Artigo

Recurso – Português PC SP – Escrivão

Olá, pessoal. Tudo bem?

Observei que cabe recurso da questão 11 da prova da PC SP – Escrivão. Há duas respostas corretas. Vejamos:

Assinale a alternativa contendo as palavras que seguem, correta e respectivamente, os princípios de acentuação das palavras destacadas – Júri; legítima; existência.
(A) íris; saído; nítida.
(B) táxi; excelentíssimo; arbitrária.
(C) estéril; ecumênico; Romênia.
(D) bônus; violência; tráfico.
(E) série; técnica; assassínio.

Comentários:

Vamos lá, essa questão traz duas alternativas corretas:
Júri (regra geral da paroxítona); legítima (proparoxítona); existência (paroxítona terminada em ditongo crescente).
Essas são exatamente as mesmas regras que justificam:
(B) táxi (regra geral da paroxítona); excelentíssimo (proparoxítona); arbitrária. (paroxítona terminada em ditongo crescente)
(C) estéril (regra geral da paroxítona); ecumênico (proparoxítona); Romênia. (paroxítona terminada em ditongo crescente)
Vejamos as demais:
Íris, bônus – Regra Geral das Paroxítona (engloba as terminações is, us, l, r, ã, x, ps…)
Violência, série, assassínio- Regra da paroxítona terminada em ditongo
Saído – regra do hiato (Acentua-se I ou U tônico, sozinho ou seguido de S, na segunda letra de um hiato)
Nítida, tráfico, técnica – Todas as proparoxítonas são acentuadas.
Gabarito letra B. Porém, a C também está correta.

Sugestão de referência bibliográfica: 

Evanildo Bechara:

Isso consta na “Moderna Gramática Portuguesa, 37ª edição, página 78

Paroxítonos (ou graves)
Levam acento agudo ou circunflexo os paroxítonos terminados em:
a) – i, – is: júri, cáqui, beribéri, lápis, tênis;
b) – us: vênus, vírus, bônus.
Observação: Há poucos paroxítonos terminados em –u: um deles existente até há pouco era tribu que hoje se escreve com o:
tribo, tribos.
c) – r: caráter, revólver, éter;
d) – l: útil, amável, nível, têxtil (não téxtil);
e) – x: tórax, fênix, ônix;
f) – n: éden, hífen (mas: edens, hifens, sem acento);
g) – um, – uns: álbum, álbuns, médium;
h) – ão, ãos: órgão, órfão, órgãos, órfãos;
i) – ã, – ãs: órfã, ímã, órfãs, ímãs;
j) – ps: bíceps, fórceps;
k) – on(s): rádon, rádons.

Veja agora paroxítonas terminadas em ditongo, conforme Domingos Paschoal Cegalla (Nova Gramática, pág 70)

Acentuação dos vocábulos paroxítonos
Acentuam-se com o acento adequado os vocábulos paroxítonos terminados em:
a) ditongo crescente, seguido, ou não, de s:
sábio, róseo, Gávea, planície, nódoa, régua, árdua, espontâneo, ânsia, decência, cerimônia (mesmo ditongo das palavras “Arbitrária” e “Romênia”),
tênues, ingênuo, etc.

É isso pessoal, o recurso é bem objetivo, baseado nas regras clássicas de acentuação. Boa sorte!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja os comentários
  • Pessoal, não há uma regra separada para cada letra, ou teríamos dezenas de regras de acentuação. Quem já estudou esse assunto já viu centenas de questões em que palavras terminadas em letras diferentes estão numa mesma regra. As gramáticas trazem as diversas terminações das paroxítonas numa regra geral única, separando apenas as terminadas em ditongo.
    Felipe Luccas em 20/06/18 às 10:59
  • Olá professor Felipe, Acredito que somente a alternativa B) esteja correta. Vejamos: B) A palavra Júri (paroxítona terminada em I) --> Táxi (paroxítona terminada em I) C) Estéril (paroxítona terminada em L), portanto NÃO é a mesma regra de acentuação (porém muito semelhante). *As demais palavras das alternativas B) e C), sim, seguem exatamente as mesmas regras. Forte abraço!
    Clodoaldo Valério em 15/06/18 às 18:25
  • Obrigado!
    Clodoaldo Valério em 14/06/18 às 18:17
  • Eu vi isso na hora e fiquei com muita dúvida nessas duas, pois pra mim as duas estavam certas.
    Murilo Pedroso em 13/06/18 às 11:59