Artigo

ALAP: análise da prova de Comunicação Social – Jornalismo

Olá pessoal!

No último domingo (02/02), foram realizadas as provas para o concurso público da Assembleia Legislativa do Estado do Amapá (ALAP). Para o certame, nós tivemos seis vagas para Analistas Legislativos de Comunicação Social e essa foi uma grande oportunidade para quem é formado em Jornalismo, Publicidade e Propaganda ou Relações Públicas.

Essa foi a distribuição das vagas do concurso e a concorrência por cargo:

  • Comunicação Social – Jornalismo – 2 vagas – 293 candidatos por vaga;
  • Comunicação Social – Publicidade e Propaganda – 2 vagas – 159 candidatos por vaga;
  • Comunicação Social – Relações Públicas – 2 vagas – 66 candidatos por vaga.

Os Analistas Legislativos contratados pelo órgão receberão uma remuneração no valor de R$ 10.128,90.

Como você pode ver, nós começamos o ano de 2020 com o pé direito em relação aos concursos para Comunicação Social! Nossa expectativa é que, nos próximos meses, novos certames sejam anunciados, principalmente nos âmbitos estadual e municipal.

Por isso, quero fazer uma análise em relação ao temas que foram cobrados nas provas de Comunicação Social da ALAP. Meu foco será uma análise aprofundada da prova de jornalismo: tive acesso à ela devido à contribuição de um dos meus alunos :)

A banca FCC nos concursos de Comunicação Social

O grande desafio dos candidatos que prestam concursos organizados pela Fundação Carlos Chagas (FCC) é lidar com o tempo reduzido para realizar as questões. Isso não seria diferente na área de Comunicação Social: temos concursos com pouquíssimo tempo de prova e questões muito extensas, o que acaba eliminando alguns candidatos devido à pressão psicológica envolvida nessa situação. Por isso, além do preparo técnico, você deve investir na sua saúde emocional para que esse fator não interfira nas suas habilidades de interpretação para resolver as questões propostas pela banca.

Além disso, percebemos que os conteúdos programáticos foram bem coerentes com os temas mais frequentes na maioria dos concursos de comunicação. Caso tenha interesse no assunto, clique aqui e confira um raio-x completo sobre os assuntos mais cobrados em 2019 e 2018. Ou seja, não houve uma grande surpresa a respeito dos tópicos abordados pelo edital.

Análise da prova de jornalismo da AL-AP

A parte de conhecimento específicos é indispensável à aprovação do candidato em um concurso público para uma área como a Comunicação Social. No caso do certame da ALAP, essa parte da prova recebeu peso 3 na composição da nota objetiva. Ademais, o edital também contemplou a produção de dois estudos de caso a respeito dos temas presentes nos conhecimentos específicos para cada cargo.

Em relação à prova para os jornalistas, preparei uma tabela com a distribuição das questões de acordo com os temas abordados:

Distribuição das questões de jornalismo da ALAP de acordo com os temas

Mais de um assunto do edital foi cobrado em um única questão, como já é típico das provas de comunicação social. Por isso, o total apresentado na coluna da direita da tabela acima é superior ao número de questões da prova (25), porque alguns itens se enquadram em mais de uma categoria.

Ao analisar a prova, percebemos que o assunto história e teoria da comunicação recebeu maior atenção por parte da banca: pelo menos duas questões sobre o tema apresentaram uma relação com as discussões da área do jornalismo digital e abordaram o pensamento de autores como Manuel Castells e Henry Jenkins. Ademais, questões sobre relações públicas e o trabalho da assessoria de imprensa foram muito bem exploradas pela FCC, bem como os conceitos básicos de comunicação e os gêneros e formatos jornalísticos.

Questões da prova de jornalismo da ALAP

Separei, abaixo, as questões da prova de jornalismo da ALAP que mais me chamaram a atenção em relação à forma como os temas foram cobrados. Usei como referência a prova com o caderno tipo 005. Confira:


27. Dentro da tipologia, há vários caracteres que apresentam serifa, que é um pequeno filete ou traço na extremidade das hastes.

Esse é o caso

A)  da Futura.

B)  da Calibri.

C) do Times New Roman.

D) da Verdana.

E)  da Arial Black.

Comentário da professora:

Essa foi uma questão bem específica, porém relativamente simples da tipografia. O assunto é contemplado como parte dos estudos da produção gráfica e do design. Assim, a serifa foi conceituada de forma adequada pelo enunciado e a única alternativa que apresentou uma fonte serifada é a letra C, com a Times New Roman. Uma forma de elevar o nível da questão, nesse caso, seria não informar a definição de serifa, o que poderia confundir candidatos que não estudaram a produção gráfica em detalhes.

Gabarito preliminar da banca: letra C.


29. As informações de uma campanha encaminhadas à imprensa devem ser enviadas em um release, que terá que seguir os parâmetros de

A) artigo científico.

B) matéria jornalística, iniciando pelo lead.

C) texto técnico na área da empresa ou instituição.

D) texto meramente propagandístico.

E) texto exclusivamente publicitário.

Comentário da professora:

Essa é uma questão clássica das provas de comunicação que trabalha com dois temas distintos do edital ao mesmo tempo: assessoria de imprensa e gêneros de redação. Portanto, o candidato deveria lembrar que os releases enviados à imprensa tem como função sugerir pautas para os programas jornalísticos e estimular a mídia espontânea. Logo, eles devem ser escritos de acordo com os princípios de redação da notícia, como o uso do lead e da pirâmide invertida. Ao apresentar as informações mais importantes logo no início do texto, o assessor de imprensa atrairá a atenção do jornalista que lerá o release. Textos extremamente técnicos ou com viés publicitário, nesse caso, não são efetivos para a concretização dos objetivos das assessorias. A alternativa B, assim, é a opção correta.

Gabarito preliminar da banca: letra B.


32. Considere as definições abaixo:

I. Texto que expressa a opinião do veículo e que comumente não é assinado.

II. Flerta com a literatura e, em seu conteúdo, denota-se a opinião do seu autor.

III. Em geral é composta por pequenas notas, muitas delas carregadas de opinião. Essas definições são, respectivamente, de:

A) crônica − editorial − coluna.

B) editorial − crônica − coluna.

C) editorial − coluna − crônica.

D) crônica − coluna − editorial.

E) coluna − editorial − crônica.

Comentário da professora:

Os gêneros e formatos jornalísticos são um dos temas preferidos das bancas, de forma geral, para os concursos públicos. Por isso, já era possível prever que teríamos ao menos uma questão cobrando a associação entre os termos e os seus significados. Assim, o item I foi enfático ao apresentar a definição do editorial, como um texto de opinião que expressa o ponto de vista da empresa jornalística. A II, por sua vez, traz a crônica como resposta: trata-se de um formato de texto de opinião que é extremamente valorizado pela literatura brasileira, por ser uma das nossas marcas culturais em relação à produção escrita. Ademais, a III definiu a coluna, que apresentará um conjunto de notas e pequenos artigos de opinião. Logo, a alternativa correta é a letra B.

Gabarito preliminar da banca: letra B.


35. O Código de Ética dos Jornalistas Brasileiros, em seu artigo 17, aponta que aqueles que o descumprirem estão sujeitos a inúmeras penalidades, tais como a de observação, advertência e

A) cassação do seu registro profissional.

B) suspensão do exercício profissional do jornalismo.

C) aplicação de multa de acordo com a sua infração.

D) suspensão e exclusão do quadro de sócios do Sindicato dos Jornalistas.

E) pena de prisão se for reincidente.

Comentário da professora:

Não tivemos muitas questões do Código de Ética dos Jornalistas Brasileiros na prova de jornalismo da ALAP. No entanto, preciso destacar a forma como esse conteúdo foi cobrado: o artigo 17 não costuma ser o mais frequente em provas e, portanto, isso elevou o nível da cobrança do tema. Em geral, os artigos mais cobrados nos concursos públicos são o 6º, o 7º  e o 12, que versam a respeito dos deveres e das vedações para os jornalistas. Assim, para responder à questão, o candidato precisava lembrar da literalidade do art. 17, que apresenta a observação, a advertência, a suspensão e a exclusão do quadro de sócios do Sindicato como penalidades para as infrações éticas.

Gabarito preliminar da banca: letra D.


42. Segundo Manuel Castells, o processo de globalização, tendo como um dos principais elementos o desenvolvimento tecnológico em computação e telecomunicações, inclui a criação de centros de ponta, tanto em termos econômicos quanto científicos, ao redor do globo, interconectados e interligados compartilhando interesses mútuos. O conceito proposto pelo autor espanhol, entre o final dos anos 1980 e começo dos 1990, para descrever tal dinâmica é:

(A) impérios da comunicação.

(B) galáxia da internet.

(C) sociedade em rede.

(D) aldeia global.

(E) tecnologias da inteligência.

Comentário da professora:

Essa é uma questão que trabalha as teorias e estudos sobre comunicação em conjunto com o jornalismo digital e as novas mídias. Portanto, você deveria conhecer a linha de pensamento de Manuel Castells, que é conhecido pelos seus estudos a respeito da sociedade em rede. Ele define esse conceito como um movimento de avanço tecnológico que permitiu a construção de novas redes de conexão social entre os indivíduos. Assim, há um impacto significativo nas relações humanas, com consequências como a horizontalização das estruturas das empresas, o aumento do fluxo de transações econômicas globais, a individualização dos processos comunicativos e o uso de recursos de multimídia para a expressão de valores culturais.

Gabarito preliminar da banca: letra C.

Curso específico para concursos de Comunicação Social

Como você pode perceber, temos grandes oportunidades para profissionais formados em comunicação social que desejam ingressar no serviço público e obter uma remuneração vantajosa, além de benefícios como a estabilidade. No entanto, é preciso investir nos estudos, sobretudo no período pré-edital, para que seja possível consolidar os conteúdos necessários para a aprovação e fazer a prova com segurança e clareza em relação às respostas necessárias.

Para auxiliar o seu estudo para as provas, desenvolvi, aqui no Estratégia Concursos, um curso exclusivo de Comunicação Social para concursos públicos. São treze aulas completas com tudo o que você precisa saber para gabaritar as provas da área (videoaulas + PDFs) e mais de 500 questões comentadas para auxiliar na fixação do conteúdo.

Você também pode me acompanhar nas redes sociais! Eu sempre compartilho conteúdos gratuitos criados para facilitar o estudo para concurso dos comunicólogos.

Meu Instagram é @profjuliabranco

Espero que você tenha uma jornada de estudos produtiva e estratégica para a sua prova!

Abraços,

Prof. Júlia Branco

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja os comentários
  • Onde posso encontrar as provas aplicadas? Gostaria de fazer a prova de publicidade como treino
    Jéssica em 24/04/20 às 18:49
  • Olá Felipe! Dei algumas dicas para provas discursivas em um webinar que realizei no canal do Estratégia Concursos no Youtube. Também mostrei um exemplo de proposta de estudo de caso para a FCC. Aqui está o link do vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=6hLwoHp1PvY Espero que isso te ajude! Abraços, Prof. Júlia Branco
    Júlia Branco em 21/03/20 às 20:05
  • Olá! Dei algumas dicas para o estudo de caso em um webinar que realizei no canal do Estratégia Concursos no Youtube. Aqui está o link do vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=6hLwoHp1PvY Espero que isso te ajude! Abraços, Prof. Júlia Branco
    Júlia Branco em 21/03/20 às 20:04
  • Estamos investindo na produção de conteúdos para a área de Comunicação Social, Samuel! Fico feliz com o seu feedback :) Obrigada!
    Júlia Branco em 21/03/20 às 20:02
  • Cara Julia, Sou relações-públicas e consegui um bom desempenho na primeira etapa do concurso da ALAP (Assembleia Legislativa do Macapá). Contudo estou sofrendo em relação às discursivas, uma vez que não encontro correção ou material que sirva para a nossa formação. Você poderia me disponibilizar algum modelo de prova discursiva em comunicação social? Se você tiver alguma aula ou disponibilidade de me ajudar nas discursivas, também agradeceria muito. Aguardo o retorno.
    Felipe em 13/02/20 às 12:00
  • Cara Julia, O que nós da comunicação faremos para a segunda fase (estudo de caso)? Terá alguma diretriz, apoio ou curso do estratégia? Não sei o que fazer!
    Fe em 07/02/20 às 11:41
  • Prova de Jornalismo comentada? Excelente novidade!!! Parabéns e obrigado :)
    SPSNS em 05/02/20 às 08:38