Concurso ICMS SP - Análise Completa do último edital
Luis Eduardo

Concurso ICMS SP – Análise Completa do último edital

Concurso ICMS SP – Análise Completa do último edital

Olá Pessoal!

Vamos debulhar o último edital e verificar suas similaridades com os anteriores. Nada vai ficar de fora nessa análise. E já aviso que se quiser mais informações (ainda) basta se inscrever em meu canal no Youtube e aguardar as próximas informações que publicarei em vídeos regulares, detalhando tudo sobre a carreira e sobre as estratégias para sua preparação para o futuro ICMS SP, além de dicas válidas para qualquer concurso.

CARGOS VAGOS ICMS SP – FINAL DE ABRIL DE 2016

Foi publicado no DOESP de 30/04/16 a lista dos cargos vagos de Agente Fiscal de Rendas do Estado de São Paulo, mais conhecido como Fiscal do ICMS. O Blog do AFR atualizou as informações com as aposentadorias e chegamos a 1.344 cargos vagos. E esse número só sobe. Como estou lá no dia a dia, posso comprovar que o ritmo de aposentadorias está frenético. O concurso de 1986 convocou cerca de 4.000 AFRs, todos já tem plenas condições de se aposentar. E é o que muitos dos meus colegas e “professores” estão fazendo.

É muita vaga minha gente! Mas quem me conhece sabe que não gosto de criar ilusões. Creio que o concurso acontecerá, mas apenas em 2017. Portanto, qualquer um que deseje o ICMS SP está apto a brigar por uma vaguinha. Desde que se dedique fortemente desde já.

REMUNERAÇÃO ICMS SP 

A remuneração do ICMS SP não é tão simples de se entender, mas o que você precisa saber está nessa tabela. O resto são detalhes que você pode descobrir depois que passar ou verificar nesse trabalho completo feito por um AFR e que o atualiza sempre que necessário. Precisando de mais dados, recomendo clicar nesse link que vai te levar ao Fórum. Essa planilha ajudou em minha motivação em alguns momentos :).

Para entender a tabela acima:

  • A.T –> Adicional de transporte – apenas os Externos recebem e serve para fazer suas diligências fiscais.
  • Interno – vai de função I a IV e depende da área em que está lotado. Coloquei os dois extremos como exemplo.
  • Sem PR –> Salário normal sem a PR (Participação nos Resultados que é paga, ou deveria ser paga, trimestralmente.
  • Com PR a 100% (média) –> Mais um dado da tabela do Fórum. Se a meta atingida for de 100%, quanto será seu salário MÉDIO na Sefaz, diluindo o a PR trimestral.
  • Exemplo final: o Interno I tem remuneração bruta de R$13.691,00. Se a PR for atingida a 100% sua remuneração média mensal é de R$ 18.951,00. Nada mau, hein?
  • Além desse valor, há o pagamento diário de R$15,00 a título de auxílio alimentação.

Mas Ronaldo, a PR acabou? O Governo parou de pagar? Não pessoal, ela não acabou e nem houve interrupção de pagamentos. Mas ela estava sendo paga com atraso. O úlltimo atraso foi o menor de todos, sendo paga um mês depois do prazo legal.

VAGAS NOS ÚLTIMOS CONCURSOS ICMS SP

Eu já pude demonstrar a força que o concurso ICMS SP possui em um dos webinários do Estratégia Concursos.  De 2005 a 2014, a RFB ofertou 2050 vagas de fiscal e o Estado de SP, apenas o estado de SP, teve 1485 oportunidades!

ANÁLISE HISTÓRICA DO EDITAL DO ICMS SP (2006 – 2009 – 2013

Eu sempre falo sobre as disciplinas TOP 5 da Área Fiscal (Contabilidade+ Tributário + Legislação + Português e Exatas). São aquelas que definem os aprovados e que, em regra, trazem mais de 55% em qualquer prova dessa área. Você já percebe que o concurso ICMS SP valoriza demais as TOP 5 !

Veja o que aconteceu no concurso de 2009! Uma concentração de pontos em 5 disciplinas que poucas vezes foi observada. Mesmo em 2013, esse percentual de 68% é bastante relevante.

 

Aqui já podemos analisar os percentuais por matéria. Note que no total das TOP 5, houve variações significativas, mas algumas permanecem sempre no mesmo patamar (Contabilidade entre 17 e 19%, Legislação entre 19 e 22% e Português sempre entre 8 e 9%). É uma tendência que não deve ser desconsiderada em sua preparação.

ANÁLISE DAS DISCIPLINAS DO CONCURSO ICMS SP 2013

Agora vamos ao que interessa ao concurseiro! O que cai, como cai e o que priorizar

Nessa tabela você percebe que o somatório de Legislação, Contabilidade, Tributário, Português e Exatas, chega a 68% dos pontos da prova! Em APENAS 5 disciplinas. Ronaldo, mas por que destacar Exatas se também há outras com o mesmo peso? Explicarei em breve ;). E em apenas 3, isso mesmo, 3 disciplinas, estão 53% dos pontos (Contabilidade, Tributário e Legislação)

Não se engane com os 13 quadradinhos. Na verdade, eles escondem 20 disciplinas! Portanto, leia o edital com muita calma! Mas veja, com ‘apenas’ 25% das matérias você pode conseguir 68% dos pontos! Eis o TOP 5 da Área Fiscal em ação.

Agora você vê a tabela real com as 20 disciplinas e, em seguida, o peso de cada uma delas e o tempo de prova (que também será abordado nesse artigo). E contabilizei Macro e Micro como apenas uma matéria.

Na tabela abaixo você que a P3 possui peso 2 e que a P1 tem apenas 4 horas disponíveis para 100 questões e marcação do cartão de respostas. É bizarro!

———-PACOTE ICMS SP ————

BANCA

Aqui o cuidado deve ser redobrado. Se você já fez concursos para a FCC antes, mas que não foram da área Fiscal, dobre o respeito pela banca. A FCC evoluiu demais nos últimos anos e julgo, que, para a área fiscal é a melhor banca dos últimos anos. E já vi muita gente boa dizer o mesmo. A prova não mede apenas o seu conhecimento, mas como você controla os seus nervos

Voltando ao estilo FCC, saiba que as provas para Tribunais podem servir como treino, mas um treino beeeem leve. O nível é muito mais profundo na maior parte das provas da FCC. A banca se transforma quando ouve “área fiscal”e vira um monstro irreconhecível…rs. Já ouvi de alguns professores que a prova de Português do ISS SP de 2012 foi a mais difícil que eles já viram. Por outro lado, a banca ainda é mansa em disciplinas tradicionais na área, como Direito Tributário.

Em Legislação Tributária sempre se ouviu a recomendação de que o estudo se resumia a leitura da lei seca e exercícios. Isso mudou com a FCC. Cada vez mais ela exige a aplicação prática das centenas de dispositivos do RICMS (Regulamento do ICMS) e também dos demais tributos estaduais. A banca realmente inovou e por isso tem sido cada vez mais respeitada. Fundação Copia e Cola é coisa do passado.

———-PACOTE ICMS SP ————

Note que ao longo do tempo a SEFAZ SP continuou mostrando sua predileção por essas 5 disciplinas e que a maioria delas permanece com seu percentual bem estável mesmo depois de 3 concursos.

O FATOR TEMPO

Não é nada fácil saber que você está em uma prova eliminatória em que há questões grandes e que o tempo dificilmente será o necessário. E se pensar que 60% dos pontos estão em Português, Economia e Exatas, o clima fica ainda mais tenso ;). É, junto com a P3, a prova que define os aprovados. Você deve saber disso desde o primeiro dia de estudos e nunca se esquecer de que a banca vai colocar várias armadilhas ao longo da prova. São questões longas e que, provavelmente saberá resolver, mas se ficar preso nela, deixará de fazer outras cinco mais fáceis. Essa técnica é batida, mas ainda há muitos que caem nesse buraco. No caso de 2013, muitos pularam a prova de Raciocínio Crítico porque faltaria tempo de fazer a matéria, com muitos textos. E como era uma disciplina nova no edital, gerou muito temor. Porém, foi a prova mais fácil de todas. Eu que não sou um primor em Exatas, gabaritei. E não falo isso para me gabar, mas para mostrar como por um descuido ou falta de planejamento para a execução da prova pode tirar sua vaga.

MÍNIMOS POR PROVA

Você precisa fazer 50% em cada grupo de provas e 60% na média das 3. É diferente da Receita que exige mínimo por matéria. Isso permite para aqueles que não conseguiram ver tudo, o descarte de algumas matérias. Direito Civil, por exemplo, vale menos de 2% do total de pontos e tem um conteúdo enorme. E não é nada incomum que eu identifique esse tipo de erro já na primeira sessão de coaching.

Como já disse, em 3 matérias você disputa 53% dos pontos de todas as provas (Contabilidade + Tributário + Legislação). Estando bem nas 3 (o que é obrigatório para passar) você garante os mínimos na P2 e P3. O problema dos 50% está na P1. São muitas disciplinas, muitas questões e pouquíssimo tempo.

NOTA DE CORTE

Em função das 743 vagas para Gestão Tributária em 2013 (ampla concorrência), a nota de corte ficou abaixo de 70%, o que fugiu a regra. Normalmente o corte é um pouco acima dos 70%. Em 2013, com pouco mais de 67% foi possível a aprovação. Há que se observar a entrada de matérias novas depois do edital, como Economia, Tecnologia da Informação e Raciocínio Crítico, o que faz com que haja redistribuição do tempo de estudo pós edital, tomando tempo das TOP 5.

Em função da grande quantidade de vagas, o concurso atraiu muitos concorrência qualificada e além dos classificados dentro das vagas, mais de 900 candidatos ficaram fora, apesar de terem feito a pontuação mínima requerida.

———-PACOTE ICMS SP ————

FORMAÇÃO EXIGIDA

  1. O candidato aprovado no Concurso Público de que trata este Edital será investido no cargo se atender às seguintes exigências, na data da posse:g)  possuir diploma de conclusão de curso de ensino superior, devidamente registrado no Ministério de Educação – MEC;
  2. Fonte: Edital do ICMS 2013 –> ou seja, não precisa da graduação plena de 4 ou 5 anos. Tenho amigos que fizeram curso online registrado no MEC como curso superior e com cerca de dois anos de duração e hoje trabalham na Sefaz normalmente. Mas antes de se matricular, consulte o site do MEC.

 

PERGUNTAS QUE SEMPRE RECEBO POR E-MAIL:

  1. O material em PDF do Estratégia Concursos é o suficiente para a aprovação no ICMS SP (área fiscal em geral)? Sim, mais do que suficiente. Foi a base da minha preparação e fundamental para minha provação para AFR do ICMS SP. Atualmente o material em PDF foi enriquecido com videoaulas de muitas das disciplinas, o que dá mais segurança a muitos candidatos.
  2. Como tiro dúvidas e peço mais informações sobre o Coaching do Estratégia? Pode me enviar um e-mail que digo como: [email protected]
  3. Se tiver dúvida em relação à qualidade e profundidade dos materiais, recomendo que leia as aulas demonstrativas (gratuitamente) e os depoimentos dos aprovados.
Se tiver gostado do artigo, deixe um comentário! Tendo sugestões e críticas, faça o mesmo. Terei prazer em responder todos vocês!
Um grande abraço e VAMOS ESTUDAR!!

 

 

Posts Relacionados

Compartilhe:

Luis Eduardo

Luis Eduardo

Auditor Fiscal do Estado de São Paulo (ICMS-SP), aprovado no concurso de 2013.   Aprovado também nos seguintes concursos: - Auditor Fiscal da Receita Municipal de Porto Alegre (ISS-Porto Alegre, em 2012, aos 22 anos)  - Técnico do Banco Central do Brasil (BACEN, em 2010) - Técnico do Ministério Público da União (MPU, em 2010)   Para ser aprovado em concursos, acho que a motivação é o aspecto mais importante que precisa ser desenvolvido! Quando estamos motivados, não ligamos para as dificuldades!   Gostaria de compartilhar o que vivenciei e o que aprendi durante os meus anos de estudo a fim de ajudar os concurseiros, principalmente aqueles que se encontram desmotivados e inseguros sobre o seu futuro no mundo dos concursos.

Veja os comentários:
Deixe seu comentário:

Deixe seu comentário:

Vídeos Relacionados

Cadastre-se para receber novidades e ofertas especiais sobre cursos.

Estamos aqui para ajudar você!
x