Artigo

Prova Contabilidade SEFAZ MA Comentada! 20 páginas de correção!

Olá, pessoal! Tudo bem?

Aqui é Gabriel Rabelo, professor de Contabilidade e Direito Empresarial aqui do Estratégia Concursos.

Na data de 11 de setembro de 2016, tivemos a realização do concurso para Auditor Fiscal da SEFAZ MA. A prova foi realizada pela Fundação Carlos Chagas.

Na véspera, dia 10, o professor Luciano Rosa fez um aulão ao vivo, online e gratuito no Estratégia e, pasmem, várias questões faladas na aula estavam presentes na prova.

Isso mostra a necessidade de conhecer a banca. E nós estudamos as principais bancas quase que 24 horas por dia!

Como presente, fizemos 20 páginas de correção da Prova de Contabilidade da SEFAZ MA.

A princípio, não há possibilidades de recursos.

Para receber, basta CADASTRAR o seu e-mail no link a seguir e enviaremos para você automaticamente VIA E-MAIL.

Cadastre-se e receba a prova da SEFAZ-MA: CLIQUE AQUI!

Forte abraço!

Gabriel Rabelo

Instragram: @gabrielrabelo87

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja os comentários
  • Prova da SEFAZ MA FCC 2019 comentada
    Robson Sousa em 18/09/19 às 09:04
  • Professor, já estou cadastrada na lista, mas não recebi a prova comentada. O que devo fazer?
    Ana Flávia de Almeida Sales em 21/12/16 às 09:41
  • Em 2015 a FCC considerou claramente em uma questão praticamente igual, constituir uma despesa de 2500, a partir de 10000 de perda com clientes pois descontou a PDD de 7500. A meu ver é o raciocínio correto pois 7500 já foi constituido em 2014 COMO DESPESA para esse fim, se concretizou em 2015 com excedente = DESPESA em 2015 de 2500. Desse modo a resposta correta seria a letra B, 2500 + 4400. Considerar uma reversão de uma PDD parece bem estranho. Segue questão da FCC do mesmo ano, que considerou como correto o raciocínio acima. Ano: 2015 Banca: FCC Órgão: TCM-GO Cargo: Auditor de Controle Externo As contas do Balanço Patrimonial de uma empresa, em 31/12/2013, apresentavam os seguintes saldos, em reais: Adiantamentos de Clientes .................................... 2.000 Máquinas e Equipamentos .................................. 40.000 Veículos ............................................................... 20.000 Fornecedores ......................................................... 6.000 Capital .................................................................. 70.000 Perdas Estimadas com Clientes ............................ 1.500 Estoques .......................................................... 10.000 Reservas de Lucros ........................................... 3.500 Impostos a Pagar ............................................... 2.000 Depreciação Acumulada .................................... 8.000 Valores a Receber de Clientes ......................... 21.000 Caixa e Equivalentes de Caixa........................... 2.000 Os diversos eventos apresentados a seguir, relacionados com osValores a Receber de Clientesexistentes em 31/12/2013, ocorreram durante o ano de 2014, nesta ordem: - Créditos com clientes no valor total de R$ 2.000,00 foram considerados incobráveis pela empresa. - Do saldo remanescente da conta Valores a Receber de Clientes, a empresa recebeu 90% em 2014 e o restante será recebido em 2015. - As vendas a prazo de 2014 que vencerão após 31/12/2014 totalizaram R$ 20.100,00. - A empresa estimou as prováveis Perdas com Clientes aplicando o percentual de 4% sobre o saldo da conta Valores a Receber de Clientes em 31/12/2014. No resultado de 2014, o valor total registrado de despesas relacionadas com a não realização de créditos sobre valores a receber de clientes, em reais, foi GABARITO 1380 = Mesmo raciocínio explicado acima. Algum professor poderia se posicionar? Obrigado
    Renan Minerval em 20/09/16 às 21:27
  • Concordo com a dúvida do Geraldo. Porém, acho que a FCC não considerou a constituição de PDD por complementação, mas reverteu o PDD existente e constituiu novamente todo o PDD necessário. Assim o impacto na despesa foi mesmo 10.000, apesar de existir também uma receita de 7.500 da reversão. Vamos ver se o professor tem tempo para comentar. Abs, Murilo.
    Murilo em 16/09/16 às 11:57
  • Oi Professor! Fiquei em dúvida na questão 51. Achei que as despesas de pdd de 2015 seriam 2500 + 4400 = 6900, Gabarito B. Ele tinha uma pdd de 7500 constituída em 2014. Em 2015 ele perde 10000. Logo usa os 7500 e reconhece uma despesa de 2500. Não entendi pq 14400. Um grande abraço Geraldo
    Geraldo em 15/09/16 às 18:45