Concursos na área de química (abertos e previstos) - nível técnico e superior
Concursos Públicos

Concursos na área de química (abertos e previstos) – Técnico em Química, Químico ou Engenheiro Químico

concursos na área de química
Profissional da Química em Laboratório

É Técnico em Química, Químico ou Engenheiro Químico e deseja passar em concursos na área de química… Então, talvez você tenha alguma das seguintes dúvidas:

Quais concursos estão com inscrições abertas ou previstos?

Profissional de nível superior pode assumir cargo de nível técnico?

Quais os principais cargos públicos na área de química?

Dá para se preparar simultaneamente para mais de um concurso na área de química?

Sempre que quiser saber das últimas novidades sobre concursos na área de química, passe por aqui! Esse artigo será atualizado semanalmente ou sempre que houver boas novas. Sem mais demora, vamos ao tópico mais importante.

Concursos na área de química com inscrições abertas ou previstos

No mapa dos concursos na área de química abaixo, com detalhamento das oportunidades na Tabela seguinte, estão apresentados os concursos públicos abertos e aqueles previstos.

mapa com os principais concursos para profissionais da química
Principais concursos em andamento para profissionais da química

Na tabela abaixo, você encontra informações mais detalhadas sobre cada um desses concursos.

tabela com principais concursos para profissionais da química
Principais concursos em andamento para profissionais da química

Nas próximas semanas, vamos preparar também o mapa dos concursos previstos. Sabe de mais alguma oportunidade interessante na área de química, prevista ou aberta? Avise-nos e vamos incluir no mapa.

Ah! Se você está especialmente interessado nos concursos de Perito Criminal, deixo o link abaixo do artigo em que apresento as principais oportunidades previstas para esse cargo.

Próximos concursos para Perito Criminal Oficial Vamos agora a mais uma dúvida do início do nosso artigo.

Profissional de nível superior pode assumir cargo de nível técnico em química? Se sim, vale a pena?

Quase sempre, sim! Quando não der, é possível reverter. Explico melhor nesta seção. Mas antes, expresso minha opinião aos profissionais de nível superior de que vale a pena prestar concursos de nível técnico sim. Isso porque muitos concursos de nível técnico pagam salários superiores a alguns concursos de nível superior, a exemplo das Agências Reguladoras que pagam salário que ultrapassam os 7 mil reais para técnico. Além disso, os cargos de técnico nas Universidades e Institutos Federais contam com adicional de título que aumentam consideravelmente a remuneração dos candidatos mais graduados.

Voltemos ao cerne da questão. Em 2018, a Defensoria Pública da União (DPU) conseguiu uma sentença judicial permitindo a candidatos graduados tomar posse em cargos de nível médio técnico. Deixo o link abaixo para uma matéria completa explicando o caso, da qual transcrevo um trecho como segue:

De acordo com a sentença, graduados em Contabilidade, por exemplo, poderão concorrer a cargos de nível técnico em Contabilidade, mesmo que não tenham realizado o curso técnico na área.

O mesmo se estende a concursos na área de química.

Notícia:

Candidatos graduados poderão tomar posse em cargos de nível técnico

E por que eu mencionei “quase sempre” e não “sempre”? Porque essa decisão se aplica aos concursos federais. Portanto quem for graduado na área de Química e prestar concursos na área de química para técnico poderá enfrentar dificuldades na hora da posse em concursos estaduais, municipais e de empresas públicas.

E nesses casos, o que fazer?

O candidato terá duas opções:

  • Recorrer a via judicial já que a jurisprudência é favorável a sua posse (alerto que isso pode ser muito moroso e oneroso, mesmo via liminar!); ou
  • Completar os créditos do curso técnico, em um curso presencial ou EAD, antes da data da posse.

Em suma, via de regra, graduados podem assumir cargos de nível técnico… Vamos, então, a mais uma pergunta.

Quais os principais cargos públicos na área de química?

Aqui, acho providencial uma rápida apresentação. Àqueles que ainda não me conhecem, sou o Diego Souza (Instagram: Prof.DiegoSouza), professor de Química para concursos aqui no Estratégia.

Sobre alguns cargos consigo falar com mais propriedade por ter atuado. Durante minha jornada de concurseiro, já encerrada, fui aprovado e atuei no cargo de Técnico de Laboratório/Química na UEG (Universidade Estadual de Goiás) e na EMBRAPA; de Analista Químico também na EMBRAPA; como Especialista em Recursos Minerais/Química do DNPM, órgão recém transformado em ANM (Agência Nacional de Mineração); e atualmente exerço o cargo de Perito Criminal da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF). Tenho também diversos amigos que atuam em outros cargos na área de química, sobre os quais também vamos apresentar aqui os requisitos e respectivas faixas salariais. Então, sem mais demora, vamos à lista dos principais cargos, remunerações e instituições (órgãos, agências reguladoras, empresas públicas, etc) que os profissionais da Química podem atuar, Tabela abaixo.

tabela de cargos e empregos publicos para profissionais da área de química
Principais cargos e empregos públicos para profissionais da área de química

É possível se preparar para mais de um concurso na área de química? (inclusive com provas agendadas para o mesmo mês)

Dúvida: é possível se preparar para mais de um concurso?

Sim! Com certeza! Para responder de forma mais ilustrativa à pergunta, vou usar um exemplo pessoal. Final de 2009, quando atuava como Técnico em Química na EMBRAPA, deparei-me com um dilema, foram publicados, na mesma época, dois editais para Químico (nível superior) que me interessavam: Analista Químico da EMBRAPA; Especialista em Recursos Minerais/Química do DNPM, órgão recém transformado em ANM (Agência Nacional de Mineração).

Resumo do conteúdo programático dos dois editais:

  • EMBRAPA: Português; Raciocínio Lógico; Plano Diretor da EMBRAPA (bem rápido de estudar); Conteúdo específico (somente as principais químicas);
  • ANM: Português; Direito Constitucional; Direito Administrativo; Leis relacionadas à mineração; Conteúdo específico (principais químicas; química ambiental; estatística aplicada à química, legislação ambiental; toxicologia ambiental e humana; ecologia).

Como se vê, o edital da ANM (na época DNPM) era muito mais extenso. Naquela época, contando com apenas 21 anos de idade e com uma larga inexperiência, resolvi focar prioritariamente no edital da ANM pelo simples fato de o salário ser maior. A prova da EMBRAPA aconteceu duas semanas após a prova da ANM, usei somente esse tempo para analisar o edital da EMBRAPA e complementar os estudos na medida do possível.

Resultado: felizmente logrei aprovação em 1º lugar nos dois cargos. Vale lembrar que no mesmo dia do concurso da EMBRAPA, fiz a 1ª fase do concurso para Professor de Química do Instituto Federal de Brasília (IFB), na qual alcancei a 5ª posição, sem ter dado nenhuma atenção para seu edital, visto que esse concurso não era minha prioridade, deixando de estudar, por exemplo, legislação aplicada a educação e tópicos relacionados ao ensino de química.

Alguém pode pensar: Ah! Então ele está falando que passou em 1º lugar para Químico da EMBRAPA praticamente sem estudar. Não! Longe disso! Estudei muito para a ANM, foi uma época de muita abdicação. Esse edital era tão extenso que quase todo edital da EMBRAPA estava contido no da ANM. E foi por isso que deu certo na EMBRAPA também. Então, isso responde à pergunta deste tópico. Podemos nos preparar para mais de um concurso, desde que ambos sejam na mesma área (nesse caso: química).

Se você está estudando para um concurso na área de química que exige muitas disciplinas, a exemplo dos concursos para perito criminal, então considere fazer outros bons concursos na área de química que cobram menos conteúdo. Terá grandes chances nestes enquanto o edital do concurso tão esperado não for publicado.

Vou ficando por aqui, deixe abaixo o seu comentário ou suas dúvidas sobre concursos na área de química. Podemos respondê-las na forma de comentário ou até mesmo incluí-la na discussão do artigo.

Lembro que semanalmente ou sempre que for houver novidades, vamos atualizar esse artigo e a relação de concursos abertos e previstos na área de química.

.

Prof. Diego Souza (Insta: prof.diegosouza)

Diego Souza

Diego Souza

Diego Souza é Perito Criminal da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF). Doutor em Química pela Universidade Federal de Goiás (UFG) e Químico Industrial pela Universidade Estadual de Goiás (UEG). Aprovado para os seguintes cargos: Técnico em Química da EMBRAPA em 2º lugar; Analista em Química da EMBRAPA em 1º lugar; Especialista em Recursos Minerais/Química da Agência Nacional de Mineração (ANM), em 1º lugar; e Perito Criminal-Química da PCDF em 2º lugar.   Atuou em laboratórios por mais de 10 anos, desenvolvendo atividades e pesquisas principalmente nos seguintes temas relacionados à química: análises ambientais, espectroscopia de absorção atômica e molecular UV-VIS, espectroscopia IR, cromatografia, espectrometria de massa, análise por injeção de fluxo, titrimetria, gravimetria, gerenciamento de resíduos químicos, validações metodológicas, monitoramento de qualidade laboratorial e quimiometria.  

Veja os comentários:

Deixe seu comentário:

Deixe seu comentário:

Vídeos Relacionados