/bioma-cerrado
https://www.embrapa.br/busca-de-publicacoes/-/publicacao/554094/fitofisionomias-do-bioma-cerrado
https://www.ibram.df.gov.br/bioma-cerrado/
https://www.gov.br/mma/pt-br/assuntos/ecossistemas-1/biomas/cerrado#:~:text=Segundo%20Ribeiro%20%26%20Walter%20(2008),de%20Galeria%2C%20Mata%20Ciliar

Questão:
No Planalto Central, o cultivo de milho, soja e algodão, juntamente com a pecuária extensiva, é favorável e tem destaque na economia, devido ao relevo plano que favorece a mecanização da agricultura.

Gabarito: Certo. Pleito: Alterar para Errado.

Argumentos para o recurso:

Na língua portuguesa, a palavra “plano” se refere a uma superfície lisa, sem desigualdades de nível.

Conforme vasta literatura científica, o relevo do Planalto Central não é plano. Obviamente que há desigualdades de níveis e altitudes diferentes.

A denominação “Planalto Central” provém da antiga classificação do relevo brasileira de Aroldo de Azevedo (1949), conforme o mapa do link a seguir: https://s3-sa-east-1.amazonaws.com/manual-do-enem-test/a9c6d08d128d4d2cbbf9861b5f19dadb-ccc.jpg

É uma extensão região com significativas diferenças de macrocompartimentação e altitudes, que na classificação mais utilizada atualmente do relevo brasileiro, de Jurandir Ross, é formada por planaltos, planícies (como a do Araguaia) e depressões. Link:
https://descomplica.com.br/d/vs/aula/classificacao-do-relevo-brasileiro/

Tomando por base o Distrito Federal, o Atlas do Distrito Federal (capítulo 2, páginas 23 e 24, Codeplan – Governo do Distrito Federal) dispões que “O relevo do DF caracteriza-se pelo padrão plano a suave ondulado, relevos inclinados, que se estendem da base das chapadas e dos morros residuais em direção aos vales, e relevos dissecados, ao longo dos rios Paranoá, São Bartolomeu, Preto, Maranhão e Descoberto.” “A altitude no Distrito Federal varia entre 750 m e 1.350 m, aproximadamente.”

Planaltos são áreas de médias a altas altitudes, com superfícies irregulares e predomínio de processos de erosão (Jurandir Ross).

Se a questão tivesse se referido ao relevo como relativamente plano estaria correta.

Pelo fato científico do relevo do Planalto Central não ser plano solicita-se a alteração do gabarito de “certo” para “errado).

Abraços,

Leandro Signori


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja os comentários
  • Nenhum comentário enviado.