Notícia

Correção da Prova de Biologia – PAPILOSCOPISTA POLICIAL PC SP

Correção da Prova PAPILOSCOPISTA POLICIAL – PCSP

Prof. MSc. Andre D’Ávila

 

36 A figura ilustra uma possível sequência no processo evolutivo

celular, a partir de um procarionte ancestral.

 

(www.cientic.com. Adaptado)

O que observamos na imagem é uma representação da hipótese da endossimbiose. A hipótese diz que algumas organelas surgiram na história evolutiva das células por meio de simbiose (ou interação entre organismos), num processo envolvendo células hospedeiras que internalizaram células procariontes (cianobacterias) que, por sua vez desenvolveram capacidades específicas que foram benéficas para ambas. Esta é a hipótese mais aceita para explicar a origem de organelas como mitocôndrias e cloroplastos. Tendo em vista o processo ilustrado e as características das células mais evoluídas atuais, é correto afirmar que, ao longo do tempo, houve

 

(A) desenvolvimento de membranas internas, assim como

a internalização de estruturas energéticas.*

Correto! A internalização das “estruturas energéticas” se refere à hipótese da endossimbiose para o desenvolvimento das mitocôndrias ou dos cloroplastos. Algumas organelas se formaram devido ao desenvolvimento de membranas internas nas células, como os complexos de golgi e os retículos endoplasmáticos.

 

(B) surgimento espontâneo e abrupto de estruturas

internas mais complexas, tais como o núcleo e as

organelas.

Errado. Não há no estudo da vida surgimentos abruptos ou espontâneos de estruturas complexas. Na biologia, aceita-se que a evolução de qualquer coisa, seja uma célula ou um organismo, tenha ocorrido em passos.

 

 

(C) modificações de estruturas já existentes, relacionadas

à captação de luz, tais como as mitocôndrias.

Errado. Mitocondrias não captam luz! Cloroplastos apresentam proteínas (clorofila) organizadas em estruturas específicas para a captação dos fótons de luz.

 

(D) a fagocitose e a pinocitose de organelas relacionadas

à respiração, tais como os cloroplastos.

Errado. Os cloroplastos não estão relacionados a respiração celular, mas à produção de açucares pelos vegetais. As mitocôndrias são organelas onde ocorre a fosforilação oxidativa e consumo destes açucares gerando energia na forma de ATP.

 

(E) mutações genéticas responsáveis pela formação

imediata dos cloroplastos e mitocôndrias.

Errado. Se aceitamos a hipótese da endossimbiose como mais provável para o desenvolvimento destas organelas, não há sentido em considerarmos essa alternativa como correta.

 

 

37 Uma das semelhanças entre os processos de divisão celular mitótico e meiótico corresponde à existência da etapa anáfase em ambos. Porém, na meiose, ocorrem duas etapas anáfases, enquanto na mitose ocorre apenas uma etapa anáfase. Tal diferença é decorrente da

(A) condensação cromossômica no início do processo

que ocorre apenas na mitose.

Errado, a condensação cromossômica se inicia na prófase, tanto na mitose quanto na meiose.

 

(B) existência de duas divisões consecutivas na meiose e de apenas uma divisão na mitose.*

Correto! A Meiose é o processo que reduz a quantidade de cromossomos pela metade no processo de formação de gametas (podendo aparecer também em fase pós zigotica e pré esporica). Esta redução ocorre por duas divisões celulares consecutivas, sendo a primeira, chamada de divisão reducional ou meiose I caracterizada pela divisão celular sem a separação das cromátides, fazendo com que o numero de cromossomos das duas células filhas geradas seja a metade do numero original. Na segunda divisão (meiose II ou divisão equacional) teremos a separação das cromátides, gerando ao final, quatro celular com numero de cromossomos igual à metade da célula mãe.

 

(C) duplicação cromossômica no início do processo que ocorre apenas na meiose.

Errado, a duplicação cromossômica ocorre na fase de síntese de DNA, comum a ambos – meiose e mitose.

 

(D) duplicação da ploidia celular ao final do processo meiótico, enquanto na mitose tal ploidia se reduz.

Errado, a ploidia se altera na meiose e não na mitose. Na meiose ocorre redução pela metade da quantidade de cromossomos.

 

(E) formação de duas células filhas diploides na meiose e de quatro células filhas haploides na mitose.

Errado. A afirmação esta ao contrário! Na meiose formam-se quatro células haploides. Enquanto que a mitose mantém a ploidia original.

 

38 As leveduras Saccharomyces cerevisiae são amplamente utilizadas na fabricação de pães e de bebidas alcoólicas. Esses microrganismos promovem a fermentação, realizada por diversos tipos de fungos para obtenção de energia. No entanto, para que ocorra a via metabólica da fermentação, é necessário que a levedura

 

(A) produza inicialmente o gás carbônico, molécula que será utilizada como reagente no processo fermentativo.

Errado, o gás carbônico será produzido a partir da respiração deste organismo. O próprio processo de fermentação, que é um processo de geração de energia, gera gás carbônico.

 

(B) sintetize aminoácidos essenciais os quais serão polimerizados durante a síntese proteica da fermentação.

Errado, aminoácidos essenciais são obtidos a partir da alimentação, ou seja, serão obtidos a partir do ambiente e não do processo de fermentação. Ademais, aminoácidos não são polímeros, são unidades de polipeptídios.

 

(C) consuma no interior de suas mitocôndrias moléculas de glicose e de gás oxigênio para produção de ATP.

Errado, a fermentação é um processo de geração de energia em ambiente anaeróbio, ou seja, sem oxigênio. Neste processo não há envolvimento das mitocôndrias. No caso especial deste fungo, ele pode ocorrer mesmo na presença de oxigênio.

 

(D) realize inicialmente a hidrólise das moléculas de açúcares por meio de enzimas específicas.*

Correto, a quebra de uma molécula de glicose (açúcar) em dois piruvatos ou acidos pirúvicos que ocorre no citoplasma das células, por meio da ação de diversas enzimas (glicocinase, fosfofrutocinase, piruvatocinase), é processo inicial tanto da fermentação quanto da respiração aeróbia.  No caso da fermentação, o piruvato será reduzido a lactato ou a etanol.

 

(E) libere gás oxigênio, o qual é responsável pela oxidação das moléculas de açúcares que serão metabolizadas em álcool e gás carbônico.

Errado, a fermentação ocorrera justamente devido à falta do oxigênio como aceptor final de elétrons na cadeia respiratória. Ademais, esta levedura não apresenta metabolismo para a liberação de oxigênio.

 

39 As fotografias mostram nove etapas do desenvolvimento embrionário humano, desde o óvulo não fecundado (1) até o estágio (9) em que ocorre a nidação no útero materno.

(www.laifi.com)

Com relação ao desenvolvimento ilustrado, é correto afirmar que, na etapa

(A) 8, ocorre a formação dos três tecidos embrionários: a endoderme, a mesoderme e a ectoderme.

Errado, a formação dos tecidos caracteriza a fase de gástrula. No caso, a imagem 8 mostra uma mórula.

 

(B) 2, ocorre a fecundação com união dos 46 cromossomos maternos com os 46 cromossomos paternos.

Errado, a fecundação se dá a partir da união de um gameta feminino (óvulo) portador de 23 cromossomos e de um gameta masculino (espermatozoide) portador da mesma quantidade de cromossomos para os seres humanos (ambos haploides).

 

(C) 9, ocorre a formação do tubo neural e do sistema nervoso, sendo por isso classificada como etapa de

nêurula.

Errado, a imagem 9 mostra uma gástrula, fase na qual se formam os tecidos embrionários. A partir desta fase, há movimentações celulares dos tecidos do embrião que irão formar o tubo neural.

 

(D) 6, ocorre a formação do blastocisto, etapa caracterizada pela presença de uma cavidade embrionária.

Errado, o blastocisto apresenta uma cavidade (blastocele) e uma massa celular interna, sendo rodeado por uma camada de células chamada trofoblasto. Na figura 6, temos apenas quatro blastômeros.

 

(E) 4, ocorre a formação de dois blastômeros, classificados como células-tronco totipotentes.*

Correto, os blastômeros são as células provenientes da divisão do óvulo fecundado. São consideradas células tronco totipotentes pois tem a capacidade de se diferenciar em todos tecidos do corpo.

 

40 Nas cobaias, existem dois pares de alelos com segregação independente, que condicionam, respectivamente, o comprimento e a cor da pelagem. A pelagem longa e marrom é condicionada pelo genótipo duplo recessivo, enquanto as pelagens curta e preta são dominantes para esses fenótipos. O cruzamento entre um macho duplo heterozigoto e uma fêmea dupla recessiva, para esses alelos citados, deverá gerar

Vejamos as características genéticas apresentadas pelo enunciado:

Pelagem longa – cc

Pelagem curta – Cc ou CC

Pelagem preta – Pp ou PP

Pelagem marrom – pp

Agora, considerando o cruzamento de um macho CcPp (duplo heterozigoto) e uma femea ccpp (duplo recessivo), teremos as seguintes possibilidades de gametas:

 

Fêmea\macho C P C p c P c p
cp CcPp Ccpp ccPp ccpp
cp CcPp Ccpp ccPp ccpp

Prop.:                        2/8   = 1/4                   2/8   = 1/4               2/8    =1/4                     2/8 = 1/4

 

Traduzindo este resultado para os tipos de fenótipos, teremos:

 

Curto e preto Curto e marrom Longo e preto Longo e marrom
Curto e preto Curto e marrom Longo e preto Longo e marrom

 

Ou seja: ¼ curto e preto; ¼ curto e marrom; ¼ longo e preto e ¼ longo e marrom; ou 25% cada fenótipo.

Portanto, a alternativa correta é a “C”.

(A) 1/2 de filhotes com pelagem curta e preta.

(B) 1/3 de filhotes com pelagem curta e marrom.

(C) 1/4 de filhotes com pelagem longa e preta.*

(D) 1/8 de filhotes com pelagem curta e marrom.

(E) 1/16 de filhotes com pelagem longa e marrom.

 

Se você deseja saber como foi seu desempenho na prova, não deixe de participar do Ranking PC SP. Clique na imagem abaixo e preencha seu gabarito:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja os comentários
  • Nenhum comentário enviado.