Notícia

Concurso Banco do Brasil: convocação de aprovados é iniciada

Em informe para a imprensa, o concurso Banco do Brasil informou que foi iniciada a convocação dos primeiros 93 aprovados no certame da instituição bancária.

De acordo com o documento, o primeiro colocado de cada microrregião, no cargo de Escriturário – Agente Comercial, foi convocado, totalizando os 93 aprovados.

A previsão é que os demais classificados, dentro do número de vagas do edital, sejam convocados nos próximos dias, bem como os aprovados para o cargo de Escriturário – Agente de Tecnologia.

  • Banco do Brasil – Escriturário
  • Banca: Cesgranrio
  • Vagas: 2.240 + 2.240 CR
  • Salário: R$ 3.022,37 + benefícios
  • Edital: Banco do Brasil 2021

A seleção terá validade de 1 (um) ano, seguindo vigente até dezembro deste ano. O prazo, contudo, poderá ser prorrogado uma vez, por igual período, conforme critério exclusivo da entidade.

O edital ofereceu 4.480 vagas, sendo 2.240 imediatas e outras 2.240 vagas para formação de um cadastro de reserva, para a carreira de Escriturário, de nível médio, nas áreas de Agente de Tecnologia e Agente Comercial

Os salários inicias dos contratados são de R$ 3.022,37, para jornada de 30 horas semanais, além dos adicionais de auxílios-alimentação, refeição e outras gratificações. Vale lembrar que mais de 1,6 milhão de pessoas se candidataram, sendo um recorde no país.

Sabia que o Estratégia Concursos tem 14 cursos focados no concurso Banco do Brasil? Estude com a empresa que mais aprova em todo o Brasil! Confira nossos cursos:

Acompanhe neste artigo todas as informações e novidades a respeito do concurso Banco do Brasil. Acompanhe os tópicos abaixo e não perca nenhum detalhe:

Concurso Banco do Brasil: edital publicado

Retificações

Concurso Banco do Brasil: carreira

Cargos e vagas

A denominação do cargo ofertado é Escriturário, porém, os nomes de relacionamento são Agente de Tecnologia e Agente Comercial.

CARGOVAGAS
Escriturário2.240 + 2.240 CR

Os servidores aprovados serão lotados em dependências situadas nos Estados do Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe, Tocantins e no Distrito Federal.

Salários e Benefícios

O salário oferecido no concurso do Banco do Brasil 2021 é de R$ 3.022,37. Entretanto, além desse valor, os aprovados também recebem os seguintes benefícios:

  • Auxílio alimentação/refeição (R$ 1.486,03);
  • Auxílio-transporte;
  • Participação nos lucros (geralmente paga duas vezes ao ano);
  • Planos de saúde e odontológico;
  • Previdência complementar;
  • Auxílio-creche; e
  • Auxílio ao filho com deficiência;
  • Acesso a programas de educação e capacitação e possibilidade de ascensão e desenvolvimento profissional.

Concurso Banco do Brasil: requisitos

Para o cargo de Escriturário do concurso Banco do Brasil é solicitado certificado de conclusão ou diploma de curso de nível médio, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação.

A jornada de trabalho do Escriturário perfaz um total de 30 horas semanais.

Concurso Banco do Brasil: atribuições de Escriturário

Principais responsabilidades do cargo de Escriturário:

  • Prestação de orientações aos clientes sobre produtos e serviços oferecidos pelo Conglomerado BB;
  • Execução de análise e conferência de documentos, inclusive assinaturas, quando possuir curso de grafoscopia;
  • Preparação de correspondências;
  • Preparação e processamento de documentos;
  • Atualização de registros;
  • Resguardo e confidencialidade das informações de interesse do Conglomerado BB;
  • Presteza e cortesia no atendimento ao cliente;
  • Manutenção e organização dos arquivos sob sua guarda;
  • Execução de aplicações financeiras de clientes, segundo as normas estabelecidas;
  • Recolhimento e manipulação de informações cadastrais e dados estatísticos;
  • Operacionalização de equipamentos de escritório e de atendimento ao cliente e usuário;
  • Qualidade das informações prestadas;
  • Qualidade e tempestividade dos serviços sob sua condução;
  • Adoção de demais ações necessárias para o cumprimento dos objetivos definidos para sua Unidade e para resguardar interesses do Conglomerado BB, nos assuntos relacionados à sua área de atuação.

Demanda de inscritos

Segundo informações do Banco do Brasil, o concurso registrou mais de 1 milhão de inscrições, um recorde no país. Ao todo, foram 1.645.975 candidatos inscritos, sendo 1.605.751 para a função de Escriturário (Agente Comercial) e 40.224 para a função de Escriturário (Agente de Tecnologia).

Os números de candidatos superaram as nossas expectativas. A procura por uma vaga no Banco do Brasil nos deixa orgulhosos por termos cumprido o objetivo de atrair novos talentos, em nível nacional.

Acreditamos que os candidatos foram atraídos pelas oportunidades de ascensão e encarreiramento que o BB oferece, além do conjunto de benefícios, que incluem, por exemplo, plano de saúde e de previdência, vale alimentação / refeição, por termos capacitação permanente aos nossos funcionários, além de participação nos lucros e resultados.

Estamos falando de uma das melhores empresas para se trabalhar, no país. A missão continua, agora, para selecionar os nossos novos colegas e para receber esses novos profissionais que irão vivenciar o propósito do Banco, de cuidar do que é valioso para as pessoas“, destaca Ênio Mathias, vice-presidente corporativo do BB.

Concurso Banco do Brasil: etapas e provas

Os candidatos do concurso do Banco do Brasil serão avaliados por meio de quatro etapas de avaliação, sendo:

  1. Prova Objetiva: de caráter eliminatório e classificatório, com 70 questões de múltipla escolha, sendo 25 questões de conhecimentos básicos e 45 questões de conhecimentos específicos, sob a responsabilidade da Fundação CESGRANRIO;
  2. Prova de Redação: de caráter eliminatório, que deve ser estruturada na forma de texto em prosa do tipo dissertativo-argumentativo, sob a responsabilidade da Fundação CESGRANRIO;
  3. Aferição da veracidade da autodeclaração prestada por candidatos (as) pretos (as) ou pardos (as): de caráter eliminatório, sob a responsabilidade da Fundação CESGRANRIO;
  4. Procedimentos Admissionais e Perícia Médica: de caráter eliminatório, sob a responsabilidade do Banco do Brasil.

As provas tiveram duração de 5 horas, sendo realizadas no dia 26 de setembro de 2021 em todos os estados, nas seguintes cidades:

  • Acre – cidades de Cruzeiro do Sul (AC) e Rio Branco (AC);
  • Alagoas – Maceió (AL);
  • Amazonas – São Gabriel da Cachoeira (AM), Tabatinga (AM), Manaus (AM) e Manicoré (AM);
  • Amapá – Macapá (AP), Porto Grande (AP) e Oiapoque (AP);
  • Bahia – Juazeiro (BA), Barreiras (BA), Salvador (BA), Alagoinhas (BA), Vitória da Conquista (BA);
  • Ceará – Fortaleza (CE), Juazeiro do Norte (CE);
  • Espírito Santo – Linhares (ES), Serra (ES) ou Vitória (ES);
  • Goiás – Niquelândia (GO), Goiânia (GO), Formosa (GO), Rio Verde (GO);
  • Maranhão – São Luis (MA), Imperatriz (MA), Timon (MA) e Balsas (MA);
  • Minas Gerais – Montes Claros (MG), Teófilo Otoni (MG), Uberlândia (MG), Belo Horizonte (MG), Juiz de Fora (MG), Divinópolis (MG) ou Santa Rita do Sapucaí (MG);
  • Mato Grosso do Sul – Corumbá (MS), Campo Grande (MS), Três Lagoas (MS), Dourados (MS);
  • Mato Grosso – Sinop (MT), Lucas do Rio Verde (MT), Barra do Garças (MT), Rondonópolis (MT), Cáceres (MT), Cuiabá (MT), Tangará da Serra (MT);
  • Pará – Santarém (PA), Breves (PA), Belém (PA), Capanema (PA), Altamira (PA), Marabá (PA);
  • Paraíba – João Pessoa (PB);
  • Pernambuco – Petrolina (PE), Caruaru (PE), Recife (PE);
  • Piauí – Teresina (PI) ou Floriano (PI);
  • Paraná – Umuarama (PR), Londrina (PR), Cascavel (PR), Guarapuava (PR), Curitiba (PR);
  • Ro de Janeiro – Rio de Janeiro (RJ) ou Campos dos Goytacazes (RJ);
  • Rio Grande do Norte – Natal (RN);
  • Rondônia – Porto Velho (RO), Ji-Paraná (RO), Vilhena (RO);
  • Roraima – Boa Vista (RR), Rorainópolis (RR);
  • Rio Grande do Sul – Passo Fundo (RS), Caxias do Sul (RS), Porto Alegre (RS), Santa Maria (RS), Pelotas (RS);
  • Santa Catarina – Chapecó (SC), Joinville (SC), Florianópolis (SC);
  • Sergipe – Aracaju (SE);
  • São Paulo – São José do Rio Preto (SP), Ribeirão Preto (SP), Araçatuba (SP), Bauru (SP), São Carlos (SP), Piracicaba (SP), Campinas (SP), Presidente Prudente (SP), Marília (SP), Ourinhos (SP), Itapetininga (SP), Itanhaém (SP), Sorocaba (SP), São José dos Campos (SP), São Paulo (SP), São Paulo (SP) ou Santos (SP);
  • Tocantins – Araguaína (TO) e Palmas (TO).

Locais de prova – lista atualizada

Prova Objetiva

As provas objetivas do concurso Banco do Brasil constou de 70 questões de múltipla escolha, sendo 25 de Conhecimentos Básicos e 45 de Específicos, totalizando 100,0 pontos. Cada questão apresentou cinco alternativas (A, B, C, D e E) e uma única resposta correta.

Escriturário – Agente de Tecnologia (exclusivamente para Microrregião 16-DF-TI):

  • Conhecimentos Básicos, com valor total de 32,5 pontos:
    • Língua Portuguesa: 10 questões com valor de 1,5 ponto cada;
    • Língua Inglesa: 5 questões com valor de 1,0 ponto cada;
    • Matemática: 5 questões com valor de 1,5 ponto cada;
    • Atualidades do Mercado Financeiro: 5 questões com valor de 1,0 ponto cada.
  • Conhecimentos Específicos, com valor total de 67,5 pontos:
    • Probabilidade e Estatística: 5 questões com valor de 1,5 ponto cada;
    • Conhecimentos Bancários: 5 questões com valor de 1,5 ponto cada;
    • Tecnologia da Informação: 35 questões com valor de 1,5 ponto cada.

Escriturário – Agente Comercial (todas as Microrregiões, com exceção da Microrregião 16-DF-TI):

  • Conhecimentos Básicos, com valor total de 32,5 pontos:
    • Língua Portuguesa: 10 questões com valor de 1,5 ponto cada;
    • Língua Inglesa: 5 questões com valor de 1,0 ponto cada;
    • Matemática: 5 questões com valor de 1,5 ponto cada;
    • Atualidades do Mercado Financeiro: 5 questões com valor de 1,0 ponto cada.
  • Conhecimentos Específicos, com valor total de 67,5 pontos:
    • Matemática Financeira: 5 questões com valor de 1,5 ponto cada;
    • Conhecimentos Bancários: 10 questões com valor de 1,5 ponto cada;
    • Conhecimentos de Informática: 15 questões com valor de 1,5 ponto cada;
    • Vendas e Negociação: 15 questões com valor de 1,5 ponto cada.

Após a 1ª Etapa, os(as) candidatos(as) serão classificados(as) por Microrregião/Macrorregião/UF e de acordo com o total de pontos obtidos. Foram eliminados(as) os(as) candidatos(as) que obtiveram:

Aproveitamento inferior a 50% do total da pontuação do conjunto das provas objetivas; ou
Aproveitamento inferior a 50% do total da pontuação da prova objetiva de Conhecimentos Básicos; ou
Aproveitamento inferior a 50% do total da pontuação da prova objetiva de Conhecimentos Específicos; ou
nota 0 em qualquer uma das disciplinas.

Prova de Redação

A seleção na 2ª Etapa do concurso do Banco do Brasil foi feita por meio de Prova de Redação, de caráter eliminatório.

A Redação precisou ser estruturada na forma de texto em prosa do tipo dissertativo-argumentativo, valendo 100,0 pontos, sendo eliminados(as) aqueles(as) que obtiverem nota inferior a 70,0 pontos.

Esta etapa foi avaliada conforme os critérios a seguir:

  • Adequação ao tema proposto;
  • Adequação ao tipo de texto solicitado;
  • Emprego apropriado de mecanismos de coesão (referenciação, sequenciação e demarcação das partes do texto);
  • Capacidade de selecionar, organizar e relacionar de forma coerente argumentos pertinentes ao tema proposto;
  • Pleno domínio da modalidade escrita da norma-padrão (adequação vocabular, ortografia, morfologia, sintaxe de concordância, de regência e de colocação).

Resultado final

Concurso Banco do Brasil: materiais de estudos

Edital Estratégico: baixe gratuitamente

Escriturário – Agente de Tecnologia

Escriturário – Agente Comercial

IMPORTANTE: Ao clicar no link acima, vai ser aberta uma janela do Google Drive que tentará carregar a visualização da planilha no seu navegador. Não há necessidade de esperar essa visualização (talvez até nem carregue, já que os arquivos são pesados).

Faça o download clicando na seta para baixo no canto superior direito da janela do Google Drive que vai ser aberta ao clicar nos links acima.

Todos os arquivos foram testados em diferentes computadores e celulares e estão ok. Talvez alguma incompatibilidade (ou mensagem de erro, como “arquivo inválido”) ocorra em virtude do seu próprio computador ou do tamanho dos arquivos que possuem mais conteúdo.

Guia de estudos

Guia de Estudos – Banco do Brasil

Vade-mécum

Escriturário – Agente de Tecnologia

Escriturário – Agente Comercial

Concurso Banco do Brasil: última edição

O último concurso para o cargo de Escriturário do concurso BB aconteceu em 2018. Ao todo, foram ofertadas 60 vagas: 30 para contratação imediata de servidores e mais 30 para formação de cadastro de reserva, sob organização da Cesgranrio.

Etapas e provas

  • 1ª Etapa – Prova Objetiva – de caráter eliminatório e classificatório;
  • 2ª Etapa – Prova de Redação –  de caráter eliminatório;
  • 3ª Etapa – Aferição da veracidade da autodeclaração prestada por candidatos(as) pretos(as) ou pardos(as) – de caráter eliminatório;
  • 4ª Etapa – Procedimentos Admissionais e Perícia Médica, de caráter eliminatório.

As provas objetivas do último concurso do Banco do Brasil continham ao todo 70 questões de múltipla escolha, sendo (20 questões) de Conhecimentos Básicos e (50 questões) de Conhecimentos Específicos, totalizando 100,0 pontos.

Conteúdo das provas:

  • Língua Portuguesa: 5 questões com valor de 1,0 ponto cada;
  • Língua Inglesa: 5 questões com valor de 1,0 ponto cada;
  • Matemática: 5 questões com valor de 2,0 pontos cada;
  • Atualidades do Mercado Financeiro: 5 questões com valor de 1,0 ponto cada.

A prova de Conhecimentos Específicos

  • Probabilidade e Estatística: 20 questões com valor de 1,5 ponto cada;
  • Conhecimentos Bancários: 5 questões com valor de 1,5 ponto cada;
  • Conhecimentos de Informática: 25 questões com valor de 1,5 ponto cada.

Concorrência

No total, foram registradas mais de 120 mil inscrições e ofertou vagas para os estados do Rio de Janeiro e São Paulo, além do Distrito Federal. Confira a distribuição:

CargoInscritos ACInscritos PcDInscritos Negros
Escriturário127.30466222.206
Distribuição de vagas

Nota de corte

O último aprovado no concurso BB do ano de 2018 obteve 60 pontos na prova objetiva, enquanto a referida etapa valia, no máximo, 100 pontos. Ou seja, o candidato classificado na última posição alcançou 60% de aproveitamento no exame.

Na etapa da prova discursiva, cujo caráter era apenas de cunho eliminatório, foram desclassificados os candidatos que não alcançassem 70 pontos. O último aprovado obteve 75.

Resultado final – 2018 | Homologação

Concurso Banco do Brasil: linha do tempo

2018 – Concurso Banco do Brasil: provimento de vagas e cadastro de reserva em dependências situadas no Distrito Federal, Rio de Janeiro e São Paulo

2015 – Concurso Banco do Brasil: provimento de vagas e cadastro de reserva em dependências situadas no Ceará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe.

2013 – Concurso Banco do Brasil: provimento de vagas e cadastro de reserva em dependências situadas no Amazonas (parte do Estado), Espírito Santo, Minas Gerais (parte do Estado), Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Santa Catarina (parte do Estado).

Número de servidores BB

Em março de 2020, o Banco do Brasil, por meio da Portaria Nº 8.775, fixou em 102.681 o número de servidores da instituição. Agora, o quadro foi revisto e fixado em 100.343 cargos, pela Portaria Nº 23.352, de 10 de novembro de 2020.

O documento reforça que o gerenciamento de efetivos deve ser realizado pela instituição, desde que respeitado o limite estabelecido. Para isso, diversos fatores devem ser considerados.

Portaria SEST/ME Nº 23.352, DE 10 DE NOVEMBRO DE 2020

Contratações de nível superior

A 3ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) em Brasília decidiu que o Banco do Brasil deve passar a contratar profissionais de nível superior apenas através de concurso público.

Até então, o funcionário começava no Banco como nível médio e passava por avaliação interna para ser promovido. Com a nova regulamentação, a empresa tem até dois anos para cumprir a ordem, sob risco de multa de R$ 50 mil por dia. Ainda cabe recurso.


Quer saber tudo sobre concursos previstos?
Confira nossos artigos!

Quer estudar para concurso Banco do Brasil?

Assinatura de Concursos

Assinatura de 1 ou 2 anos

Ficha do concurso Banco do Brasil

Informações do concurso Banco do Brasil

  • Vagas: 2.240 + 2.240 CR
  • Cargos: Escriturário
  • Banca: Cesgranrio
  • Escolaridade: Nível médio
  • Edital: Banco do Brasil – 2021

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja os comentários
  • Sobre o concurso do BB para nível médio, há alguma previsão?
    Marcia em 30/10/20 às 09:51
  • como fazer inscrição para o concurso nao consegue acessar ao sistema
    osvaldo em 07/08/20 às 12:57
  • Reiterando que não existe mais vale cultura na instituição o banco é um bom lugar para trabalhar, paga seu salário certinho, porém recomendo utilizar o mesmo como uma ponte para outro concurso, pois pode ter certeza que internamente a organização tenta caçar benefícios dos funcionários, o futuro do banco é incerto e quem entrar no próximo concurso já vai entrar ganhando menos, por conta do plano de cargo e salários atual, aprovado recentemente onde a grande maioria dos cargos estão ganhando menos! Bem vindos!
    Rubinho Novak em 03/08/20 às 19:10
  • Estou na dúvida se realmente esse concurso de 2020 previsto para o BB é somente para o pessoal de formação de tecnologia? Ou é para formação em tecnologia e ensino médio?
    Clotilde Neta em 12/05/20 às 18:16
  • Meu sonho trabalha no Banco quero muito realizá meu sonho
    Antonio jandir santos da Silva em 06/01/20 às 19:16
  • Muito legal seu depoimento!
    Natália Scarano em 23/12/19 às 18:18
  • Sou funcionário do BB e sou muito feliz por isso. O BB oferece muitas oportunidades de crescimento, mas para isso você precisa estar muito bem qualificado. O próprio banco te ajuda. Minha pós graduação foi paga 80% pelo banco. Minha certificação CPA-20 tbm foi bancada 100% pelo banco. Só tenho a agradecer essa empresa maravilhosa. Realmente há muita cobrança, você precisa ter inteligência emocional e gostar de metas. A função principal do Banco é vender. Os produtos do banco são maravilhosos, mas pra vender você precisa de estar qualificado para vender o produto certo para a pessoa certa, e sempre pautado na ética. O banco da a oportunidade de uma pessoa que entrou com ensino médio chegar ao cargo gerente e ganhar até 15 Mil por mês por exemplo. Fora outras oportunidades que surgem. Claro que para alcançar esses cargos depende somente de você. Se você for acomodado, não gosta de estudar e não gosta de trabalhar o BB não é pra você. Eu entrei no BB após trabalhar em uma empresa que nunca me deu oportunidade de crescimento. Onde eu ganhava somente um salário seco e sem benéfico nenhum. Hoje tenho vale alimentação, refeição, plano de saúde e um excelente salário. O salário mesmo de escriturário está acima da média. Veja quanto ganha uma pessoa que tem apenas ensino médio hoje no mercado. E o escriturário trabalha somente 6h por dia. Se você não tiver graduação o banco te ajuda. Se você quiser tirar certificação o banco ressarci 100%. Enfim, o Banco do Brasil é maravilhoso. Amo essa instituição e sempre vou dar meu máximo pelo BB. Infelizmente o atual presidente é bem fraco. Mas é só questão de tempo pra ele ir embora. Outro problema é que tem muita gente que só sabe reclamar do BB. Se você não gostar da instituição não precisa ficar. Basta aproveitar o emprego pra estudar pra outro concurso ou fazer uma faculdade. Fora que com a experiência no Banco do Brasil você dificilmente fica sem emprego no mercado. Um abraço a todos.
    Funcionário Orgulhoso em 22/12/19 às 10:18
  • Se você gosta de trabalhar em banco privado ou gosta de vendas o Banco do Brasil é o seu lugar, mas se você quer realmente servir o público esqueça o banco, foque em outra coisa.
    Léo em 15/10/19 às 19:26
  • Pressão e cobrança por metas absurdas, todo emprego tem isto, tanto na iniciativa privada quanto no serviço público. É normal. Não querem cobrança vão pra Disneylandia.
    Rogério em 15/10/19 às 16:21
  • Sou do banco do brasil e somos acionistas de 3 ações que equivalem a menos de 1 real de dividendos a cada seis meses. A útima deu cerca de 0,59 centavos. Então não sonhem que sendo acionistas ganhamos bem por isso. Só se voce comprar mais ações ...... então se tres ações geraram 0,59 centavos, façam as contas de quantas ações precisam comprar para ganhar um valor equivalente ao que se pensa que é.... Mas o PLR é bom, o visa alimentação é de cerca de 1300 reais (e perdemos quando aposentar) e o salario de escriturário (valor liquido) é cerca de 1900 reais por mês que varia para mais ou para menos se voce paga a PREVI, a CASSI (co participação).
    Bia em 09/10/19 às 13:56
  • Nossa! Os comentários realmente assustam. Desanimei...
    Candidato Frustrado em 15/09/19 às 19:09
  • Já foi muito bom trabalhar no Banco do Brasil alguns anos atrás, mas agora é só pressão e cobrança por metas absurdas, mas o bom é os benefícios , pois houve uma defasagem muito grande nos salários, e esse atual presidente do BB Rubens Novaes está querendo acabar com a empresa estatal para entrega-lá para os empresários.
    Alguém em 21/07/19 às 11:39
  • Excelente concurso escada. Não entrem querendo nível gerencial. Fiquem como escriturário e estudem para outros concursos.
    José Gonçalves em 10/05/19 às 12:55
  • Conheço amigas que trabalham no BB, quando entraram estavam novas e bonitas, hoje, devido às pressões e cobranças, ficaram bem desgastadas. Estão mal humoradas e.... a beleza foi embora... Muitas licenças.
    Ana Rita em 10/04/19 às 12:43
  • Trabalhei no BB por 7 anos, e pode ter certeza que essa "mudança pra melhor"com certeza será para pior. O BB só visa lucro e a pressão por metas é absurda. Crescimento no banco na " RAÇA", só vai até a gerente médio. A partir de cargos de Gerente Geral pra cima só com o "QI". Vários colegas doentes, perdendo cargos do nada. Sem contar que quem chega aos 48 anos o banco praticamente expulsa, principalmente em cargos de gerência. Mas foi uma experiência muito importante profissional, mas pra trabalhar lá a longo prazo eu não recomendo nem a meu pior inimigo.
    Roberto em 13/08/18 às 12:00
  • No BB os criterios de ascensão são subjetivos. Se você puxa o saco do chefe e vende muito aí você tem alguma chance. Do contrário, esquece. O bom é só a jornada de trabalho que permite estudar para outros concursos melhores. Mas minha dica é: fujam, muita meta, muita pressão e poucas oportunidades.
    Bancário em 13/08/18 às 10:40
  • Trabalho no BB e novos concursos, infelizmente, não estão previsto. Existe um plano de carreira e muitas oportunidades, por todo o País! A carga horário é de 6 horas para a carreira inicial e alguns cargos com gratificação. Vale a pena pra quem quer seguir na área financeira ou quer estabilidade para se dedicar a outro concursos.
    Romanus em 11/08/18 às 00:04
  • Quero presta concurso para seguir uma carreira promissora
    Stephany dos anjos rocha alves em 15/03/18 às 20:41
  • Olá Cláudio, por enquanto nenhuma previsão. Att, Equipe Estratégia Concursos
    Fernanda Brito em 09/03/18 às 09:24
  • Olá Silvana, por enquanto nenhuma. Att, Equipe Estratégia Concursos
    Fernanda Brito em 09/03/18 às 08:23
  • Tem alguma previsão ou possibilidade de um novo concurso do banco do Brasil p Minas gerais ainda esse ano?
    SILVANA APARECIDA MILITANI COSTA em 09/03/18 às 00:10
  • Tem previsão de um novo edital do banco do Brasil em minas gerais? Será q tem possibilidade de sair outro concurso do banco ainda esse ano?
    SILVANA APARECIDA MILITANI COSTA em 09/03/18 às 00:08
  • Sempre atualizado!
    Mateus em 30/10/16 às 16:03