Artigo

Qual é o salário de um Analista Fiscal da Receita Federal?

Confira neste artigo qual é o salário de um Analista Fiscal da Receita Federal, além das suas atribuições e outras informações relevantes.

Qual é o salário de um Analista Fiscal da Receita Federal?
Qual é o salário de um Analista Fiscal da Receita Federal?

Olá, pessoal! Tudo joia?

O concurso da Receita Federal foi finalmente autorizado pelo Governo Federal.

O certame contemplará 699 vagas, sendo 230 vagas para o cargo de Auditor Fiscal (AFRFB) e 469 vagas para o cargo de Analista Tributário (ATRFB).

Este é o concurso da área fiscal mais aguardado dos últimos, visto que o seu último certame ocorreu em 2014, há 8 anos.

Desse modo, surge uma grande dúvida entre os concurseiros: “Qual é o salário do Analista Fiscal da Receita Federal?”

Neste artigo iremos detalhar a remuneração deste cargo, além de trazer outras informações sobre o Analista da RFB, como as suas atribuições.

Preparados? Então vamos lá!

Quanto ganha um Analista Fiscal da Receita Federal?

11.684,39. Este é o vencimento básico inicial do Analista Fiscal da Receita Federal.

Porém, salienta-se que a remuneração do Analista Fiscal é composta, basicamente, por três parcelas, sendo elas:

  • Vencimento Básico;
  • Bônus de Eficiência;
  • Adicional de Fronteira.

vencimento básico é a maior parte da remuneração do Analista, sendo que o seu valor no início de carreira é de R$ 11.684,39, podendo chegar a R$ 16.276,05 no último nível da carreira.

Ademais, há também o chamado bônus de eficiência, o qual varia de acordo com o tempo de atividade do servidor no cargo. Ele é menor em relação ao pago aos Auditores Fiscais, correspondendo a:

  • R$ 0,00: nos primeiros 12 meses no cargo;
  • R$ 900,00: de 12 a 24 meses no cargo;
  • R$ 1.350,00: de 24 a 36 meses no cargo;
  • R$ 1.800,00: acima de 36 meses no cargo.

Por fim, aqueles que estão alocados em regiões de fronteira possuem um adicional de R$ 91 por dia de trabalho. Desse modo, caso o analista trabalhe efetivamente 22 dias no mês (média), o adicional será de R$ 2.002,00.

Há ainda auxílio alimentação no valor de R$ 458,00.

Assim, verifica-se que a remuneração no primeiro ano de trabalho do Analista Fiscal da Receita Federal, que não tenha dependentes e esteja alocado na fronteira, pode chegar a 11.684,39 + 2.002 + 458 = R$ 14.144,39.

Você pode conferir logo abaixo a tabela completa do vencimento básico do Analista Fiscal da Receita Federal, desde o início da carreira até o seu final, demonstrando todos os níveis de classe e salário que o cargo pode oferecer:

CLASSE-PADRÃOVencimento Básico
SEGUNDA-IR$ 11.684,39
SEGUNDA-IIR$ 12.156,44
SEGUNDA-IIIR$ 12.399,56
PRIMEIRA-IR$ 12.895,55
PRIMEIRA-IIR$ 13.947,83
PRIMEIRA-IIIR$ 14.505,74
ESPECIAL-IR$ 15.387,69
ESPECIAL-IIR$ 15.695,44
ESPECIAL-IIIR$ 16.276,05

Analisando a tabela acima, conclui-se que a remuneração final do Analista Fiscal, com o bônus de eficiência, porém desconsiderando dependentes e fora da fronteira, pode chegar a 16.276,05+ 1.800 + 458 = R$ 18.534,05.

Qual é o salário líquido do Analista Fiscal da Receita Federal?

Agora que já sabemos o salário bruto, é importante que também conheçamos qual é o valor real que é recebido pelo servidor, ou seja, qual é o seu salário líquido.

Vimos que o vencimento básico bruto do Analista Fiscal é R$ 11.684,39, sendo este valor mínimo que o servidor tem direito, no primeiro ano de serviço.

Porém, há a incidência do imposto de renda e da previdência social, a serem descontados do valor bruto.

Com as alíquotas atuais, teríamos os seguintes descontos:

  • Vencimento básico bruto: R$ 11.684,39
    • (-) Imposto de Renda retido na fonte: R$ 2.116,04
    • (-) Previdência Social: R$ 828,38
    • (+) Alimentação: R$ 458,00
  • Remuneração Líquida: R$ 9.197,37

Assim, nota-se que, ao deduzir os descontos obrigatórios, o Analista Fiscal da Receita Federal receberá, no mínimo, mais de R$ 9 mil. Contudo, caso o aprovado seja alocado na fronteira, o inicial líquido passará para mais de R$ 11 mil.

Nada mal para uma remuneração inicial, não é mesmo?

Receita Federal – Auditor Fiscal! Promoção especial! Clique aqui!

Receita Federal – Analista Tributário! Promoção especial! Clique aqui!

Qual é a função do Analista Fiscal da Receita Federal?

É importante que você analise quais são as atribuições de determinado cargo, antes de decidir se candidatar a ele, com o intuito de constatar se você realmente se identifica com as funções que você terá de desempenhar caso seja aprovado no concurso.

Em relação ao cargo de Analista Fiscal da Receita Federal, as suas principais atribuições são:

  • exercer atividades de natureza técnica, acessórias ou preparatórias ao exercício das atribuições privativas dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil;
  • atuar no exame de matérias e processos administrativos;
  • exercer, em caráter geral e concorrente, as demais atividades inerentes às competências da Secretaria da Receita Federal do Brasil.
  • Executar atividades pertinentes às áreas de programação e de execução orçamentária e financeira, contabilidade, licitação e contratos, material, patrimônio, recursos humanos e serviços gerais;
  • atividades na área de informática, inclusive as relativas à prospecção, avaliação, internalização e disseminação de novas tecnologias e metodologias;
  • procedimentos que garantam a integridade, a segurança e o acesso aos dados e às informações da Secretaria da Receita Federal do Brasil;
  • Atuar nas auditorias internas das atividades dos sistemas operacionais da Secretaria da Receita Federal do Brasil; e
  • Integrar comissão de processo administrativo disciplinar.

Quais são as diferenças entre Auditor e Analista Fiscal da Receita Federal?

Bom, analisando as competências dos Auditores e dos Analistas da Receita Federal, percebe-se que, diferentemente dos Auditores, que possuem como principais funções a fiscalização tributária e a constituição dos créditos tributários, os Analistas possuem competências mais burocráticas e acessórias, de modo a auxiliar os Auditores no desempenho das suas atividades privativas.

Onde trabalha o Analista Fiscal da Receita Federal?

Os aprovados no concurso de Analista Fiscal serão lotados em alguma das quase 600 unidades da Receita Federal no país. Contudo, é provável que alguns sejam alocados inicialmente nas regiões de fronteira, até serem transferidos a uma localidade melhor, com o decorrer do tempo.

Geralmente, os primeiros colocados do concurso podem escolher as melhores lotações disponíveis. Já os que ficarem mais para o final da lista de aprovados devem ser lotados nas fronteiras do país, temporariamente.

O que estudar para o cargo de Analista Fiscal da Receita Federal?

O último concurso de Analista da Receita Federal teve o seu edital publicado no ano de 2012, sob a organização da banca ESAF, sendo ofertadas 750 vagas.

O concurso foi realizado por meio de duas provas, sendo uma de conhecimentos gerais, com 75 questões, e uma prova de conhecimentos específicos, com 60 questões, distribuídas em 10 disciplinas, como podemos ver abaixo:

DisciplinaQuestõesPeso% na prova
Legislação Tributária e Aduaneira30225%
Direito Constitucional e Administrativo25221%
Língua Portuguesa20217%
Direito Tributário20217%
Contabilidade Geral1028%
Espanhol ou Inglês1014%
Raciocínio Lógico-Quantitativo1014%
Administração Geral1014%

Como não temos ainda o edital do próximo concurso da Receita Federal, é plausível utilizar como base o último conteúdo programático, de 2012, para iniciar os seus estudos.

Dessa maneira, analisando a tabela acima, é possível notar que algumas disciplinas possuem um peso muito maior na prova, em comparação a outras.

Destaca-se a Legislação Tributária e a Legislação Aduaneira, que juntas correspondem a 25% da prova, ou seja, 1/4 de todas as questões.

Além disso, Direito Administrativo, Constitucional e Tributário também possuem grande importância na prova, em número de questões.

Contudo, salientamos que esta é apenas uma análise estatística, de modo a demonstrar quais são os tópicos mais relevantes para a sua prova. Porém, é de grande importância que o candidato esteja muito bem preparado em todas as disciplinas cobradas, caso queira a tão sonhada aprovação.

Além disso, vale salientar que, muito provavelmente, haverá alterações no conteúdo programático para a próxima prova, já que a última ocorreu há 10 anos.

Como se preparar para o concurso da Receita Federal?

Você deve ter percebido que esta será uma chance de ouro para aqueles que sonham em conquistar a sua tão sonhada vaga na Receita Federal.

Entretanto, para alcançar este sonho de se tornar Analista ou Auditor, é importante que você se prepare da maneira mais adequada eficiente para este certame, pois, apesar de haver uma grande quantidade de vagas, a concorrência também será enorme e extremamente qualificada.

Desse modo, caso queira se preparar para chegar competitivo neste concurso, invista nos cursos para a Receita Federal do Estratégia Concursos, a empresa que mais aprova em concursos públicos no Brasil

Lá você encontrará aulas completas e detalhadas, com os melhores professores do mercado, de todas as disciplinas que estarão presentes no conteúdo programático do edital do concurso de Auditor e Analista da Receita Federal.

Conheça também o Sistema de Questões do Estratégia. Afinal, a única maneira de consolidar o conteúdo de maneira satisfatória é através da resolução de questões. Lá você encontrará centenas de questões dos concursos anteriores da Receita Federal, bem como de outros certames. Não deixe de conferir.

Bons estudos a todos e até a próxima!

Bons estudos a todos e até a próxima!

Cursos e Assinaturas

Prepare-se com o melhor material e com quem mais aprova em Concursos Públicos em todo o país!

Concursos abertos

Concursos 2022

Assinatura de Concursos

Assinatura de 1 ano ou 2 anos

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja os comentários
  • Nenhum comentário enviado.