Concurso ANA: protocolo para autorização de certame tem novas tramitações
Rosenval Jr.

Concurso ANA 2018/2019: protocolo para autorização de concurso tem novas tramitações

Concurso ANA: pedido de concurso tramita no MPOG

O pedido protocolado no Ministério do Planejamento para abertura do novo Concurso ANA teve novas tramitações nos últimos dias. Protocolado no início do ano, a solicitação está agora no setor de Demandas de Expedição na CONAD-SGP. O pedido da Agência Nacional de Águas visa suprir o déficit de quadros no órgão.

Com os dois últimos concursos expirados, a ANA solicitou ao MPOG a abertura de certame com 88 vagas para os cargos de Técnico Administrativo, Especialista (Recursos Hídricos e Geoprocessamento) e Analista Administrativo.

A remuneração inicial dos cargos de Nível Superior (Especialista e Analista) pode chegar a R$ 15 mil. Os contratados contam ainda com o auxílio-alimentação de R$ 458. Já a carreira de Técnico Administrativo, que exige Ensino Médio completo, prevê a remuneração inicial de  R$ 7.474,67, incluindo o benefício.

Confira abaixo o protocolo do pedido de autorização no concurso público:

concurso ana

Quem é a ANA? conheça a Agência

Criada pela lei nº 9.984 de 2000, a Agência Nacional de Águas (ANA) é a agência reguladora vinculada ao Ministério do Meio Ambiente (MMA) dedicada a fazer cumprir os objetivos e diretrizes da Lei das Águas do Brasil, a lei nº 9.433 de 1997.

Para isso ela segue basicamente quatro linhas de ação: Regula o acesso e o uso dos recursos hídricos de domínio da União, que são os que fazem fronteiras com outros países ou passam por mais de um estado, como, por exemplo, o rio São Francisco.

A ANA também regula os serviços públicos de irrigação (se em regime de concessão) e adução de água bruta. Além disso, emite e fiscaliza o cumprimento de normas, em especial as outorgas, e também é a responsável pela fiscalização da segurança de barragens outorgadas por ela.

É responsável ainda por acompanhar a situação dos recursos hídricos do Brasil. Coordena a Rede Hidrometeorológica Nacional que capta, com o apoio dos estados e outros parceiros, informações como nível, vazão e sedimentos dos rios ou quantidade de chuvas.

Elabora ou participa de estudos estratégicos, como os Planos de Bacias Hidrográficas, Relatórios de Conjuntura dos Recursos Hídricos, entres outros, em parceria com instituições e órgãos do poder público. (Fonte: site oficial ANA)

Último concurso ANA

Em 2012 foram ofertadas 45 vagas para o cargo de Técnico Administrativo, a escolaridade mínima exigida foi de nível médio. A banca organizadora ficou por conta do Cetro Concursos Públicos.

As provas aconteceram em todas as capitais, sendo que a Objetiva e Discursiva foram no mesmo dia. Na ocasião, foi necessário que os candidatos redigisse um texto dissertativo com temas relacionados aos seguintes conteúdos:

Legislação Aplicada à ANA; Noções de Direito Constitucional; Noções de Direito Administrativo.

Disciplinas cobradas na última prova

  • Língua Portuguesa
  • Raciocínio Lógico
  • Ética
  • Noções de Informática
  • Legislação aplicada à ANA
  • Noções de Direito Constitucional
  • Noções de Direito Administrativo]

provas concurso ana

 

Cursos para o concurso ANA 2018/2019

O Estratégia Concursos possui cursos completos para concurso ANA. Confira:
CURSOS PARA O CONCURSO ANA

 

Ficha técnica concurso guarda civil SJC

♦Informações do último Concurso ANA 

►Ano: 2008
►Edital: Edital ANA 2008
►Banca: Cetro

♦Informações Concurso ANA 2018/2019

Data prevista: 2018/2019
►Cargo: Técnico, Especialista e Analista Administrativo
►Vagas: 88 vagas solicitadas
►Remuneração inicial: até R$ 15 mil
►Banca: a definir
►Escolaridade: Nível Médio e Superior

Fábio Scaldelai
Ascom Estratégia

[email protected]

Receba notícias de Concursos no seu WhatsApp e/ou Telegram!

Cadastre-se clicando no ícone abaixo

Notícias de concursos no seu WhatsApp e/ou Telegram

Inscreva-se no Curso Online Grátis!

curso online gratis

Compartilhe:

Rosenval Jr.

Rosenval Jr.

Graduado pela Universidade Federal de Viçosa - UFV. Pós-graduado em Direito Ambiental. Graduado também em Gestão Ambiental, com três especializações na área ambiental. Mestrando em Engenharia Ambiental e Urbana. Servidor público do Ministério da Justiça e professor de Sustentabilidade, Direito Ambiental, Meio Ambiente, Direito Agrário e Direito Urbanístico para concursos públicos. Professor de Direito Ambiental para o Exame de Ordem.   Aprovado em 15 concursos públicos na área de Meio Ambiente como Analista Ambiental do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis - IBAMA; Analista Pericial do Ministério Público da União - MPU; Analista de Infraestrutura - Área de Especialização Ambiental do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes - DNIT; Especialista em Regulação área Meio Ambiente da Agência Nacional de Transportes Terrestres - ANTT; Consultor Legislativo em Meio Ambiente e Direito Ambiental, Organização Territorial, Desenvolvimento Urbano e Regional da Câmara dos Deputados; entre outros.   Autor do livro "Direito Ambiental para Concursos e Exame de Ordem", Editora Juruá.   Alguns concursos em que foi aprovado:    1° lugar para Analista do Ministério Público de MG; 1º lugar para Casa Civil da Presidência da República; 1° lugar para Técnico em Recursos Naturais do IDAF; 2° lugar para Analista Pericial do Ministério Público da União - MPU; 2° lugar para Analista em Reforma e Desenvolvimento Agrário do INCRA; 10º lugar para Analista Ambiental do Instituto Estadual de Florestas - IEF/MG; 6º lugar para Analista de Infraestrutura (Área de Especialização Ambiental) do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes – DNIT (Prova objetiva e discursiva);  2° lugar para Perito Criminal da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro –PCERJ (Resultado na Prova objetiva, TAF, Avaliação Médica, e Psicotécnico); 10º lugar para Perito Criminal da Polícia Federal – DPF – Área 9 (Resultado definitivo na prova objetiva e discursiva); 2° lugar para Analista Ambiental do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis – IBAMA (Prova objetiva e discursiva); 1° lugar para Especialista em Regulação área meio ambiente da Agência Nacional de Transportes Terrestres - ANTT (Resultado da prova objetiva, discursiva e de títulos); 10º lugar para Consultor Legislativo em Meio Ambiente e Direito Ambiental, Organização Territorial, Desenvolvimento Urbano e Regional da Câmara dos Deputados. (Resultado da prova objetiva, discursiva e de títulos)   Entre em contato comigo pelo facebook e pelo Youtube. Basta colocar na busca: Rosenval Júnior. Ou copiar e colar o endereço: www.facebook.com/rosenvaljr    Acesse o meu site e saiba mais: www.aprendadireitoambiental.com.br  

Veja os comentários:
Deixe seu comentário:

Deixe seu comentário:

Vídeos Relacionados
Depoimentos dos Aprovados

Cadastre-se para receber novidades e ofertas especiais sobre cursos.

Cadastre-se para receber novidades e ofertas especiais sobre cursos.