Concursos Públicos

Vale a pena pedir demissão do emprego para estudar para concursos?

Introdução

O artigo de hoje vai discutir uma estratégia adotada por muitos concurseiros. Talvez seja a sua também. Será que compensa pedir demissão de um emprego, um dinheiro certo todo mês, para só estudar para concursos?

Se você não fez ainda, certamente conhece pelo menos uma pessoa que correu esse risco. Afinal, isso é mais comum do que notas de 50 reais em caixa eletrônico. E você? Seria capaz de arriscar tudo pela sua aprovação?    

Vamos fazer você refletir sobre tudo isso hoje. Se você acompanha o nosso Blog há algum tempo, sabe que gostamos de variar e trazer temas (muitas vezes polêmicos) para estimular seu pensamento. Veja os tópicos que iremos abordar:

  • Quem costuma pedir demissão para estudar?
  • Situações que motivam a saída da empresa
  • Existe vida após a demissão?
  • Balanço geral: prós e contras da demissão para estudar

O artigo de hoje não possui pré-requisitos. Em outras palavras, qualquer concurseiro será capaz de lê-lo, independentemente do tempo em que está na jornada. 

Atendendo a pedidos, este é mais um artigo elaborado em formato reduzido, a fim de que não atrapalhe seus estudos. Sendo assim, vamos direto ao ponto. Está preparado? Venha conosco então.    

Tempo de leitura aproximada: 5 a 10 minutos

Quem costuma pedir demissão para estudar?

Antes de mais nada, pedir demissão do emprego para só estudar é um ato de muita coragem. Afinal, não há garantias de que o concurseiro conseguirá a aprovação em algum momento. Ainda assim, ele decide renunciar à remuneração.  

Como você deve imaginar, as pessoas com esse tipo de perfil são mais ousadas, propensas a correr riscos (na maior parte das vezes). Além disso, são indivíduos com visão de futuro, alguns até bem-sucedidos. Vamos analisar o porquê.

Quem pede demissão para estudar para concursos costuma fazer um planejamento para esse período. Muitas vezes, a pessoa está bem financeiramente, com um bom salário, mas decide entrar na jornada por outros aspectos.

É nesse momento em que entra a visão a longo prazo. O concurseiro arrisca porque sabe que terá muito mais a ganhar no futuro, quando for aprovado, nomeado e tomar posse.

Observe que o ganho nem sempre é financeiro: pode ser qualidade de vida, tempo com a família, mudança de cidade etc. Cada um tem a sua motivação pessoal para arriscar. Na próxima seção, você verá que nem tudo são flores na vida de quem pede demissão. Continue com a gente.

Situações que motivam a saída da empresa

De forma objetiva, listamos algumas situações que motivam o indivíduo a sair do emprego para estudar para concursos. Como estamos falando de trabalho, vamos nos ater apenas a questões do ambiente corporativo. Para os amantes do Direito, a lista não é exaustiva: é exemplificativa.

  • Estagnação da carreira: a pessoa faz a mesma atividade há muito tempo e não aguenta mais o dia a dia maçante.
  • Salário defasado:ausência de progressão salarial ao longo dos anos.
  • Risco de demissão:a empresa pode estar em crise e a pessoa resolve se antecipar para não ser demitida (raro, mas acontece).
  • Problemas de relacionamento: a pessoa possui dificuldades de convivência com os colegas e até mesmo com a chefia.
  • Excesso de tarefas e/ou horas extras:o indivíduo vive constantemente sobrecarregado, perdendo noites e finais de semana por causa do trabalho.
  • Saúde abalada:em situações extremas, a pessoa pode desenvolver doenças, tais como infarto, síndrome do pânico, síndrome de burnout etc., sendo esses fatores decisivos para a saída da empresa.

Existe vida após a demissão?

A demissão é sempre impactante, mesmo que a decisão de sair para estudar tenha sido sua. Se você tiver um tempo longo de empresa e conhecer muitas pessoas, o cenário pode ser ainda mais doloroso.

Muitas vezes, a parte mais chata é dar satisfação às pessoas que conhecem a sua história. Não tem jeito, o povo é fofoqueiro e gosta de saber da vida dos outros. Ainda que seja discreto, as pessoas perguntam mesmo e você tem que ter a resposta “na ponta da língua” para manter a sua autoestima elevada.

Tenha em mente que a sua vida pode mudar bastante após a demissão. Listamos alguns aspectos para você refletir conosco:

  • Tempo livre: a parte boa é que a demissão vai te dar um tempo absurdo para focar nos concursos. A carga horária que era despendida no trabalho poderá ser revertida para estudar.
  • Pressão nos estudos: por outro lado, sabemos que a pressão para conseguir passar é grande, mas tente abstrair disso quando estiver estudando. Se você conseguir manter a sanidade mental, a aprovação virá mais rápido do que imagina.
  • Guardar dinheiro: como você não estará trabalhando, tente economizar o máximo que puder. Utilize o dinheiro apenas em situações emergenciais.

Momento de reflexão: evite viajar para fazer provas se você decidir pedir demissão. A menos que tenha patrocínio de terceiros, a viagem não se enquadra nas situações emergenciais que mencionamos (exceto se for pontual para um concurso que esteja atrelado ao seu objetivo de vida).

  • Apoio de pessoas próximas: busque a compreensão da família e dos amigos com a sua situação. Diminua momentos de lazer, controle os presentes e deixe sempre claro que a sua renda não é mais a mesma, temporariamente.

Balanço geral: prós e contras da demissão para estudar

Antes de fechar o artigo, vamos apresentar alguns argumentos a favor e outros contrários à demissão, de acordo com o que explicamos no artigo. Coloque na balança e veja o que pesa mais para você.  

Figura 1 – Análise dos prós e contras de pedir demissão para estudar para concursos.

Conclusão

Neste artigo, você refletiu conosco a respeito da estratégia de pedir demissão do emprego para estudar para concursos. Agora você deve estar se perguntando: por que a publicação não disse o que eu devo fazer?

Concurseiro, nós nunca poderemos tomar as decisões por você. O nosso papel é apresentar os insumos para que você tire as suas próprias conclusões. Quem sabe o que é melhor para a sua vida? É você mesmo, sempre. Nunca deixe que as pessoas digam o que você deve ou não fazer.   

Lembramos que o Estratégia oferece diversos cursos em pdf, videoaulas e áudios para você ouvir onde quiser. Conheça os materiais da plataforma por meio do link http://www.estrategiaconcursos.com.br/cursos/.

Por fim, exercite sempre o seu aprendizado por meio de questões. Historicamente, alunos aprovados realizam centenas ou até milhares de questões para atingir seu objetivo. O acesso ao Sistema de Questões do Estratégia é feito pelo link: https://concursos.estrategia.com/.

Bons estudos e até a próxima!

Cristiane Selem Ferreira Neves é Bacharel em Ciência da Computação e Mestre em Sistemas de Informação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), além de possuir a certificação Project Management Professional pelo Project Management Institute (PMI). Já foi aprovada nos seguintes concursos: ITERJ (2012), DATAPREV (2012), VALEC (2012), Rioprevidência (2012/2013), TJ-RJ (2022) e TCE-RJ (2022). Atualmente exerce o cargo efetivo de Auditora de Controle Externo – Tecnologia da Informação no TCE-RJ, além de ser produtora de conteúdo dos Blogs do Estratégia Concursos, OAB e Carreiras Jurídicas.

Concursos Abertos

Quer Saber Tudo de Concursos Previstos?

Confira Nossos Artigos

Concursos 2023

Cristiane Selem Ferreira Neves

Cristiane Selem Ferreira Neves é Bacharel em Ciência da Computação e Mestre em Sistemas de Informação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), além de possuir a certificação Project Management Professional pelo Project Management Institute (PMI). Já foi aprovada nos seguintes concursos: ITERJ (2012), DATAPREV (2012), VALEC (2012), Rioprevidência (2012/2013), TJ-RJ (2022), TCE-RJ (2022) e CGE-SC (2022/2023). Atualmente exerce o cargo efetivo de Auditora de Controle Externo – Tecnologia da Informação e integra o corpo docente da Escola de Contas de Gestão do TCE-RJ, além de ser produtora de conteúdo dos Blogs do Estratégia Concursos, OAB e Carreiras Jurídicas.

Posts recentes

Concursos 2024: as seleções previstas para este ano!

2024 chegou! Como quem se antecipa larga na frente, que tal colocar em prática aqueles…

5 minutos atrás

Concursos Fiscais 2024: salários iniciais de até R$ 22 mil!

Quer ficar por dentro de todos os concursos fiscais previstos para 2024? Então chegou ao…

6 minutos atrás

Concursos Piauí: ATUALIZADO! Vagas previstas no PI

O povo piauiense está sempre a procura de oportunidades de carreiras no serviço público. Cientes disso,…

6 minutos atrás

Concurso Guarda de Itajubá MG: gabarito divulgado

Está disponível o gabarito preliminar das provas do concurso Guarda de Itajubá, município localizado no…

8 minutos atrás

Concursos Nordeste: oportunidades ATUALIZADAS para a região

Fique por dentro das novidades dos Concursos Nordeste! Os nove estados que compõem a Região…

8 minutos atrás

Concurso Câmara Cidade Ocidental GO: confira os gabaritos

Estão disponíveis os gabaritos das provas do concurso Câmara de Cidade Ocidental, município localizado em…

18 minutos atrás