Concursos Públicos

Rendimento do estudo no período noturno para concursos públicos.

Introdução

No dito popular, a noite é uma criança. Para quem não entendeu, a expressão indica que o período noturno pode contemplar muitas atividades. Mas até onde vai o limite do concurseiro? Será que vale a pena trocar uma noite de sono por algumas horas de estudo? Hoje vamos fazer você refletir sobre essas questões, abordando um tema polêmico: o rendimento do estudo no período noturno.

Temos certeza de que você se identificou com o tema, especialmente se precisa conciliar a preparação com outras atividades. Em outras palavras, se você acha que a vida é uma correria sem fim, precisa-se dar conta de tudo e só sobra os horários da noite e da madrugada para estudar, então esse artigo é para você. Seguem os tópicos que serão abordados:

  • Conheça as verdadeiras corujas
  • Dicas para manter-se acordado no período noturno
  • Rendimento do estudo ao longo do dia
  • Consequências para o dia seguinte

Atendendo a pedidos, essa publicação será um pouco mais curtinha, para dar a oportunidade de todos terem um momento de reflexão sem culpa. Calma, você não vai ser reprovado se perder poucos minutos do seu dia (ou da noite) para fazer uma análise sobre sua rotina de estudo. Portanto, não perca a leitura.

Tempo de leitura aproximada: 5 a 10 minutos

Conheça as verdadeiras corujas

Grande parte das pessoas estuda durante no período noturno porque não possui tempo disponível durante o dia. Normalmente estão ocupados com trabalho, faculdade, casa, filhos, animais e outras coisas mais que surgem ao longo do percurso. Esse grupo é majoritário.

A outra parte estuda nos horários da noite e da madrugada porque acredita que rende mais. Tentam focar durante o dia, mas julgam não atingir o mesmo desempenho. Em outras palavras, estão no período noturno por livre e espontânea vontade. Comparado ao anterior, esse grupo é minoritário.

Por um motivo ou outro, estamos falando das corujas do mundo real. Trocadilhos à parte, esses são os concurseiros que produzem nos momentos mais adversos. Enquanto os demais estão assistindo Netflix, dormindo, namorando etc., eles estão estudando.  

Dicas para manter-se acordado no período noturno

Ainda que as pessoas já estejam acostumadas com a rotina de estudos noturna, manter-se acordado e focado se torna um desafio com o avançar das horas. A dificuldade aumenta mais se o hábito é praticado por várias noites seguidas. Em algum momento, o sono chega e o concurseiro dá as famosas “piscadas”. Qual a melhor forma de evitar isso e melhorar o rendimento do estudo?

Antes de mais nada, o primeiro passo é acertar a postura. Evite estudar deitado, independentemente se está assistindo videoaula ou lendo um resumo. Seu corpo vai intuitivamente lembrar que precisa dormir e você irá cochilar. Em outras palavras, recomendamos estudar deitado apenas se você está realizando alguma atividade física durante a preparação. Exceto nessa situação, prefira estudar sentado ou de pé.

Outra sugestão é lavar o rosto de maneira estratégica, naqueles momentos em que acha que vai dormir. O simples fato de você levantar e caminhar até o banheiro manterá você acordado. Beber água, além de importante para a saúde, também manterá o seu corpo ocupado por alguns instantes.

E o tradicional café? A bebida possui cafeína, conhecida por ser um estimulante poderoso. A curto prazo, o efeito pode ser benéfico, caso você não o tome com muita frequência. Entretanto, beber café diariamente por causa dos estudos, em altas doses, pode causar dependência. Por este motivo, não recomendamos a sua ingestão.       

Evite também biscoitinhos e guloseimas. Eles dão uma sensação de prazer momentânea, mas vão fazer você engordar rápido (principalmente porque você terá que estudar diariamente). Se você sente muita fome à noite, é sinal de que não está comendo direito. Dessa forma, prefira um jantar leve, com uma alimentação balanceada. Isso irá mantê-lo disposto para enfrentar a noite e até a madrugada.  

Rendimento do estudo ao longo do dia

Você já deve ter ouvido falar que o nosso cérebro trabalha melhor durante o dia, em detrimento da noite. Não vamos entrar a fundo nesse tópico porque este é um artigo de concursos, não de ciências. Pedimos apenas que você veja a imagem abaixo, pois é bem interessante.

Segundo uma análise realizada, os melhores horários para estudar são: 8h às 12h, 14h às 18h e 18h às 21h. Ressaltamos que o período de 18h às 21h não é recomendado para a aquisição de novos conhecimentos, mas sim para revisões. É justamente o início do período noturno a que nos referimos.

Por outro lado, a análise não recomenda o estudo nos seguintes intervalos: 6h às 8h, 12h às 14h e 21h às 22h. Repare também que nada é mencionado no período de 22h às 6h, conhecido popularmente como horário do descanso. Ou seja, a análise nem sequer cogita a possibilidade de estudar nesse intervalo.

Consequências para o dia seguinte

Suponha que você não está habituado a estudar no período noturno. No entanto, um belo dia decidiu encarar a experiência e ver o que acontece. Se ainda não fez isso na prática, nós vamos dar um spoiler a você e revelar o que virá pela frente.

A ausência de uma noite bem dormida provocará consequências no dia seguinte, como já era de se esperar. Você terá sono em vários momentos do dia e sensação de cansaço físico no corpo. Eventualmente, algumas pessoas poderão também experimentar mudanças no humor e falta de paciência para atividades rotineiras.

Prolongar esse hábito por noites e madrugadas subsequentes pode trazer outros impactos. Em casos isolados, o concurseiro pode desenvolver insônia crônica e ansiedade. Em outras palavras, se você tem necessidade de estudar no período noturno, por qualquer motivo, sugerimos que pelo menos não faça isso diariamente. Alterne os dias para a sua mente e o seu corpo descansarem.

Conclusão

Neste artigo, apresentamos uma análise sobre o rendimento do estudo no período noturno, trazendo um momento de reflexão para os concurseiros que se preparam nos horários da noite e da madrugada. A nossa recomendação é evitar o aprendizado nesses turnos, se essa possibilidade for viável para você.

Se apenas tiver esses horários para estudar, não fique chateado nem se martirize. A aprovação não chega para quem estuda apenas de manhã ou à tarde, mas sim para quem é determinado. Muitos autores deste Blog (inclusive a que vos escreve) estudaram também à noite e lograram êxito na jornada.

Como diz um professor famoso de Língua Portuguesa, só não passa quem não faz o próximo concurso. Estude e não desista! No momento certo a aprovação virá e você entrará para as estatísticas das pessoas que mudaram de vida.

Lembramos que o Estratégia oferece diversos cursos em pdf, videoaulas e áudios para você ouvir onde quiser. Saiba mais sobre todos os nossos cursos disponíveis na plataforma por meio do link https://www.estrategiaconcursos.com.br/cursos/.

Por fim, recomendamos também a utilização do Sistema de Questões do Estratégia. As questões são fundamentais para praticar o conteúdo e testar seu nível de conhecimento. O acesso é feito pelo link: https://concursos.estrategia.com/.

Bons estudos e até a próxima!

Cristiane Selem Ferreira Neves é Bacharel em Ciência da Computação e Mestre em Sistemas de Informação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), além de possuir a certificação Project Management Profissional pelo Project Management Institute (PMI). Já foi aprovada nos seguintes concursos: ITERJ (2012), DATAPREV (2012), VALEC (2012), Rioprevidência (2012/2013), TJ-RJ (2022) e TCE-RJ (2022). Atualmente exerce o cargo efetivo de Especialista em Previdência Social – Ciência da Computação e o cargo em comissão de Coordenadora de Desenvolvimento em TI no Rioprevidência, além de ser colaboradora do Blog do Estratégia Concursos.

Concursos Abertos

Quer Saber Tudo de Concursos Previstos?

Confira Nossos Artigos

Concursos 2022

Concursos 2023

Cristiane Selem Ferreira Neves

Cristiane Selem Ferreira Neves é Bacharel em Ciência da Computação e Mestre em Sistemas de Informação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), além de possuir a certificação Project Management Professional pelo Project Management Institute (PMI). Já foi aprovada nos seguintes concursos: ITERJ (2012), DATAPREV (2012), VALEC (2012), Rioprevidência (2012/2013), TJ-RJ (2022), TCE-RJ (2022) e CGE-SC (2022/2023). Atualmente exerce o cargo efetivo de Auditora de Controle Externo – Tecnologia da Informação e integra o corpo docente da Escola de Contas de Gestão do TCE-RJ, além de ser produtora de conteúdo dos Blogs do Estratégia Concursos, OAB e Carreiras Jurídicas.

Posts recentes

Concurso SES SE: edital autorizado; serão 878 vagas!

O governador de Sergipe, Fábio Mitidieri, anunciada a autorização do próximo concurso SES SE (Secretaria…

24 minutos atrás

Guia de Estudos para o Concurso TCE PR 2024

Cadernos de Questões elaborados, por matéria,conforme o Edital do Concurso TCE PR 2024. Acesse, neste…

31 minutos atrás

O sobre o bullying escolar e suas consequências jurídicas

Olá caro (a) amigo (a) leitor (a) como vai você? Esperamos que estejas bem! Então…

39 minutos atrás

Concurso CRBio 3: provas em agosto! Ganhe até R$ 7,9 mil

O Conselho Regional de Biologia da 3ª Região, no Rio Grande do Sul e em…

39 minutos atrás

Programação completa do fim de semana: Dia 22 e 23 de junho

O fim de semana está com uma programação cheia de eventos para você reforçar seus…

39 minutos atrás

Concurso TRE AP: confira as vagas no edital unificado

O Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE AP) faz parte do concurso TSE Unificado (Tribunal Superior Eleitoral) e oferta…

1 hora atrás