Artigo

Recurso Português PC SP

Olá, pessoal, bom dia.

Passei aqui para indicar uma possibilidade de recurso na questão 15 da prova de Investigador:

Nos EUA, a psicanálise lembra um pouco certas seitas – as ideias do fundador são institucionalizadas e defendidas por discípulos ferrenhos, mas suas instituições parecem não responder às necessidades atuais da sociedade. Talvez porque o autor das ideias não esteja mais aqui para atualizá-las.

Freud era um neurologista, e queria encontrar na Biologia as bases do comportamento. Como a tecnologia de então não lhe permitia avançar, passou a elaborar uma teoria, criando a psicanálise. Cientista que era, contudo, nunca se apaixonou por suas ideias, revisando sua obra ao longo da vida. Ele chegou a afirmar: “A Biologia é realmente um campo de possibilidades ilimitadas do qual podemos esperar as elucidações mais surpreendentes. Portanto, não podemos imaginar que respostas ela dará, em poucos decênDios, aos problemas que formulamos. Talvez essas respostas venham a ser tais que farão o edifício de nossas hipóteses colapsar”. Provavelmente, é sua frase menos citada. Por razões óbvias.

(Galileu, novembro de 2017. Adaptado)

15. Analisando a frase de Freud, conclui-se corretamente que ele

(A) ponderava que a Biologia, em menos de uma década, já havia se tornado ciência que funcionava como carro-chefe das demais.

(B) esperava que a Biologia, em tempo muito curto, pudesse fortalecer as convicções científicas da humanidade.

(C) ironizava que a Biologia, nos próximos séculos, pudesse dar conta de explicar todos os problemas formulados pelo homem.

(D) acreditava que a Biologia, em algumas décadas, poderia dar respostas inusitadas aos problemas inerentes ao ser humano.

(E) considerava que a Biologia, com o passar do tempo, não seria capaz de alterar as convicções científicas do ser humano.

Comentários:

Gabarito letra D.

Temos que sempre interpretar o texto como ele aparece em prova, pois é a referência que a banca nos oferece para a resolução das questões. SEGUNDO O TEXTO, a biologia dará respostas em poucos “decênDios” e o gabarito oficial aponta para “décadas”. Ocorre que “decênDio” é um período de 10 dias, não é uma década. Dessa forma, baseados no texto, podemos afirmar que a letra D, gabarito oficial, está incorreta, pois troca um período de dez dias por um período de dez anos. O dicionário Caldas Aulete, por exemplo, informa que ‘decênio’=’dez anos’, como triênio, quinquênio etc, e “decênDio” como dez dias..
Na gramática de Domingos Paschoal Cegalla, também temos ‘década‘ indicada pela palavra “decênio“.

É um recurso com baixa possibilidade de provimento, mas vale a pena tentar para quem for se beneficiar.

Boa sorte a todos e grande abraço!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja os comentários
  • Nenhum comentário enviado.